Desporto

LULA: Final da Copa do Mundo mostra que “ódio e preconceito não levam a lugar algum”

 

    6 comentários

6 comentários

  1. Seabra

    16 de Julho de 2018 as 15:56

    A UNIÃO AFRICANA ganhou a COPA DO MUNDO,
    para a GLÔRIA da FRANÇA.
    VIVE LES BLEUS!!!!

  2. Ralph

    17 de Julho de 2018 as 2:55

    Concordo com isso. Foi impossível não notar o número elevado de jogadores descendentes de africanos na seleção francesa.

  3. Pele

    17 de Julho de 2018 as 11:34

    Acho que em São Tomé devíamos seguir o exemplo da França, mas ao contrário. Eu acho que Santomense não tem muito jeito para jogar á bola e por isso devíamos ir contratar jogadores brancos Europeus daqueles que não chegam ás selecções, mas que poderiam servir muito bem para ajudar São Tomé a ser campeão Africano e, quem sabe, no futuro ser mesmo campeão do mundo.

    Por exemplo, tem muitos jogadores brancos do Porto, do Sporting, do Real Madrid, do Barcelona e outros clubes também que nunca chegarão a titular das suas selecções, então nossos dirigentes deveriam abrir o olho e ir buscar eles para representar nosso país

    Isso também iria mostrar ao mundo que se na França o branco já não tem preconceito contra o negro, em São Tomé o negro também não teria preconceito contra o branco.

  4. António cunha dos santos

    17 de Julho de 2018 as 13:17

    Que sirva de lição para Portugal e os Portugueses de raça caucasiana

  5. Albertino Sousa

    17 de Julho de 2018 as 20:01

    Viva os refugiados legais!

  6. januario

    18 de Julho de 2018 as 9:01

    Esto faz França cresce cada vez mais

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo