Anúncios

ATENÇÃO – Concurso público do sector das florestas

Projet « Systèmes de Surveillance et de MNV nationaux avec une approche Régionale dans les Pays du Bassin du Congo »

Clique para ler na íntegra –  Floresta – TdR Responsables de projet nationaux

    6 comentários

6 comentários

  1. Avec

    13 de Dezembro de 2012 as 0:26

    Esperemos que com este novo Governo acabe esta pouca vergonha dos anuncios das nações unidas em língua Francesa

    É preciso lembrar-lhes que estamos em São Tomé e Príncipe e não no Gabão ou na Costa do marfim.

    A NOSSA LÍNGUA É O PORTUGUÊS

    • Santa Paciencia

      13 de Dezembro de 2012 as 11:26

      Isso mesmo! como é para uma proposta de trabalho a enviar para Yaondé…que tal mandar em forro??? Afinal estamos em S. Tomé, NAO EM PORTUGAL! bôbô.

    • A chave

      13 de Dezembro de 2012 as 11:58

      O problema é que a lingua oficial das naçoes unidas é o frances. E eles fazem os concursos na sua lingua oficial. Acho que é o governo (através do responsabel de cada concurso) quem tem que fazer a traducçao.

    • Florestal Meyer Antonio

      13 de Dezembro de 2012 as 14:18

      Caro Sr(a,
      Realmente deveriamos publicar em Português. Mas, todo o termo de referencia está em francês e uma das condições para o Responsável Nacional é Bom dominio da lingua francesa. No entanto, pode contactar a Direcção de Florestas ou me contactar pessoalmente para mais informações.

    • Reviravolta

      17 de Dezembro de 2012 as 11:30

      Coisa de loucos, como disse o “A Chave” a língua oficial das Nações Unidas é o francês, eis a razão da publicação é ela feita toda em francês, mas isso não podia ser visto desta forma porque o mundo está e seguinte evolução e há necessidades em aprender línguas, por isso pouco importa a língua pela qual foi publicado o anuncio.

      Sr. Avec tente ser mais coerente, por é muito pobre o seu comentário.

  2. Não tem nome

    18 de Janeiro de 2013 as 12:17

    Meu caro vc está certo, quando reclama esta proposta de trabalho em limgua estrangeira. Concordo com sigo. O problema não se trata de evolução do mundo, embora estou em crêr que saber a lingua estrangeira, principalmente, Inglês e Françês é a mais valia sem dúvida alguma.
    No entanto, como se trata de um país probre e carente como nosso, por esta razão há este tipo de refém que estamos sempre sujeito, a se não vejamos?
    Será que noutros países desenvolvidos também têm essas exigencias e imposições? Creio que não!
    Daí, que a unica maneira de deixarmos de ser refém é desenvolver o nosso país que até parece uma utopia; alias, basta desenvolver o país para solução de muitos problemas socais.Embora com sua consequências.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo