Política

Carta de demissão de Osvaldo Abreu

O jovem engenheiro abre o véu e parte algumas louças na despedida do cargo de ministro das obras publicas, infraestruturas e recursos naturais.

1 – Pagina 1

2 – Pagina 2

3 – Pagina 3

    54 comentários

54 comentários

  1. incrédulo

    21 de Janeiro de 2014 as 11:59

    Documento está mal escaneado, sr ex ministro!

    Nem escanear um documento como deve ser o sr consegue?

    Francamente!

    Documento está de cabeça para baixo, como é que se consegue lê-lo?

    • santomeno

      21 de Janeiro de 2014 as 17:43

      Que coisa! Carregue no clic direito e seleccione girar no sentido relógio ou contrário duas vezes. Só com Cristo.

      • Tartaruga

        24 de Janeiro de 2014 as 16:47

        fazem asneira, e depois querem culpar o partido e alguns seus camaradas de luta.
        Esqueceram que, quem faz sociedade ela tem de ser publicada…muita ingenuidade.
        Deviam ter perguntado a Celina Deus Lima, antes e não depois, com um parecer que nem ela assumiu! Francamente

    • jotaemovimento

      21 de Janeiro de 2014 as 19:01

      Aviso.
      Enquanto elemento da Jota e do Movimento Espontâneo venho dizer q Osvaldo Abreu continua sendo o lider. Assim todos aqueles angus ultrapassados do nosso Glorioso que apostaram em acabar com os viveiros jovens e estão aqui a lançar venonos podem esperar pois Podemos utilizar as mesmas armas e trazer todo vosso podre ao publico. Estao avisados. Ja sabemos q vossa táctica é espantar todos aqueles que são ameaças ao vosso eterno reinado

      • Mria Madre Deus

        22 de Janeiro de 2014 as 8:25

        Lider Óvas. Vai durmir

      • mariaderiboque

        24 de Janeiro de 2014 as 9:14

        Ultima Comissao Politica d MLSTP. Vergonha e silêncio. J Amado tentou sem sucesso discurso de união. Romão Couto foi ler um longo texto q nem mesmo ele acredita ser parecer jurídico para inviabilizar pedido de mais de 1000 assinantes liderado pelo Rafael Branco pedindo autorização de uma tendência para realizar reuniões na casa do partido. Chamou de subversiva as pretensões do Rafael numa atitude próprio d quem ainda vive no partido único. Rafael responde batendo c a porta. Rafael deixou o MLSTP ontem noite sem antes desqualificar Romão e dizer ao JAmado q seu discurso de união vem tarde. Posser tentou mediar…. e procurou palavras bonitas para dizer ao J Amado que esta na hora de sair da Presidência. Conclusão. Partido esta de mal a pior como repetiram vários intervenientes e agora com sobrinho de J Amado como Sec Estado. O encontro serviu para assentar as diferenças. Osvaldo Abreu ao contrário do que se esperava nao falou. Um silencio incomodo.

    • observador

      21 de Janeiro de 2014 as 20:53

      quem é burro? nao sabes usar computador?clica no botao direito do rato e roda a pagina.iiiiii ja nao es burro.

      • Paulo de brito

        22 de Janeiro de 2014 as 11:32

        Isso não é ser burro, o documento tem que estar correctamente postado. Eu não vou colocar a faca no lugar do garfo, percebes? Portanto, antes de seres mal educado certifique-se se não é você o pior ignorante.

  2. ZE MACULU

    21 de Janeiro de 2014 as 12:13

    O senhor foi a minha desilusão!
    Então eu aqui apostando em si e você anda aqui metido em negócios obscuros! O senhor não foi digno de juramento que fez a quando da tomada de posse como representante do povo. Andamos a falar dos mais velhos que são os curruptos, etc.. e você como jovem para inverter essa tendencia, ainda alinhas!!! enfim.
    Voce teve boa oportunidade para se afirmar e não aproveitou. Vou apostar no Hélio d’Almeida.

    Zé Macúlú…

    • mais jovem

      21 de Janeiro de 2014 as 17:33

      Eu estive naquela Comissão Politica e foi heróica a intervenção do Ministro defendendo a honra do executivo enquanto os outros Ministros até votaram a favor da remodelação e nem defenderam o gov dos ataques previamente preparados. Sr. Eng tem a minha admiração. Mantenha esta postura.

      • Mria Madre Deus

        22 de Janeiro de 2014 as 8:27

        Você por ser seu lacaio admiras mas o povo santomense merece um ministro mais dino

    • mepofelado

      21 de Janeiro de 2014 as 17:50

      MACULU deve ser destes q andam a impedir a toda custa que os jovens tenham sucesso na política para seus comparsas continuarem a mandar e a hipotecarem o país.

  3. zeme Almeida

    21 de Janeiro de 2014 as 12:44

    Que ele parta as suas loicas e nao as do vizinho,como sao os habitos de nós dos saotomenses, quando se devenda o seus podridoes transformamos em cobras venenosas.O poder passou-lhe pela cabeca,de quem é culpa?Nao estamos cá para defender quem que seja ou de que partido for.Falhou rua.

    • grande verdade

      21 de Janeiro de 2014 as 17:57

      Da sua parte nao se podia esperar outra postura. Este Ex Ministro é que foi parvo. Vaso ele tivesse ruado com todos da ADI no Ministério talvez estaria de pedra e cal no Gov. Sim falhou ao deixar voces como directores e nos conselhos de administração

    • homem maduro

      21 de Janeiro de 2014 as 18:04

      Nao tenho tanta certeza assim madalena. Trata-se de uma carta de demissão e despedida pelo q entendi. Neste pais se tu nao mostras o q vales e fazes ninguém o fará. A nossa ingratidão é desmoralizante.
      Força Eng. Nós que estamos na Diáspora precisamos saber das suas realizações. Não ligue comentários invejosos

    • Haha

      22 de Janeiro de 2014 as 18:53

      “Que ele parta as suas loicas e nao as do vizinho…”
      Zemé Almeida a dar exemplos.

  4. zeme Almeida

    21 de Janeiro de 2014 as 13:02

    Nao estou cá para defender ninguem seja de que partido for,falhou caminho da rua.Dizem que sou do ADI obrigado por me terem enfileirado num partido e que me parece ser um partido muito mais bem posicionado na senda politica Saotomense,mas,nao pactuo e nem pacturei com alguns elementos dos partidos de quererem aproveitar dos cargos que lhes sao conferidos,para praticarem actos ilicitos.Viva RDSTP

  5. madalena

    21 de Janeiro de 2014 as 13:50

    mau mau, muito mau.
    Nunca uma carta de pedido de demissão vem com as atividades desenvolvidas ate ao detalhe. Levanta a cara e caminha em frente. Nunca chorar pelo leite derramado. A função governativa é servir STP e não servir-se de STP. Não se trata de favor nenhum, apenas as suas responsabilidade, seja mais maduro.

    • seguro

      22 de Janeiro de 2014 as 11:34

      Compreendo que o que foi postado passa pela alguma falta de experiencia.
      Nós quando estamos a desempenhar essas funções devemos ter bons conselheiros e não só, a família é a base das decisões, foi uma tomada de decisão precipitada que levou O.Abreu a postar esse ficheiro.
      Apreendemos com os erros. Força Abreu……

  6. Kamandantii

    21 de Janeiro de 2014 as 14:28

    Pelos vistos as críticas dos “rapazes” tinham como objetivo ocupar o lugar dos “velhos” para destruir o País. Meus caros: quantas vezes não falamos que em S.Tomé e Príncipe precisávamos de sangue novo, gente jovem com novas ideias e com visão para tirar o país da escuridão e colocá-lo na rota do desenvolvimento…mas vejam só o que acontece quando pela primeira se começou a dar oportunidades a jovens quadros na governação do País…primeira coisa que fizeram foi Associação Criminosa e e Formação de Quadrilha, não há outra forma de qualificar o que os “rapazes” fizeram. Toda a gente quer roubar e destruir o País, ninguém está interessado na organização, no trabalho, no mérito…querem tudo imediato, é inacreditável. O País é nosso meus caros, nós é que temos de cuidar dele, ao roubar STP, estamos a roubar nós próprios…Obrigado Abel Veiga.

  7. Espírito S

    21 de Janeiro de 2014 as 14:45

    o Homem sabe trabalhar, but corruption is incompatible with power.

  8. Вера : )

    21 de Janeiro de 2014 as 15:02

    ja vai tarde ! Bem,antes tarde do que nunca!

  9. osvaldoafonsostp@hotmail.com

    21 de Janeiro de 2014 as 15:12

    é pena que esta carta vem com tantas fala bonita com, espírito de quem estava a fazer muito, melhor do que outros e que talvez foste e pensas,que em 38 anos eis o melhor de todos que já passaram por la EM FUNÇÕES DO ESTADO, mas sabe isto é uma fazê da vida, é um teste,e também acredito que tudo que aconteceu contigo osvaldo foi por falta de formação politica,ignoraste a tua casa sede do riboque que ti colocou como ministro,têm confiança em ti até hoje; mas estavas e andas em colaboração para destruir esta Direcção já esta na praça publica,e também sei que foste desonesto com muitos da tua ligação os que se chama de movimento espontâneo cadé um jovem deste movimento que tu promoveste,ninguém tinhas mas gente de outros lado até gente que gaby e pinto mandava você colocar,isto também correu na praça que eis ministro de pinto, saiu da sua boca sim,estavas a promover uma grande sociedade privada em vários domínios e que tudo indicava depois das eleições, irias lançar confusão no partido pk também já terias muita massa poderias comprar consciença de aqueles que não conseguiste dar um emprego. mau, mau tu eis até com esposa que vieste com ela de cuba. lhe tiraste os filhos por força de poder Deus não gosta disso, fui, rapazes montaram negocio “quase tudo”

    • Zinha 2000

      21 de Janeiro de 2014 as 18:12

      Seja um pouco mais ético e nao traga vida privada para este espaço. Sr. Tem ideia de como viviam aqueles meninos? No mínimo respeite o sofrimento dos menores.

    • atento2014

      21 de Janeiro de 2014 as 18:47

      Sr. Osvaldo Afonso acha mesmo que o ex ministro é que estava destruir a direcção do Glorioso? Cadê direcção? Essa direcção que passa todo tempo reunida entre ela a discutir tachos para Jorge Amado preguiçoso e desempregado para Gaudencio que queria ser ministro e fez lobi d todo tipo para Octaviano dono de todo terreno do país para os filhos d Dionísio Dias e muitos outros. Contactos com militante de base Zero. Chora dinheiro sóóó para os Monteiros alimentarem vocês com Rosema. Vocês pensam que país é vosso e dos vossos filhos e netos? Deixem la o jovem e vão mais é trabalhar. Ele fez a sua parte não deu muitos tachos e o tiraram. É disso que se trata. Tacheiros e cobardes.

  10. Coblo

    21 de Janeiro de 2014 as 16:22

    Engenheiro Osvaldo. Pelas linhas descritas pelo Senhor, devemos parabenizá-lo e condenar a Direção do seu partido, MLSTP. Mas pergunto se o senhor pede demissão pela sua empresa cujos objetivos são passives de se confundir com seu currículo, pelo que depreendo ser um bom gestor de negócios, públicos ou particulares não saberia responder.

  11. António Silva

    21 de Janeiro de 2014 as 16:30

    Que carta de demissão!?
    Para se demitir é necessário colocar numa carta de demissão todos os feitos do tempo que esteve a frente do ministério? Para se sair em grande, não basta isto. Se o senhor esteve ali foi para trabalhar e servir o país e não servir-se do país.
    De certeza que também teve de gozar férias fora do país e boas por ter estado neste cargo.
    Repudio esta forma de se demitir.

    • Adão

      22 de Janeiro de 2014 as 1:34

      António Silva,
      Estou de acordo contigo. Uma carta de demissão não precisa de mencionar isto tudo. Mas tu bem sabes que nós somos muito ingratos e temos memória curta. Daqui a dias, mais ninguém vai falar do rapaz nem sequer vão se lembrar das coisas que ele fez. Mesmo assim, vais ver: daqui a pouco, o novo ministro vai começar a vangloriar que ele é que fez isto ele é que fez aquilo etc. Mas política é mesmo assim. Ainda bem que são do mesmo partido. Se um planta outro colhe, não há problema. Estão em família.
      Fui!

  12. Jose silva

    21 de Janeiro de 2014 as 17:15

    Tchauéééééé´

  13. Alê madô

    21 de Janeiro de 2014 as 18:00

    Entra ministro sai ministro, enquanto isso cada um vai acumulando seu GORDO salário….e o povo que se exploda!!!! está bonito!!!!!

  14. Le di Alami

    21 de Janeiro de 2014 as 19:06

    Máfia é uma organização criminosa cujas atividades estão submetidas a uma direção colegial oculta e que repousa numa estratégia de infiltração da sociedade civil e das instituições
    Diz-se de, ou indivíduo de um grupo que sustenta seus interesses por meios violentos, ilegais etc. Pra mim, um grupo de individuos, membro do governo, cria empresas enquanto exerce funcoes do estado, essa empresa poderia muito bem beneficiar de concursos, seja para a construcao ou comercio; etcc.., tirando desta forma proveitos proprio para os associonistas que estao no governos que podem muito bem manipular tudo..nesse caso eles sao mafiosos, ou melhor, STP esta cheio, por isso……………

    • conobia cumé izé

      22 de Janeiro de 2014 as 13:45

      Osvaldo;não te esqueças que o partido da Independencia tem denoçauros dentro e fora do país.Peixe fresco misturado com peixe podre; resultado e igual a podre.Ainda tens futuro pela frente;espera p,ra ver!…Quem ri no fim,ri melhor ! Força !…Fui

  15. Eu também sou filho da terra

    22 de Janeiro de 2014 as 4:59

    Doa a quem doer, o povo com a preciosa ajuda do seu jornal “Téla Nón” está fortemente empenhado em criar uma sociedade íntegra e livre de oportunistas. Esperemos que as demissões ora verificads sirvam de exemplo para os futuros dirigentes. Bem haja que assim seja para a melhoria de STP. O que seria de nós se não houvesse jornal Téla Non para denunciar essas irregularidades? Dos partidos de oposição nada podemos contar porque também estão na expectativa de alcançar essas oportunidades. Que gentes tão gananciosas!!!

  16. António Silva

    22 de Janeiro de 2014 as 7:10

    Sr. Adão entendi muito bem a intenção da carta do ministro demissionário, mas há regras e aos olhos do mundo, parece-me muito mesquinho. Um ministro deve agir com elevação.
    Ainda me recordo daquela notícia publicada aqui, há tempos, relacionada com os candidatos aos juízes que nem sabiam redigir uma carta de admissão ao cargo.
    Ele que pensasse noutra forma de fazer as coisas. Numa entrevista, no parlamento, tribunal de contas (que não vejo fazer nada), documento interno, etc.
    É por isso que quando há substituição das pessoas nos cargos, elas não transmitem o seu sucessor as informações necessárias e muitas das vezes tudo começa da estaca zero!
    Que mentalidade!

  17. incrédulo

    22 de Janeiro de 2014 as 7:38

    O Osvaldo Abreu devia e deve obediência ao partido que o indigitou para ser ministro.

    Ele não pode ajoelhar-se para Pinto que é apenas um mero militante do partido.

    Força camarada Jorge Amado.
    Eles estavam e estão a mancomunar para enfraquecer a sua liderança camarada.

    Braço de ferro com os gajos.

    Os indisciplinados merecem uma forte correção.
    A correção do Osvaldo foi boa. Espero que ele aprenda a respeitar o presidente do partido eleito democraticamente.

    O próximo ministro de MLSTP que desrespeitar o partido já sabe qual será o seu destino.

    E mais, ainda virá um processo disciplinar pelo desrespeito às ordens do partido.

  18. Rodrigo Cassandra

    22 de Janeiro de 2014 as 8:10

    Continuo a dizer e não paro de dizer ,nem o MLSTP, NEM O PCD, nem o MDFM, nem o ADI não valem um grupo de corruptos imcopotentes ambiciosos do poder e nada valem tudo o que esta a passar independentemente do êrro cometido pelo ministro a verdade nua e crua é que o MLSTP partidp que tanto mal já fez a este país e ao seu povo quis tero ministro ao seu serviço e não ao serviço do país e foi aí porque o ministro não aceitou acabou assim.Volto mas uma vez e de forma eufórica a apelar as boas figuras destes partidos a sociedade civil e demais pessoas interessads a avançaram mas rapidamente com um novo movimento para dar rumo a este país

    • jonas

      23 de Janeiro de 2014 as 18:53

      Rodrigo Cassandra, podes crer que o movimento esta a vir,
      Voce a falar de movimento, para mudar STP, é um desses corruptos, pensas que nao sabemos. Voce é assessor de secretario regional para area Financeira, voces nao abriram uma empresa para ser o grupo HBD. Pior ainda que por tua causa+ o teu Irmão Tozé cassandra os trabalhadores nacionais de HBD ganham um salario menor que os Portuguese.
      Lembra que voce esta a distroir a ilha do principe.
      Podes Creer o Movimento esta a Vir.

  19. Rodrigo Cassandra

    22 de Janeiro de 2014 as 8:12

    Continuo a dizer e não paro de dizer ,nem o MLSTP, nem O PCD, nem o MDFM, nem o ADI não valem um grupo de corruptos imcopotentes ambiciosos do poder e nada valem tudo o que esta a passar independentemente do êrro cometido pelo ministro a verdade nua e crua é que o MLSTP partidp que tanto mal já fez a este país e ao seu povo quis ter o ministro ao seu serviço e não ao serviço do país e foi aí porque o ministro não aceitou acabou assim.Volto mas uma vez e de forma eufórica a apelar as boas figuras destes partidos a sociedade civil e demais pessoas interessads a avançaram mas rapidamente com um novo movimento para dar rumo a este país

  20. mé-zochi

    22 de Janeiro de 2014 as 9:55

    São Tomé mostra a tua cara, quero ver quem paga para gente ficar assim, qual é o teu negócio o nome do teu sócio, confia em mim.

  21. António Menezes

    22 de Janeiro de 2014 as 10:36

    Tanto chorar para quê?
    As pessoas vão para governo ou direcção de empresa para servir o Pais, mas como a cultura de Riboque é outra dá nisso…

  22. Aidy Abreu

    22 de Janeiro de 2014 as 11:21

    Bom dia Parvo do Senhor Incrédulo. Burro és tu, sabs bem q os documentos scaneados saiem sempre com algumas deficiencias. Prova de que não conheces bem o computador. És formado em que???..

  23. Fia pagawe

    22 de Janeiro de 2014 as 11:56

    Faz tempo que o Sr. Ministro teria convidado um dos seus colegas para uma parceria privada de prestacao de servicos. Estando este no estrangueiro, e tempo o conhecimento da forma como as coisas precessam, comparando-o com a lei da funcao publica do Pais, disse ao Sr. Ministro que ao proceder da forma como este esta a idealizar, poderia encorre num ato considerado fraudulento e punivel pela lei do Pais.
    Tudo passou-se,e o silencio falou mais alto.Ao tomar o conhecimento de que o afastamento do referido Ministro tem a ver com o seu envolvimento numa sociedade empresarial de carris comercial, nao podera ser entendido como a perseguicao,ou o mau relacionamento. O afastamento do referido Ministro, e apenas por falta de lealdade,isto e, ele sabia de cor, que seria incomodado.

  24. madalena

    22 de Janeiro de 2014 as 13:04

    Quando O Pinto da Costa, perdeu as eleições na década de 90, se fizesse uma carta idêntica, não haveria tempo para se ler, Digo outros como Miguel Trovoada e outros.
    E depois, que trabalho fez? Com que recursos? Que foram as empresas e os donos das obras?
    Enganam o macaco.
    Quem trabalha nesta terra mais que os Trabalhadores de campo, peixeiras, pescadores, taxistas, professores???
    Nunca mais faça isso. Entra o relatório ao seu sucessor.

  25. Cassuma

    22 de Janeiro de 2014 as 14:19

    Neste caso a energia de Cassuma poderá ser uma realidaddo se o Fernando Maquemgo atual ministro que tem roça em zona Fugi-fala-Trindade. Bem como a estrada e energia de boa qualidade virá ser uma realidade na estrada de que fim da semana vai o Misnitro Fernando Maquengo. Mas não como actual Director da EMAE usou poder e protagonismo que levou luz e água num matagalo(roça abandonada) atras de Batepá, vulgo roça Lefuma. Será que levar luz a moradores de zona CASSUMA não é prioridade? Ja que governo e directores e ministros falam em prioridades. Será que Cassuma apenas deve ter atenção das mentiras, falácias nas eleições?

  26. Cassuma

    22 de Janeiro de 2014 as 14:44

    “Moral Sentimental”
    Mongo-Sª Margarida Mé-Zochi roça abandonada mas com 2 casal vivendo lá.
    É grave, gritante e sinto muito do que vi ontem em roça Francisco Mantero( Mongo de Sª Margarida tornou mongo de dois casal e autentico matagal cobrindo antigas e presentes casas de patrão, casas combóis, tanques, casas de banho que precisa ser dado uma atenção de recuperação que é abandonados por sucessivos governos. Mas com bom ar e sem atenção de governo. E digo onde está tal ministério que se fala e propaga tanto Ministério de Agricultura?? Mas o que duvido tanto é que se os técnicos, nem o ministro conhece referida roça colonial. Somos hoje muitos habitantes com roças abandonadas, na periferia, mato, área rural e ministro fazendo mordomia nas roças do centro, digamos de menos trabalhos. Porquê senhor António Dias-Ministro de Agricultura Pesca e Rural

  27. JOAO ALMEIDA

    22 de Janeiro de 2014 as 16:28

    Lamento é saber q ha tanta gente tao ignonante ao ponto de nao entender q vem aí muito dinheiro de angola,e outros, e todos os ladroes querem se posicionar para roubar td aquilo q supostamente seria do «povo».
    Meus senhores. Qual é o santomense minimamente inteligente q nao sabe q aquele povo ja nasceu condenado a desgraça. Indiquem-me um politico em sao tomé q nao tenha roubado aquele povo. O ministerio q mais denheiro recebe em qualquer pais em via de desenvovimento, é o de obras publicas. Como era sabido, haveria sempre um ladrao a querer se posicionar para enriquecer a ele e a sua familia. Dentro de mais alguns meses ca estaremos para falarmos mais desse assunto, mais dessa vez dos milhoes q o ministro de obras publicas roubou.

  28. LEVE-LEVE

    22 de Janeiro de 2014 as 18:13

    Meu Deus.
    Ao ler os comentários vejo que merecemos os dirigentes que temos.

  29. Neves Cilio

    22 de Janeiro de 2014 as 23:14

    Em S. Tomé e Príncipe as coisas andam assim os grandes senhores, vivem no palacete com grandes negócios filhos a estudar no estrangeiro, duas trés mulheres na Europa com casas paga etc. etc.
    Cuetados somos nós que pagamos por isso,

  30. voto certo

    23 de Janeiro de 2014 as 8:01

    Ainda é pouco pra Vc, meu CAMARADA…. o que é teu está guardado….e vai ser “ALONE”

  31. qua li

    23 de Janeiro de 2014 as 8:47

    mais um daquela música angolana,dadão criador de problemas em stp,basta de dadões.

  32. Democract

    23 de Janeiro de 2014 as 8:47

    Viva Camarada Jorge Amado…. A Disciplina Partidária não é Apenas no Parlamento… Estende-se também na Governação… Quem não quer que ponha seu cargo a disposição…

  33. Diáspora Angola

    23 de Janeiro de 2014 as 12:50

    De todos os comentários que eu observei e li, a volta do ex:Ministro o que destrói nós santomences, em toda esfera não é grande coisa, mais sim pequena tais como, pessimismo, ignorância, inveja, ansiedade, ganancia, orgulho, feitiçaria, poligamia, fuga a paternidade, ambição, calunia, ostentação, soberba, e muita ingratidão e isso tende passar de uma geração para outra, e ate mesmo os que viajam e imigram não se dispam deste mal, e suas vidas no estrangeiro também não desenvolve. Portanto antes de apontar o dedo a outro não nos esquecemos que temos 4 a nos apontar, não sou politico não visto cor de nenhum partido, mas quer melhor para todos STP. Abel continue a nos informar um abraço.

  34. Maria de Lemos

    23 de Janeiro de 2014 as 13:05

    Cassuma, nem mais uma palavra. Não conhecemos realidade de STP. Já foste as comunidades:
    Ponta furada, Rio ave, Java, Rio Lima,Chamiço, Binda, Poiso alto, Vale flor, Ribeira peixe e as ex dependências!! Esse país está entregue a bicharada. Fla soo soo!!
    Pensamento zero. Veja as atividades de um ministro demissionário, por exemplo reparação das gruas, nova imagem dos correios de STP, (isso é objetivo, resultado, não se entende), depois finaliza com, varias ações de formação efetivada e projetadas.
    Quem faz isso, nunca pode ser Ministro!!!!!
    O PcD, também tem um desses tipos de Ministro, Muito básico. O que fazer? É nossa realidade. Pensamento alto!! Falta!

  35. Carlos Manteigas

    24 de Janeiro de 2014 as 14:39

    Ministro demissionário
    Já não está para se defender deixem o homem ingénuo em paz.
    preocupou.se com as obras e lançamento de obras, as questões ambientais deixou para segundo plano. ele também era titular da pasta do Ambiente. Estudos de impacto ambiental, projectos de mudanças climáticas, com fundo e fundos ficam nas mãos da oposição matreira, ele nem se deu conta que tinha convenções para ratificar e outra comunicações sobre o estado do ambiente, tudo ficou em mãos de bandidos que nunca deixam a liderança de projetos, quer faça cuva , quer faça vento. Ate quando?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo