Destaques

Presidente da Assembleia Nacional de Angola visita Parlamento são-tomense

Fernando Dias da Piedade dos Santos, Presidente da Assembleia Nacional de Angola, chega a São Tomé nesta terça – feira para efectuar uma visita oficial de 3 dias para reforço da cooperação entre os parlamentos angolano e são-tomense.

Uma nota de imprensa, da Assembleia Nacional que chegou a redacção do Téla Nón dá conta que a propósito da visita do Presidente da Assembleia Nacional de Angola, o parlamento são-tomense, agendou ara quarta – feira uma sessão solene de boas vindas em honra ao «alto dirigente desse país amigo», refere a nota de imprensa da Assembleia Nacional.

Segundo a Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe, as relações de amizade e cooperação entre os dois países vêm aprofundando ao longo dos anos.

Fernando Dias da Piedade dos Santos, que se fará acompanhar pela sua esposa, lidera uma importante delegação parlamentar angolana, integrada pelas senhoras deputadas, Exalgina Gâmboa, Genoveva da Conceição, e pelos deputados Silvestre Samy, Panzo Joaquim, e pelo secretário-geral da Assembleia Nacional de Angola, Pedro de Neri.

O Presidente da Assembleia Nacional de Angola, que é também Presidente em exercício da Assembleia Parlamentar da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, efectuou uma visita oficial do mesmo género a Cabo Verde no mês de Maio último.

Note-se quando desempenhava as funções de Primeiro-ministro de Angola, Fernando Dias da Piedade dos Santos, visitou São Tomé várias vezes. Antes de liderar o parlamento angolano, foi também Vice-Presidente da República de Angola.

Abel Veiga

    1 comentário

1 comentário

  1. Manuel Adão dos santo

    3 de Maio de 2015 as 18:42

    Olá só angolano diplomata estou em Portugal ser alvo de racismo e abusos do poder pelo um polícia GNR foi espancando até cegueira dentro da minha casa pelas 1 da manha agora continuam a seguir-me com as meacas de morte também ele tem uma irmã qui e do mistério público tem participado nos crimes com os seus sobrinhos eles estão a inventar cremes só para anular o processo que eu os processei não tenho ajuda de ninguém nem da nossa embaixada

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo