Sociedade

Quase 20 dias depois do desaparecimento de dois barcos de pesca o governo continua em silêncio

O silêncio barco.jpgdo governo de Rafael Branco, em relação ao desaparecimento de dois barcos de pesca que tinham sido confiscados pelo estado são-tomense, é demasiado pesado. Não houve qualquer acção no sentido do resgate das duas embarcações. A capitania dos portos tutelada pelo ministério da defesa nacional, não se pronunciou, apesar de ter competências na matéria. O silêncio do governo é tão comprometedor, que está a gerar rumores segundo os quais, os dois barcos não desapareceram acidentalmente. Corre na praça pública a informação segundo a qual os dois barcos terão sido vendidos “as escondidas”.

Recentemente

Topo