Sociedade

Comunidade escolar de Água Izé manifesta pesar pela morte de Gian Meyer

«A Direcção da Escola Secundária Básica de Praia-Rei (Água-Izé), e toda a comunidade Escolar tomando conhecimento da falecimento do Doutor Gian Linard Meyer no passado dia 25 de Setembro, aquele que nos seus vários gestos solidários nestas terras que poucos se dão e a solidariedade cada dia escasseia, vem por este meio mui condoídos com tamanha perda endereçar a toda família do malogrado e a Fundação Waldhaus Am See-Suiça, o nosso sentimento de pesar neste amargo momento», diz a mensagem de pesar da comunidade escolar de Água Izé.

Segundo a nota da escola da comunidade de Água Izé, a benevolência e solidariedade de Gian Meyer, deram há centenas de crianças da comunidade de Água Izé e arredores, 4 salas de aulas. « A Escola dispõe de 4 salas de aulas construídas de raiz como gesto benevolente e solidário do saudoso Doutor Gian Meyer, gesto que marca-nos até ao presente momento e confere aos nossos educandos espaço para o processo de Ensino-Aprendizagem», destaca a nota.

A Direcção da Escola Secundária Básica da Praia Rei, diz que os professores e alunos tomaram conhecimento do desaparecimento físico do médico suíço Gian Meyer, através do Jornal Téla Nón.

«Que haja mais Meyers, que surjam mais gestos de solidariedade, pois precisa-se!!! É triste fazermos este reconhecimento neste momento, mas gravada na parede da nossa Escola está o seu nome imortal. Descanso Eterno ao Doutor Linard Meyer!», concluiu a nota.

Gian Meyer, médico de nacionalidade suíça, trabalhou em São Tomé como voluntário desde o ano 2003. Através da sua fundação, equipou o banco de urgências do Hospital Central Ayres de Menezes, e tratou dos problemas de visão de mais de 1000 pacientes são-tomenses.

As acções solidárias de Gian Meyer estenderam-se também ao sector da educação.

Abel Veiga

 

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo