Desporto

STP sofre duplo golpe em uma semana

A selecção nacional de São Tomé e Príncipe desceu mais cinco degraus na escala do topo do ranking de futebol mundial e continental, ocupando agora 172ª posição na hierarquia mundial e 46ª na pirâmide continental.

Depois das sucessivas derrotas diante do Benin por 2×0, tanto dentro como fora de portas, que conduziram o afastamento do país das eliminatórias rumo a fase final do CAN 2015, onde seria colocado no grupo B, juntamente com Mali, Etiópia e Argélia, caso ultrapasse o Malawi na derradeira e última eliminatória, o país viu as suas acções a serem desvalorizadas na hierarquia mundial futebol, caindo desta forma cinco posições, em relação a última actualização (08 de maio), saindo da posição 167ª para a 172ª com 86 pontos.

Ao nível continental, a maré negra foi mais violenta, tendo a selecção nacional entrando no top 10 das piores selecções africanas, caindo da 44ª para a 46ª posição com 86 pontos.

Sem os ditos jogos amigáveis da FIFA a vista, o cenário nacional na cotação mundial, não figura nada risonho, STP, que poderá em apuros, correndo o risco de perder o direito de veto na FIFA, o que não seria nada vantajoso para o país.

Já no fim do artigo, vos deixo com esta preocupação:

STP está no top 10 das piores selecções africanas devido:

a)Falta de bons valores?

b)Falta de uma política séria para o futebol?

c) Dirigentes que não gostam de futebol?

d) Ou será que tem outro factor a contribuir para a tal situação?

Deixe o seu comentário, com a solução para que o nosso futebol possa desenvolver.

Gil Vaz

 

    15 comentários

15 comentários

  1. Odair Costa

    6 de Junho de 2014 as 6:14

    Muitos factores tem abalado nossa selecção,desde o selecionador nacional que ainda não definiu um modelo de futebol para nossa selecção,o desconhecimento de alguns jogadores santomenses que joga no estrangeiro por parte do selecionador que poderia reforçar nossa equipa exemplo, Luis Leal,Harramires do Benfica B,filho do cantor JUKA que joga no Desportivo da Curunha Espanha e muitos outros jogadores. Outro factores é a comunicação social que não pública nenhuma informações sobre nossa equipa um exemplo á equipa no primeiro jogo em casa contra Benim a T.V.S não mostrou a chegada da equipa de BENIM ao nosso país,nem promoveu uma intervistas na véspera do jogo,quando equipa viajou para segundo jogo nenhuma informações sobre viajem,a Selecção jogou ontem frente a Guiné-Equatorial qual foi o resultado ninguém sabe. Isso é muito triste mais espero que tudo possa mudar no futuro.FORÇA NOSSA EQUIPA NACIONAL.

  2. Estanislau Afonso

    6 de Junho de 2014 as 7:21

    Tudo que está mal organizado acaba mal.
    Não podemos exigir bons resultados sem fazer um bom trabalho de base. A inexistência da legislação e da autoridade de Estado é outro fator que conduz ao insucesso.

    • santola

      7 de Junho de 2014 as 0:48

      Pelo menos uma coisa eu tenho visto ao longo do tempo STP vem reagindo sobre o Futebol e isso já mostra o incentivo, mesmo por falta de preparação técnica ou seja lá o que for, Temos mostrado alguma motivação pelo futebol, Força STP, que o nosso futebol está chegando.

  3. .A. Gomes

    6 de Junho de 2014 as 8:26

    Meus caros
    Vamos deixar de hipocrisia e dar o César o que é de César.
    O país quando está mal, fica mal em tudo. Não há nada melhor de que mesmo mal, o povo tenha uma certa esperança de que a coisa pode melhorar e os esforços do povo serão outros. Tudo no país perdeu hoje a esperança e tudo vai indo mal. Se não vejamos
    Aquando do Governo do ADI, criou-se uma iniciativa grande para o desporto nacional. Esqueci-me op nome desta iniciativa. Na altura o desporto estava a tomar outro caminho. A nossa seleção tinha ganhado uma equipa estrangeira em casa e empatou na casa do adversário, e o nosso futebol tinha conhecido um bom ranking ao nível africano e mundial.
    Seria bom que o Tela Non apresentasse o ranking do nosso futebol naquela altura e o ranking que temos hoje para permitir a comparação. Mas chegou agora o governo que não dá esperança nenhuma, nem tem rumo nenhum, e estamos como estamos. O ranking do futebol está a vista porque existe um órgão internacional que o avalia.
    Se houvesse rankings em politica, em economia, no social, é que conheceríamos até onde baixou o nosso país.
    Agora já com a própria indefinição da politica externa, pois ora estamos com Taiwan, ora vamos ver China, a coisa irá tomar um rumo completamente negro para o povo.
    Digo o povo, pois aqueles que andam na jogada nunca vão perder.
    Bem Haja ao povo santomense
    Gomes

  4. B13

    6 de Junho de 2014 as 11:45

    Falta de uma política séria para o futebol, falta de ideias, o Governo tem que definir o que quer para o futebol, temos que deixar desta
    brincadeira.
    eles não sabem o que estão a perder em brincar com o futebol, como todos nós sabemos hoje em dia o futebol é uma maquina de fazer dinheiro, e as empresa também têm que apoiar, mas para isso o futebol tinha que ter qualidade, e um caminho para tal é levar os jogos da 1ª divisão ao estadio nacional 12 de julho ou criar melhores condições em outros campos…

  5. Elias Cassandra

    6 de Junho de 2014 as 12:30

    Ja agora como informação ,perdemos ontem com a Guine Ecuatorial por 3-2 ,mas segundo dizem os Médias jogamos melhor que a Guine e estivemos sempre a frente no marcador.Infelizmente a arbitragem não quizer deixar a Guine Ecuatorial mal vista no aniversário do presidente ……

  6. Lupuye

    6 de Junho de 2014 as 13:45

    Porque e que tudo o que acontece tem que ser culpa do governo? Ha organizacoes que nao devem ser dirigidas pelo governo, pode muito bem ser independente.
    O nosso futebol esta onde esta por diversos motivos. Um deles e a falta de organizacao, outro, o nosso futebol nao e professional e ha menos zelo por parte dos jogadores e por ultimo indicaria a situacao do proprio pais. Os nossos atletas nao se alimentam bem por ignorancia e por falta de condicoes. O futebol exige muito, fisicamente e mentalmente falando, dos jogadores e creio que o nosso pais ainda nao tem capacidade de dar essas condicoes aos seus jogadores. “Saco vazio nao fica em pe”.

    • santola

      7 de Junho de 2014 as 2:33

      Ta certo não vale a pena chorar só temos é que esperar mais até quando não sei.

  7. FORÇA STP

    6 de Junho de 2014 as 14:41

    a culpa esta nos governantes. Ninguem quer pensar bem para STP, todos querem apenas ganhar o seu dinheiro.
    meus senhores vamos parar e pensar o que queremos com STP.
    temos tudo para ser uma das potencias no continente ao nivel de riqueza. Vamos valorizar o que é nosso.
    Todos nós temos culpas. embora uns mais do que outro.
    1º GOVERNO
    não tem uma politica seria para o futebol, não preocupa com formação dos atletas, não criar condições para que as empresas possam investir no futebol, desvaloriza os jogadores, não os apoiam em nada, principalmente os da selecção.No jogo com o Benin, o Akemisse lesionou gravemente, ficou hospitalizado, mas ninguém do Governo foi lá visita-lo, jogadores viajam com subsidio de miséria. por favor eles são humanos e têm família.


    FSF
    federação tem que começar a pensar no futuro de futebol, criar pelo menos 3 campos pilotos, onde as equipas poderiam jogar com qualidade e atrair o investimento, criasse um campo no centro , como já tem o estadio nacional, um no sul e um no norte.
    se não tem leva pelo menos os jogos da 1ª divisão ao estadio nacional.
    Cria liga distrital, e acaba com varias divisões que existem em ST, e cria apenas um campeonato com os 1º e 2º classificados de cada distritos. quem sabe assim poderíamos ter mais qualidades.
    Aumentaria o valor de prêmios para o vencedor das provas.
    premiasse os melhores de cada época.
    Criasse um departamento de comunicação para divulgar os seus trabalhos.
    ………………….

    3º ADEPTO
    Ajude os clubes, pagando um cota mensal, paga a entrada nos jogos e não furar para entra de graça.
    para de criar conflitos nos campos de futebol, fazendo com que muitas pessoas deixam de ir aos campos.

    4º JORNALISTAS
    façam os seus trabalhos com profissionalismo, sem pensar no dinheiro.

    ETC

  8. Lupuye

    6 de Junho de 2014 as 15:03

    Correcao: profissional em vez de “professional”
    podem muito bem ser independents em vez de “pode muito bem ser independente”

  9. Diogo

    6 de Junho de 2014 as 17:31

    Meus senhores,

    Quando em Junho de 2011 STP nem figurava neste ranking porque estava sem competir há 8 anos ninguém se questionava a respeito do estado do futebol nacional e da forma como a Federação era gerida.

    Quando em Março de 2012 STP estava no lugar 115 só a Téla Nón o noticiou, nenhum outro órgão tomou nota da ocorrência.

    Agora com uma ligeira queda parece estar tudo mal no futebol nacional.

    Eu pergunto: estará o futebol nacional pior do que estava em 2011 quando nem tínhamos selecção há 8 anos e o campeonato ocorria de forma irregular? Penso que não e penso que nenhum amante do futebol são-tomense quer regressar a esses tempos.

  10. jovem santomense

    6 de Junho de 2014 as 17:55

    SE querem mesmo que alcançamos os nossos objetivos temos que de deixar de brincadeira e lutar para alcançar os nossos objetivos e sonhos. Deixemos de brincar de faz de contas. Vamos acordar São Tomé e Príncipe. Força

  11. Camarada

    6 de Junho de 2014 as 18:31

    Ninguem tem culpa do futebol que temos . A culpa e a falta de preparacao fisica nos jogadores e alguma tecnica, mas tambem um treinador com capacidade na area do futebol moderno bem como um bom preparador fisico. A derrota em S. Tome deveu-se a falta de preparacao fisica ,os nossos jogadores tiveram muita dificudade nos minutos finais do encontro.

  12. santola

    6 de Junho de 2014 as 22:57

    O povo santomense precisa valoriza o nosso futebol, cade o incentivo?, a propaganda, notícias sobre a nossa seleção, é nada. E o povo que vai sabe né, o povo até pode saber que o governo tem empenhado no futebol mas não há motivação, então meus senhores realizem as coisas bem e informem bem o povo. Fui.

  13. Honorio Lavres

    8 de Junho de 2014 as 17:06

    Meus caros Irmãos!

    A situação da nossa selecção não esta das melhores,eu deixo um desafio a todos os santomenses na diaspora,criando um fundo, com pouco que temos, a federação crie uma conta internacional para o efeito.
    Que todos nos,que estamos na diaspora podemos divulgar,nomes e possíveis contactos dos nossos jogadores que joga no estrangeiro,
    Para informação de todos,temos um grande médio atacante polivalente,que atua nos olympiacos em reino Unido,de nome Leandro Nunes Figueiredo,Neto do Antigo jogador do Vitoria do Riboque de nome Esquerdinha,jogador sem duvidas que dispensava.se apresentações no futebol santomense. qualquer informações deixo este contacto honorio.oliveira@hotmail.com

    Vamos todos unidos abraçar uma causa Nacional,porque tudo que e nacional e bom

    Honório Lavres
    Reino Unido

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo