Sociedade

Curso de formação em técnicas de Interrogatório para investigação criminal

A Embaixada de Portugal na República Democrática de São Tomé e Príncipe informa que foi hoje concluído, com inteiro sucesso, o curso de formação em Técnicas de Interrogatório, destinando a elementos com funções de investigação criminal ou fiscalização administrativa da Polícia Nacional, Polícia Judiciária, Serviço de Migração e Fronteiras e Unidade de Polícia Fiscal e Aduaneira de São Tomé e Príncipe, financiado integralmente pela Cooperação Portuguesa (Camões, IP – Instituto da Cooperação e da Língua, IP).

A referida ação de formação, a cargo de dois investigadores graduados do Departamento de Investigação Criminal da Polícia de Segurança Pública de Portugal, teve a duração de 50 horas e abarcou um total de 17 formandos, que puderam assim tomar contacto com as modernas técnicas e procedimentos de interrogatório no âmbito de processos criminais e contraordenacionais, com especial enfoque no cumprimento das regras ético-deontológicas e no respeito escrupuloso dos direitos humanos, preocupação central de qualquer Polícia democrática.

No final, os formandos receberam das mãos dos respetivos responsáveis máximos das Forças e Serviços de Segurança os merecidos diplomas de conclusão do curso, ficando desde já mais capacitados para a produção deste tipo de prova pessoal, considerada essencial para o sucesso da investigação criminal e contraordenacional.

Portugal continua assim fortemente empenhado na cooperação técnico-policial e de proteção civil com a República Democrática de São Tomé e Príncipe, assumindo-se como o país com maior investimento regular nesse domínio.

Fonte : Embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe

1 Comment

1 Comment

  1. Carlos Alberto do Espirito Santo

    7 de Junho de 2022 at 17:54

    Eles bem merecem està formaçāo

    Roubo muito èèè, ninguèm faz nada

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top