Sociedade

Navio Zaire realiza operações de busca a uma embarcação de pesca santomense

O NRP Zaire que se encontra em missão de capacitação operacional da Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe, foi ativado ao fim da tarde de sexta-feira dia 31 de julho de 2020, para prestar auxílio nas buscas de uma pequena embarcação de pesca artesanal do tipo caravela, com dois pescadores. Esta embarcação típica da pesca santomense ao corrico, é muito utilizada na captura do atum em migração nestas águas, onde muitas vezes os pescadores se afastam dezenas de milhas de costa munidos com fracos equipamentos de posicionamento e de salvamento.

O alerta foi dado por pessoas em terra, quando se verificou que a embarcação não regressou na data prevista. Devido ao desconhecimento da área onde pescavam e do tempo do seu desaparecimento, o NRP Zaire efectuou buscas entre o dia 31 de julho e 03 de agosto, numa área considerada a mais provável entre a ilha de São Tomé e a ilha do Príncipe, face às condições meteorológicas prevalecentes nos últimos dias.

As buscas cessaram sem ser possível localizar a pequena embarcação, onde a falta de equipamentos de proteção e salvamento, assim como o desconhecimento da sua localização e atividade tornaram difíceis as operações de busca num mar tão vasto. Estas situações recorrentes, tornam imprescindíveis as contínuas ações de sensibilização junto das comunidades piscatórias, no sentido de as alertar para a importância vital da presença de equipamentos de proteção e salvamento a bordo das embarcações.

O navio português, atualmente operado por uma guarnição mista, constituída por militares portugueses e santomenses, prossegue a sua missão de capacitação operacional da Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe, ilustrando a importância da cooperação bilateral entre estes dois países lusófonos, contribuindo, através de um esforço conjunto, para a segurança marítima da região e dos navegantes.

Fonte : Adido de Defesa da Embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe 

    1 comentário

1 comentário

  1. Dádiva

    6 de Agosto de 2020 as 20:30

    meu Deus, socorro em prol dos nosso pescadores guerreiros

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo