Desporto

Ex-presidente avança para escrutino na FSF

O ex-presidente Idalécio Pachire vai avançar, convicto na vitória, para o escrutínio do próximo dia 19 de Fevereiro, na Federação Santomense de Futebol, FSF, fincou o seu mandatário, Ricardino Barros, a saída da sede do organismo que rege o futebol no arquipélago.

Pachire aumentou para dois, os candidatos ao trono da FSF, ao apresentar na última sexta-feira a sua candidatura ao acto, depois do presidente cessante, Domingos Monteiro, tê-lo feito no mês findo.

Ricardino Barros que já exerceu no pretérito, cargo do secretário-Geral da instituição, frisou que “o seu candidato está preparado para regressar à direcção da federação”, apostando caso seja eleito “no futebol feminino e juvenil, acreditando que sem estas categorias, não podemos pensar no futuro da modalidade”, alongou-o.

Ricardino sublinhou ainda que “ outra grande aposta é a construção e reabilitação das infra-estruturas desportivas, porque não se pode admitir uma equipa que ganha sempre campeonato ou taça, não tenha um campo próprio para competir. O nosso propósito e dá ao povo de Caué um campo para a UDRA competir”.

Assim sendo, o ex-líder vai comprar pela segunda vez a “brigar” com o presidente cessante da Federação Santomense de Futebol, Domingos Monteiro.

Martins dos Santos

 

 

    1 comentário

1 comentário

  1. selecionador para as eleições

    6 de Fevereiro de 2019 as 6:46

    Nino Monteiro não vai deixar que ninguém concorra contra ele ao cargo da FSF.
    Ja esta tudo montado para ele concorrer sozinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo