Política

Primeiro-ministro tranquilo em relação a Moção de Censura

Para além e considerar normal a apresentação da moção d censura contra o seu Governo, Patrice Trovoada, avisou que tudo depende da vontade dos deputados. «Desde que tenham maioria na votação o governo cai. Se não tiver maioria na votação o governo continua, e a vida continua», referiu Patrice Trovoada.

Patrice Trovoada, está tranquilo porque sabe que o jogo da votação na Assembleia Nacional, é complicado. Teoricamente o seu governo é minoritário. Tem 26 assentos no parlamento em nome do seu partido ADI. No entanto alguns episódios ocorridos no parlamento a quando de decisões importantes, demonstraram que a maioria que goza a oposição, não é sólida.

Patrice Trovoada pode derrotar a Moção de Censura do MLSTP, caso os seus apoiantes da bancada da oposição, decidam apenas não levantar a mão na hora da votação da Moção.

Tudo está em aberto, e a democracia são-tomense dá sinais de vitalidade.

Abel Veiga

    17 comentários

17 comentários

  1. ZE CARLOS

    27 de Julho de 2012 as 20:03

    A democrácia são-tomense vai dando sinais de vitalidade e o País vai-se empobrecendo cada vez mais com estes jogos de interesse

  2. Isidoro Porto

    27 de Julho de 2012 as 21:07

    Tela Non

    Sera possivel publicar na integra o discurso do Primeiro Ministro Patrice Trovoada, respeitante a esta MOCAO DE CENSURA, tal como fez com descurso da S. Excia o Presidente da Republica, Dr. Manuel Pinto da Costa em Portugal? Agradecia-lhe imenso. INFORMAR COM VERDADE PRECISA-SE.

    Isidoro Porto.
    27/JUL/2012

    • Téla Nón

      28 de Julho de 2012 as 8:53

      Isidoro Porto, pode arranjar o Téla Nón uma cópia do discurso do Primeiro Ministro?. É que o Jornal solicitou ao responsável pelo gabinete de imprensa do Primeiro Ministro uma cópia do documento, mas até agora não foi possível enviar para o Jornal. Também se puder ajudar o Téla Nón, envia as declarações políticas das outras partes envolvidas na polémica, para serem publicas.

  3. luisó

    27 de Julho de 2012 as 21:49

    Qual democracia parlamentar?
    Quando chegar à hora vão ver que ele vai passar na AN e depois vamos ver quem votou a favor ou se absteve.
    No fim é uma questão de “contas”, não sei se estão a ver…

  4. diolindo santos

    27 de Julho de 2012 as 23:32

    Democracia tem dessas coisas. Nem sempre o que fala mais alto tem razao.

  5. Olinto Santiago

    28 de Julho de 2012 as 13:22

    Sr. primeiro ministro, isso já estavamos a espera, desde que o sr tomou o poder que começou a cortar o mal pela raíz, que agora os donos de S.Tomé(MLSTP) vão lhe caír em sima porque eles já não têm como viver sem usar e abusar dos fundos do Estado e de todos os Santomenses, portanto essa situação que está a acontecer hoje em S.Tomé e também na Europa é normal, claro que ía caír a Carmen e a trindade em sima de si.Quando as coisas não estão indo bem, temos que tomar,medidas drasticas para resolver.
    Os politicos santomenses são maus, mentirosos, falsos, vigaristas de primeira, só vivem a enganar e a iludir o povo de S.Tomé e Príncipe.
    Deixem o Sr. Patríce Trovoada Trabalhar a maneira dele.
    Os deputados que vão trabalhar e esperar no fim do mês para receber o vosso salário normal como um cidadão comum; deixem de intrigas.

  6. Edson luanda

    28 de Julho de 2012 as 15:13

    Quem sofre com isso tudo são as camadas baixas. Ja é tempo de crescermos e parar com essas brincadeiras em S.Tomé. Sempre a mesma coisa?

  7. sum mé chinhô

    28 de Julho de 2012 as 17:33

    Zemé só ê inem quem mu.Non sá buiado…

  8. Yure pereira

    28 de Julho de 2012 as 19:44

    Senhor Primeiro ministro e senhor presidente
    realmente monção de censura é um ato democrático,mais vocês falam disso como se fossem a falar de uma cooperativa, estamos a falar de um país que precisa muito de instabilidade e união,eu vos pergunto até quando que iremos ficar nisso? realmente a lei confere Jorge Amado fazer tal coisa, quem disse para ele que ele sozinho consegui decidir para uma população de 178 mil habitante? por-acaso ele solicitou a opinião publica para fazer tal coisa? vamos pará com essa politica de pessoas com mente pacata e retrocedido, senhor presidente não esqueça que o povo elegeu senhor com expectativa de melhor a politica com a experiência que tens como
    líder, nos não podemos apoiar essa ideia de pessoas que só fazem algo para seu próprio proveito. quem é Jorge Amado para cria instabilidade no país que esta a lutar com o desenvolvimento.

  9. paparazzi

    28 de Julho de 2012 as 19:45

    Patrice trovoada vai viajar na moção de censura isso vai ajudar a diminuir a viagem

  10. tpa

    28 de Julho de 2012 as 20:05

    ate agora voces nao deram conta que o vosso pm so esta ai pr resolver o seu problema e claro que ele nao esta preocupado cm Moçao de censura,ja comecou a pagar os motoqueiros,agora falta pagar os deputados,curruptos sem vergonha,palhaços

  11. ANCA

    29 de Julho de 2012 as 1:29

    Muito bem

    Estamos e vivemos num regime democrácia, há que ter tranquilidade, serenidade, porque só atráves da estabilidade, é que o País(Território/População), consegue se modernizar, crecer e desnvolver, social, cultural, desportivo, político, ambiental, económico e financeiramente.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençõe São Tomé e Príncipe

    Bem Haja

  12. Cidadão

    29 de Julho de 2012 as 7:11

    O PCD parece uma “prostituta”, vai com todos.

  13. Blogonón Paiva

    29 de Julho de 2012 as 8:43

    Este indivíduo é muito atrevido, perante um documento deste, com regime semi-presidência com pendor Parlamentar devia assembleia impedir a saída do Primeniro Ministro. Mas, ele manda no Presidente da assembleia nacional, o Sr. Everaristo é um pau mandato de Patrice Trovoda. Quem tem que tomar um decisão nete momento perante este senário é o Sr. Presidente da Republica, devolver esta assembleia, marcar eleicoes antecipada.

    • Neves

      29 de Julho de 2012 as 13:21

      quem vai financiar essas eleições que falas, deixem o governo governar mais 2anos.

  14. martins vandlei

    31 de Julho de 2012 as 11:08

    deixem o homem trabalha sim eu concordo consigo

  15. O Analista e Censurador

    31 de Julho de 2012 as 11:21

    Muitos falam sem saber aquilo que falam e as coisas continuam como esta.Resumindo e concluindo quem sofre com tudo isso é elementos do povo mais carenciados. O povo já deveria ter em conta que, criticar os políticos de S.Tomé e Príncipe é somente perda de tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo