Desporto

I Divisão: Lobata deixa de ter representação

O Distrito de Lobata deixou de ter representação no principado, com  a descida do Desportivo  de Guadalupe, na última terça-feira.

Desportivo de Guadalupe esta de regresso a segunda divisão do nosso futebol, duas épocas depois de ter subido nas mãos do treinador “Jála”, que milagrosamente salvou o Santana da despromoção.

Com isso, Lobata passou a ser o único distrito que não terá representação no principal escalão do nosso futebol, na próxima época, um cenário que deixou desconsolados e frustrantes os moradores do distrito, centro-norte de São Tomé.

Quem também perdeu equipa na primeira divisão, foi Água-Grande, que viu a Ôque-del-rei sendo despromovido, mesmo assim continuou a ser o distrito com maior representação a par de Mé-Zóchi.

Este empate será desfeito este domingo, quanto Trindade e Monte Café de Mé-Zóchi e Correia de Água-Grande entrar em ena, para disputar a última jornada do campeonato da segunda divisão, que poderá ditar a subida de uma das três equipas.

Santana com recuperação milagrosa nas últimas três jornadas, assim se pode dizer, conseguiu conservar u o acento de Cantagalo na “montra” do futebol nacional.

Na sua possibilidade, com mudança de Pululu por Zé Rocha, no comando técnico, os Golfinhos de Neves conseguiram sobrevier, e conservaram a representação de Lembá no convívio dos grandes.

Quem não teve dificuldades para conservar a representação do seu distrito, foi a UDRA de Angolares, que conservou com todo o mérito o acento de Cauê, com o título domestico.

Gil Vaz

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo