Eleição em Montalvão e Belém não alterou a distribuição de mandatos em Mé-Zochi

A realização no último domingo das eleições em Montalvão e Belém duas localidades do distrito de Mé-Zochi onde o sufrágio eleitoral legislativo de 1 de Agosto foi boicotado, não provocou qualquer alteração nos resultados provisórios já divulgados pela Comissão Eleitoral Nacional.

O PCD foi o partido mais votado nas duas localidades do distrito de Mé-Zochi onde as eleições legislativas de 1 de Agosto foram boicotadas, nomeadamente Montalvão e Belém.

Em Montalvão num total de 416 votantes, o PCD conseguiu 196 votos, a ADI 167, o MDFM 22 e o MLSTP/PSD 2.

Em Belém num total de 406 eleitores, 375 exerceram o direito de voto, dando ao PCD 185 votos, a ADI 156 , o MLSTP 11 e o MDFM também 11.

Com a votação nas duas localidades de Mé-Zochi o PCD poderia conseguir mais um mandato, se no conjunto das duas circunscrições obtivesse pelo menos metade dos votos expressos. O MDFM-PL também tinha hipóteses de conquistar mais um mandato, se arrecada-se mais de 50% dos votos expressos. Nenhum dos partidos conseguiu tal proeza.

Assim a distribuição dos mandatos no distrito de Mé-Zochi não sofre qualquer alteração, e os resultados provisórios das eleições legislativas divulgados pela Comissão Eleitoral no dia 2 de Agosto, continuam intactos.

A Adi venceu as eleições conquistando 26 dos 55 assentos no parlamento. O MLSTP/PSD é o maior partido da oposição com 21 assentos, segue-se o PCD com 7 e na cauda o MDFM-PL com 1 mandato.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Dr.Amado(Vulgo Sacapapo) Responder

    ESTE É QUE É MAL DESSE POVO É POR ISSO QUE O PAÍS TEM PASSANDO POR UMA CARÊNCIA TOTAL EM VEZ DA INDEPENDÊNCIA TOTAL,OH POVO DERAM AO PODER AO ADI,E ELES PARA GOVERNAR O PAIS COM DIGNIDADE E BEM COMO TODOS NÓS DESEJAMOS PRECISAVAM DE MAIORIA DE DEPUTADOS NA ASSEMBLEIA NACIONAL,NESTE MESMO AMBITO FORAM ELEGER 1 DEPUTADO PARA PCD QUE JA NEM SEQUER TEM DENTE PRA COMER O PÃO.AFINAL EM QUE PAÍS ESTAMOS?É POR ISSO QUE SÃO MUITOS QUE TEM NOS CHAMADOS PAÍS DE BANANA.ESPERO QUE O ADI O PARTIDO VENCEDOR POSSA MOSTRAR EM TODO PAÍS CATEGORIA DE MORAIS.FORÇA STP E SR.PATRICE TROUVADA E OS SEUS FUTUROS COLABORADORES POSSAM REFLECTIR MUITO PARA QUE STP,SEJA BEM GOVERNADO.

  2. img
    Poquimi Responder

    HIHIHIH….KERIAM MAIORIA ABSOLUTA….MAS PARA ISSO TÊM DE TRABALHAR….QUERO VER SE DAQUI A 1 ANO SE VCS VAO CONTINUAR A FALAR ASSIM… OU EM FRANCES…TORNAREM MUSULMANOS.. PAIS DE BANANA SERA O QUE VAMOS VER EM BREVE…AINDA BEM QUE O PARLAMENTO VAI ESTAR A CONTROLAR OS PASSOS DESTE HOMEM QUE SO TEM DINHEIRO MAS NAO SABEMOS DE ONDE..N TRABALHA EM SAO TOME, N TEM EMPRESAS…DE ONDE VEM TT DINHEIRO??TRAFICO?? DE QUE?? VIVA STP E VIVA O MLSTP

  3. img
    Adriano Málé Bobo Responder

    o senhor Bidãozinho disse que o pcd , não precisa de moleta, mas no meu entender, nunca vai consigo andar sem muleta, está explicado a situação,
    Bidão, agora tu ja não vai ser deputado, o senhor sempre falava na Assembleia, mas depois de receber as migalhas do José Eduardinho, ficaste calado kota

  4. img
    Lima Responder

    Caro leitores do Tela Non; se repararem houve um erro concernente ao número de assentos no parlamento. Não são 555, mas sim 55 quizeram dizer. Por outro lado, tendo em conta o jornal de referência a nível nacional e internacional, proponho sempre q necessário uma revisão por 2ª pessoa antes de publicarem qualquer informação. Assim estaremos a contribuir vivamente para o engradecimento do nosso jovem jornal que muito tem levado as informações pertenentes a população em geral nacional e em particular os da diáspora. Boa semana laboral.

  5. img
    Democratico 1 Responder

    Independentimente de tudo isso, penso que se deve adotar a um outro sistema que permita a obrigatoriedade dos votos, é um dever civico e as pessoas teem que votar e ainda que seja em branco…pois,as pessoas que não exerçam o direito de cidadania, em nada estará contribuindo para o progresso do país, são elas mesmo que andam a reclamar que o país não anda bem…a meu ver, a que se mudar a forma de pensar em STP, as pessoas que não saem de casa para votar, devem justificar e caso isso não ocora teem que ser sancionado…mas é preciso que o país esteja preparado ao alto nível para depois avançar com tais medidas…

    hum bem aja a todos.

Deixe um comentario

*