Desporto

Jogos Africanos – Cabo-Verde abre uma “janela” para STP

Depois de quase certa a ausência do país nos Primeiros Jogos Africanos de Praia, por não ter presença no Ranking Internacional nas modalidades que irão fazer parte dos jogos, eis que surge uma nova oportunidade ao país, para marcar presença no evento, com a incorporação da meia-maratona no repertório das modalidades, frisou o presidente do Comité Olímpico de São Tomé e Príncipe, João Costa Alegre.

“Em cabo-verde não tínhamos condições de participar. Serão 11 desportos, e nós não praticamos nada, no fundo, ou aquele que praticamos, estamos a dever as federações internacionais e não poderíamos está nos jogos, então a partida estaríamos fora, porque não temos presença no Ranking, que é o método utilizado para a participação nos jogos. Mas há uma possibilidade que abre com a prova da meia-maratona, que vai permitir, não só ao país, mas também a muitos outros países africanos”.

João Costa Alegre sublinhou ainda que “seria uma vergonha não participar, porque no fundo quem está a organizar este evento é um santomense”.

Recorde-se que os jogos terão lugar na cidade da Praia (Cabo Verde), entre 14 -23 de Junho próximo, dois meses antes dos Jogos Africanos (Marrocos), entre 19 – 31, onde o país, mais uma vez, com uma caravana maior, irá procurar a qualificação para os Jogos Olímpicos de Toquio-2020, nas modalidades de Canoagem, Atletismo, Taekwondo e Karaté.

Costa Alegre frisou que é preciso engajamento de todos para que o país atinja os seus objectivos nos jogos, lembrando que somos muito pouco para a árdua tarefa que nos espera.

“São dois grandes desafios. Esperemos contar com apoio de todos para que efectivamente a delegação nacional esteja em força e consigamos atingir os nossos objectivos”

Henrie Martins

 

 

    1 comentário

1 comentário

  1. Vaz

    29 de Abril de 2019 as 10:18

    Vamos com força.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo