Sociedade

Ilha do Príncipe padece por falta de uma grua

Há quase um ano que a Região Autónoma do Príncipe, não tem uma grua para descarregar as embarcações que atracam no cais de Santo António. Por falta da grua não é possível desalfandegar maquinarias pesadas. Há cerca de 30 dias que a ilha vive uma grave crise energética. Dois geradores importados para minimizar a situação estão em São Tomé sem hipóteses de serem desalfandegados no Príncipe.

O trabalho braçal dos estivadores no cais de Santo António, para descarregar mercadorias sobretudo produtos alimentares, provoca demora e faz aumentar o preço no mercado local. Desde Dezembro do ano passado que a única grua do cais do Príncipe caiu no mar, quando tentava retirar um tractor de uma embarcação.

De lá para cá, o trabalho no cais de Santo António, regressou a era primitiva. Tudo é feito pela força dos braços. Mas a força muscular dos homens da ilha do papagaio, é impotente para descarregar máquinas pesadas, necessárias para o desenvolvimento da ilha.

Há cerca de 30 dias que o grupo gerador da central térmica da ilha deu o berro. Príncipe ficou dominado pelo apagão. « Nós temos estado sem energia há três semanas. Neste momento estamos a ter energia pelo menos 12 horas por dia aguardando a solução de fundo que é o embarque de dois grupos de geradores um deles de 800 KVA e outro de 500», afirmou José Cassandra, Presidente do Governo Regional do Príncipe.

Os dois geradores já estão em São Tomé. O problema é como desembarca-los na ilha do Príncipe. «Príncipe não tem uma grua para poder levantar os grupos de geradores, consequentemente com a colaboração do Governo Central, estamos a tentar uma barcaça que possa entrar pelas praias e poder descarregar os grupos de geradores através de um camião que possa transportar esses mesmos grupos de geradores», explicou José Cassandra.

Segundo o Presidente do Governo Regional do Príncipe, a ilha deverá ter uma nova grua no primeiro trimestre de 2011. A União Europeia decidiu financiar a aquisição do equipamento que deverá ser instalado no cais de Santo António o mais tardar em Março do próximo ano.

Príncipe padece por falta de uma grua, e a crise cíclica de energia eléctrica que compromete o desenvolvimento da região autónoma, parece não ter fim. Mesmo se os dois grupos de geradores forem instalados, José Cassandra, não acredita no fim da crise energética. «Nós adquirimos um grupo de geradores de 500 KVA a menos de dois anos, ou seja em 2008. A falta de manutenção correcta originou os problemas que temos hoje. O que nós estamos a fazer em São Tomé, é contactar a empresa EMAE de forma a garantir a formação de quadros técnicos que possam garantir uma manutenção adequada aos novos grupos que vão ser enviados, porque se não dentro de dois anos voltaremos a ter o mesmo problema», fundamentou José Cassandra.

Ilha cortada por vários cursos de água, Príncipe depende a 100% de energia térmica. O Governo Regional, diz que não é a melhor solução. José Cassandra, garantiu que o seu governo aposta na produção de energia limpa. A construção de mini-hídricas é a prioridade para o futuro.

Abel Veiga

    36 comentários

36 comentários

  1. OI

    20 de Outubro de 2010 as 17:43

    Vocês falam mais do que fazer……

  2. Ana

    20 de Outubro de 2010 as 18:06

    ja bu ca leva nance

  3. pidu cu salo

    20 de Outubro de 2010 as 20:26

    vamos ajudar os nossos irmaos do principe por favor naquilo que podermos nao é so falar e comentar

    • Polvo Paul

      21 de Outubro de 2010 as 13:32

      Irmão? O país é um só, ninguém é irmão de ninguém somos todos do mesmo país, nossos irmão é Portugal, Angola, e por ai fora..

      O que se passa é que toda ajuda que chega para STP fica só em ST como acontece com bolsa de estudos, formação de capacitação dos funcionários públicos, transportes e por ai fora, alguns senhores julgam ser dono disto.
      Não há uma real distribuição nas ajuda que chega ao país toda M… …………. fica nesta Por…ca..ri….a de ilha chamada ST.
      O maior problema é que o Tó Zé ainda abri dente para rir convosco….

      Mais um dia isso vai acabar podem escrever…

  4. PUMBU

    21 de Outubro de 2010 as 1:16

    Misericordia… desejo miuta coragem, paciencia e forca aos irmaos da ilha do principe.

  5. Tony

    21 de Outubro de 2010 as 9:15

    É lamentavel o que se passa da Região Autónoma do Príncipe, “É TRISTE”, observo atentamente o trabalho que tem sido feito pela pessoa do Dr Tozé Cassandra, penso que só não faz mais pala região por certos bloqueios encontrados no percurso…, mais o problema das alfandegas passa necessáriamente em criação de infrastruturas portuárias adquadas para soportar marcadoreias de grande porte, penso que não vão comprar gruas para isntalarem neste porto, que não vem de encontro com as novas realidades…, o Governo Central tem que,necessáriamente dar uma atenção especial a Região do Principe…

    • Cua-tela

      22 de Outubro de 2010 as 1:06

      Sr. Tony,

      Eh melhor parar com essa conversa porque o Toze Cassandra nao eh Dr. coisa nenhuma. Da Cezar o que eh de Cezar. Em Sao Tome numero de Dr. eh contado. Se Toze Cassadra eh Dr., entao Guilherme Posser eh Dr. Delfin Neves eh Dr. Irmao Nino eh Dr.. Rafael Branco eh Dr. Furtunato Pires eh Dr., Fradique eh Dr., as Maria Tebus, das Neves, do Carmo, Cristinas sao todas Dras., Dendeh eh Dr.,Dedinha eh Dra., Adilino Izidro eh Dr., etc…

      Para tua informacao, nenhuns dos citados ali sao Doutorados. Alguns teem sim uma formacao superior de Lincenciatura enquanto k outros nem tanto.
      Ja assim, podes me dizer quem realmente tem diploma de doutoramento em STP? O tal de Rafael Branco eh mesmo formado? Mas em universidade? Bom k diga nome da universidade porque estou pronto a investigar isso. Mas em que ano?

      Viva STP,

      • Tony

        23 de Outubro de 2010 as 10:48

        Pois é meu irmão, sinceramente acho que posso ter azagerado quanto as qualificações do Sr Tozé, (se me permita ao termo), mas gostaria que soubesses que a questão não passa necessáriamente por “Doutoramento”, porque o saber só é saber quando é demonstrado ou partilhado, portanto, caso o Sr seje um dos poucos “doutores” que temos, dê o seu contributo a nação que tanto precisa e deixa de maninha nas classificações o problema esta em encontrar soluções para o desenvolvimento da “NAÇÃO”, seria até (…) alguém sem o tal “doutoramento”, a mostrar-vos o rumo para o desenvolvimento…

      • Fernanda Alegre

        25 de Outubro de 2010 as 12:22

        Sabes porquê que o nosso País continua assim porque infelizmente existe pessoas insignificantes como vc??
        Todos sabemos de douctoramento ou n do pessoal e da incapacidade de governação de muitos dos nossos governantes que ai estão!!!mas a questão aquí é outra e pelo que sei tu sabes e bem…mas é assim se n queres ajudar n atrapalhe.
        É por isso que o nosso paraiso esta assim existindo pessoas igual a si k n faz nada a n ser fzer esses tipos de estupidez.
        Somos todos irmãos vamos lutar juntos com forças para k esse e outros tipos de coisas n venham existir mais.

        juntos conseguiremos!!!

  6. Matabala

    21 de Outubro de 2010 as 9:26

    E o Governo já tem até financiamento para construção de raiz de um complexo turístico no coração da capital…

  7. Edson

    21 de Outubro de 2010 as 14:41

    Ai està mais uuma herança politica deixada pelo Governo do senhor Rafael Branco! Este problema, da grua deveria ser resolvido hà muito tempo pelo Governo anterior se houvesse aquilo que eu chamo de vontade e consciência politica. Acho lamentàvel, que em pleno séc XXI ainda existam cidades que ficam as escuras frequentemente, sabendo que a energia é o suporte econòmico para qualquer instituição (privada ou estatal)! Sem dùvida que isto é uma mera negligência e incopetência dos nossos pseudo-governantes!

    • CARLOS NOBRE CARVALHO

      22 de Outubro de 2010 as 13:38

      É verdade que os sucessivos governos que passaram em STP desde a data da independencia até agora,creio que não se debruçaram sériamente sobre os principais problemas que afectam o PAIS e um dos, é a energia.No mundo moderno,um pais sem energia,está condenado ao atraso e STP é um deles.Infelizmente,todos GOVERNOS que lá passaram,aplicaram outra estratégia de desenvolvimento,O ROUBO,A CORRUPÇÃO,VINGANÇA,ARROGANCIA e é precisamente isso que nós SANTOMENSES temos que combater.Mas esse trabalho,não é só do Governo de PATRICE TROVOADA,mas sim de todos nós e em todas as vertentes,sectores,países onde residimos se queremos ver STP COM UM CENÁRIO DIFERENTE DO QUE TEM AGORA.É uma grande vergomha,o que STP é hoje.Tomamos a independencia para qué?Para sermos ainda mais sacrificados do que outrora?No estrangeiro somos sempre criticados pelos outros que até dizem”correram com os brancos p!ra fora e voces não sabem governar.E essas afirmações são muito graves.Abre-se uma nova janela de esperança para a melhoria do nosso país.Mas temos que eliminar a mentalidade velha dos que governaram e arrasar com os inimigos do povo que a maior parte têm sido os seus próprios DERIGENTES eleitos.Vamos ser verdadeiros NACIONALISTA e não deixar passar o que vem prejudicar a acutilação para o dinamismo ao desenvolvimento de STP.

  8. Ribeira Afonso

    21 de Outubro de 2010 as 16:00

    Sr. Patrício Trovoada, pelo respeito e confiança que temos por ti, por favor, peça ajuda ά Angola, e coloque o Grupo Gerador aos nossos irmão de Príncipe, porque é uma vergonha, faça isso, fui
    Ribeira Afonso Dist. Canta galo

    • Tony

      22 de Outubro de 2010 as 9:45

      É louvável a sua petição…, mas tens que ver por outro lado que o Sr Primeiro Ministro não é nenhum “Super Homem”, esta questão remonta desda criação da ilha, onde andava os politicos da região ditos “Deputados”, penso que a região elege os Deputados para savaguardarem os interesses da região…, mas pelo contrário veêm ao Parlamento apenas para levantar as mãos e usufruirem dos subsídios de deslocamento e o Título que lhes forem confiados. “JA ESTOU FARTO DESSES DEPUTADOS”

  9. KeKwa

    21 de Outubro de 2010 as 20:59

    O Príncipe ja estava a beira do abismo. Agora deu um passo em frente…

  10. KeKwa

    21 de Outubro de 2010 as 21:09

    Infelismente teremos que estar sempre aos lado dos nossos des(governantes)… porque se formos a frente dá-nos pontapés no cú, e se formos atrás, caga em nós…

  11. Jose Pires Duarte

    22 de Outubro de 2010 as 7:32

    Tens Razao Edson. O Rafael Branco andou todo tempo da sua governacao a chamar outros de IMCOPETENTE, mas, como todos nos podemos constactar, ele e o maior IMCOPETENTE da nacao e mesmo no seio do MLSTP. Destruiu o MLSTP!

  12. CARLOS NOBRE CARVALHO

    22 de Outubro de 2010 as 12:47

    Meus srs em vez de estarmos sempre a criticar vamos contribuir com novas ideias para que quem está a frente dos destinos do pais aproveite algumas aceitáveis para o impulso do desenvolvimento do nosso querido pais.

    • Fernanda Alegre

      25 de Outubro de 2010 as 12:32

      Concordo perfeitamente consigo mano n adienta nada nós estamos a aqui a pontar dedo a este ou akele o importante é solução do nosso País…lollo ja ta feito vamos sair do burraco.

  13. Madalena

    22 de Outubro de 2010 as 14:25

    Se nmão têm grua? Compra Grua. Utilizam o dinheiro que o Patrice Trovoada prometeu que ia enviar anualmente a Ilha.

    • Teodora Lima Andrade

      22 de Outubro de 2010 as 14:43

      Já agora diz isto ao teu chefe e amante, Patrice Trovoada. Fazias um bom trabalho, ao país, para além das divagações frustrantes e desesperadas expressas nestas linhas.
      Fui

      Teodoroa Lima Andrade

    • observador

      22 de Outubro de 2010 as 21:40

      Madalena diz:
      22 de Outubro de 2010 às 16:23
      Observador tem empregados?
      O quel del rei!
      Tens que fazer Ditado, mas muito ditado.
      Olhem só para um empregador, o perfil, sem o conhecer podemos afirmar que de escrita tem muito pouco. O culpado disso tudo são os politicos da terra, a começar pelo 1º presidente, não sob educar o povo, dar escola, promover o ensino e aprendizagem. Somos ultimos da tabela IDH.
      O somos todos iguais, não promoveu a competitividade. lembro de aulas de recuperação, exames extraordinários, etc, etc.
      Um colega teu reprova o ano, mas coim estae arteficios, quando menos espera estamos na mesma sala!
      Eu passei na aula de recuperação, eu fiz exame extraordinário.
      Coisas incalculaveis, dos anos 70, 80.
      Temos que encontrar um lider com idéias, com energia.
      OVO COZIDO, NÃO DA PINTO!!
      00 Avaliação
      Responder »
      observador diz:
      22 de Outubro de 2010 às 18:28
      mas coim estae arteficios—— CHEIRAS A ESTURRO. COMO VES COMETES ERROS O EXPERTO.
      VOCES SAO TODOS SABICHONS NAO””’?????
      00 Avaliação
      Responder »

    • observador

      23 de Outubro de 2010 as 20:08

      Se nmão têm grua? SO GRALHAS TU PA, DEVIAS NAO CRITICAR AS PESSOAS, CUSPISTE PARA O AR,ESTAS A GOSTAR DA CONSECUENCIA? TRANCUILO.

  14. minu da ilha

    22 de Outubro de 2010 as 15:20

    Caríssimos,

    Deixemos de choramingar e sentir pena da ilha do príncipe! A maior verdade é o que não vem tona. Na realidade todos nó sabemos que a ilha do príncipe sofreu e sofre de isolamento, mais hoje o governo regional não pode nem deve queixar por isso! Hoje o governo regional tem ao seu poder um estatuto que foi aprovado na assembleia nacional e aplaudido pelo próprio Tozé Cassandra, pela autonomia e liberdade de negociação e busca de investimento directo para ilha.
    Agora pergunto: – desde aprovação do referido estatuto, e de todas as viagens que o Tozé já fez, quais os contactos, projectos, investimento ou benefícios que o mesmo já conseguiu para ilha do príncipe? NENUM…. Respondo eu!
    Sabem quem é o director de EMAE na ilha do príncipe? Não sabem pois não? Irmão do Tozé Cassandra, mais conhecido por DIGO, uma das figuras mais contestada pela população do príncipe, que nada sabe fazer, se não andar a trepar poste e a corta energias em casas alheias, e pior, que de gestão ou mesmo de energia nada percebe! E Tozé sabe disso…. Mesmo assim não pode tomar medidas porque é irmão… mais grave não é isso, meus compatriotas! O mais grave é que Tozé não governa, Tozé é governado por uns senhores que são conhecidos cá na ilha como “Núcleo o Duro”… são esses senhores que dão ordens a Tozé no que deve e não deve fazer…dizendo não se acredita, é necessário estar aqui para ter certeza… Tozé está de mão atadas, Tozé já perdeu toda popularidade que tinha, sabem porquê… porque enganou o povo na campanha, dizendo que iria “varrer” todas as corjas de corruptos que faziam parte do seu governo. Na verdade o membro do governo mais criticado é que ficou, tanto ele como os directores de gabinetes que andam a fazer “gatos e sapatos”…Caso para dizer… coitado do Tozé… o homem tem vontade, mais não tem pulso… ou seja é mau líder… Líder que deixa ser governado não é líder… é um palhaço… e é essa figura actual do Tozé na Ilha… um palhaço que é governado pelo dito “núcleo duro”.
    Sabem quem são os “núcleos duros”? São umas corjas de ignorantes, brutos, sem escola, regionalista que estão que nessa ilha, que pensam que são donos disso, que estão a bloquear toda acção do Tóze e jovens formados que chegam cá.
    Nunca tivemos tanto problema de energia como hoje tem! Sabem porquê? Porque o anterior director de EMAE (Carlos Pinheiro) foi tirado por não pertencer ao movimento que apoiou o Tozé (mesmo sabendo que estava a fazer um bom trabalho) para entrar o tal de Digo Cassandra – um grande incompetente!…
    Qual grua qual quê! Falta de agilidade de Tozé que isso está assim. Ou ele governa ou ouve os seus conselheiros “núcleo duro”! Um ano já é tempo suficiente para termos uma grua cá.
    Tozé que deixe de lamentar e ter o governo central como escudo para defender as suas incompetências e trabalha… não só trabalhar como por esses preguiçosos a trabalhar…
    Pergunto ao Tozé que diligência já fez sem mencionar o governo central para conseguir uma grua, já que tem autonomia para efectuar negociação?
    Para finalizar como sinal de alerta, peço ao senhor primeiro-ministro que não se engana de enviar a tal grana que prometeu enviar a ilha do príncipe na época da campanha, sem que o governo regional apresente um projecto serio e credível para saber o que será feito ou qual o destino do mesmo! Se não será um caos…aí que esses senhores ficam ricos de vez sem trabalhar… já andam a gastar dinheiro que se farta nessa pequena ilha… isto aqui não está tão bem como se passa informação… isso aqui está uma onda de corrupção sem controlo… está uma lastima e um caos autentico…

    • Carlos

      22 de Outubro de 2010 as 23:30

      Senhor Minu da Ilha

      Eu também sou da ilha. Eu também nasci naquela Terra. Não é pelo facto de eu estar agora no Gabão que eu não sei o que se passa na minha Terra.
      Vocês do MLSTP não deixam o Tozé Cassandra trabalhar. Eu seu perfeitamente aquilo que estou a dizer. Eu conheço-vos todos, um a um. Vocês andaram com o senhor Fiobô a fazer feitiço para ganharem eleições no Príncipe. Lembram-se quantas eleições vocês ganhavam no Príncipe? O Príncipe era vosso. Do senhor Damião Vaz de Almeida. Grande incompetente! Não sabe ler nem escrever. Do senhor Jaime Costa. Lembram-se disso. Eu assisti o senhor Damião Vaz de Almeida dar ordens de prisão a um meu colega de Oquê Ponte, só porque o rapaz pediu-lhe boleia. Isto faz-se!!!!! O senhor é mesmo do Príncipe. o senhor concorda com estas coisas que o senhor Damião e o senhor Jaime fizeram no Príncipe??? Quem ficou com o Bar Passô? Foi o senhor Damião. Quem ficou com todos os carros do governo? Foi o senhor Damião. Quem vendeu a pedreira de Porto Real para senhor Trigueiros? Foi o senhor Damião. Quem deu a roça Infante ao senhor Alcino Pinto? Foi o senhor Damião Vaz de Almeida. Quem baixou as calças para certos políticos de S.Tomé andarem a maltratar o Príncipe? Foi o senhor Damião e seus correlegionários. Desde quando é que o Príncipe anda a lutar para a dita autonomia política e administrativa? Há mais de 20 anos. Quem conseguiu, pelo menos no papel, até agora, a referida autonomia? Foi o ToZé Cassandra. Onde é que o MLSTP estava, depois de tantos anos no poder, regional e central, que o Príncipe nunca conseguia a dita autonomia? O senhor Damião Vaz de Almeida, que não sabe ler nem escrever, conseguiu um tacho para embaixador e, com medo que lhe tirem o referido tacho, já começou a sua campanha. Quem fez casas sociais no Príncipe? Foi Tozé Cassandra. Eu não vi, mas a minha tia disse-me que deram-lhe uma casa daquelas, está contente porque, segundo ela, nunca se fez uma coisa desta desde o tempo colonial. Isto é serviço?? Quem fez um bonito centro cultural no Príncipe, segundo dizem os meus amigos e primos? Foi o Tozé. Quem levou a luz para Sundy? Quem levou a luz para Bela Vista? Foi o Tozé. Quem construiu uma grande quantidade de escolas para os meninos da Pré? Foi Tozé? Quem reabilitou a nossa cultura? O S.Lourenço, a Dêxa, a nossa Língua? Foi o dotor Tozé Cassandra. Quem começou a implementar palestras no Príncipe? Foi o Drº Tozé Cassandra. Alguma vez o MLSTP fez ou dinamizou alguma palestra no Príncipe? Só se fosse para roubarem. Isto todos eles sabiam. Estavam treinados para roubarem e desgraçarem o Príncipe. O Príncipe está como está por causa desta gente maldita. Vocês são uma praga. Deus não vos dá poder. Eu peço-vos, por amor de Deus, não matem o rapaz, por favor. Eu conheço vocês. Vocês estão com olho em cima do rapaz. Deixem o rapaz em paz. Se o rapaz fosse assim tão mau, como vocês dizem, ele ganhava duas eleições com maioria absoluta? Eu pergunto-vos: ele ganharia as eleições regionais com duas maiorias absolutas? Respondem-me por favor! O povo já não é burro. Nenhum povo é burro para votar numa pessoa duas vezes com maioria absoluta. Eu não estou em S.Tomé há muito tempo, mas acho que nenhum outro político nacional conseguiu este feito. Se ele conseguiu é porque o povo está satisfeito com o trabalho que ele está a fazer. Se vocês do MLSTP fossem bons e não andassem a roubar o povo, também ganhavam as eleições. O Tozé ganhou em todos os círculos, segundo me disseram. Corrigem-me se eu estou enganado. O Povo do Príncipe é burro para dar a um homemduas maiorias absolutas tão claras? Já agora, porquê que o povo de S.Tomé também não deu uma maioria absoluta ao MLSTP? Digam-me, por favor! Se vocês fossem bos como parece que o Tozé é o povo de S.Tomé também daria uma maioria absoluta ao MLSTP em S.Tomé. Vocês do MLSTP é que querem matar o rapaz. Até a minha tia me disse, em conversa telefonica, que já estão a tentar com a vida do rapaz. Eu tenho nome destas pessoas. Vocês brincam comigo eu digo os nomes desta gente toda. Brincam comigo vocês vão ver. Ladrões! Corruptos! São todos da quadrilha do Fiôbo. Vocês sabem o que é que eu estou a dizer. Voc~es não gostam do rapaz combatem ele politicamente, não andam a querer matar o rapaz. Segundo a minha tia já começaram a fazer falcatruas com a central de luz. Estragaram o motor de propósito para culparem o rapaz. Segundo a minha tia toda a gente no Príncipe sabe disto. Vocês querem que eu diga o nome das pessoas que andam a fazer isto. Vá para central de luz e vêm com a vossa vista. São as mesmas pessoas que deram cabo da visa do senhor Pina. Vocês mataram o homem. Foram vocês do MLSTP. Deus é grande. Deus não vos dá poder.
      Sabem quem mandou prender muita gente do Príncipe, no 26 e 27 de Dezembro de 1982, e mandou para cadeia? Foram vocês MLSTP.Sabem porquê que estas pessoas foram presas? Só porque estavam a reclamar o facto de arros não vir para o Príncipe há muito tempo. Isto é serviço? Mandaram prender os meus irmãos, de sangue e família, porque estavam a reclamar para que mandassem arros para a nossa ilha. Isto é serviço? Porqê que a senhora Madalena e o senhor minu da ilha não falam destas coisas? A senhora Madalena e o senhor minu da ilha acham que a população do Príncipe pode ser presa, humilhada, só porque reinvindicou mais arroz para a sua Terra? Quem mandou prender o Costa Luciano? quem mandou prender o senhor António Maçalina? Quem mandou prender o Eduardo? Quem fez com muitos compatriotas do Príncipe viessem para cá, no Gabão, fugidos de canoa porque estavam a ser perseguidos pelo MLSTP? Tirem o vosso cavalinho da chuva. Nem que eu tenha de ir para a ilha do Príncipe, MINHA tERRA, desde Gabão, para fazer campanha pelo Tozé. Vocês do MLSTP não ganham nenhuma eleição no Príncipe, nos próximos cinquenta anos. Quem maltrata um povo não merece perdão.
      Deixem de feitiçaria, por favor.
      Eu vou enviar um texto, para este espaço, que um dos vossos militantes mandou para o jornal Parvo em que ele fala de feitiçaria que existe no vosso partido. Isto é serviço? Um partido político anda em feitiçarias? Nunca ouvi isto em parte nenhuma. Leiam por favor o texto que está no njornal Parvo.
      Passôôô

      C.A

    • Carlos

      23 de Outubro de 2010 as 15:00

      Senhor Minu da Ilha

      Olhá uma parte do material que um seu colega de partido, em S.Tomé, escreveu para o Jornal Parvo. Lê, por favor, e o senhor encontrará nele as razões porque o Tozé Cassandra ganhou no Príncipe, em todos os círculos e o MLSTP perdeu em S.Tomé. Vocês têm de deixar de recorrer aos curandeiros. Isto não leva o partido para parte nenhuma. Isto é ignorância pura.
      Passô desde o Gabão
      Carlos A.

      “…Sou do MLSTP/PSD, mas falo claro como a Água Clara da vila da Madalena, para ver se o meu partido mude um pouco de visão e postura internas. Não há dúvidas que o MLSTP/PSD continua a ser o maior partido deste país, mas tem que se acabar com egoísmo, feitiçaria, curandeirismo e mesquinhice dentro do partido. Deveriam alguns saberem que nestas coisas de bruxaria, as vezes o “feitiço vira contra o feiticeiro…”.

      Afonsino da Trindade Ceita
      (Militante do MLSTP/PSD em Mé-Zóchi)

    • Tebús

      24 de Outubro de 2010 as 15:28

      Minu da Ilha

      O MLSTP perdeu as eleições no Príncipe porque convidou o senhor ELIAS COSTA para coordenar a campanha deste partido no Príncipe. O Tozé Cassandra já era um grande trunfo e praticamente imbantível no Príncipe, para o seu movimento. O pior que o MLSTP poderia fazer seria convidar o senhor ELIAS COSTA para coordenar a campanha do MLSTP no Príncipe contra um candiadato tão forte como o Tozé. Sobretudo porque o senhor ELIAS COSTA tem um currículo muito mau. O senhor ELIAS COSTA teve problemas gravíssimos em Aveiro onde roubou uma organização não governamental uma grande quantidade de dinheiro e fugiu para França e depois para Angola. Actualmente o senhor ELIAS COSTA não pode entrar em Portugal por causa desta falcatrua. Anda fugido de um lado para outro. Como é possível que o senhor Rafael Branco possa convidar um elemento com este perfil para candidato contra uma pessoa tão forte como o Tozé Cassandra? Como é possível uma coisa desta? É óbvio que as pessoas do Príncipe já sabiam disto. Como é que estas pessoas iriam votar no senhor ELIAS COSTA contra uma pessoa tão pesada como o Tozé Cassandra. Isto foi um grande erro do Rafael Branco. O MLSTP no Príncipe não poderia ter qualquer hipótese com este senhor a fazer campanha pelo MLSTP. Isto foi uma infantilidade do senhor Rafael Branco. Como é possível que uma pessoa que anda a fugir a justiça por causa de desvio de fundos pode se candidatar para presidente do governo regional de uma ilha? O senhor Raafel Branco não pensou nisto e agora o MLSTP é que está a pagar. Eu bem avisei os meus amigos e familiares do Príncipe que o senhor ELIAS COSTA não iria aguentar esta campanha porque a fama dele iria prejudicar o MLSTP. Dito e feito. Foi muito bem feito. O Príncipe tem mais pessoas com qualidades para representar o partido MLSTP do que irem buscar uma pessoa fora da ilha com um currículo tão sujo. Este senhor nem sequer pode entrar em Portugal, neste momento. Toda a gente no Príncipe sabe isso. Porquê que o MLSTP insistiu neste senhor???
      É óbvio que o Tozé Cassandra só poderia ganhar estas eleições contra um candidato com este currículo tão sujo.
      Abraços aos meus conterrâneos do Príncipe
      Tebús

    • Núcleo Duro do Príncipe.

      26 de Outubro de 2010 as 16:01

      Núcleo Duro Responde…….

      Tu quando foste pedir Tó Zé para ser secretário de Estado não lembraste que ele era incompetente, tu não tens vergonha, devias de cuidar da vida e ajudar a tua mãe que quando senti necessidade recorre aos núcleos duro para lhe ajudar.
      Nós sabemos muito bem, quem és, qualquer dia essa tua mascara vai cair.
      Um dia quando vires de Portugal para Príncipe falarei contigo pessoalmente.
      Começa a ter vergonha na cara e vê se consegues acabar o curso que nunca mais acaba, e palhaçada que fizeste com a nossa associação em Lisboa, tudo que passa em Lisboa temos conhecimento cá, qualquer dia terás a resposta que mereces ingrato.
      Queres ser secretário de estado, isso até faz-me rir, sem vergonha.

      O Presidente Tó Zé anda contigo até ao pescoço.

  15. Madalena

    22 de Outubro de 2010 as 16:10

    Portugal, fez uma barragem, fez não ! Construiu uma barragem no rio Papagaio. lembrei o menino João que disse o feminino de papagaio era mamagaio! isto não vem ao acaso.
    Os portugueses devem devolver o dinheiro que tomaram na construção da dita barragem hidroelectrica, que nunca funcionou, sei lá!!
    35 anos de projectos e mais projectos, o povo da Ilha vive em promessas de fazer boi dormir.
    Acorda Povo!!!
    Cimera sê
    ça de Nom, Quem tê qua dê ça Nom, Cimera sê ça gi Nom!!
    A musica que ganhou o premio em 1985, 5ª cimeira.
    Bobo bolo.
    bolo bolo

    • observador

      24 de Outubro de 2010 as 19:04

      POIS-È…! JURO QUE VI UM PORTUGUES COM UMA BARRAGEM A CARREGAR NAS COSTAS EM DIREÇAO A PORTUGAL. FRANCAMENTE ASSIM NUNCA VAO SAIR DA CEPA TORTA. ANDAS A SONHAR COM CABORABAÇA? ACORDA.

  16. Da ilha..

    22 de Outubro de 2010 as 16:13

    As promessas só em campanha,prometem e não fazem nada,é lamentável como o povo de Príncipe sofre com o abandono do governo central.

  17. Madalena

    22 de Outubro de 2010 as 16:43

    fALTA GRUA!!
    Num País onde a percentagem de gente com seguro de saúde não ultrapassa 5%
    Quem tem segura de saude no principe? Quantos ?
    a
    A segurança social em apenas algumas empresas??
    Temos que mudar esse país

    • observador

      23 de Outubro de 2010 as 19:59

      Quem tem segura de saude no principe?— POR FAVOR SEJA MAIS CLARO QUE NAO ENTENDI SENHOR DOCTOR.

  18. RAPAZ DE RIBOQUE

    22 de Outubro de 2010 as 20:12

    que os governantes tomem medidas rapidas para que os nossos irmaos do principe encontrem os seus problemas resolvidos so lamento um comentario que li da senhora ANA enfim numa situaçao desta dizer que o DIABO OS LEVE É DE LAMENTAR mas infilizmente nos nossos comentarios aparecem pessoas que nao se pode classificar como pessoas mas temos que que aceitar

  19. FILHO DO PRÍNCIPE

    23 de Outubro de 2010 as 19:41

    Perante estes sucedidos na ilha que me viu nascer, fico bastante revoltado, e não entendo a atitude do Governo Central perante tudo isso. Quer dizer quando é algo que lhes diz respeito e ao beneficio dos mesmos é rapidamente resolvido, mais quando é para o beneficio dos outros ainda mais para “O POVO” que os colocou no puder não é resolvido não é? Não é pelo facto da Ilha do Príncipe estar separado a de S. Tomé que tem que ser esquecida, pelo o que eu saiba o País esta constituído por 2 ilhas. Suponhamos que era a ilha de S.Tomé que estava a passar por esta situação com certeza que procuravam resolver a situação o mais breve. As coisas estão mal!!!!! Ainda mais com este problema em que a Ilha do Príncipe esta atravessando esta ainda pior….. Por isso eu apelo aos Governastes que tenham piedade da nossa Ilha, de qualquer forma somos todos irmãos, face a isso devemos nos ajudar uns aos outros, e não voltar as costas perante situações como esta. E uma sugestão que tenho a fazer é a seguinte: ” O porquê de não apostar em energias renováveis para o nosso País???? Tendo em conta que é uma fonte de energia Limpa e amiga do ambiente”.
    Fico por aqui e espero que isso seja resolvido o mais rápido possível.

  20. Sandro Leal

    27 de Outubro de 2010 as 15:33

    A Ilha do Príncipe é uma ilha cheia da ingenuidade, hospitalidade, boniteza, a sua cultura histórica e seu potencial económico tem vindo a deitar pra fora os orgulhos e inveja dos nossos irmãos governastes e políticos central em não cumprir com os seus deveres e direitos para com a Região Autónoma do Príncipe e os seus bons censo, uma vez que os seus medos, orgulho de ver a ilhar e a cidade de S.tº António a ser uma das melhores e de maior produtor económico.
    Julgo igualmente de sublinhar o facto de que, onde houve ou ainda há uma presença histórica ou cultural Regional resultante da extraordinária expansão dos genuínos, iniciada no período das grandes descobertas marítimas e revolucionaria, também aí hoje se encontra viva e activa a presença da descoberta que foi o registado naquela ilha da deflexão da luz durante o eclipse solar total de 29 de Maio de 1919 que permitiu ao astrónomo inglês Arthur
    Eddington testar pela primeira vez a teoria proposta pelo físico alemão em versão final três anos antes (1916).

    Uma das previsões da teoria, que viria a dar celebridade mundial a Einstein, era que um raio de luz de uma dada estrela sofreria uma deflexão ao passar nas imediações do Sol com o dobro do valor previsto na teoria de Newton.

    A escolha da ilha do Príncipe, tal como a de Sobral, no Ceará (nordeste do Brasil), onde outro astrónomo britânico, Charles Davidson, fez observações idênticas, deveu-se à sua situação geográfica equatorial, de maior proximidade do Sol. Onde a língua portuguesa, linguiê e a cristandade têm efectivamente mantido fortes laços nas cinco partes do mundo.
    Ilha do Príncipe é uma Ilha da biodiversidade, os ecossistemas, fauna e flora, e que tem a sua maior potencialidade económica no turismo, agricultura, energias renováveis e a cultura gastronómica, cultural.
    Muitas vezes perdemos as razões de um bom projecto político, de criar ideias e de organização do futuro regional. Pergunto eu, porquê não lutarmos por uma convenção autónoma (legislação regional), uma política regional e direitos financeiro da mesma onde temos a maior recar-dação interna e económico para S.tomé e Príncipe?
    Príncipe tem potencial, é só encontrar o mecanismo para lutar pelo orçamento regional e contra os inimigos e os invejosos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo