Sociedade

Leitura do acórdão do caso GGA adiado para 27 de Março

Em declarações juizes-gga.jpgao Téla Nón o juiz presidente do colectivo Frederico da Glória, confirmou o adiamento da leitura do acórdão do escândalo financeiro do Gabinete de Gestão das Ajudas. Segundo o Juiz, a crise energética que se agudizou no país tem deixado o tribunal sem corrente eléctrica. Situação que está a dificultar a digitação do acórdão final. Por outro lado a ausência do país de um dos juízes do colectivo, Silva Cravid, impediu a concertação entre os três juízes na elaboração do acórdão. Por tudo isso o país deverá conhecer o resultado final do caso que envolve mais de 3 milhões de dólares no final de Março, mais concretamente no dia 27.

Recentemente

Topo