Desporto

Catambi reage por Nino Monteiro

A Federação Santomense de Futebol, FSF, através do 1º vice-presidente, Adalberto Catambi, reagiu as duras críticas do vice-presidente demissionário, Jasí Ramos, que atribuiu a culpa pelo estado actual do futebol nacional, a direcção liderada por Nino Monteiro, desde 2014.

Jasi Ramos garantiu que Nino Monteiro, transformou  a sede do futebol nacional, numa sede partidária.

Adalberto Catambi, ex – militante do MLSTP que concorreu as eleições legislativas no círculo eleitoral de Lobata pelo partido ADI,  foi peremptório negando categoricamente a acusação, dizendo que nunca misturaram a política com o desporto.

“As questões levantadas por eles dizendo da politização no seio da federação, não corresponde a verdade. É notório que ao nível das nossas figuras directivas, conta com pessoas de diferentes quadrantes políticos, por isso aqui não temos questões de saneamento, de perseguição e não fazemos a mistura entre a política e o desporto”

Catambi, foi mais além, dizendo que “esta renúncia do Jasí Ramos não tem nada a ver com o saneamento como o mesmo frisou. Tudo isso só demonstra que o mesmo tem outras pretensões. Muita ingratidão por parte do Jasí. Ele sempre foi bem tratado por todos os outros membros da direcção, nomeadamente o presidente da Federação Santomense de Futebol”.

A demanda que envolveu a ponta final da principal liga santomense, com a suspensão dos jogos, por quase um mês, revelada por Jasí Ramos, com a campanha eleitoral, foi categoricamente desmentida por Catambi, que na sua versão, atribuiu a responsabilidade, única e exclusivamente, a falta de segurança na altura.

O dirigente avançou ainda, esse divorcio e consequente declarações do ex-vice presidente, não irão fragilizar e nem manchar os quatros anos em que estiveram a frente do organismo, onde muitas coisas foram feitas em prol do desporto rei, acrescentando que o Nino Monteiro, actual líder, será candidato a sua reeleição.

Martins dos Santos

    1 comentário

1 comentário

  1. MadreDeus.igreja

    7 de Dezembro de 2018 as 12:54

    Eh bi lá cá, cá ploco.

    As comadres zangaram-se. Vê dê mem

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo