Sociedade

Ex-Director da TVS e arguido Óscar Medeiros não compareceu mais uma vez ao julgamento

Os jornalistas e técnicos da TVS envolvidos num contencioso judicial com o antigo Chefe, Óscar Medeiros, manifestaram-se indignados com mais um adiamento do julgamento, ordenado pela Juíza Kótia Menezes, devido a mais uma ausência do arguido.

O julgamento do caso de difamação e injúria alegadamente perpetrado pelo ex-Coordenador da TVS contra os aos técnicos e jornalistas da TVS, foi marcado pela Juíza Kótia Menezes para esta sexta – feira dia 4 de Abril.

Segundo um comunicado dos jornalistas e técnicos da TVS envolvidos no processo judicial, o adiamento do julgamento deveu-se a ausência do arguido Óscar Medeiros que pela segunda vez consecutiva faltou ao julgamento.

Segundo a nota, a maior indignação dos jornalistas está no facto de quer o agente do ministério público, quer a advogada dos jornalistas e para o cúmulo, o próprio advogado do réu não terem sido notificados do referido adiamento.

Os jornalistas e técnicos da TVS, dizem na nota que enviaram a redacção do Téla Nón que « no seu último despacho a juíza, Kótia Menezes já havia decidido proceder a audiência mesmo sem a presença do réu Óscar Medeiros».

Na hora H, a Juíza decidi mais uma vez adiar o julgamento, porque o réu está mais uma vez ausente do país, como habitualmente nas vésperas do julgamento, mais uma vez viajou para Portugal.

Segundo ainda a nota dos jornalistas e técnicos da TVS, só ontem(3 de Abril), é que foram informados do adiamento do julgamento para o próximo dia 25 deste mês, através de uma nota enviada pela Juíza a direcção da TVS.

Diz ainda que na nota enviada Á direcção da TVS, a Juíza Kótia Menezes nem se quer justificou o adiamento do julgamento. «Este facto reforça mais uma vez a suspeita quanto a imparcialidade da Juíza», frisa a nota dos técnicos e jornalistas da TVS.

Os queixosos recordam que durante o processo, a Juíza Kótia Menezes, foi alvo de um incidente de suspeição apresentado pela acusação. «A própria Juíza indeferiu», conclui os jornalistas e técnicos da TVS, que acusam o ex-coordenador  Óscar Medeiros de crime de Difamação e Injúria.

Note-se que em finais de 2012, o então coordenador da TVS numa entrevista feita no seu gabinete de direcção, acusou os trabalhadores que protestavam contra a sua forma de dirigir a estação televisiva, de serem ladrões etc etc.

Pouco tempo depois, o mesmo coordenador da TVS que era um dos expoentes máximo da comunicação social do então governo, acabou por cair. Logo a seguir o governo que o suportava teve a mesma sorte.

Por solicitação do governo que caiu em 2012, a inspecção das finanças veio provar num relatório de auditoria, de que lado estava a corrupção financeira na gestão da TVS. A Má gestão dos fundos da TVS é outro caso judicial envolvendo o ex- Coordenador que aguarda pronunciamento da justiça.

Abel Veiga

    30 comentários

30 comentários

  1. leoterio dias

    4 de Abril de 2014 as 16:39

    Pedido Aberto:

    Sr Presidente do Supremo Tribunal de Justiça.
    Esta Juiza Kotia Menezes deve ser EXONERADA/DEMITIDA de funções!
    Como o Sr pode compactuar com isto.
    Recorde bem Sr Presidente Bandeira,qual foi a maior contestação no Dialogo Nacional?
    Foi a JUSTIÇA e a KOTIA é puro exemplo dos males do Tribunal.

    • Mria Madre Deus

      7 de Abril de 2014 as 7:50

      Ela não vai ser demitida nunca. Não reparaste no seu apelido?= Se fosse um agricultor que desviou para matar a fome um cacho de banana no lote do senhor ela teria enviado já o mandato de captura. Meia dúzia de incompetentes.

  2. roberto carlos

    4 de Abril de 2014 as 17:02

    Téla Nón:
    EX-Diretor,não.
    Ex-coordenador.

  3. MÉ SOLO

    4 de Abril de 2014 as 17:03

    È assim que vai o nosso estado de JUSTIÇA.

    Sendo este um dos pilares para o desenvolvimento que tanto almejamos, com este JUSTIÇA de COLARINHO BRANCO, não chegamos lá.

  4. Faminto

    4 de Abril de 2014 as 17:31

    Nesta noticia o nome da juiza aparece 5 vezes. Grande “Tele nón”!

  5. arroz podre

    4 de Abril de 2014 as 17:37

    Tanta perseguição assim?
    Tanto ódio assim? Mesmo com diálogo nacional?
    Então este diálogo nacional não terá sucesso.
    Adeusééééé´.

  6. MÉ SOLO

    4 de Abril de 2014 as 17:46

    Me corrijo, esta JUSTIÇA, em vez de este JUSTIÇA

    • Feira Grande

      4 de Abril de 2014 as 19:41

      Ms este senhor aparece a fazer crónicas para a R.D.P-ÁFRICA a maldizer dos políticos chegando até a chamá-los nomes como corruptos e outras coisas e afinal de contas ele mesmo é um grande mafeitor em conluio com uma juíza. Sinceramente que eu não comptreendo ninguém neste país. Todos são nojentos. Quem ouve este senhor a falar, nesta rádio, diz logo este homem é um caso exemplar no nosso país. Que raio de coisa é esta?! Porquê que a R.D.P-ÁFRICA ainda mantém este senhor como correspondente? Este homem não tem valor nenhum para representar o país num trabalho desta natureza. É uma vergonha nacional. Ninguém nos representa com dignidade!? Que raio de coisa!!! Esta na altura de se fazer um texto para esta rádio a chamar atenmçãpo para estas coisas. Todos os outros países têm grande representantes nbesta rádio. Nós tivemos o azar de tirando o Gerónimo que faz as coisas dele mais discretamente, todos que lá estão representanos muito mal.
      Ainda agora acabei de ouvir o representante da Guiné nesta rádio a falar na R.T.P-África e tirei o meu chapéu. O homem falou bem, com classe. Nós temos lá só porcarias.
      Até o senhor Carlos Menezes que foi bom radialista cá em S.Tomé transformou-se nesta rádio numa chacota ou anedota.
      A filha dele que é juíza está metida em trafulhices com o Medeiros. Os tribunais são a nossa maior vergonham neste país. E uma desta vergonha é esta senhora juíza. Onde vamos parar com tudo isso, meu povo?

      • Aledunha

        5 de Abril de 2014 as 10:58

        Este gajo passa a vida a dar notícias criticando os políticose afinal de contas ele é o maior aldrabão e corrupto que este país fabricou juntamento com a juíza filha do Menezes. Como é que a Justiça pode funcionar no país tendo juízas corruptas? Uma maldição!!!

      • Teia de Aranha

        5 de Abril de 2014 as 11:31

        Outro grande aldrabão. Estamos lixados. é na política, no jornalismo, na justiça…. Só temos corruptos e aldrabões. Estamos lixados.
        Fui

      • Bobo

        5 de Abril de 2014 as 12:50

        Nota-se profundamente que tens um grande problema. De que? Não sei, mas pela forma que escreves eu diria que seria de inferioridade, aparte inveja. Tente fazer algo pela vida em vez de falar mal das pessoas.

      • narciso costa

        5 de Abril de 2014 as 16:33

        Estão a falar de Oscar.
        E o quê que Arturinho Pinho também está fazer não é pior?
        Está a dar tanta palmada no dinheiro da TVS,inclusive Sr Juju e Adelino lucas premiou ele como Chefe de Secretaria, que chegou até a extorquir Nino Monteiro tanto dinheiro para transmitir futebol,porque CST não aceitou vias tyravessas com ele, sem conhecimento da TVS para meter dinheiro no bolso e dividir com um grupo de tecnicos:Isto não é corrupção.?

        • Safuzú

          6 de Abril de 2014 as 10:55

          este Arturinho Pinho sempre foi grandes cigano.desgraçou completamente os cofres da rádio nacional em tudo inclusive,danificou a propositadamente a carinha verde nova e foi esconder em casa para comprar.grande bandido.

        • Carlos F.

          7 de Abril de 2014 as 12:56

          Sr Narciso Costa,
          O Sr Artur Pinho não é Chefe de Secção da TVS.
          Ele foi nomeado SUPERINTENDENTE da TVS.É uma nova categoria lá na TVS segundo o que me foi informado por fonte bem segura.

          • felisberto A.

            7 de Abril de 2014 as 17:14

            Cúma?Kekuá?

            SUPERINTENDENTE,cuá bilá policia ou fronteira.
            Cada Patente agora lá naquela TVS? E não Major?Tenente?
            É quem?
            Esse Arturinho bufou até que ele conseguiu patente.

  7. manuel soares

    5 de Abril de 2014 as 10:46

    Meus senhores do tela non, vamos deixar que a justiça faça o seu papel, não quero aqui tomar parte para quem quer que seja, mas sejemos justos, então o caso é de crime de injúria e difamação cometido por um cidadão, isto é motivo para tanta notícia e especulações, deixemos o caso entregue a justiça, aos tribunais e não façamos juízo na praça pública, por amoe de Deus, chega de confusões, se há algo errado o supremo que pronuncie, é mesmo assim noutros países, aguardemos!

  8. manuel soares

    5 de Abril de 2014 as 10:47

    dizia amor de Deus

  9. Eusebio Neto

    5 de Abril de 2014 as 13:27

    Senhores Gestores da Justiça e Juízes de S. Tome e Príncipe, então como podem estar vocês de”boca aberta” e olhos arregalados perante tao gritante desobediência as autoridades que o cidadão Oscar Medeiros esta a demonstrar!? Sera que tem medo que as vossas eventuais maldade sejam postas na s antenas da RDP Africa? Quem e esse senhor que manifestamente desrespeita as autoridades legitimas do pais e continua por ai a vaguear como se nada de anormal e punível tivesse ele feito? Imaginem vocês se um outro cidadão “figura publica” santomense tivesse a coragem de desvalorizar tanto as autoridades judiciais nacionais, qual seria a noticia dos dias, repito dos dias da RDP Africa!? Estaríamos a ser acusados de anti-democráticos, selvagens, bichos, desafiadores da justiça, etc, etc! Se o sr. Oscar Medeiros tem nacionalidade portuguesa, ele e arguido sob acusações feitas em S. Tome e Príncipe e por cidadãos santomenses. Prendam esse senhor para que todos fiquem a saber que no nosso pais também ha lei e exige-se a todos que elas sejam religiosamente cumpridas. Situações como esta só veem dar mais razão ao Dr Olegário Tiny pois, são esses tipos de processos que servem para julgar a competência e performance dos nossos magistrados. Sinceramente que no programa “Debate Africano” do dia 6 do corrente, os colegas do Abilio Neto deixem do cinismo que muitas vezes o tem caracterizado e exijam ao nosso caro compatriota e primo uma opinião isenta sobre o comportamento do Oscar Medeiro. Ele que que diga se acha normal e aceitável essa teimosa e injustificada ausência do arguido aos julgamento que visa acima de tudo provar a sua “inocência”? Por favor, não finjam que nem estão no debate, ajudem o Abílio Neto a melhorar a sua forma de analisar e opinar sobre os assuntos que lhe são submetidos. Que ele dispa a camisola do clube e envergue a camisola da seleccao nacional. Ao “foragido” Oscar Medeiro, que um mandato de captura seja emitido para o prenderem e conduzirem a cadeia por desobediência as autoridades judiciais da Republica Democrática de S. Tome e Príncipe. Aos meritíssimos juízes santomenses, desafio-vos a contradizerem as declarações do Dr Olegário Tiny que, na verdade também são de todos nos, como dizia desmontem-nas através do exercício firme, transparente, desinteressado e oportuno da justiça em S. Tome e Principe.

  10. Original

    5 de Abril de 2014 as 19:39

    Isto já é matéria para acção após diálogo.

    • Água Flêbe

      6 de Abril de 2014 as 12:07

      Este Óscar Medeiros e a própria juíza deveriam ser automaticamente presos. Isto é brincar com o país. Ambos gozam de algum poder, no jornalismo e na magistratura, e estão a abusar deste mesmo poder. O pai da juíza como trabalha numa rádio também acha-se com algum poder e abusa. Mesmo assim todos têm a lata de andar a criticar os políticos nacionais.
      Quem acreditará numa notícia dada por Carlos Menezes nesta rádio ou por Óscar Medeiros criticando ou outros se eles mesmos são indivíduos com falta de carácter? É por isso que o país não avança. Quem ouve este Carlos Menezes a criticar os governantes nacionais em conversas privadas com ele pensa que ele é um Santo. Afinal de contas ele mesmo é um dos maiores mentores morais daquilo que tem acontecido ao país no súltimos tempos. Este país está condenado a não avançar nunca.

      • Viva Democracia

        7 de Abril de 2014 as 12:36

        Subscrevo com toda a força. Este senhor só sabe criticar os polítuicos. Quando as coisas são com familiares dele, como é o caso da Juíza sua filha, ele cala-se e mete o rabo entre as pernas. Onde se viu uma Juíza de um Tribunal com este comportamento tão reprovável e ninbguém faz nada? Só para proteger um amigo seu ele dá ordens à filha para fazer o que ela fez? Este país é uma brincadeira autêntica. Não existe uma instituição quer fiscaliza o ncomportamento dos juízes? Porquê que não tiram esta senhora da magistratura ou apliquem-na uma pena pesada? Já é a segunda ou terceira vez que ela brinca com a Justiça mais o senhor Medeiros.
        Depois andam a criticxar os políticos. É óbvio que os políticos também são iguais. Mas esta senhora comporta-se como os polítiucos nacionais oi pioir ainda.

  11. Teláoh

    6 de Abril de 2014 as 11:52

    O povo de STP reclama demais, seja lá for a noticia se é verdade ou nao a pessoas já começam a maldizer de quem esta a ser acusado. Eu acho que o povo ainda nao parou para pensar, vocês julgam s outros em função dos que outro andam por aí a dizer. Um dia vocês no vosso trabalho também irão ser acusados injustamente só assim saberão como essas pessoas sentem….fuiii

  12. Maguita Tuatuá

    7 de Abril de 2014 as 9:36

    É apenas uma especulação! Nada mais!! E os magistrados sabem disso! Sabiam de que o relatório e contas que falava de gestão danosa de que se acusava este senhor Óscar Medeiros, tinha sido duma gestão anterior a dele?? Portanto não especulem. Isto de injúria e difamação tem sido hábito político que se adotou nos últimos tempos que também não nos leva a lado nenhum, sob pena de fragilizar o estado. Um país onde todos acusam todos e ninguém assume nada. Enfim…

  13. NEIKE RUSSO

    7 de Abril de 2014 as 11:11

    recordo que a senhora juiza em causa numa das suas passagem teria realizado um julgamento de um caso relacionado com crime de fogo posto, de um tal senhor Umbolina por sinal irmão da Ministra dos Negócios Estrangueiros,na sentença ditou o seguinte, foi condenado a cadeia central por 12 anos de prisão,por sinal não está na cadeia central. Sabe-se que o mesmo está fora do País perquê? gostaria de solitar a senhora juiza aonde está o senhor pedro Umbolina de concreto?Por outro lado também sobejamente quem não sabe fica a saber a senhora juiza é do partido ADI.Não podemos ter uma juiza do clientilismo do ADI.Senhor Presidente do supremo Tribunal de justiça é triste enquanto o senhor não arrumar a casa da justiça os juizes continuarão sempre a brincar consigo permanentemente,umas das formas,1º-promover concurso de novos juizes,para retirar os corruptiveis.etc…

  14. terra dos outros

    7 de Abril de 2014 as 15:54

    Seria o Zé povinho notificado duas vezes para comparecer na justiça para ser julgado, e que não compareceu, a Srª. Juiza mandava os oficiais de deligencia ir a procura do dito cujo aonde ele estiver,Mas desta vez é acontrário o referido aldrabão e corrupção encontra-se em liberdade com carros de luxo a gozar deste Povo trabalhador com salário mensal de 975.000.00 Dbs. e dizem que é a verdadeira justiça Santomense. Má fé, minha gente,(Pobre é para sofrer e morrer).- fui……..

  15. Conselho

    7 de Abril de 2014 as 16:02

    Meu caro Eusébio Neto, quando um paciente descobre que tem diante dele um falso médico, disfarçado em bata branca para apenas cumprir a missão de lhe tirar a vida, muitas vezes encomendado por um inimigo, ele no mínimo deve é livrar-se deste desgraçado! Muito cuidado com este país, meu conterrâneo!! Não tires foguete quando o mal bate a porta ao seu vizinho! Porque estamos num país de ódio, vingança, hipocrisia, desonestidade e de muita irresponsabilidade!

    • Patriota

      10 de Abril de 2014 as 0:52

      Amigo Conselho,
      Pode ser que tenhas razão. Mas se for isso, isto é, se o Oscar está nesta situação apenas por ódio , vingança, etc, então, a Dra Cotia deve salvar a sua pele e mostrar que é uma verdadeira profissional e que não quer pactuar com aldrabices. Ela deve declarar-se impedida e deixar o caso para alguém mais isento. Porque quer queiramos quer não, ela é suspeita de parcialidade. Assim veremos se o Oscar continuará a ter o mesmo comportamento de fugitivo, perante uma notificação de um outro juiz, sem que nada lhe aconteça.
      Quero lembrar e chamar a atenção da Dra Cotia: a senhora ainda é muito nova. Procura não entrar nesses esquemas que estragam os nossos tribunais. Se se queimar agora, irá viver durante muitos anos com as sequelas dessa queimadura. E, nessa altura, as pessoas que a senhora está a proteger agora, vão abandoná-la sozinha no mar das amarguras. Portanto, cuidado, cuidado, cuidado! Pense bem no que está a fazer. Aqui é São Tomé.

  16. manuel soares

    7 de Abril de 2014 as 17:36

    Aguardemos pela justiça meus senhores, por amor de Deus o que tem pai da juíza, senhor jornalista Carlos Menezes, neste caso, o que o homem fez? só por ser pai da juíza? por amor de Deus, ele portou-se e porta-se muito bem em não falar de um caso onde a sua filha é juíza, vamos ter calma e ser minimamente sérios, honestos e conscientes. Meus senhores comentário sim mas respeito pela dignidade das pessoas. temos que saber esperar pela justiça, não a podemos fazer nem ditá-la na praça pública.

    • Carlinhos

      7 de Abril de 2014 as 21:56

      Tem tudo!!! Todos fazem parte da mesma escumalha. É triste constatar isto, mas é uma verdade.

  17. Flá veder

    8 de Abril de 2014 as 17:04

    É pena como esse país está assim! Não há justiça, para os têm padrinho e têm dinheiro…
    Francamente falando o Oscar M. sabes se ele for julgado será condenado porque a corrupção dele é nu e Cru nem é preciso alguém fazer direito para julgar esse homem, ele pela natureza é corrupto é verificar os bens dele em pouco … homem que não consegue ser gente honesta, não assume responsabilidade não tem palavra é gatuno… merece cadeia e a juíza está ser influenciada por ele sendo assim ele irá arrastar ela para corrupção ,,, é o que ele sabe fazer bem

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo