Cultura

UNITEL pressiona a concorrência nas telecomunicações com “BIG SHOW”

kaluA segunda companhia de telecomunicações de São Tomé e Príncipe, que está a conquistar o mercado nacional, decidiu celebrar a Semana Nacional da Juventude Santomense, e o 39º aniversário da independência de Angola, com um “Big Show”. Cantores são-tomenses e angolanos, tomaram parte no evento que decorreu no Estádio 12 de Julho.

Camisolas e pulseiras de cor laranja, branca e azul pintaram o Estádio Nacional. O fogo-de-artifício invadiu o céu de São Tomé, e o seu estrondo acordou muita gente, em diversas localidades do país.

A música da cantora santomense, Sebastiana abriu o festival. Kalú Mendes, que se mostrou ao mundo da música nos finais dos anos 70, tomou conta da animação com a sua magnífica e brilhante mensagem crítica do abuso ilícito de álcool, a Cacharamba, o Gandú de tenente Pinho entre outras onde levaram os vizinhos angolanos a observarem atentamente Kalú Mendes.

Depois subiu ao palco, a nova revelação fantástica da vida quotidiana que foi saltando e fez saltar a maioria, Caló Furtado, com a proposta do motoqueiro e deixou lugar para o Leo Bocacopo, “melhor cantor do ano” que recebeu o seu prémio nas mãos do Diretor da Radio Nacional, Teotónio Menezes.

big showDe igual modo o mesmo aconteceu com a dupla angolana « B4 » que durante a sua exibição também recebeu o prémio de melhor musica estrangeira nas mãos do referido Diretor da Emissora Nacional.

O Weyda Múmia a cantora jovem que agitou São Paulo no ano passado no Brasil, Nelly Strong, Haylton Dias, fizeram parte deste Show que fez historia no último sábado. O Big Show da UNITEL convenceu e venceu o público que foi desfrutar da alegria do fim-de-semana no Estádio Nacional 12 Julho.

O Festival da UNITEL, ficou marcado pela presença de sete artistas santomenses e quatro angolanos a saber, Pérola, Chelsy Shantel e a dupla B4. O cantor, Caló Pascoal, viu o Big Show como uma oportunidade ímpar para manifestar as suas belas canções e ficou satisfeito porque todos acompanharam-lhe no palco com vibração. Facto que lhe dá certeza e animação de continuar no mundo da música e prometeu mais surpresas para os próximos tempos no seio da população santomense.

O músico nacional Kalú Mendes, defendeu que espectáculo desse tipo deveria ser realidade no país pelo menos duas vezes por ano. Reconheceu que a música tem um valor inabalável porque, entra na mente das pessoas sem pedir licença; «Eu poço impedir que um pássaro não faça cama em cima da minha cabeça, mas não consigo impedir que ele não passe sobre a minha cabeça», declarou o músico.

A Unitel STP S.A.R.L empresa de telecomunicações e Prestação de serviços de telefonia móvel, inaugurou a sua segunda loja oficial na
cidade da Trindade também no último sábado. Deixou ficar bem claro que vai continuar promover para o mês de Dezembro mais iniciativas de Tecnologia, Informação e Comunicação, assim como mais acções culturais.

Inter Mamata

    5 comentários

5 comentários

  1. Atento ao Dossier

    13 de Novembro de 2014 as 11:26

    É só o que estes Angolanos sabem dar ao Povo é Musica.
    O resto é roubar à força toda.

    • pichotada

      14 de Novembro de 2014 as 13:42

      Antento ao dossier, sei que demos respeitar ponto de vista das pessoas mais esse teu comentario é patético nesse artigo. antes de comentar leia artigo, isse comtátio não tem nada a ver…

      • Atento ao Dossier

        16 de Novembro de 2014 as 19:57

        Patético é o teu pseudónimo…

  2. Eu

    1 de Dezembro de 2014 as 20:05

    O pais só fica a ganhar e espero com essa concorrência o preço das comunicações venha à baixar e não só como também em termo de qualidade,fiabilidade e garantias.

  3. s.filipe

    21 de Julho de 2015 as 18:25

    faco das suas palavras as minhas: Realmemte um pais para desenvolver tem que haver concorrencias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo