Cultura

Gulbenkian abre candidaturas na área das Ciências da Saúde

A Fundação Calouste Gulbenkian tem candidaturas abertas para o apoio ao desenvolvimento de carreiras científicas de investigadores dos PALOP na área das ciências da saúde.

O concurso tem como objetivo permitir a criação e instalação de grupos de investigação, liderados por jovens investigadores de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, contribuindo para a consolidação de carreiras científicas nesses países, reforçando não só estes sistemas científicos como as ligações institucionais entre Portugal e os PALOP.

Numa primeira fase, os investigadores são selecionados um estágio de oito meses cuja seleção é feita pelas instituições que disponibilizam os estágios de acordo com o CV do candidato, a adequação do estágio e a importância do tema a investigar para a política de saúde do país onde se pretende desenvolver o projeto.

Ao longo do estágio, os investigadores devem elaborar uma proposta de Projeto de investigação em ciências da saúde. Essa proposta será selecionada por um júri externo e às selecionadas será atribuído um subsídio para o desenvolvimento do projeto, na instituição de acolhimento do investigador, num dos PALOP, durante um período de três anos após a sua aprovação.

Propostas de estágio em Portugal, regulamento e mais informações em :

https://gulbenkian.pt/grant/apoio-ao-desenvolvimento-de-carreiras-cientificas-de-investigadores-dos-palop/

Candidaturas até 30 de outubro

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo