Política

Maioria parlamentar assinou acordo para falar numa só voz

O MLSTP/PSD, o PCD e o MDFM/PL, que ocupam 29 assentos no parlamento de 55 deputados, assinaram na última noite um acordo de convergência político-partidária e parlamentar, que une as três principais forças da oposição no sentido de falarem numa só voz no tabuleiro político são-tomense.

O MLSTP, maior partido da oposição com 21 assentos no parlamento esteve representado na cerimónia de assinatura do acordo pelo Presidente Jorge Amado,  e por outros 4 vice-presidentes, nomeadamente Américo Ramos, Alcino Pinto, Osvaldo Vaz e Ana Rita. Outros membros da direcção do MLSTP, estiveram presentes na sala de conferência do Hotel Pestana em São Tomé.

O PCD, com 7 deputados no parlamento, fez-se representar pelo vice-Presidente Arzemiro dos Prazeres, e outros membros da direcção, como o ex-Primeiro Ministro Norberto Costa Alegre, e Jorge Correia.

O MDFM/PL, com 1 assento no parlamento, encontrou no Secretário-geral Adelino Lucas e no vice-Presidente Eugénio Tiny, legitimidade para subscrever o acordo inter-partidário na presença de outros membros da direcção do partido que é liderado por Fradique de Menezes.

As três forças políticas que representam a maioria parlamentar, decidiram unir-se para promover a democracia e o desenvolvimento do país. Osvaldo Vaz, vice-Presidente do MLSTP/PSD, Jorge Correia do PCD e Eugénio Tiny do MDFM/PL, foram os subscritores do acordo, que tem duas componentes, político-partidária e parlamentar.

Osvaldo Vaz, foi o porta-voz da união dos partidos da maioria parlamentar. «Somos partidos da oposição para o diálogo. Estamos abertos ao diálogo. É um sinal de que defendemos o diálogo, queremos que o país desenvolva na base de uma oposição responsável e séria», declarou o porta-voz do grupo.

Segundo Osvaldo Vaz, doravante os 3 partidos políticos e as suas respectivas bancadas parlamentares, vão falar numa só voz. «É para que os nossos deputados tenham cooperação nas discussões no parlamento, e que defendam em comum o que é melhor para São Tomé e Príncipe. Vamos falar a mesma linguagem no parlamento para o bem do povo de São Tomé e Príncipe», enfatizou.

O acordo inter-partidário assinado as 20 horas da última quarta-feira, vai vigorar nesta legislatura e segundo os partidos, poderá continuar em vigor na próxima legislatura. «As nossas relações são boas, e queremos que perdure», reforçou o porta voz.

Questionado pelo Téla Nón, sobre a interpretação que esta união da maioria parlamentar, pode provocar no seio do poder, talvez como uma ameaça? Osvaldo Vaz respondeu que «não queremos que seja interpretada desta forma. Queremos que seja interpretada que os paridos da oposição reuniram esforços para terem a mesma voz. Tendo em conta as necessidades e dificuldades do país, para expressarmos efectivamente aquilo que o povo quer», afirmou..

O Téla Nón quis saber se a Revisão da actual Constituição Política e a mudança do sistema de governação, que desde o ano 2006 é reclamado pelo MDFM/PL, e recentemente proposto pelo PCD e pelo MLSTP/PSD, são questões que os 3 partidos vão resolver a nível parlamentar, uma vez que o prazo definido pela própria constituição política para a sua revisão, expirou há mais de 5 anos.

Os três partidos, não abriram o véu que cobre o acordo, mas Osvaldo Vaz, respondeu que «tudo o que os partidos irão fazer, será sempre em benefício do povo de São Tomé e Príncipe».

Abel Veiga .

    72 comentários

72 comentários

  1. Vagi Ngola

    19 de Julho de 2012 as 10:22

    É de louvar essa iniciativa dos partidos da oposição. Queremos um país unido. Mas, no fundo, podemos perceber desta união, que não é preciso neste país muitos partidos. Dois partidos seria suficiente para esta terra.
    1º -Reduzia nºs dos depotados.
    2º -Acabaria com abuso dos poderes.
    3º – Haveria mais depotados na lavra a cultivar do que estar na assembleia a dormir e nem se quer entende o que estão a debater.
    4º – É pra refletir que com a experiência de muitos partidos só está afundar o país.
    Fo~rça o país é nosso!!!!

    • Amancio Trindade

      19 de Julho de 2012 as 13:50

      É de louvar esse acordo.
      O necessário agora e faze-lo valer mesmo.
      Os deputados são em democracia plural, uma emanação do Povo. Logo, esse acordo reflete o exercício do direito do Povo depositado nas mãos dos deputados.
      A nossa democracia é viva e é bonita.
      Parabéns ao MLSTP, ao MDFM e ao PCD, pese embora o PCD não seja lá de tanta confiança, pois tem a tradição que “quebrar os acordos”.
      No entanto, ouso dizer que se Patrice Trovoada quiser o bem para o país como ele vem dizendo, face a este cenário politico o que ele tem a fazer é remodelar o seu elenco, sacando para fora os incompetentes e arrogantes, podendo recolocar homens e mulheres da ADI ou então pode encetar contactos com outros forças e buscar um governo de consenso nacional.
      Assim sim, ele estaria a contribuir para o bem deste país.
      Como alguém já disse, e conforme o que se vem constatando em STO actualmente, a ADI pode vir a perder lugares na Assembleia, na próxima legislatura à favor do MDFM. Foi o MDFM que deu de bandeja vitória a ADI. O PCD tem tido muita queda junto dos eleitores enquanto que o MLSTP continua a manter o seu fiel eleitorado.

    • BumBum

      19 de Julho de 2012 as 13:53

      O País precisa saber o que quer e o que o povo quer. Neste momento, face a acção governativa – com uma desgovernação total – não se sabe o que se quer para STP.

    • Héralce

      19 de Julho de 2012 as 14:35

      Aí, Vagi Ngola.
      Respeito a tua opinião, mas serás que estas tão cego que não vês que essa união só tem um propósito, DERRUBAR O GOVERNO. isso porque o governo está a tirar mel, da boca desses SANGUE SUGAS que compõem a oposição santomense. peço desculpa aos “inocentes”.

      • Vagi Ngola

        19 de Julho de 2012 as 19:32

        Não sou tão cego como tu pensas(Héralce). O que quero é a união. Porque para mim, nenhum desses partidos, mesmo unidos não dão pra nada.Mas, como dizem(quem não tem cão caça com gato) e ai está a nossa situação em STP. Cuidado com a expressão e procura respeitar a opinião cada um. Força.

      • Eu

        20 de Julho de 2012 as 11:27

        Realmente. Esse acordo é apenas uma estrategia para fazer cair o governo. Tudo isso porque tudo parece estar a entrar nos eixos. Nós os saontomenses não iremos evoluir jamis enquanto as pessoas nao se consciencializarem de que poder nao é eterno. Estão assinando acordo hoje, governo cai amanha,vem novas eleições esses mesmos partidos entraram em conflitos depois porque querem os 3 quereram apresentar o primeiro-ministro. Essa fome de roubar mais dinheiro do povo nao vai acabar nunca em STP.

      • Cauteloso

        21 de Julho de 2012 as 8:16

        Concordo perfeitamento contigo.São todos cínicos depois de Derrubarem o governo, vão fazer guerra entre eles e falarem mal uns dos outros porque o objetivo é o poder.

    • tlabé sa lenço

      22 de Julho de 2012 as 16:53

      As vezes assisto a declarações tão dipropositadas e que chegam mesmo a ser parvas. Quando um cidadão sãotomese afirma manifestamente a sua congratulação para com as negociatas nocivas e altamente ruinosas para a estabilidade politica e que chega a por em causa o próprio estado de direito democrático, este afigura-se como um autêntico ignorante, um lorpa ou simplesmente alguém que atingiu o auge da iliteracia.
      É preocupante saber que mesmo os que tiveram oportunidades de estudar continuam a ser ignorantes, sem sentido de resposabilidade, um paciente acrítico e iracional…

  2. santa catarina

    19 de Julho de 2012 as 10:36

    As mascaras já começam a cair aparecer a cara.Falta ainda outros a medida que for passando o tempo vamos conhecendo. A derrota de 2010 não foi o suficiente podem tentar a proxima.
    Esta coligação só é para deixa cair o governo do ADI e continuarem com a corrupção. Jorge Amado, jorge Correia,Tyni todos devedores do estado não se esquecem do SPI.Bano chefe da banda quer voltar a comer da zona franca como comeu, delfim neves stptrading e muitos outros a lista é longa mais vamos divulga-las todas.
    São as forças do mal e do bloquei!

    • Cidadão Indignado

      22 de Julho de 2012 as 13:57

      Acabo de testemunhar um episódio deveras surpreendente na Praça da Independência: Afonso Varela, o todo-poderoso Ministro Secretário Geral do Governo de Patrice Trovoada que não falava com ninguém, não atendia telefonemas de ninguém e pavoneava-se do alto dos seus jeeps sem “dar confiança a ninguém”, está a circular a pé, falando com todos, preto ou mulato, rico ou pobre, homem ou mulher, jovem ou velho. Vejam só como um simples acto simbólico da oposição quebrou a arrogância desta gente!

      Será que Patrice Trovoada vai também deixar de voar em jactos privados pelo mundo fora para tratar dos seus negócios pessoais e começar a trabalhar para o povo que o elegeu?

      Não será já muito tarde?

  3. santa catarina

    19 de Julho de 2012 as 10:38

    Maioria parlamentar composta pelo MLSTP/PSD e o PCD é falsa. E agora ?

  4. nora

    19 de Julho de 2012 as 10:47

    Penso bem. Quem sabe agora a arogancia do Sr. Patrice Trovoada terá um fim, e há de abrir o dialogo com a oposição, contribuindo desta forma a superação da precariedade das nossas populações.

    N.B- É PRECISO TER MUITA ATENÇÃO COM A BANCADA PARLAMENTAR. NO MLSTP/PSD HÁ MUITOS RATOS E MUITOS DUQUES DE PAU. ATENÇÃO JORGE AMADO “TRAIÇÃO ZERO”.

    O Povo gritou e a maioria parlamentar deu atenção aos gritos. Bem haja a São Tomé e Princípe.

    O FEIASCO PROPOSSIONADO PELO PATRICE TROVOADA NA PRAÇA DE INDEPENDÊNCIA, FOI A PROVOCAÇÃO AOS PARTIDOS DA OPOSIÇÃO. E EM BOM TEMPO DERÃO A RESPOSTA DE QUE EU TANTO ESPERAVA. UNIDADE EM PROL DE SÃO TOMÉ E PRINCÍPE.

    ABAIXO DENTCHÍ BÉTU.

  5. AB

    19 de Julho de 2012 as 10:52

    Entendo que o ADI nao esta a trablhar como gostariamos que trabalhasse. Mas sejamos serios e nao criemos politiquices. Deixe o Governo cumprir o seu mandato. Embora, sendo militante do MLSTP, acho o Gorge Amado como Primeiro Ministro depois do derrube do Governo da Patrice Trovoada, seria uma enorme catastrofe para a nossa terra.
    Sejamos politicos sérios!!! Pense no bem do pais e nao nos enteresses particulares.

  6. ADELINO DOS SANTOS

    19 de Julho de 2012 as 11:12

    SE é uma união de coração é bem vindo

  7. preta de s.t.p

    19 de Julho de 2012 as 11:16

    Gente fala acerio, essa coisa toda quem beneficia é o pais? se assim for é bom, mas eu e a maioria santomense sabemos que não é verdade e ao nivel internacional vamos ficar de 0 credibilidade e gente de baixa renda mais pobre ainda. Tenho pena da minha geração e da minha filha

    • Eu

      20 de Julho de 2012 as 11:49

      Pois é. Esses politicos corruptos estão se burrifando pra o povo, estão a defender seus interesses, garantir uma boa colocação para os seus filhos com bom salário, bolsas pra os outros, aumentar suas econónias. Se o povo continuar a acreditar nesses palavras bonitas e frases formadas tiradas de roteiro de filme fajudo, não sairam nunca dessa miséria. Têm consciencia que se o partido ADI continuar no poder mais tempo, puderá fazer mais e melhor tornando inoperante as suas manobras de corrupção.

  8. STP 1º

    19 de Julho de 2012 as 11:20

    O nosso país não aguenta mais quedas dos Governos no gabinete… Na Democracia, é povo que mais ordena!

  9. De Longe

    19 de Julho de 2012 as 11:20

    Quando se esperava que na democracia iria existir uma pluralidade de opiniões que provocaria a esfervescência de modo a se colher melhor a nata, surge um acordo para uniformização das vozes em nome da democracia.
    É muito bom para o país que muitas vozes se discordem até que se chegue ao consenso acerca do melhor para a nação.
    É muito mau para o país que as vozes se unam com o simples propósito de afirmar o poder.
    Estaremos atentos ao vosso propósito que todos desejamos ser dos melhores para o sonho dos que ainda não se arrependeram da independência e dos que ainda valorizam a democracia.

  10. peter

    19 de Julho de 2012 as 11:24

    malandrices ja comencarao com outros truques. sempre a inventar os impossiveis, agora sao cambas depois quando um deles alcanssar o poder, tornem inimigos.chama-se (Maquinas Da Mafia Rumo ao Poder)

  11. Povo Piqueno

    19 de Julho de 2012 as 11:26

    MLSTP (meu partido), não pode quer ir ao poder a qualquer custo! Tudo que começa mal acaba mal. Só faltam 2 anos. Vamos as eleições, o poder conquista-se na urna, apresentação de projectos credíveis sem mentiras. Se MLSTP provocar queda do Governo, não contem comigo! Será um erro grande se tal acontecer…

    • alof

      19 de Julho de 2012 as 13:08

      Pessoas do mlstp não escrevem assim

  12. peter

    19 de Julho de 2012 as 11:26

    esta uniao tambem pode ser quatro-partidaria so para bem do povo. se queremos bem para o povo de sao tome e principe.

  13. CIDADÃO

    19 de Julho de 2012 as 11:54

    Se de facto querem mesmo resolver o problema do País, comecem pela mudança da Constituição. Este País só vai avançar com uma nova Costituição em que o Presidente assuma a liderança do Governo, extingue-se a figura de Primeiro Ministro e os mandatos passam a durar somente 4 anos.., a Assembleia teria no máximo 40 deputados….

  14. Põe boca não tira

    19 de Julho de 2012 as 11:57

    Sinceramente, se esse acordo vem buscar estratégias para mudar o quadro actual bem vindo, se for mais um daquele que vimos vevendo, francamente ……. estamos cansados disso……..
    Legislatura são cinco anos cada um que é legistimado pelo povo deve cumprir a sua legislatuta fui……………

  15. Coladura

    19 de Julho de 2012 as 12:29

    Boa iniciativa.

    Finalmente São Tomé e Santo António activaram a trombeta e despertou Santomenses no longo sono em que vêm mergulhados.

    Antes tarde do que nunca, ainda vai a tempo…

    Deus queira que essa união prevaleça pelo menos durante esta legislatura e que cumpra com os seus propósitos.

    Mas há que ter sempre presente. Os inimigos não dormem.

    Que estejam atentos ao golpe e ataque dos adversários políticos.

  16. Filho das ilhas maravilhosas

    19 de Julho de 2012 as 12:46

    É incrível como os nossos políticos pensam. Esta união seria bem vinda se fosse para defender os interesses do povo. Não sou do ADI mas, gostaria que pela primeira vez deixassem um governo terminar o seu mandato. Meus senhores pensem no Povo que já está farto de politiquice e trabalhem com seriedade. STP é de todos nós.

  17. Carlos Manuel

    19 de Julho de 2012 as 12:56

    Que baixeza!… Deixem o Governo trabalhar.Certos dirigentes politicos do nosso país perderam o sentido de responsabilidade. O coitado de José Pouvinho como eu e muitos outros é que sofremos. O MDFM/PL é um Partido morribundo esta entrando na camisa de 11 varas. Deviam ir ao terreno organizar as bases e falar com os seus militantes e não entrar nessa briga inoportuba e desnecessária. Um Partido que toma decisões de forma arbitrária sem consultar o seu Estado Maior não é partido credivel. Não sou politico, mas converso com muitos politicos do meu nivel (militantes e simpatizantes) sei que já está haver muitas reacções no seio do MDFM/PL. Este acirdo é ilegal e ilegitimo. Não tem pernas para andar.

    Povo que abra os olhos, pois está em mira uma estrategia para assalto ao poder.

    São Tomé Poderoso, olhai por nós, olhai pelo Governo e pelo povo trabalhador que continua a ser enganado pelos interesses de certos politicos que nunca pensaram e nem pensarão no Povo senão nos seus bolsos.

    Viva STP

  18. Ferreira

    19 de Julho de 2012 as 12:56

    Ummmmmmmm!!!!! Nao me cheira bem.Cuidado que no meio da organizaçao,ha desorganizaçao;nom suza,cu paçazaé,uniao uniao,faz favor

  19. samangwana

    19 de Julho de 2012 as 13:06

    Primeiro ensanho para queda de Governo…

  20. josé castelo branco

    19 de Julho de 2012 as 13:12

    Está ensaiado o golpe de estado.

    deviam era ter todos vergonha na cara, porque de facto, devem esperar as próximas eleicoes e darem mostras da sua competencia.

    até lá, deixem-se de malabarismos ensaiados, sem vergonhas!

  21. jovem.descontente

    19 de Julho de 2012 as 13:38

    Seja qual for a circunstancia que ninguém sabe,mas de que as coisas no país estão péssimo,ninhgém pode dizer que não;De que este governo só está fazendo mer…,também é verdade.Se é que há solução imediata para resolução da situação actual do povo santomense:se for o caso “QUE MANDEM ESTE GOVERNO PARA CASA” e ponto final.Já estamos farto.Veja só a patetice que fez no dia 12/7.A oposição busca consenso com o poder,não lhes é dado satisfação.Uma bancada da oposição foi fazer visita a TVS,o Óscar proibiu fazer cobertura-porque é lá onde está o centro de corrupção do governo e não fizeram;e por cima para no corredor com insultos aos parlamentares.Pergunto que de bem está correndo no país.Pagar motoqueiro 300.000 dobras ou Ambrósio Quaresma para fazer esta besteira com foto de motoqueiro no 12/7 atrás de Patrice.Por favor,não enganem os mais pequenos como patrice esta fazendo.Brincadeira tem hora e é momento para por travão.e pôr país andar pra frente.

  22. A.B.S

    19 de Julho de 2012 as 13:48

    Como jovem,não tenho nenhuma esperança nos políticos que temos. E passo logo dizer porquê:
    PCD e MDFM coligaram e nada resultou.
    Fradique Menezes, bem achou, através de consenso colocou Patrice no Poder.
    Juntaram cabeça novamente tiram-lhe, após três meses.
    Rafael Branco e a sua equipa sobem ao poder, como se fosse “Governo de Transição”, nada fizeram e o povo entendeu que nada fizeram deu MLSTP chicotada nas urnas, dando assim, lugar ao ADI. ADI que tenta fazer alguma coisa, primeiramente com o combate a corrupção, desnorteia completamente.
    E agora vem os corruptos a se unirem.
    Pergunto agora, o que será do nosso maravilhoso País?

  23. sulila miranda

    19 de Julho de 2012 as 14:00

    Olha, tudo isso é POLÍTICA!
    Na política, dependendo do interesse que se tiver,se come,se dança e se dorme com o pior dos inimigos!
    Quem anda na política sabe bem disso!. Os cubanos descreviam a política como ” una mierda que empieza en la mierda e termina en la mierda”, por isso, não me surpreendeu esta tomada de posição dos partidos santomenses.
    De que há crise no mundo, todos nós sabemos, agora perante esse facto temos que, bilá cabá, para que o povo não passe tão mal, atendendo que a grande maioria deles, já é pobre!
    Daí toda essa fanfarra, porque numa casa, onde reina a fome, todos choram e ninguém tem razão!
    Puxa vida, se a casa já está mal e a fome, se voçê sai de manha e só regressa a noite, claro que os teus filhos vão dizer que você é que está bem e inclusive de barriga cheia, porque eles não têm a tua presença nas horas de refeição, mas sabem que ninguem vive sem se alimentar. E ainda por cima te vêem a dar o show! Que fazer? é complicado ser-se político num país pobre!
    Mas sabemos para que serve o chapéu de chuva, agora se você for pra chuva sem chapéu é pra se molhar!
    E por último, voçê quer se dar bem na política, evite anti-corpos! Sobretudo com aqueles que são ” pesados” e, não persiga um santomense, porque ali, SÃO TODOS PARENTES!

  24. Trindade

    19 de Julho de 2012 as 14:03

    atenção todos meus compatriotas de Mé-zochi, os que fizemos ao esses três partidos (MLSTP/PSD, PCD e MDFM/PL não foi suficiente. Eles querem chegar o poder com arrumação no Palácio dos congressos ou no Palácio do Povo. Vamos lhes mostrar mais uma vez. Vamos dizer-lhes que agora já sabemos o que queremos

  25. Trindade

    19 de Julho de 2012 as 14:47

    Esses três partidos assumindo esta postura são ameaças para o nosso País. Isto não é Democracia porque ela só se faz com debate, opiniões diferentes. Não se pode preocupar com o poder mas sim para o desenvolvimento o que não vejo pelos senhores da Oposição.
    Se olhamos para quadro actual este acordo já revela o que querem.
    O País não está bem, mas também nunca esteve melhor.
    Eu chamo atenção aos são-tomenses para analisarem os ditos políticos de são Tomé e Príncipe e os seus respectivos partidos políticos. REFLICTAM COMIGO:

    – Questão de ZOna Franca por esclarecer – Azerimos de Prazeres do PCD
    – Caso Stptraiding por esclarecer – Delfim Neves PCD
    – Devedores de Estado – muitos senhores de PCD, MLSTP e MDFM
    – Devedores de casa de Estado – muitos senhores (Lista já publicada)
    – Muitos Carros de estado são leiloada na hasta pública o que não acontecia – os senhores não têm mais hipóteses de esconder aquele que é o bem do Estado.
    – O cinto agora aperta para todos- não como outrora apertava apenas para algumas pessoas enquanto os senhores continuavam a sustentar todos seus interesses pessoais com o dinheiro do povo
    – Questão de ajuda de Japão – por explicar – Cosme Rita do PCD
    – etc

    SENHORES e SENHORAS:

    1 – Os actuais dirigentes desses três partidos são protagonista desses casos supracitados e demais que não mencionei

    2 – O actual governo quer ver estas questões todas esclarecidas, porque são bens do povo e esses bens devem contribuir para compra de medicamentos, géneros da primeira necessidade, bolsas de Estudos …

    3 – SABENDO DISTO TUDO ASSINARAM ESTE DITO ACORDO POR ASSINAR?
    4- QUEREM CONTINUIDADE DESTE GOVERNO QUE DEFENDE TUDO AQUILO QUE É DO POVO?

    Deixo esses pontos a consideração de todos,

    Mas uma coisa é certa os políticos quando pedem voto ao povo, são para defender causa desses, o país e não interesses particulares como esses senhores “políticos” da oposição.

  26. pulga de cão

    19 de Julho de 2012 as 14:50

    UHUMHUHHMHMM, este acordo…!
    Estou de acordo que haja uma oposição, mas com gentes sérias. Estas?…
    Não sei porquê que o jovem como Osvaldo Vaz está entrar no meio disso. Gente como jorge Amado, Jorge Correia, Delfim Neves, Bano, jamais irão lutar pra o bem desse povo!…Fui

  27. Verónica

    19 de Julho de 2012 as 14:55

    Ê sá kaká!
    Tudo isto foi provocado pelo Patrice,devido a sua falta de humildade. Quem lhe disse que um governo minoritario tem força, para fazer o que está fazendo. Não viram que tudo isto que ele tem feito é para sair glorioso e conseguir maioria absulta nas próximas eleições? Mete-se com todos.
    Preparou uma manifestação a seu favor para o dia 12, fracassou e tentou puxar o povo consigo, contrariando o protocolo. Foi um fiasco. Preparou uma passeata que tinha como rota, rua de Angola, balneério, Igreja da Conceição, Mercado Grande, seu gabinete. Mas como o povo está cansado, aí vai um sinal.
    Foi aos distritos nA véspera, deixou lá cem milhões para os grupos. Resultado negativo.
    Há vozes até que dizem que ele pensa abandonar o governo no fim deste mês.Será?
    Vamos esperar pra ver.
    Tudo isto qe ele tem feito, é apenas para ver se alguém o empurra. Com as úlimas mentiras dele, agora está encorralado.
    Viram como os soldados de manutenção da ordem estavam eqipados na Praça da Indepência no dia 12? É um sinal.
    Minha gente, não provoquem queda, Deixem a fruta amadorecer ate cair e aí veremos.
    Toda a gente está pedindo a queda do homem. Deixem-no

  28. Gualter Oliveira

    19 de Julho de 2012 as 15:00

    É de louvar este tipo de iniciativa, principalmente se vier a se provar que a intenção é a demonstrada.
    Mas sugeria a nova estrutura do MLSTP/PSD que tentasse romper com forma antiga de fazer politica.
    Se pretendem mesmo desenvolver STP, alem de estes acordos partidário que na pratica resumem se a garantir lugar no Parlamento ou Governo, tentam ir mais longe. criem um nucleo duro, de verdadeiros cerebros ( a escolher, tanto nos partidos como fora dos partidos ) cujo objectivo seja:
    – Identificar os reais problemas de STP.
    – Criar passos necessarios ( tanto na ideia para desenvolver como valores monetários para os implementar e ver onde ir buscar fundos para os financiar ), porque nenhum organismo internacional vai nos dar dinheiro se nem nós sabemos o que precisamos.

    Acredito que STP tem pessoas capazes de fazer isso, conheço Osvaldo vaz desde os tempos de Liceu ( ultimo grupo a estudar 11 disciplinas em STP ), sei que ele é inteligente/capaz a ponto de criar e desenvolver uma projecto desta invergadura ( e pela ligação que tem a Sonangol e Governo Angolano, vai sem duvidas conseguir apoios para isso ). Não adianta fazer politica por fazer, é preciso marcar diferença e romper com passado.
    Meus caros compatriotas, não basta ser inteligente, não basta ser licenciado, não basta ser Mestre, não basta ser Doutorado…… é preciso saber utilizar a mais valia de tudos os nossos conhecimentos.
    STP tem falta de um verdadeiro lider carismatico ( alguem que arraste multidão e faz se ouvir de norte a sul, este a oeste, ja não vejo isso de 1976/77), enquanto esse lider não aparecer, não haverá petroleo, turismo, cacau, pesca…… para levantar STP e colocar nas estatisticas regionais ou internacionais.
    Apos varias analises que fiz a problema de STP, cheguei a seguinte conclusão:

    Se alguem pretende desenvolver STP, primeiro tem que criar ou indentificar (porque ele provavelmente existe…. )um lider carismatico, que seja capaz ( ter nivel real de um grande lider…)e que tenha como ambição deixar marcas profundas ( antenção: positivas ) e todo resto vem por acrescimo; e depois criar ou incutir a mentalidade de superar ( na positiva, ou seja fazer melhor )na classe politica ( a titulo de exemplo, se for nomeado Ministro de Infraestrutura, tentar fazer melhor do que seu antecessor).

  29. Reflexão

    19 de Julho de 2012 as 15:12

    Coitado do meu país e o meu povo…
    Oh povo, oh meu povo…, quando fores chamado a decidir, pense nos teus filhos e no nosso lindo País e não nos teus bolsos.
    Que Deus nos abençoe e nos livre do malll…

  30. MÉ SOLO

    19 de Julho de 2012 as 15:39

    UNIÃO faz a FORÇA

    Agora do que nunca é necessário que etejamos unidos e muitos unidos para bem de STP.

    Não é a primeira vez que este casamento a 3 é realizado no país, no passado recente o PCD, ADI e o MDFM casaram – se mas o casamento não correspondeu as expectivas e o divórcio foi prematuro.

    Caros, tudo que é feito a TRÊS é sempre mais forte que a DOIS, o maior problema é que a TRÊS haverá sempre disconfiança, o receio de entre eles, dois puxarem mais a brasa p sua sardinha e deixarem de falar a mesma lingua.

    Não creio q o objectivo deste acordo seja derubar o governo do ADI, seria um passo atrás e o país sairia a perder. Deixemos o governo trabalhar e cumprir o seu mandato, deixemos q aconteça algo e inédito na história da governação Santomense.

    O dia do julgamento não esta assim tão longe, vai chegar.

  31. nora

    19 de Julho de 2012 as 15:57

    Concordo com o Olof, os do MLSTP não escrevem assim esses são os ratos e duques de pau existentes na nossa sociedade. ABRANDEMOS…

  32. Milho fritado

    19 de Julho de 2012 as 16:12

    Se o MDFM/PL, pedir desculpas ao Povo Santomense, por ter votado no ADI para derrubar o MLSTP/PSD o que fez que a bala saíu pela culatra, então, apoiarei esta fala de uma só voz, mesmo que o acordo já está confirmado.

    Se o Chefe do ADI não pensou duas vezes, em derrubar o PCD-GR que tinha maioria absoluta no Parlamento.

    Se o Chefe do MDFM não pensou duas vezes em derrubar o MLSTP/PSD que tinha maioria absoluta no Parlamento.

    Então, estão com medo porquê?

  33. Milho fritado

    19 de Julho de 2012 as 16:17

    O culpado disso tudo é o MDFM/PL. Que pensou na boleia do ADI. Hoje, ficou pelo caminho e longe. Para a próxima luta para ti a favor do Povo. Fui.

  34. Filho da Terra

    19 de Julho de 2012 as 17:05

    Fomos meter com PCD e MDFM outras vez!.. Não acredito no que está acontecer. Essa aliança sempre nos saiu caro, cuidado que esse pessoal do PCD rasgam os acordos que assinam. Será um erro grande mais muito grande, fazer cair o governo.

  35. Terra Firme

    19 de Julho de 2012 as 17:07

    Isso vai nos (MLSTP) correr mal. Quem avisa amigo é.

  36. Mé Zemé

    19 de Julho de 2012 as 17:19

    Acho mau esses tipos de acordos para a nossa democracia. Ora vejamos, temos 4 partidos com assento parlamentar, era bom que cada um pensace com a sua cabeça e não ir na boleia dos outros o que enrequeceria mais o nosso porlamento. O MLSTP como partido de governo, não devia se meter nessas coisas, devia pensar sozinho e distanciar-se desses partidos que só vivem de boleia. Com a maioria parlamentar e com a má fé que sabemos que aqueles senhores já demostraram…acho que daí não vai sair boa coisa. Um exemplo, o processo STP Trading está na fase instrutória, se o tribunal pedir levantamento de imunidade ao Delfin, não será consedida, pois têm a maioria parlamentar…estmaos cá para ver.
    Deus Abençoa STP

  37. Deputado com 4ª Classe

    19 de Julho de 2012 as 17:26

    Osvaldo quer ser 1º ministro a força, ele Osvaldo não tem moral, basta ver como são feitos os recrutamento e selecção pessoal para trabalhar na ENCO, é só corrupção, ninguém entra na ENCO por mérito ou pelo CV. Só cunhas de mais cunhas. Imagina quando estiver a lidar com poder, o que ele irá fazer.
    Se fizeres uma investigação a todo processo de selecção de 6 últimos candidato que entraram a bem pouco tempo na ENCO, vê se logo que tipo de pessoa és.. Jovem corrupto

    Convenhamos Osvaldo, não és serio!

    • Verda, Deve ser Dita

      20 de Julho de 2012 as 8:20

      O senhor tem toda razão se Osvaldo enquanto director da ENCO mostra apetite para corrupção, sendo assim não pode quer ser 1º ministro. Ele Osvaldo lança curso para recrutar pessoal, as pessoas gastam tanto dinheiro para tratar de documentos, quando na verdade a cunha já está feita para os amigos, filha de amado, armando correia, sobrinhos e amigos, isso não é serio. Há momentos que Osvaldo manda admitir pessoal na ENCO, sem curso publico. Osvaldo não serio, como muita gente julga. Pinto está apostar na pessoa errada. Isso será usado na campanha contra Osvaldo com provas!

  38. N.C

    19 de Julho de 2012 as 18:16

    Coligacoes mao funcionam,nem nunca funcionou na nossa democracia.Com politicos corruptos,invejosos e egoistas,essa coligacao sera apenas e nada mais do que “uma tenzao de mijo”.Usam o bom nome do povo para atingirem os seus objectivos politicos,depois atiram o mesmo povo para a sarjeita,para o abismo.O povo so e conhecido e relembrado por essas escumalhas quando se aproxima das eleicoes,ou quando tencionam derrubar o governo.Qual a oposicao que trabalha em prol do povo?Qual partido investe no povo,nas comunidades sem ser nas campanhas eleitorais?Pouco a pouco o povo vai abrindo os olhos e tornar inteligente.O povo santomense ja nao e o mesmo de 30 anos atras.Se pretendem unir para o bem estar do povo,benvindo e assim seja,mas se sera para outros fins,quem apanhara o cartao vermelho sera a coligacao

  39. Badiu di STP

    19 de Julho de 2012 as 18:42

    Mas uma vergonha para este país, as pessoas
    não sabem esperar a sua vez, fome de poder tem estado a deixar as pessoas segas – pergunto quanto tempo ficaram já esses mesmo partido no poder nesta terra, durante esse tempo o que fizeram? Meus caros o partido que ganhou deve governar, daqui a quatro ano caberá o povo julgar, os deputados não foram eleito criar instabilidade, meus caros tenham paciencia esperem a vossa vez está terra não merece mais instabilidade……
    Mantenhas

  40. Joscon

    19 de Julho de 2012 as 21:06

    A impaciência tomou conta da oposição,

    A voragem pelo poder vai trazer grandes dissabores para o governo actual, mormente para o primeiro-ministro, Sr. Patrice Trovoada e, instabilidade política se avizinha. As notícias sobre este pacto, não trazem nada de substancial para o espectro político, visa apenas satisfazer os apetites, os egos, as ambições desmedidas, as estratégias mal concebidas e a queda do governo.

    “Quando a esmola é tanta, o povo desconfia. Na vida, não há almoços grátis, por isso, espero que o povo São-tomense, não embarca neste navio em alto mar, com sinais evidentes de tempestades”. Sou de opinião, independentemente de quem estiver no governo, que deve levar ao cabo o mandato até ao fim da legislatura, isto é, o partido que ganhou a eleição deve cumprir o seu mandato, com elevação e, posteriormente deve ser julgado ao fim de quatro anos de legislatura.

    Não concebo golpes palacianos forçados na secretaria com o objectivo primordial de chegar ao poder de uma forma rápida e vertiginosa. Se olharmos atentamente para a arquitetura dos partidos que estão na génese deste pacto (O MLSTP/PSD, o PCD e o MDFM/PL), vimos que são partidos contra-naturas, idiossincráticos, bizarros, logo não há a mínima possibilidade de se encaixarem.

    As figuras de proas de cada um dos partidos citados, têm as suas agendas ocultas e pré-estabelecidas e, a qualquer momento, pode haver o extremar de posições. Será que na vida, tudo vale? Chega de instabilidade política, chega de mesquinhez e de tacanhez. Em 37 anos de independência, chegámos a ter 20 governos, isto é bizarro para um micro estado, logo o país não pode viver incessante em instabilidade. Embora possa concordar ou discordar do governo que está actualmente em poder, penso que ele deve cumprir escrupulosamente a legislatura.

  41. Anca

    20 de Julho de 2012 as 1:04

    Da para rir….

    É no minímo caricato “um acordo de convergência político-partidária e parlamentar, que une as três principais forças da oposição no sentido de falarem numa só voz no tabuleiro político são-tomense”, isto significa inverter a democracia, pois a democracia, significa pluraliade de ideias, de votos, liberdade de escolha, com sentido de responsabilidade e sentido de Estado.

    Isto significa, que aqueles cidadãos, que votaram nas urnas, no partido, MLSTP/PSD, no partido PCD/GR, no Partido MDFM, veem agora os seus votos defraudados, com este acordo de convergência político partidária e parlamentar, que une as três principais forças da oposição, no sentido de falarem numa só voz no tabuleiro político, pois os cidadaos apoiantes partidarios destas forças politicos partidarias, ditos de oposiçao, veem agora os seus votos depositados, com efeito nulo, com esse acordo de convergencia politico partidaria, pois passa a valer avoz de interesses partidarios e individuas, mas jamias a voz do povo expresso nas urnas, atraves do escrutinio.

    Em democracia, este acordo podia somente efectuar, mediante respeito a materias e projectos de discussao parlamentar, e jamais, mediantes esta caracteristica, de acordo politico partidario, para falar so uma voz, em democracia ate da para rir.

    Pois no regime democratico isto, jamais existe.

    Por outro lado quem quer o dialogo, se se quer dialogo, serio, honesto, responsavel, com sentido de Estado, com sentido de compromisso, para o verdadeiro crescimento e desenvolvimento sustentavel futuro, jamais, formaliza, um acordo a tres, e deixa de fora o partido que sustenta o actual poder legislativo.

    Caso para dizer, que aqui a gato com rabo escondido.

    Caso para dizer que tanta coisa, acordos e barrulhos para amanha a montanha parir um rato, o rato da fome, da miseria e pobreza extrema.

    Pois que casa onde jamais ha pao todos ralham e ninguem tem razao, e a fome a miseria e a pobreza mental e material a assolar.

    Jovens, adultos, idosos, cidadãos SãoTomenses abramos olhos.

    Estejamos atentos, nos desenganemos, pois os actuais Líderes dos Partidos, MLSTP/PSD, PCD/GR, já nos deram provas suficientes das suas incompetências, falta de seriedade, falta de humildade, irresponsabilidades, falta de sentido de estado, desleixo pela coisa pública, corrupção activa e passiva, ao longos desses anos, ao longo do passado recente, o que conduziu o País(Território, Mar, População), á fome, á miséria, á pobreza extrema, à nível social, cultural, desportivo, ambiental, económico, financeiro, e a degradação do ambiente político, pois somente sabem viver da coisa pública e das polítiquices, mexeriquices. Contribuiram ao longo destes anos, para que o País(Território, Mar, População), passase de País Pobre à Paupérimo.

    Necessitamos de novos líderes(nova geração de políticos), humildes, sérios, honestos, responsáveis, disciplinados com gosto e empenho no trabalho árduo, que tenham postura e sentido de Estado, cidadãos bem formados e informados, que obtiveram educação/formação de qualidade, que tenham cultura de responsabilidade, rigor e compromissso, que tenham visão de futuro, para o crescimento e desenvolvimento sustentável do País (Território, Mar,Populção), a nível social, cultural, desportivo, político, ambiental, económico e financeiro.

    Nosso País, é essencialmente composto por jovens M/F, muito particularmente de jovens pertencentes a Classe Feminina.

    Que jamais necessitam de fazer parte dos partidos políticos, para serem líderes, pois na sociedade cívil, organizada e independente, se encontram jovens e líderes empreendedores independentes, para a gestao do territorio, mar, populaçao.

    Torna se imperioso que nas proximas eleiçoes legislativa, caros cidadaos,

    Ter consciencia, estar em conciencia, e ser consciente.

    Estejamos alertas

    Acredita em ti

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica nos bem

    Deus abençoe Sao Tome e Principe

    • Anca

      20 de Julho de 2012 as 1:51

      Rubricaram “um acordo de convergência político-partidária e parlamentar, que une as três principais forças da oposição no sentido de falarem numa só voz no tabuleiro político são-tomense”, e diz que “decidiram unir-se para promover a democracia e o desenvolvimento do país”;

      mas, caros cidadãos reparem que este acordo que se diz de união, deixa de fora a príncipal força partidária que sustenta o Poder Legislativo Actual, deixa de fora os Partidos sem assento na Assembleia da República, deixa de fora a sociedade civil organizada e independente, deixa de fora os cidadãos, deixa de fora a voz do povo, povo este que deve ser quem mais ordena.

      Pois um acordo assim, nada tem de democrático, muito menos para o desenvolvimento do País(Território, Mar, População). Fala-nos da União, mas nada fala sobre a disciplina, do empenho no trabalho árduo, nada sobre metas para inverter a situação do País, á fome, á miseria, á pobreza extrema, em que enteraram o País, ao longo desses anos, á nível social, cultural, desportivo( basta ver o desempenho, a nossa participação nos jogos da CPLP, nos jogos olímpicos anteriores, no de 2012 etc, etc… pois o país ainda carece de estrutura e infraestutura, educação/formação adequada no desporto ), á nível político, ambiental, económico e financeiro.

      Olhos abertos, estejamos atentos

      Pratiquemos o bem

      Pois o bem

      Fica-nos bem

      Deus abençoe São Tomé e Prícipe

  42. Aleixo

    20 de Julho de 2012 as 3:47

    Venho por este meio de comunicação apelar ao todos Santomenses sem ex-cessão que deixem o Governo trabalhar……..Sem intenções de maldade, mas fazendo lutas de oposição construtiva sem divisão, porque esta a causar o mal estar no seio dos nossos políticos…. Há criticas que o Primeiro Ministro não vai ao Parlamento, não dá ninguém ouvido, tem atitudes negativo, perante aos seus Ministro não trabalha em equipe, ignora tudo e não gosta de ser criticado. Perante tudo isso deu-se inicio a um bloqueio da oposição contra o ADI que trás consequências muito negativas ao PAÍS E AO POVO. A luta pelo poder em S.Tomé é baseada através da intriga e bem falseada no meios dos dirigentes. Tendo em conta o que está acontecer na comunidade internacional, principalmente na CPLP numa politica desacertada onde o cinismo funciona e a desconfiança é arma silenciosa, crise europeu, e falta de um entendimento com a politica dos imigrantes da lusofonia perante uma crise inventada só para imigrantes, não é bom neste momento critico fazer politiquice. Já é hora de aprender com os erros anteriores cometidos da mesma forma e que só nós saímos a perder…. É preciso, trabalhar com factos verídicos e não inventar, factos com testemunhos falsos, comprometer e envergonhar a figura que o povo elegeu democraticamente só para ver no poder um ao gosto do freguês. Queixa-se da arrogância do Primeiro Ministro, mas existe método próprio para fazer esse Senhor ver as coisas, sem criar situações que põe em causa a revolta popular.Atravessamos neste preciso momento situações dificilmente para criar politicas que não trás benefícios…. É preciso que pressione o Primeiro Ministro a mudar de atitudes de que é acusado sem fazer bloqueios e acusações desnecessárias. Unidos venceremos…..um por todos, todos por um.. O MDFM,O MLSTP, PCD E ADI SOMOS TODOS FILHOS DA TERRA!

  43. conterrâneo

    20 de Julho de 2012 as 8:29

    Esse acordo é mais uma tramoia desses politicos CURRUPTOS, que durante 37 anos destruiram este país com a sua INCOMPETÊNCIA, CURRUPÇÃO, PREGUIÇA REPITO- PREGUIÇA, QUERER VIVER UNICA E EXCLUSIVAMENTE A CUSTA DO ESTADO.

    Como neste momento não estão conseguindo viver à custa do ESTADO, estão ávidos de assaltarem o poder para poderem continuar a destruir o país e a viver a grande e a franacesa a custa do Estado.

    Como é que três partidos de oposição vão falar a mesma lingua?

    Têm por acaso a mesma ideologia? A mesma cabeça? O mesmo sentimento? A mesma Visão?

    ISTO É TRETA!

    Só querem poder a todo custo!

    SÃO SEMPRE OS MESMOS! A destruir este país!

    Viram que o Pinto não pensa como Fradique, agora estão revoltados.

    Pensavam que o Pinto iria mandar o Governo para casa por tudo e por nada como fez o Fradique, mas enganaram-se.

    Pinto não está preocupado com “ESSAS QUERELAS INÚTEIS”.

  44. Anca

    20 de Julho de 2012 as 10:33

    Vão trabalhar, a terra, pegar na enxada, produzir

    Há que reformar nas proximas eleições, atarvés do voto, os políticos do MLSTP/PSD, do PCD/GR, do MDFM, que estão a 37 anos na política, manda-los trabalhar.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençõe São Tomé e Príncipe

  45. Anca

    20 de Julho de 2012 as 10:44

    Pensam que nos calam?

    Censurando os nossos comentários?

    Pois caros cidadãos, prestem atenção, muita, atenção;

    Vejam, pesquisem, analisem, investiguem, á notícia veiculada, pelo “Jornal ST, São Tome e Príncipe em tempo real”, do dia 19-7-2012, com o Título “São Tomé e Príncipe: Caso “STP-Trading” em debate instrutório”;

    Tirem a vossa conclusão, sobre este, “acordo de convergência político-partidária e parlamentar, que une as três principais forças da oposição no sentido de falarem numa só voz no tabuleiro político são-tomense”, que foi assinado a pressa na última noite.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençoe São Tomé e Príncipe

  46. conterrâneo

    20 de Julho de 2012 as 11:55

    O julgamento do caso STP Trading está a dar volta aos CURRUPTOS DE MLSTP, PCD E COITADO DE MDFM-PL.

    São esses “BANDIDOS” que querem melhor para o nosso país?

    Delfim Neves?
    Jorge Amado?

    Coitado de Osvaldo Vaz que se foi misturar com esses CURRUPTOS, DESTRUIDORES DO NOSSO PAÍS!

    Onde é que está propostas alternativas desses “POLITIQUEIROS”?

    Não fazem porque não conseguem!

    Só querem poder, para mandar calar a Assembleia, os Tribunais e CONTINUAREM A ROUBAR O PAÍS.

    VÃO TRABALHAR!

    Se durante os 37 anos não aprenderam a trabalhar porque sempre viveram encostados ao PODER, agora é chegado o momento de APRENDEREM A TRABALHAR.

    DEIXEM DE VIVER A CUSTA DE CURRUPÇÃO!

    ISSO SÓ DISTRÓI O NOSSO PAÍS.

    Verdadeiros politicos que querem bem do povo, NÃO CRIAM INSTABILIDADE POLITICA!

    Porque sabem que instabilidade politica tem sido a CAUSA DE TODOS OS NOSSOS MALES.

  47. Sãotomense surpreso

    20 de Julho de 2012 as 13:01

    Acabo de testemunhar um episódio deveras surpreendente na Praça da Independência: Afonso Varela, o todo-poderoso Ministro Secretário Geral do Governo de Patrice Trovoada que não falava com ninguém, não atendia telefonemas de ninguém e pavoneava-se do alto dos seus jeeps sem “dar confiança a ninguém”, está a circular a pé, falando com todos, preto ou mulato, rico ou pobre, homem ou mulher, jovem ou velho. Vejam só como um simples acto simbólico da oposição quebrou a arrogância desta gente!

    Será que Patrice Trovoada vai também deixar de voar em jactos privados pelo mundo fora para tratar dos seus negócios pessoais e começar a trabalhar para o povo que o elegeu?

    Não será já muito tarde?

  48. Carlos Ceita

    20 de Julho de 2012 as 13:46

    Cumprir mandato ou legislatura até ao fim não deve ser a qualquer preço. E Este governo tem de aprender a governar em minoria que é sinonimo de diálogo permanente humildade e sem arrogância.
    E quanto ao senhores da oposição por favor cresçam e apareçam. Deixem-se lá desta coisa de discursos bonitos acordos compromissos que depois são rasgados.
    O que o país precisa a semelhança ao que o nosso amigo do Príncipe (To Ze) fez é:
    Os saotomenses independentemente das suas diferenças sentar a mesa e elaborar um plano nacional estratégico sustentado de desenvolvimento do país a curto médio e longo prazo (em que estejam definidas as prioridades do desenvolvimento económico). Definidas também os desígnios nacionais.
    Mobilizar os recursos humanos e os parcos recursos naturais para esta causa nacional.
    Buscar apoios e investimentos de países parceiros tradicionais e sobretudo aprender com experiencias de países insulares como nós.
    Os desígnios nacionais devem ter continuidade no tempo independentemente dos governos e primado na constituição da república
    São eles:
    O Ambiente e ordenamento do território.
    A luta contra todas as formas de corrupção activa e passiva.
    A segurança de pessoas e bens.
    A protecção das mulheres, terceira idade e crianças.
    Educação e saúde.
    Justiça.
    As prioridades do desenvolvimento;
    Economico:
    Agricultura/Agroindustrial (terra, floresta, rios)
    Mar (pesca, e as riquezas marinhas )
    Turismo
    Energia
    No que diz respeito ao desenvolvimento económico temos de nos questionar:
    Que sector de actividade económica pode gerar riqueza interna a curto prazo e médio prazo?
    Pode ou não a agricultura e o desenvolvimento rural e pescas gerar riqueza a curto médio prazo?
    Pode ou não São Tome e Príncipe produzir bens alimentares para o consumo interno e em caso de excedente expoertar.
    Porque é que as políticas dirigidas a este sector não tiveram sucesso. O que falhou, o que podemos fazer para melhorar ou potenciar o desenvolvimento deste sector? e qual a garantia de que não vamos falhar.
    Porque continuar a importar bens que podem ser produzidos localmente. (ex: agua mineral, sal, óleo alimentar, )
    Aos desígnios nacionais apenas uma questão que considero fundamental que é a corrupção.
    Todos os que ascendem a cargos públicos tem de declarar os seus bens e qualquer servidor publico condenado por actos de corrupção fica impedido de exercer cargos públicos.
    É por ai que os partidos políticos devem seguir o contrário disto é o que temos visto neste 37 anos. Caos, banhos, transe/bobismos, fait divers e instabilidade endémica em suma um Estado Nação quase Falhado.
    Tenhamos juízos meus amigos compatriotas

  49. Nando Vaz (Roça Agostinho Neto)

    20 de Julho de 2012 as 17:02

    “Os três partidos, não abriram o véu que cobre o acordo, mas Osvaldo Vaz, respondeu que «tudo o que os partidos irão fazer, será sempre em benefício do povo de São Tomé e Príncipe».”(T.N/2012)
    Se tudo isto corresponde a verdade é muito importante para a vida dos Santomenses!..

    • Argenezio Antonio Vaz

      22 de Julho de 2012 as 8:46

      Coitado é o povo. Alguem ainda acredita no Osvaldo?

  50. Zarolho peçonhento

    22 de Julho de 2012 as 0:19

    Zarolho

    Puxa vida! Em que País estamos? Que governo é este que não quer que a oposição fale? Ela não tem que estar de acordo com o governo. para alguma coisa existe opusição. Que governo é este que sempre que a oposição fala pensa logo que querem derrubar o governo? Se o governo está ciente que está fazendo um bom trabalho para o povo santomense, que siga enfrente sem demonstrar tanto medo da oposição como tem mostrado até agora. Quem não deve não teme. Quem vos disse que só porque os partidos de oposição uniram, já é sinónimo que querem deburbar o governo? A oposição já não tem voz num País que se diz democrático? Se querem governar deixem a oposição fazer oposição! Parece que estou repetindo? Vejam se entendem.

  51. Santosku

    23 de Julho de 2012 as 8:30

    Creio que a união é boa se de facto a união veio para vficar e criar condições e fazer com que o governo possa dialogar com a oposição e respeitar mas o presidente da República. Outra coisa muito importante é a mudança da Constituição para dar o PR mas poder e só assim o mesmo poderá agir de conformiadade. O PR neste momento querendo respeitar a Constituição não deve interferir nos assuntos de governo ainda mas com um Patrice Trovoada o arrogante que a 1.ª com medo de Pinto disse que o mesmo teria que apreender a democracia. Mas tudo tem um limite.

  52. Carlos Manuel

    24 de Julho de 2012 as 9:26

    Gostaria de apelar aos Partidos subscritores do acordo de cooperação parlamentar celebrado na semana finda que reflictam e façam uma contenção. O mundo vive actualmente, uma crise económica gravíssima e não é com politiquices, não é com acordo parlamentar que consigamos resolver e ultrapassar os problemas com que nos confrontamos. Dêem prova de responsabilidade para com o País e com este Povo mártir, que muitas vezes, mesmo uma refeição têm dificuldade de fazer, quando a maioria da classe politica, sobretudo dos partidos subscritores desse acordo vive a grande, comem do melhor, bebem do melhor, gozam as férias no exterior com a família, têm bens espalhados pelo mundo fora, tem o parque recheado de carrões de topo gama, só viajam na classe executiva, enquanto o povo trabalhador continua atirado a sua sorte. Senhores lideres do MLSTP – PSD, PCD/GR e MDFM/PL o povo está cansado de brincadeiras. O Povo deu mandato ao Governo de ADI liderado pelo Dr. Patrice Trovoada para conduzir os destinos deste País nos próximos 4 anos. Portanto ainda faltam 2 anos e meses. Por favor deixem o Homem trabalhar. Temos visto sinais da sua dedicação, de diligências que o mesmo tem feito para melhorar a qualidade de vida da população e esperamos que Vós não tentem desestabilizar o País, deixar tudo a perder, pois o Povo e São Tomé Poderoso não vos tolerarão. Tenham paciência, aguardam pelas eleições que já não está muito longe.

    O Povo tem memória de muitas coligações e governos de unidade nacional que o pais conheceu. O que deu, que resultados tivemos? Zero. Tivemos a coligação MDFM/PCD de 2006, não deu em nada, tivemos a coligação MDFM/PCD/ADI de 2008 que foi furado pelo PCD, o que deu? Nada. O PCD com o seu radicalismo, associou ao MLSTP e derrubou o seu próprio Governo. O MLSTP assumiu, formou o Governo de unidade nacional com elementos do PCD e do MDFM o que deu, nada! Só serviu para cada um encher os seus bolsos. Já basta disso, já chega.

    Estão a gozar e abusar deste Povo. Criaram a miséria no país para fazerem do POVO o vosso bobo de danço. Um dia a história encarregará de vos julgar a todos. A riqueza não é nada, o poder não é nada, partimos e tudo fica. Quanta riqueza não possuía o Kadafi e a sua família? O que lhe aconteceu? A vós o mesmo caminho poderá vos aguardar, se continuarem com maldade contra este humilde Povo.

    Dêem contribuição positiva e responsável ao Governo e aguardam pela vossa vez.

    As organizações internacionais têm feito boa referência deste Governo. Espero que não estejam com ciúmes. Porque na verdade, ja tivemos muitos Governos e não vimos o que foi feito em tão pouco tempo, como este Governo. 37 anos de independência, o país continua no mesmo, a mentalidade de muitos continua na mesma. Pensam um pouco no Povo, nas pessoas. Transformaram o país no banho, dando tostões para gozar e abusar do Povo. Mudem de mentalidade, dêem prova que são filhos da terra e deste POVO. Vamos viver esta situação e antidesenvolvimento até quando? Copiam o de bom de Cabo Verde, aceitem alternativa. Não precipitem as coisas

    Se o cofre fechou, tinha que ser. Se temos pouco temos que saber o gerir. É preciso organizar o pais, é preciso controlar os custos, é preciso evitar desperdícios e gastar não importa como, sobretudo quando não sai das nossas algibeiras.

    Senhor Presidente da República, o Senhor foi o Primeiro Presidente do País, e voltou a ser o quarto desde 2010. O Povo espera de Vossa Excelência o melhor para este País. Que seja o Guia, que interceda junto da classe Politica, de forma que não percam a cabeça e forjam a queda do Governo no Parlamento, pois isso seria muito mau para o País, para o nosso retrocesso e para a situação desse Povo que viria tudo a começar de zero. Enquanto garante da Constituição imploramos para a Vossa determinação em não permitir tal falcatrua.

    Senhores Deputados não se esqueçam que foram eleitos pelo Povo, para lhe servir e não servir-se dele. Lembrem-se que têm dever moral e obrigação de defender e proteger os interesses desse Povo e do País. Por favor sejais responsáveis e não defraudem a sua confiança.

    Senhor Primeiro Ministro o Povo está consigo, seja forte e continua a trabalhar para este Povo, mostrando-lhe que o Senhor é capaz e tem solução para este País. Não lhe escondemos ficamos satisfeitos com o Master Plano que Vossa Excelência apresentou aos quadros.

    Aos trabalhadores, técnicos, quadros santomenses e toda população santomense em geral, unamos em torno de Dr. Patrice Trovoada para fazermos o melhor para este Pais.

    São Tomé e Príncipe, Santo Poderoso, olhai por nós, rezai por nós e fazer humilhar os corações dos políticos de forma que o país possa viver uma verdadeira estabilidade, que todos possamos contribuir a nossa medida para o seu desenvolvimento, que os resultados possam ser distribuídos de forma equitativa e que todos possamos ter uma vida com a mínima dignidade e que não façam de STP um país onde um pequeno grupo dominante tenha tudo e de melhor e o Povo coitado dele, continuará na miséria extrema.

    Porque já compreendemos isso, a nossa duvida e a incerteza com tal acordo de cooperação parlamentar nos assusta, pois, um assalto ao poder fora das urnas, deixaria a perder todo o esforço já feito por este Governo, que na opinião da maioria, tem feito uma boa governação.

    Um mundo atravessa actualmente uma conjutura económica muito dificil e para STP que só sabe apenas fazer politiquisse eestender as mãos ainda é pior. Reflitam portanto.

    O Povo pode e o Povo decide.

  53. Carlos Manuel

    24 de Julho de 2012 as 9:52

    Senhores lideres e subscritores do acordo de cooperação parlamentar

    Se estão munidos de boa fé para com o Povo mártir de São Tomé e Príncipe, gostaria de vos sugerir a tornar público a sociedade civil, os termos do referido acordo, os seus objectivos, o projecto a ele associado, de forma a tranquilizar este povo mártir e assim estariam a dar uma contribuição a democracia e só ficariam a ganhar, evitando as especulações dos militantes, simpatizantes e de todo o eleitorado e povo santomesne. Dêem prova da vossa transparência e que estão agindo no bom sentido e que não se trata de um negócio camuflado. Bem hajam.

  54. Tiberio

    24 de Julho de 2012 as 9:53

    Caros compatriotas,
    Esta noticia tem 64 comentarios, dos quais 19 comentarios são a favor do acordo tri-partidario e 45 são contra. Por exemplo, se estes cometarios contassem como votos numa eleição, diríamos que o acordo tri-partidario perde com somente 29.6% de votos e a maioria parte da populacao (70.4%) vota contra este acordo.
    Quais sao as ilações podemos retirar desta iniciativa da oposição?
    1. O povo Saotoemense ja está cansado com as quedas sucessivas de governos;
    2. O povo Saotomense já conhece bem a oposição;
    3. O povo Saotomense já está cansado dos actos de corrupção e imponidade no seio politico;
    4. O povo Saotomense concorda com a governação do actual Governo apesar das dificuldades existentes.
    Minha gente, o quê que o MLSTP, PCD e MDFM poderiam fazer na actual conjuntura mundial, onde a crize económica-financeira está a tomar conta de tudo, e principalmente na Europa.
    Ora vejamos, Os paíse da zona Euro que estao em crize têm um problema em comum: Receita fiscal cada vez mais baixa, despesa publica alta. O que se tem tentado fazer com as respectivas medidas de austeridade é precisamente tentar inverter a siatuação, ou seja, aumentar as receitas através de sibudas de impostos e diminuir os gastos públicos. E claro também tomar medidas para incrementar a produtividade.
    Vamos agora olhar para o nosso STP: As receitas publicas estao a aumentar sem aumento de impostos. Pelo contrário, houve até a redução do IRC. As despesas publicas estao controladas: como se diz por aí, feicharam-se as torneiras. E este que é o mal deste Governo. Alguns políticos dos três partidos da oposição estao a viver com dificuldades porque essas fontes de receitas ilicitas, a custa do povo trabalhador estao encerradas. Eles já não têm milhões para passarem fins de semana a grande e a Francesa. Já não têm milhões para viajarem, aranjar boquitas e comprar pessoas e semear a corrupção. Eles estão aflitos porque o povo está a exigir justiça para os casos de corrupção que se encontram nos tribunais. Eles estão aflitos.
    Se repararem bem, esses mesmos indivíduos já não dão a cara. Manda jovens coitados, que supostamente deveriam ser espertos e inteligentes como por exemplo aqueles dois que leram os comun icados do MLSTP e do PCD. Será que eles no fundo do coração acreditam naquilo que leram? Porquê que o MLSTP e O PCD não dão oportunidades aos jovens para liderarem os respectivos partidos. Olha, alguns jovens do MLSTP que sonhavam com uma reforma do partido ja desistiram, estão decepcionados com os quotas do partido. Jorge Amado? Aquele tem o CV mais sujo do que o páu onde dorme a galinha. Delfim Neves? Eugénio Tiny? Fico triste que o Osvaldo Vaz tenha metido nisso. Osvaldo tenha cuidado com a ambição. Tu poderias chegar lá, mas deste jeito, não te vão deixar. Não tentes dar passos maiores do que as pernas. A corrupção nunca será o caminho. A conjuntura política está a mudar e não devias ajuntar com aqueles indivíduos.
    Resumindo e comcluindo: deixem o governo terminar a sua legislatura, participem de forma activa, mas honesta como oposição e apresente alternativas válidas.
    Fui!!

  55. Manuel Monte

    24 de Julho de 2012 as 21:27

    Caros Compatiotas,
    Todo o cenário que se esta passar na arena política de S.tome e Principe e trabalho de alguém que quer eternizar o poder e trazer de volta a ditadura ao Pais. Pena os políticos de S.Tome e Principe não terem visão suficiente para perceber este tipo de jogada política. O senhor Osvaldo Vaz e o delfim dentro do MLSTP que representa alguém que a todo custo quer ter o poder totalitário do Pais. Fiquem atentos e nao se deixam corromper e ponham a vossa frente primeiro os interesse da nação em vez dos interreses pessoais. S.Tome e Principe não e principado de ninguém que se apresenta como o único salvador da Pátria e sim de todos santomenses que tem amor por esta Terra abençoada. Porque que hoje não se falam de muitos nacionalistas filhos desta Terra que deram as suas vidas para que fossemos independentes e livres da opressão colonial (João de Castro, Artur de Castro, Alda Graça, Leonel d’Alva) e tantos outros e mesmo cidadãos anónimos, que hoje são esquecidos como se tivessem não sidos filhos deste nosso pequeno mais grande Pais que se chama S.Tome e Principe. Sermos unidos e pensarmos na nossa terra e respeitarmos a diferença de opinião, religião, etc, para consolidação da democracia. Alguns politicos aproveita para falar em nome do Povo mais nao resolvem os problemas do Povo. Resolvem sim os problemas das suas vidas pessoais, criar o nepotismo e outros vicios que não sao beneficos ao Pais nem a sociedade santomenses.

  56. Engenheiro

    24 de Julho de 2012 as 23:34

    Eu sinceramente não sei o que dizer.
    Na verdade o governo liderado por esse Patrice trovoada tem dado provas da sua incapacidade de govenação.
    Um governo sem bússola, insensato que se governa a si mesmo, instintivo.

    Mas esse grupo de maquiavélicos do MLSTP, PCD E MDFM, também já deram provas sobejas das suas ladroíces, egoísmo e tudo que é pecado perante um povo que sofre calado, tímido e muito humilhado por grupitos.
    Eu já não sei o que dizer nem em que representante acreditar ou confiar.
    País de tretas…….. Mas eu amo SÃO. TOMÉ E PRÍNCIPE e gostaria muito que os meus olhos ainda vissem dias melhores para o meu povo.
    Que Deus olhe para nós!

  57. Costa

    27 de Julho de 2012 as 8:42

    Sobre a propalada crise política e a Moção de Censura interposta pelos partidos da oposição importa o seguinte comentário:
    Se entendemos que os deputados são mandatários do povo, o governo mais ainda pois este apresenta a fase no acto das campanhas e aqueles não. Só conhecemos os deputados depois de estarem no parlamento. Por isso não devem os deputados arrogar de serem mais dignos representantes do povo do que o governo. Ambos o são.
    O governo foi eleito para governar o país e não para agradar a uma dúzia de deputados. Os deputados foram eleitos para representarem o povo e não para atenderem os seus interesses e caprichos pessoais.
    No meu entender, neste caso, quem tem problemas não é o governo mas sim a assembleia, não é a assembleia mas sim os deputados, não são os deputados mas sim uma dúzia de co-herdeiros da coroa santomense que acham que isto é deles (governa aquele que os souber agradar). Já é opinião formada que este nosso parlamento é excessivo. 55 deputados é muito. Pelo que sei, destes, só um quarto deles tem função activa e participativa nas decisões do governo. Como se não bastasse o grande encargo financeiro que representam para o país, pelo que sabemos estes se transformaram em partidos políticos dentro do parlamento, ou seja, um movimento reivindicativo dentro do parlamento, e, por via disso, não mais defender os interesses do povo mas os interesses dos deputados.
    O povo precisa de se organizar para reivindicar os seus verdadeiros interesses. O que se pode fazer quando os interesses do povo são violados desta maneira? O que fazer quando o futuro de uma nação é posto em causa por causa de seis indivíduos? Condena-se as pessoas pelo facto de terem roubado “ninharias”, o que se deve fazer com pessoas que camufladas na legalidade botam a perder tantos compromissos e responsabilidade.
    É preciso estarmos preparados para explicar quando solicitados, qual a razão da interposição desta Moção de Censura. Seria suficiente, aceitável, consensual, deixar cair um governo pura e simplesmente porque não aceitou um debate de quatro horas, pelo facto deste transformar a TVS numa “….”, mais isso mais aquilo, seria causa suficiente? Certamente que os meninos vão rir de nós.
    Enfim. Disse alguém “cada povo tem dirigente que merece” mas nós não merecemos estes deputados…
    A terra pertence a Deus.

  58. Fijaltao

    27 de Julho de 2012 as 15:57

    È triste, como pessoas que se formam academicamente e outros que se enveredaram pela política e se esqueceram do que realmente sabiam fazer, optem por fazer coligações tipo pacto diabólico para derrubar um governo e criar instabilidade politica e social para o país e o seu povo para satisfazerem os seus instintos! Admira-me imenso, como os políticos santomenses não se aguentam estar fora da politica ou seja fora do governo durante um período de pelo menos um mandato completo sem se ambicionarem pelos cargos ocupados pelos seus adversários. Não é assim que o povo anseia um derrube de um governo! Há mil e uma maneira de contornar a situação sem ser desta forma clara para derrube de um governo. Lamento dizê-lo, por bem e por mal se S.Tomé hoje é sobejamente conhecido na senda internacional, se deve ao Patrice Trovoada e Manuel Pinto da Costa! O que é necessário é nos assentarmos, discutirmos o estado da nação de uma forma clara e séria, apontar dedos a quem é de ser apontado, apresentar propostas concretas que diferem do do governo e que seja realmente plausível para por na prática, resolver de uma vez por todas a questão da exploração petrolífera e muitas ideias que poderia aí mencionar, mas quem sou eu para dar lições aos sabichões! Isto sim, tem o apoio do povo. Derrubar por derrubar o governo e tudo continuar na mesma seria o tocar de um disco demasiado riscado!

  59. fala pouco

    8 de Agosto de 2012 as 17:57

    senhor primeiro ministro. vamos dividir os poderes o seu mina kia afonso varela sabe disso os policias que foram assaltar a cervejeira rosema pela calada da noite, com as suas ordem mandando desacatar a decisao de um trbunal devidiam estar neste momento guardado na cadeia atraves de um mandato de captura por ter desacatado a ordem do tribunal de Lemba.
    Mas como o senhor é um dos sócios da fábrica em que todos nos sabemos, por isso que o Pais que esta assim, nunca conheci nem ouvir falar que familia trouvada tem tanto jeito para roubar aquilo que é do outro, ele esta aprender isso com aquele cambuta VARELA que estudou tanto em frança e até estudou malandragem quer ficar rico a força se nem Manuel Sanzinha ele perdoa, quanto mas os outros, que lhe deu casa para viver com mulher e filhos, ele quer matar o coitado do homem

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo