Política

Presidente da República investiu novos membros do XV Governo Constitucional

O Primeiro-ministro Gabriel Costa que assistiu o juramento e a investidura dos novos membros do seu Governo, considerou a remodelação governamental como uma medida de reforço das capacidades do executivo. Uma remodelação bastante suave em relação a proposta do MLSTP.

O maior partido da coligação governamental, o MLSTP, pretendia a criação de um cargo de vice-primeiro ministro. Uma proposta que não foi satisfeita. O MLSTP conseguiu substituir Osvado Abreu do Ministério das Obras Públicas, Infraestruturas e Recursos Naturais por Fernando Maquengo, secretário-geral do partido.

Consegui também incluir mais um membro do partido na estrutura governativa, tendo crido a pasta de Secretaria de Estado das Infraestruturas e Meio Ambiente, sob tutela de José Maria Amado Fonseca.

O MDFM-PL, nomeou Maria Tomé para substituir Leonel Pontes no Ministério da Saúde e dos Assuntos Sociais. S três novos membros do Governo foram investidos na segunda – feira pelo Presidente da República Manuel Pinto da Costa numa cerimónia que decorreu no salão nobre do Palácio do Povo.

Abel Veiga

    11 comentários

11 comentários

  1. mana

    28 de Janeiro de 2014 as 12:09

    Maria Tomé não tem qualidade para ser ministra de nada em São Tomé e Príncipe. Claro que, ela somente serve para preencher o figurino no Governo do Gabriel Costa. Ela é incompetente e não tem a mínima noção do funcionamento do Estado. De resto, só um homem como Fradique pode fazer fê em Maria Tomé. Os médicos vão sentir rapidamente que esta senhora é verdadeiramente ZERO A ESQUERDA. A nomeação desta senhora só reforça a ideia defendida pelo ADI que este governo da troita não serve para nada.
    Por outro lado, o tal José Maria, sobrinho do Jorge Amado foi nomeado para que o Jorge Amado, Presidente do MLSTP , pudesse eventualmente ter acesso aos fundos provenientes do Orçamento do Estado, através de execução de obras fictícias durante a campanha. A VER VAMOS!!!

    • eu mesmo

      28 de Janeiro de 2014 as 17:28

      Assim é. Na sua primeira intervenção na TV, o gajo já começou a atacar a oposição. Vamos ver até onde o tio e o sobrinho irão chegar. É uma pena. Cheio de gentes competentes no MLSTP…

  2. andre

    28 de Janeiro de 2014 as 14:58

    VIVA DR Fernando Maquengo VIVA

  3. Raimundo dos santos

    28 de Janeiro de 2014 as 16:38

    Um grande vivia ao Dr. Magungo, um quadro compotente e honesto. Esta Sr.a Maria Tomé incompetente zero, nada sabe do funcionamento da fundação pública, quando mais saúde de um Pais. O Secretário, sobrinho do Jorge Amado, foi indicado para ajudar a pagar as divisas que o Jorge contraiu ao logos destes meses de desemprego, falindo o pequeno negócio do Jovem. Mas, muita pena Fernando Maguengo ter entrado neste Governo, ele vai sair sujo nesta Troika que não tem pernas para andar. O ADI vai ganhar próximas eleições com maiore absoluto.

  4. Kanimambo

    28 de Janeiro de 2014 as 16:40

    Melhor Governo dos últimos tempos! A cada mês vai ganhando mais um elemento. Dentro em breve será um Governo XXL. lolololololololol

  5. HELDER LEITAO

    28 de Janeiro de 2014 as 18:12

    É uma vergonha meus senhores políticos, acho que já é hora de ganhar a consciência e levar esse País tão pequeno a um bom porto. Esta claro que isso só depende de vocês.
    É bom que saibam que um dia esse povo vai perder a paciência e alguém vai pagar, espero que ainda vão a tempo de dar a volta toda essa falta de amor a terra…

  6. elias

    29 de Janeiro de 2014 as 4:47

    O Gabriel aceitou a incompetente da Maria Tome, porque é alguém k ele pode manobrar, o Diretor da Val-Flor mal ouviu falar de um centro hospitalar financiado por Taiwan veio logo pedir explicações, ao Gabriel, isto é muita vergonha.

  7. José Carlos Fonseca (enfermeiro)

    29 de Janeiro de 2014 as 13:05

    Muitas opiniões, e é mesmo assim, a democvracia se constroi com liberdade de expressão. Por isso, e só por isso, S.Tomé e Principe está de parabens.
    Vendo para o futuro, a partir desta remodelação governamental imposta pelo MLSTP ( a ditar as regras do jogo), pode-se dizer que de facto vale a pena o diálogo nacional proposto por Pinto da Costa e aceite pelos partidos da troika. No entanto, enquanto não se realiza o forum do diálogo nacional, sabe-se que cada um dos partidos politicos santomenses já começam a lançar “sementes à terra” esperando pelas eleições de Julho/Agosto proximo. Dentre essas sementes lançadas a terra e já anunciadas, ouso referir-me a uma que na realidade já vem constituindo matéria de conversa. É que já se propala pela nossa cidade dentro que Fradique de menezes produziu uma mega reunião da comissão politica alargada do seu partido, MDFM que contou inclusive com a participação massiva daqueles que haviam abandonado o MDFM e encontrado espaço no ADI. Isto é um sinal de que o MDFM está a se reorganizar e se na verdade o Fradique sair à rua para campanha, nem o ADI, nem o MLSTP, nem o PCD levarão coisa alguma.
    Mas a pergunta que se coloca é a seguinte;
    Será que isto faz parte dos preparativos para o diálogo nacional? Será também que esta estratágia faz parte da jogada da troika ?
    A segunda pergunta se coloca porque na verdade neste momento nem o PCD nem o MLSTP têm líderes que sejam capazes de mobilizar como o Fradique.
    Portanto, muita “xuxa” neste país para os proximos tempos.

  8. Xitaca

    29 de Janeiro de 2014 as 17:17

    Tudo bem. Cada vez tenho mais pena de S. Tomé. Que saudades!!
    Mas, afinal, quem é o Sr. Dr. Gabriel Costa? Alguém já averiguou os “negócios” dele?

  9. Fernando Sá

    30 de Janeiro de 2014 as 20:48

    Perguntem ao ministro Fernando Maquengo onde está o seu diploma ? Consta que não tem! Fui

  10. Susana brito

    30 de Janeiro de 2014 as 20:49

    Poxa! Essa terra está de mal a pior! Ver para crer

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo