Cultura

Templo evangelista celebrou 60 anos

O templo da igreja evangélica Assembleia de Deus, é um dos mais antigos edifícios da cidade de São Tomé. No passado fim de semana os crentes evangelistas concentram-se no templo para celebrar o sexagésimo aniversário da casa de oração.

“Igreja triunfante” foi o tema escolhido pela congregação evangélica para a festa de aniversário do templo.

Pastor Cândido Jordão Afonso, líder evangelista desde a década de 90, explicou o sentido do tema triunfante.

Celebração no interior da Igreja

«Estamos a dizer que o crente deve triunfar, deve viver um triunfo na sua vida. O tema é para o fortalecimento da vida de cada um», declarou o pastor.

O crente, filho de Deus, é estimulado espiritualmente a triunfar diante de todas as adversidades desta vida. Sejam crises económicas que assolam o mundo, as pandemias e todo o resto.

Inaugurado na rua 3 de Fevereiro na capital São Tomé no dia 1 de julho de 1962, o templo evangelista contribuiu na expansão do evangelho de Jesus Cristo por todo o arquipélago são-tomense.

Templo da igreja evangélica de São Tomé e Príncipe

Parcerias com outras congregações evangélicas, nomedamente de Angola e da Suécia, permitiu a evolução da igreja de São Tomé e Príncipe, do ponto de vista teológico.

Segundo a liderança da igreja vários membros evangélicos foram formados em teologia, e vários projectos de infra-estruturas foram implementados com apoio das congéneres estrangeiras.

Irmãs da Igreja Evangélica cantam louvores a Deus e dançam

Cânticos de louvores e de adoração a Deus, marcaram a celebração.

«Hoje podemos ter aproximadamente 15 mil crentes. É de louvar a Deus, porque a igreja está a crescer em número e em qualidade», afirmou Vericido Silva, um dos crentes evangelista.

O Primeiro Ministro Jorge Bom Jesus e a sua esposa, participaram na cerimónia festiva. Alguns membros do governo também se fizeram presentes.

«Tem contribuído por um lado na propagação da fé cristã, mas também em termos de muitas acções sociais», pontuou o Primeiro Ministro.

No momento alto da celebração e da pregação da palavra de Deus, Bom Jesus e a sua esposa levantaram as mãos para aceitar Jesus Cristo como seu único salvador. Bom Jesus é salvo por Cristo, antes de Setembro próximo. Depois de setembro poderia ser tarde demais.

Segundo dados do recenseamento geral da população e da habitação, publicados no ano 2012, dos mais de 188 mil habitantes que povoavam São Tomé e Príncipe, 55% eram cristãos.

A Igreja Evangélica é a terceira maior igreja cristã do país, com 3,4% da população como crentes desta congregação.

Abel Veiga

FAÇA O SEU COMENTARIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top