Sociedade

Changra libertou-se da crónica penúria de água potável

Localidade do distrito de Lobata densamente povoada, CHANGRA, vivia o martírio de falta de água potável. O problema ficou resolvido na última semana. Financiamento de Taiwan permitiu a construção de novos reservatórios de água e a reabilitação das capitações de água.

O Primeiro Ministro Gabriel Costa inaugurou o novo sistema de captação e distribuição de água que põe fim a penúria do líquido precioso em Changra. «Achamos que a população de Changra está de parabéns, e nós temos que procurar uma maior articulação para que as pessoas apropriam e que elas saibam que aquilo que esta se a fazer, o governo a câmara, a EMAE, tudo aquilo que estamos a fazer é em beneficio da população», declarou o chefe do Governo.

Depois de quase uma década água potável volta a correr nos chafarizes de Changra. Um financiamento de Taiwan, à solicitação do Governo central em parceria com a câmara de Lobata. «Inauguramos um dos principais projectos da cooperação bilateral. Mas gostaria de salientar que a embaixada da República da China-Taiwan vai continuar a trabalhar com o governo de São Tomé e Príncipe no sentido de dar mais contribuição o desenvolvimento do Estado», assegurou o embaixador de Taiwan em São Tomé e Príncipe, Jack Chen.

Uma estação de recolha de água e o respectivo reservatório foram construídos de raiz, a rede de distribuição foi totalmente reabilitada, e 9 novos chafarizes foram construídos ao longo da localidade. «Saímos do inferno e hoje estamos na glória», declarou o representante da comunidade de Changra.

Abel Veiga

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo