Sociedade

“São Tomé e Príncipe O Novo Guia de Viagens em Inglês para – versão livro”

O Cônsul Honorário de São Tomé e Príncipe em Londres, Vereador Christopher Buckwell, apresentou a nova edição do “Guia de Viagens de Bradt para São Tomé e Príncipe”. Este passa a ser o principal guia de viagens em idioma inglês.

Um dos trabalhos do Cônsul e de forma voluntária, é fazer a ponte com as inúmeras agências de viagens sediadas no Reino Unido para incentivar o turismo em São Tomé e Príncipe.

O cônsul Buckwell(na foto) é membro do Comitê Executivo do Corpo Consular de Londres (CCL), uma associação de todos os cônsules gerais e funcionários consulares, de carreira e honorários.

São Tomé e Príncipe é o único país africano que tem lugar na Comissão Executiva.

Téla Nón

    4 comentários

4 comentários

  1. Vanplega

    30 de Outubro de 2021 as 7:10

    Esses nossos politicos estāo a vender fotografia de Sao Tome e Principe
    Quando na realidade o verdadeiro Sao Tome e Principe, està na ruina.

    O verdadeiro espelho dum paìs è suas cidades.
    Mostrem-me a cidade de Sao Tome e Principe?
    Isto è uma cidade ou um mato?
    Tudo em rùina, velho, a chapa de zinco tomou conta da cidade. O povo e os ladroes ( politicos) destruiram està cidade.

    Foi ao ex-P M, chorei de dor,sente uma raiva de ver essa destruiçāo.

    Deus e os demònio tomaram conta desses politicos.

    Bem de àgua, àgua leva

  2. Andorinha

    30 de Outubro de 2021 as 13:56

    O nosso turismo nunca vai arrancar porque os nossos políticos são ladrões, nem sei para o que serve Ministério do Turismo as praias nem tem casa de banho para os turistas cagarem se sentirem fezes, não temos hospital em condições não temos energia não temos infraestruturas enfim triste.

  3. Hilaria Lima

    31 de Outubro de 2021 as 7:32

    Nao puderam encontrar uma outra maneira de fazer publicidade para o turismo? Segundo o que costumo ouvir a Europa incrimina trabalho das crianças. Entao o que é que essa publicidade com a foto desse menino quer dizer? Sera que ela nos diz que as crianças trabalham em STP? Sera que ele nao tem com que viver entao é o turismo que podera ajudar-lhes?O branco que tem o guia com a foto seje ele consulo ou nao, quando se vê isso deixa pensar que: olha nos estamos a ajudar essa criança, porque ele é pobre. Quando é que o dinheiro do turismo ajudara essas crianças? Sao aqueles que têm os suas empresas de turismo que terao ganho nisso. Quando se vai fazer turismo num pais qualquer nao é a criança que se vai ver em primeiro lugar. O turista vai visitar a arquitetura,os museus,a gastronomia,apreciar vegetaçao, os animais selvagens etc e nos o que fazemos ,expomos criança.Para atirar a pedofilia? Digam-me so se estou enganada.Os turistas gostam de ver animais selvagens,répito sera que esse menino esta representando o macaco que nao soubemos consrvar?Esse menino e por conseguinte a familia recebeu algum dinheiro para se expor dessa maneira para o mundo todo?
    Branco esta vendendo o preto para o seu bem. Olha aquilo que sao obrigados a fazer, criança tem que vender coco para ter que comer.Ja chega de ridiculo.Façam publicidade de uma outra maneira com outras coisas. Eu com sinceridade vendo so a capa desse guia nunca estaria interressada ou interresado à visitar STP.Mas se me mostrassem um pais limpo ,organizado, sem animais pelas ruas, sem vendas selvagens em todas as ruas da cidade, sem pessoas fazendo xixi em todos os cantos , sem malucos dispersos e nus nas artérias todas das cidades que seja ela capital ou nao ,entao, eu gostaria visitar essa terra dita maravilhosa.Jaca, safu, manga,sapatos tudo misturado a ser vendido mesmo dentro dos escritoris e esticados no chao à frente das administraçoes, isso atira o turismo? Pois é eles gostam disso porque assim o preto é sempre ridiculizado.Vai-se ume vez e nao duas.
    Ha lugares mais bonitos e mais apresentados para se fazer turismo.Hoje o mundo nao pode ser assim. Devemos seguir o desenvolvimento mais temos que saber refletir bem como fazeras coisas.Todo os paises du mundo têm as suas partes escuras, os seus lixos mais a nossa esta a mostra, sem vergonha. Esse consulo ja visitou STP? Ele sabe que se o turista la for e se tiver a necessidade de ir ao hospital e esse lugar nao tem agua?Como é possivel?Esse hospial nao tem médicamentos basicos?Esse hospital nao tem especialistas quase em campo nenhum?
    Sabemos que o turismo nunca foi a base da riqueza de nenhum pais pobre? Com que controlo no aeroporto? Com que controlo de agreçao,nas ruas?
    Oh gente é bonito nos querermos ser e ter como os outros mas aprendamos a caminhar antes de querer
    correr.
    Quem matou a minha terra? A Alda espirito Santo, perguntou ;quem matou o rio da minha terra?Pois taé o rio com charocos com peixinhos morreu. O que o turista detesta na sua terra vai ver em STP: plasticos em todos os cantos, barulho de motoqueiros dia e noite, buzinas dos carros, nao respeito do codigo de conduçao , impossibilidade de traversar-se uma rua etc etc.
    Entao o que fazer? Criticar é bem mais se ela nao vem com proposiçoes nao tem interesse.
    Fico a espéra de todas aquelas e aqueles que quzerem se ajutarem a mim poderemos refletir juntos. Ideias eu tenho, porque nao é so o governo que pode e deve fazer tudo.
    As pessoas que nasceram desde 1975 ja têm mais de quarenta anos. O que fizemos desses jovens? O que fizeram eles memos dos filhos? Que educaçao civica ,escolar, moral tiveram?Como aprenderam-lhes o que é a vida? Comolhes aprenderama historia do pais e do mundo? Porque razaoe foram abandonado e que hoje mesmo os mais velhos, esses que ja ca estavam muito anos antes transmitiram de bom? Manuel Pinto da Costa, Miguel Trovada e compania todos esses senhores que foram ministros, senhor Rafael Branco etc etc têm que dar conta do estado dessa terra de 200000 pessoas. Noutros paises pede-se conta nos tribunais daquilo que foi feito do bem do pais? Onde foram os dons vindos ?Porque razoes aqulo que tinhamos foram derobados até os sinos das igrejas, até, os vitrais das janelas das igrejas,por que razao nada foi conservado?Porque razoes nada foi construido ou quase nada?
    O balanço é longo e penso eu que temos que fazer balanço sinao caminhamos sem saber onde esta o estado daquilo que fazemos.Olhar para traz para saber se o que traçaos esta a foncionar.

  4. Gerhard Seibert

    2 de Novembro de 2021 as 17:26

    Este artigo é incompleto. O sr. Christopher Buckwell, desde Novembro de 2018 cônsul honorário de STP em Londres, diretamente não tem nada a ver com esta 3.ª edição do guia turístico para STP, publicado pela editora britânica Bradt Guides.
    A autora do guia é Kathleen Becker, conhecida por todos os operadores turísticos santomenses. A 1.º edição do seu guia saiu em 2008, a 2.ª edição foi publicada em 2014.

    Abraços

    Gerhard Seibert

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo