Análise

“Que País queremos e onde vamos jovens”!

Por incrível que pareça, a elite política São-tomense não conseguiu amenizar os índices de pobreza 37 anos após a independência. Ora, o País encontra-se estagnado, a juventude encontra-se desnorteado, nota-se um elevado índice de: desemprego, prostituição, delinqüência, corrupção, enfim! No meio de toda esta desordem a juventude canta “viver que esta nesta terra, viver’’, fico perplexo e questiono-me viver que esta nesta terra?

O que isso significa afinal de contas!  É do meu conhecimento que as coisas não estão fáceis aqui no País, a juventude cantando de tal forma, da sensação que tudo esta a mil maravilhas. Portanto, o mais doloroso, jovem da minha geração que seriam o futuro do país de tanta frustração e perca de esperança, mergulharam-se no mundo do álcool, prostituições e passam á vida nas casas noturnas, contracena sexo num vídeo e acham que isto é viver.

O mais agravante ainda, a nossa mídia incentiva tal pratica ao divulgar nos seus meios de difusão massiva, por favor, vamos repensar que país queremos! Nesta senda, temos crianças, que ouvindo tais músicas que mensagens irão passar para sociedade? Meninas desvalorizam-se! Qual o real papel dos pais! Qual é a visão da sociedade civil! Onde esta o nosso Ministério da Educação, juventude e cultura perante a este fato!

Há necessidade das entidades competentes tomarem uma decisão, de tal forma que a situação não comprometa as gerações vindouras. Então, porque que a juventude está a dar, mais valor ao álcool, casas noturnas o invés do uso das bibliotecas e salas de aula?

Será que eles perderam a esperança de um futuro melhor? Será que o ministério competente não tem políticas credíveis para a juventude? Seria isso desânimo, depressão, descontentamento diante da vida que não os deixa procurar algo melhor para fazer, para criar, para produzir? Por favor, meus dirigentes olhem-nos!  De acordo com estatística feita quase que 75%, da população santomense são jovens, se não investimos na educação, criar postos de emprego, teremos sérios problemas não só agora como estaremos comprometendo o futuro de uma nação.

Para que isso não aconteça à necessidade da juventude e dos órgãos afins, conscientizar-se que o futuro depende de nós, somos nós a alavanca da reconstrução, com participação da sociedade civil organizada achamos que as coisas poderão melhorar. Ora, para a juventude alega-se não haver outra solução, pois, recorrem às alternativas acima referidas para ganhar o sustento. Eis um assunto doloroso, mas é a realidade que se vive em São Tomé e Príncipe, realidade essa que vai perpetuando na nossa sociedade.

Diante disso, demonstra a corrupção e ineficácia dos nossos dirigentes para lidar com a pobreza e com surtos de transes recentes no País. Posso assim dizer que a nação esta sentado num barril de pólvora.  Nesses últimos anos, nota-se excessivas viagens dos nossos dirigentes a exterior em busca de parcerias.

Para nossa alegria: Primeiro ministro corre mundo, em busca de dinheiro! Será que elegemos um primeiro ministro Turista? Temos conhecimento que nosso país esta aquém do auto-suficiente, visto que a imaturidade política dos nossos dirigentes, fez da nossa economia dependente das ajudas externas. Nesta ordem de idéias a necessidade dos dirigentes viajarem em busca de apoios (parcerias), de forma colmatar lacuna financeira existente. Será que tais ajudas tem tido algum respaldo na vida do pacato cidadão? Ou serve apenas para beneficiar os ditos senhores da elite? Diz o ditado popular “Quando a esmola é demais até o santo desconfia”. Será que não estão a hipotecar o país! Pois, viver que esta nessas viagens! Viver enfim…!

“Ajoelhamos, agora temos que rezar”, estamos a pagar o preço da nossa ignorância, por ter praticado o dever de cidadão através das contrapartidas o famoso fenômeno banho lamento! Sabendo que tal fenômeno perpetuou-se no país na década de 90, com entrada do multipartidarismo, onde cidadãos de forma insensata votam sem conhecer o programa de governação do candidato, diz o adágio “diga-me com quem andas e eu te direi quem és “’. Resumido, será que somos todos corruptos e merecemos os dirigentes que temos? Enquanto não mudamos nossa mentalidade e votar com consciência, as coisas continuarão do jeito que estão. Com certeza, com uma conscientização da população sobre seus comportamentos errôneos seria possível erradicar definitivamente a corrupção no nosso País.

Não sei se é viver ou morte que está na nossa sociedade! Contudo afirmo há indivíduos á viver neste País. Fé, animo, força e coragem, que um dia as coisas hão-de melhorar, se não melhorar, piorar-se-á de uma vez! Onde vamos e o que queremos para são tome e príncipe!

Junho de 2012 São Paulo/ Brasil

Loysiki Pires Quaresma da Trindade

    23 comentários

23 comentários

  1. olaf

    28 de Junho de 2012 as 18:35

    Caro jovem.
    Resumindo,estás certo no que dizes.
    Mas precisas ter mais atenção na construção das frases. Muitos erros ortográficos. Antes de entregar um artigo de opinião para ser publicado é preciso ver se o mesmo está bem escrito para que se perceba melhor a mensagem que queres passar.

    • sobe só

      28 de Junho de 2012 as 22:22

      acho feio esconder por de traz de nomes feitiços tentando tirar a atenção do artigo, mostre a cara e faça o seu artigo também só assim saberemos se é alguém que mereça alguma atenção e os comentaristas como eu veremos a sua crítica como construtiva quanto não sr. olaf será considerado off como diz o seu nome.

  2. Realidade

    28 de Junho de 2012 as 20:57

    Gostei do teu raciocínio meu caro jovem. Resumido S.T.P em poucas palavras.

  3. Wasmany Pires

    28 de Junho de 2012 as 21:17

    Parabés meu mano, pela tua obra tão magnanimamente espantosa, é isso mano Sábio é o ser humano que tem coragem de ir diante do espelho da sua alma para reconhecer seus erros e fracassos e utilizá-los para plantar as mais belas sementes no terreno de sua inteligência, que Deus possa abençoa-lo nessa caminhada, porque ele é lâmpadas para seus caminhos e luz para tua vida… estamos junto e misturado parceram é nós.

  4. Alex

    28 de Junho de 2012 as 21:24

    O grande homem é aquele que consegui transmitir a ideia que pretendia transmitir independentemente da forma como Ele expressar, porém quero dizer-te meu caro que gostei imenso da mensagem transmitida, revela claramente o nível moral e a situação social de STP, espero que a nossa nação consciencialize-se mediante a situação que encontramo-nos imergidos. Alex Trindade

  5. Papagaio

    28 de Junho de 2012 as 21:26

    Caro jovem.
    Resumindo,estás certo no que dizes.
    Mas fiquei sem saber se isto é lamentação ou salmo, ou ataque pessoal,desabafo,ou fofoca,ou (disse que disse).
    Nota:tanto a elite politica como a massa joventude, está ciente deste mal,e estão anciosos com comentarios que tragam soluções para tal.

  6. Auemisio Poster

    28 de Junho de 2012 as 21:40

    Meu caro jovem no de correr do seu artigo expressa a realidade que infelizmente o nosso povos passa, e com jovem como tu que o país precisa para poder a tingir patamar no desenvolvimento econômico e demográfico , espero que os nossos dirigentes tomão nota pela observação que fizeste e deem o melhor para a nossa sociedade. Para bens …

  7. kalifa

    28 de Junho de 2012 as 21:42

    apesar dos reparos feitos pelo meu predecessor, vale a penas ressaltar a coragem e a iniciativa do jovem, se todos os jovens se sentissem iluminados como este, os políticos mediocres do nosso país nao estariam a tratar o cidadao tal como estao a contece nos dias de hoje.Força Loisiky Pires

  8. Mara de Angel

    28 de Junho de 2012 as 21:47

    Meu caro jovem, quero apenas te desejar força e coragem, porque afinal de contas começamos a ter consciencia do que esta a passar no país e o tipo do país que teremos no futuro. Aos erros, se reconhece, acredito que sao coisas que serao ultrapassados pelo tempo, mas ve a pena mesmo é insentivar para que nao pares por aqui, somos muitos que nao temos essa coragem e visao, se tivessemos pelomenos mais jovens como tu nao teriamos o país que tanto almejamos. Muita força meu caro jovem…Nao desista.

  9. sobe só

    28 de Junho de 2012 as 22:02

    impressionante o teu ponto de vista meu caro jovem estudante creio que estudas no Brasil, tens uma visão revolucionária é disso que nós precisamos para mudar o rumo do nosso pais mentes frescas pessoas humildes filhos da terra e não viajantes que nada sabem a respeito do país até os santos estão desconfiados, Deus escreve certo por linhas tortas acho que tu és um mensageiro de jesus Cristo o que nós precisamos realmente é um tempo novo eu tenho gritado o que estão a fazer com o meu país tratando do transe com psicólogo enquanto os curandeiros de GABAO vem faser campanha no nosso país

  10. Tecas

    28 de Junho de 2012 as 22:18

    Meu caro jovem, nao desista, acredito que foste bem claro na sua abordagem em relaçao a nossa realidade. Aos que ficam apenas pelo reparo dos erros, querem por e simpelesmente desviar a atençao dos leitores do artigo que espelha quase tudo. Força Jovem.

  11. O Parvo

    29 de Junho de 2012 as 4:17

    Meu caro Loysik, quero aqui deixar meus agradecimentos pelo artigo. Ponto de vista palpável, uma visão clara e objetiva sobre atual realidade do social Santomense. Meu caro “Olaf” a mensagem transmitida no artigo esta clara de objetiva. Se tu não intendes o que jovem quer transmitir, até intendo porque pouco têm essa capacidade de percepção. Saliente dizendo que frase esta bem construída, tudo bem explicito. Meu Parabéns meu colega Loysik Pires.

  12. Elias Diakum

    29 de Junho de 2012 as 7:48

    Bom artigo, mas usa o dicionário, ele é nosso amigo. 🙂

  13. Nando Vaz (Roça Agostinho Neto)

    29 de Junho de 2012 as 11:45

    É muito importante refletimos sobre estas questão a cima referidas.
    A questão que coloco é:
    A grande necessidade é fazermos comparação entre os dois sistema de governação até está parte reinante em Santola.
    a)Quais as vantagens e desvantagens do Presidencialismo?
    b)Quais as vantagens e desvantagens do Semi-presidencialismo?
    Questão chave: Será que Semi-presidencialismo é o sistema do governo à reais necessidades dos Santolas e de S.T.P?(S.tomé e Príncipe e novo paradigma política)

  14. Blogonón Paiva

    29 de Junho de 2012 as 16:23

    O jovem esta de parabéns pela coragem em transmitir este sentimento, que hoje é comum. Passei a dias no Satom na discoteca do DJ Cabelo, numa quarta-feira, muita pouca vergonha, jovens de 14, 15, 16, anos prostituindo com estrangeiros Libaneses, Portugueses, etc, . Os Libaneses vão para Liceu nacional as noites arrastarem a Jovens adolescentes, com promessas de dinheiros, caso recente do Pedófilo Francês. Afinal que pais temos, com 1001 Kilometros Quadrados de terra. Triste o comentarista que esta preocupado com os erros de concordância no artigo. Vamos unir a nossa voz ao do Loyziki. Para em conjunto por ponto final a esta pratica. A nova geração esta doente. Que pais teremos no futuro.

  15. luis soares

    29 de Junho de 2012 as 19:07

    Moço, de pouca idade: mulher jovem.
    Que ainda possui o vigor da juventude: pode-se ser jovem aos quarenta anos.
    Que não tem o espírito amadurecido; ingênuo: ele ainda é muito jovem,futuro … temos que pra manter éssa luz sempre acesa para o saotomé de amnha!

  16. luis soares

    29 de Junho de 2012 as 19:13

    Responder »
    luis soares diz:
    O seu comentário aguarda moderação.
    29 de Junho de 2012 às 19:07

    Moço, de pouca idade: mulher jovem.
    Que ainda possui o vigor da juventude: pode-se ser jovem aos quarenta anos.
    Que não tem o espírito amadurecido; ingênuo: ele ainda é muito jovem, futuro … temos que lutar pra manter éssa luz sempre acesa para o saotomé de amanha!

  17. sanalbina

    29 de Junho de 2012 as 19:28

    PARABENS MUITA forca e coragem ok que tens dentro de ti pra escrev a verdade d noss pais e dar o conhec a nova geracao ou a nos que estamos a vir agora uma orientac de bem para nosso mundo o que esta acontecend no noss pais agor digamos que e uma tristez mas com os estudant que estao fora sempre a pensar no bem do pais , possamos pensar sempre diferent e tomar uma disisao certa para as crianc que estao a crescr agora es um grande jovem LOYZIKI.espero que continuas asim . E TAMBEM QUERO SABER QUAL E O TEU PROJECTO COM ESSA FRASE LINDA OK SE E UMA ORIENTAC PARA GOVERN OU SEJA TENS ALGUNS PROJCT A ORGANZR PELO NOSSO PAIS EU QUERO SABER DISS DEPOIS OK MERCI BEAUCOUP VERY WEEL PELAS PALAVRAS ok

  18. LopesBj

    29 de Junho de 2012 as 21:59

    Perfeito resumiu o stp exatamente como é. Um país jovem com a populacao maioritariamente jovem com mentes brilhantes,mas desanimados por nao ter sua oportunidade como membro da sociedade, que esqueci tambem ,que um dia ja foi jovem.Julgam o artigo,mas nao tem coragem de fazer um , mostrando a cara e falando a realidade sem rodeios .

  19. Ogimaykel da Costa

    30 de Junho de 2012 as 13:44

    Bem dito! Meus parabéns!

  20. Lu

    1 de Julho de 2012 as 10:35

    Gostei do artigo: curto, preciso e conciso.

    Aliás, pelo número e tipo de comentários que suscitou demonstra que o tema abordado é bastante pertinente.

  21. tristeza do pais

    11 de Julho de 2012 as 21:47

    Bem granjeado as tuas palavras, as tuas critica, o padrão que está diante as nosso olhos pois, é sego consegue declinar do buraco, só que o nosso dirigente não consegue diligenciar dessas pequenas locuções que expiraste de rabiscar nesse nosso pequeno espaço, enunciação do universo e exponha a tua contrição, muito parabéns pessoa assim como tu alcança excessivo longínquo.

  22. Gerdy Pires

    1 de Junho de 2013 as 10:41

    Sem dúvidas Loysik, no espaço onde estamos sem eira nem beira nunca vamos sair, enquanto esse espaço não se tornar num território organizado que podemos chamar de ESTADO, onde as responsabilidades são chamadas as pessoas de uma forma imparcial e não porque eu sou deste, tenho que responder a todo custo mesmo sabendo que estou errado

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo