Sociedade

Garimpo de Areia – Um crime ambiental numa reportagem de Ramusel Graça

    8 comentários

8 comentários

  1. Joni de cá

    2 de Agosto de 2019 as 16:23

    Mas o garimpo criminoso acontece nas traseiras do ministro Oscarito… estão a falar de quê????

    País que quer turismo com praias sem areia.

    Entrada do País, garimpo á vista

    Estrada marginal destruida pelo garimpo

    Mais grave ministro que vê garimpo diariamente, se calhar é business dele, só pode!!

    Resultado de governantes “forros “ desde a Independência, deu nisto!!!

    E já agora, o Sr ministro porque é que tem aquela propridade? Comprou ou “herdou “ de um branco que tinha aquilo em boas condições?!

    Vergonha!!!!!!!!!

  2. Rapaz de reboque

    2 de Agosto de 2019 as 21:29

    Pena pesada para estes parasitas

  3. Clemilson Brasileiro

    2 de Agosto de 2019 as 21:53

    Muitas pessoas ganhando pra não fiscalizar !

  4. Coerência

    4 de Agosto de 2019 as 13:37

    STP é um Estado ou é uma brincadeira? Todos os elementos constitutivos do Estado estão presentes (povo, território, poder político), o que mais falta? R: Falta inteligência e amor ao próximo, andamos a perder tempo com a política de vingança e ajustes de conta enquanto o país se afunda. Como jovem que sou, aconselho a todos outros jovens São Tomense a não se alinharem na política de ódio e vingança, a não acompanharem os ideais dos nossos atuais dirigentes porque estes não vão fazer nada de diferente. Vamos construir um ideal novo, baseado no patriotismo, amor a pátria e ao próximo, fazer valer as nossas competências acadêmicas e pensar no desenvolvimento do país.

  5. Grupo Mé-Zedo

    5 de Agosto de 2019 as 9:50

    Muito bem, com esta reportagem v_e-se que o jornalismo em S.Tomé esta a ganhar outra dimensão. Felizmente com a devida liberdade os jornalistas estão demonstrando o que valem. Felizmente não estao sendo pressionados para agradar o poder nem são seleccionados para entrevista esclusiva dom o CHEFE do Governo. Com liberdade e confiança os jornalistas santomenses finalmente estão a se revelar. Basta ver a titulo de exemplos a retoma do programa da TVS cartas na Mesa. Basta ver também a liberdade de expressão que vem sendo garantida nos órgaos de imprensa publicos, basta ver ainda a forma como a Radio nacional esta de facto ao serviço da população. Viva o Governo de JBL, viva comunicação social santomense. Só por isso estamos todos de parabens.

  6. Souza

    5 de Agosto de 2019 as 15:02

    Se o próprio Antônio Dolores fingi que está a limpar a foz do rio na praia lagarto e feita várias camionetas de areia na praia, por outro lado toda a areia apreendida nunca foi devolvida à praia mas sim para as construções dos militares e os governantes

  7. Dogmar Ayres

    6 de Agosto de 2019 as 8:48

    O país possui todos os meios para travar essa situação, só não o fazem porque não estão interessados no país e nem no bem-estar das pessoas. Os sucessivos membros do governo só estão interessados no enriquecimento rápido e ilícito, eis que o resultado é o que se vê, porque esta atitude negativa está contaminando alguns elementos da população, porque senão vejamos:
    Quando as pessoas de forma assumida dão entrevistas aos órgãos de imprensa de que não se trata de roubo de areia mas sim uma forma de”ganha-pão”, o que é inadmissível porque essas mesmas pessoas desordeiras por culpa das autoridades; podiam ser empurradas para outras práticas, como por exemplo a agricultura, fazendo pequenas hortas como se fazia antigamente, pode também ser uma alternativa para ganha-pão, embora esta com carácter mais lento, mas é o normal.
    Não é aceitável que as autoridades competentes, nomeadamente o Governo, as Forças Armadas, a Polícia de Ordem Pública estejam impávidos e serenos perante um crime desta natureza!…
    Passando em revista os vários juramento que assistimos quase sempre, são os seguintes:
    ●GOVERNO-( JURO POR MINHA HONRA DEFENDER A CONSTITUIÇÃO E AS LEIS DA REPÚBLICA)
    ●MILITARES- E POLÍCIAS –( JURO POR MINHA HONRA DEFENDER A PÁTRIA, E HÁ ALGUNS ANOS ATRÁS, O TEXTO DIZIA: – CÁIA SOBRE AQUELES QUE ENTRE NÓS INFRINJA ESTE SOLENE JURAMENTO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    É fachada, pois ora vejamos:
    ❶ Quantas caras temos, que Leis cumprimos e que pátria defendemos?
    ❷ Quem está por detrás desse crime violento ao ambiente?
    ❸ Quem protege, escoltando de forma subtil a mobilidade de vários camiões de areias a partir das nossas praias e de mais lugares onde elas são extraídas?
    Será que as autoridades não sabem?!…
    Sabem muito bem, vêem e fingem que não estão a ver, pelo menos o povo tem o pleno conhecimento que as autoridades sabem bem e que também contribuem, pois o povo sabe quem tem estado a erguer megalómanas obras neste país, e sabe também que tem estado a encobrir o negócio de areia em S.Tomé.
    É TANTA INDIGNAÇÃO, QUE CHAMO A VOSSA ATENÇÃO NO SEGUINTE:
    →→ QUEM SEMEIA VENTO, COLHE TEMPESTADE, pois se vocês continuarem a comportar desta forma, contribuindo assim para destruir o ambiente e consequentemente o país, não se esqueçam que estão preparando camas espinhosas para os vossos filhos no futuro.
    Tenho dito.

  8. Ralph

    16 de Agosto de 2019 as 1:46

    Tudo isto parece-me uma triste situação que reflete mal a todos. Espero que as pessoas, os políticos e as autoridades consigam encontrar uma solução.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo