Economia

FMI anunciou imensa pressão em São Tomé e Príncipe

Convidado pelo Governo são-tomense, para analisar a situação do país, a luz da necessidade de implementação de um novo programa de financiamento à economia nacional, para os próximos 3 anos, o FMI, chegou a seguinte conclusão. « O país está sob uma imensa pressão. De facto, aquilo que se constatou no ano passado é que a despesa subiu vertiginosamente enquanto a receita caiu bastante», afirmou Xiangming Li, chefe da missão do FMI.

A missão do FMI que se encontra ainda no país, chamou a atenção para o facto da situação macroeconómica, exigir uma tarefa muito árdua ao governo. «Aumentar as receitas, garantir a promoção do sector privado de modo que haja fundos para a saúde, educação, para todo sector social» frisou.

Para aumentar as receitas, o FMI propôs «aumentar a base tributária».

Segundo a Chefe da Missão, em São Tomé e Príncipe as receitas dependiam muito dos impostos aplicados sobre as importações. «Caindo esses impostos isso tem um impacto negativo muito grande na economia», pontuou.

Abel Veiga

    13 comentários

13 comentários

  1. Nuno Menezes

    26 de Março de 2019 as 22:11

    Para aumentar as receitas fica a dica:

    – Uma taxa no Hospital publico
    – Uma taxa no centro medico

    A taxa no Hospital publico para as pessoas que estao de ferias em Sao Tome and Principe que assim necessitam de cuidados medicos e isso tambem ‘e aplicavel no centro medico.

    Para aumentar as receitas ‘e mesma coisa como fazer dinheiro; para assim aumentar as receitas necessario ter ideia e tambem a honestidade publica como por exemplo os funcionarios e os Policias.

    Criar selo de circulacao de carro dentro do Pais e controlar as pessoas que assim conduz o seu carro sem o selo de circulacao e multa ‘e aplicavel se nao tiverem o selo de circulacao.

    Criar seguro de carro obrigatoriamente e a compania de seguros pagar ao governo o estipulado.

    Tudo isso ‘e Para aumentar as receitas, mais nao ficamos por aqui.

    Para aumentar as receita, as pessoas que vendem na rua necessario controlar as mesmas e fazer pagar uma taxa para assim venderem na rua,ou ter um cartao Feirante ou vendedor ambulante e fazer pagar esse mesmo cartao com o prazo de validade.

    Para aumentar as receitas necessario tambem criar o IVA e ser aplicado dentro do Pais.

    Para aumentar as receitas… o preservativo deixa de ser free e fazer as pessoas pagar esse mesmo preservativo, se sabe que vai ter relacoes sexuais deve comprar.E a responsabilidade ‘e sua.

    Para aumentar as receitas, todas as casas dentro de Sao Tome and Principe pagar uma taxa de televisao,antenas parabolicas e aplicar tambem nos servicos publicos embaixadas,UNO e FMI e etc…

    Para aumentar as receitas,fazer a populacao pagar imposto Municipal ( Council Tax ) todos os meses incluindo FMI escritorio,UNO escritorio,Todas em Embaixada dentro de Sao Tome and Principe, e as casas privadas.

    Para aumentar as receitas,fazer a populacao pagar uma taxa de recolha de lixo nas suas casas.

    Tambem necessario criar posto de trabalho para as pessoas que vivem dentro de Sao Tome and Principe para assim terem dinheiro para pagar as receitas criadas por o governo.

    Sem criar posto de trabalho as pessoas nao conseguem pagar as suas dividas.

    Fica a dica…

    Nuno Menezes
    Lincoln,Reino Unido

    To increase the revenue is the tip:

    – A fee in the Public Hospital
    – A fee at the medical center

    The rate at the Public Hospital for people who are on vacation in Sao Tome and Principe who thus require medical care and this is also applicable in the medical center.

    To increase revenue ‘and same thing as making money; so as to increase the revenues need to have idea and also the public honesty as for example the officials and the Police.

    Create a car traffic seal within the country and control the people who drive your car without the traffic stamp and fine if applicable and do not have the traffic seal.

    Create car insurance mandatory and the insurance company pay the government the stipulated.

    All this’ And to increase the revenues, we do not stop here.

    To increase revenue, people who sell on the street need to control them and have to pay a fee to sell them on the street, or have a card merchant or street vendor and have to pay that same card with the expiration date.

    In order to increase the revenues, it is also necessary to create the VAT and be applied within the Country.

    To increase the income … the condom ceases to be free and make people pay for this same condom if they know they will have sexual relationships to buy. And the responsibility ‘and yours.

    To increase revenues, all households within Sao Tome and Principe pay a television fee, satellite dishes and apply also in public services embassies, UNO and IMF and etc …

    To increase revenues, make the population pay Municipal Tax (Council Tax) every month including IMF desk, UNO desk, All in Embassy within Sao Tome and Principe, and private homes.

    To increase revenues, make the population pay a garbage collection fee in their homes.

    It is also necessary to create jobs for people living inside Sao Tome and Principe so they have the money to pay for the revenues created by the government.

    Without creating jobs, people can not pay their debts.

    The tip is …

    Nuno Menezes
    Lincoln, United Kingdom

    • Luiz

      27 de Março de 2019 as 10:06

      Os que estão cá, já estiveram lá. Copiar colar não funciona aí na grota.

      Luiz

    • Nuno Menezes

      27 de Março de 2019 as 16:54

      Passei por aqui e vi que deram 11 nao gosto e 2 gosto,as pessoas que votaram nao gosto isso indica que nao gostam de pagar as suas contas,e um Pais que esta na fase de desenvolvimento ou mesmo desenvolvido tudo isso tem que ser aplicado para o bem estar da populacao.
      Se essa noticia fosse no Reino Unido,estariamos iguais ou pior na votacao,aqui dentro se paga taxa da televisao,imposto Municipal ( Council Tax ) e outras coisas mais…
      Para aumentar as receitas de um Pais necessario ter ideias e ao ter ideias tambem estao a criar Posto de Trabalho.
      Para aumentar as receitas, ‘e mesma coisa como fazer dinheiro, necessario criar uma taxa minima para as todas pessoas que usa o Hospital e o centro medico dentro do Pais e essa minima receita vai ajudar a administracao desse mesmo hospital comprar lata de tinta,manter o hospital sempre limpo e quem sabe compram uma televisao para assim meterem na sala de espera quando estao a espera do medico e verem a televisao.

      Criar parque de estacionamento para assim os carros estacionar e cobrar dinheiro neste mesmo parque de estacionamento, e isso se chama aumentar as receitas.

      A nivel de agricultura tambem da Para aumentar as receitas, exportar os produtos originais de Sao Tome and Principe como por exemplo, cacau,banana,jaca, e outros frutos. Para isso acontecer necessario fazer conhecer que assim nos existimos,logico que existe banana,cacau nos outros Paises no mundo do comercio o que vende mais barato e com qualidade as pessoas vao a procura igual a supermercado aonde ‘e mais barato as pessoas entram e compram.

      Para aumentar as receitas tambem podem aplicar no aeroporto de Sao Tome and Principe um sistema as pessoas ao entrar no aeroporto de sao tome and principe levar familia ou amigos ou mesmos ir buscar criar um sistema de cobrar o estacionamento em toda a area de Sao Tome and Principe barreira eletronica com um funcionario publico a cobrar.

      As pessoas ao olharem para 11 nao gosto que foram dados essas pessoas a sua intencao ‘e nao criar receitas dentro do Pais e tambem nao querem pagar nada dentro de Sao Tome and Principe.
      E ao fazerem isso o Governo ou alguem com ideias desistem da ideia porque a votacao foi nao gosto que ganhou.

      E isso nao ‘e aplicavel apenas em Sao Tome and Principe na ilha de Principe tambem, a psicologia uma taxa minima muito minima para assim pagarem as pessoas quando assim usam o hospital ou mesmo centro medico uma taxa que a propria pessoa diz esse dinheiro tenho, e a soma desse mesmo dinheiro ajuda para uma lata de tinta e outras coisas mais…. e isso se chama criar receitas.E se FMI ou a UNO informar que Sao Tome and Principe ‘e um Pais que ainda nao pode aplicar uma taxa minima dentro de hospital qual sera a razao dessa mesma noticia ( FMI anunciou imensa pressão em São Tomé e Príncipe ) e ja agora gostaria de conhecer o desenho dos mesmos como Aumentar as receitas dentro de Sao Tome and Principe, ‘e um plano que eu pessoalmente pedia ideias vindo dessa mesma organizacao e que passa-se a mim essa mesma ideia, e passar ideias nao quer dizer que nao sou capaz…mais sim conhecer a psicologia dentro da dificuldade que assim o Pais apresenta, dificuldades como por exemplo criacao de posto de trabalho.Necessario ter empresas interessadas em investir dentro de Sao Tome and Principe,para isso acontecer necessario fazer conhecer que assim existimos.
      Ao ir la fora eu pessoalmente vejo; Angola, Portugal, China parece a mim que temos relacoes amigavel com esse 3 Paises aonde com muito esforco estao a ajudar Sao Tome and Principe e ao mesmo tempo a apontar no seu bloco de notas o dineiro emprestado e etc….
      Temos que fazer conhecer que assim existimos criar mais relacoes como por exemplo India e nao so apenas.

      Nuno Menezes
      Lincoln,Reino Unido

      I came here and I saw 11 that they did not like it and 2 like it, people who voted do not like it, they do not like to pay their bills, and a country that is in the development phase or even developed all this has to be applied to the well-being of the population.
      If this news were in the UK, we would be the same or worse in the vote, here is paid TV rate, Council Tax and other things more …
      To increase the income of a Country, it is necessary to have ideas and to have ideas, they are also creating a Post Office.
      In order to increase revenues, it is necessary to create a minimum rate for all people who use the Hospital and the medical center inside the country and this minimum revenue will help the administration of the same hospital to buy paint can, the hospital always clean and maybe buy a television so they enter the waiting room when they are waiting for the doctor and watch the television.

      Create car park so the cars park and charge money in this same car park, and this is called increase revenues.

      In order to increase revenues, export the original products of Sao Tome and Principe such as cocoa, bananas, jackfruit, and other fruits. For this to happen it is necessary to make it known that we exist in this way, logically that there is banana, cocoa in the other countries in the world of commerce that sells cheaper and with quality people are going to demand equal to supermarket where ‘and cheaper people come and buy .

      To increase the revenues can also apply in the airport of Sao Tome and Principe a people entering the airport of Sao Tome and Principe take family or friends or even go to create a system to charge the parking in the whole area of ​​Sao Tome and Principe. Principe electronic barrier with a public official to collect.

      People looking at 11 do not like that these people were given their intention and did not create recipes within the country and also do not want to pay anything in Sao Tome and Principe.
      And in doing so the government or someone with ideas give up the idea because the vote was not like it won.

      And this is not only applicable in Sao Tome and Principe on the island of Principe also, the psychology a very minimal minimum rate so to pay people when so use the hospital or even medical center a rate that the person himself says that money I have, and the sum of that same money helps for a tin of paint and other things more …. and this is called creating recipes. And if IMF or UNO inform you that Sao Tome and Principe is a country that still can not apply a fee (IMF announced immense pressure in São Tomé and Príncipe) and already would like to know the drawing of the same ones as Increase revenue within Sao Tome and Principe, ‘and a plan that I personally I asked for ideas coming from this same organization and that happens to me that same idea, and to pass ideas does not mean that I am not able … more yes to know the psychology within the difficulty that so the Parents presents, difficulties as for example creation of job.Need to have companies interested in investing in Sao Tome and Principe, for that it is necessary to make known that we exist.
      When I go outside I personally see; Angola, Portugal, China, it seems to me that we have friendly relations with this 3 countries where, with great effort, they help Sao Tome and Principe and at the same time point out in their notepad borrowed money and etc ….
      We have to make it known that in this way we exist to create more relationships such as India and not only.

      Nuno Menezes
      Lincoln, United Kingdom

      • Eu sou a mensagem

        28 de Março de 2019 as 17:29

        As pessoas colocaram não gosto, porque há dicas que não faz sentido. Não compara Londres e S. Tomé.
        Falar de imposto nos que vendem nas ruas é muito estranha e fraca essa ideia. O país não devia ter ninguém a vender nas ruas. O governo deve sim, criar boas condições para que as pessoas vendam e paguem os impostos. Aquilo em que vi nas ruas, envergonha o país. Falar de pagar impostos nos hospitais tem muito que se diga. Que hospital? Que assistência? Qual é o atendimento e tratamento? Nos países desenvolvidos, quando se aplica impostos, existem muitas discussões a volta, porque é preciso analisar outros pormenores e sem falar em polémicas. Falar é fácil. Eu sou a favor sim de cobrança de impostos, mas é preciso criar condições de serviços. Ninguém quer pagar sem ser bem servido. S. Tomé tem muito potencial para cobrança de impostos. Falando em turismo, hotelaria, empresas de construção, agricultura, pescas. Quando se cobra impostos nos serviços básicos da população, é preciso ter muita cautela. O FMI pode pressionar, mas esses mesmos economistas deste órgão mundial, sabem perfeitamente que as coisas não se fazem num abrir e fechar de olhos. É um caso muito bem analisado e delicado, sobre tudo para nós os são-tomenses.
        Um bem haja a todos.

    • Zagaia

      27 de Março de 2019 as 20:42

      As suas ideias são boas,o problema está na sua implementação, Por mais que você, importe modelos de obtenção de reçeita que funcione bem noutros países como nessa ilha onde vive na EUROPA. Muitos factores influênciam a nossa mentalidade como a nossa cultura,o nosso passado histórico,o nosso (leve leve)levará séculos a mudar.

  2. Revoltado

    26 de Março de 2019 as 22:31

    Pois é! O Patrice e os seus capangas (que agora digladiam entre si) viveram à grande e à francesa, e agora deixam essa batata quente na mão do Jorge.
    É ocorre me uma pergunta: no ano passado os olhos do FMI estavam fechados?!?

    • Jorge

      27 de Março de 2019 as 14:03

      Nao quiseram governar a todo o custo? agora segurem a barra, nada de choros. ADI não vos entregou o poder, vos assambaram o poder dizendo que tinham a fórmula mágica para o País. Mostrem quanto valem. O ADI tinha um projeto que foi deitado abaixo pelo MLSTP/PCD/UDD.

  3. Barão de Água Izé

    27 de Março de 2019 as 8:30

    Por que o FMI não coloca as nacionalizações em causa? Elas são um entrave, e a ideologia política subjacente, para STP se libertar da pobreza e do passado.

  4. arroz podre

    27 de Março de 2019 as 9:56

    Qualquer Governo deve tomar medida relacionada com receitas. No nosso Pais há leis que determinam cobrança de impostos e os governantes passam por cima. Veja só, há decreto lei nº.30/2000 – Seguro obrigatório de responsabilidade civil automóvel que obriga seguros contra terceiros. Implementado isso o governo recebe os 5% imposto sobre consumo por cada seguro, mais selos, mais no final do exercício económico imposto sobre rendimento 25%. Estão a ver quantos milhões poderão entrar nos cofres do estado? Estão a ver quantos carros estão no País?
    Fica a dica para o Ministro das Finanças e o Primeiro Ministro.

  5. Vanplega

    27 de Março de 2019 as 10:13

    Há 4 anos os técnicos de FMI, andaram com olhos fechados.
    O Pinta Cabra, minstro de economia, governador de banco central e a estatística do pais, enganaram todas as instituições.
    O FMI, aplaudiram de pé os enganos do Pinta Cabra e seus capanas.

    Aonde andaram os técnicos do FMI?

    Povo pobre miserável, sujeitos ao maiores aumentos de imposto, nunca antes visto neste pais.
    Sujeito a umas infrações no genero alimentícios, vêm esses sem vergonhas do FMI,impõr mais aumentos!

    O FMI, só fazem besteira no pais aonde entram. Vejam no caso Português, quantos erros de avaliação causaram?

    Ainda no caso Português, com o empréstimo feito

    Quantos FMI, recebeu? Quantos?

  6. ONDE MESMO?

    27 de Março de 2019 as 11:41

    Como forma de aumentar as receitas, temos em primeiro ser rigoroso com o sector aduaneiro, portuário e aeroportuário. Como ta que tal começar por privatizar a ENAPORT, a EMAE e a ENASA.
    Outro modo também é retirar toda a terra das roças que foram parceladas e reconstituir as antigas empresas agrícolas e devolve-las aos antigos donos ou seus representantes e ou herdeiros, mandar retirar todos os preguiçosos que invadiram o terreiro das roças e começas a produção de cacau e café a sério. Com a privatização da EMAE, obrigar que sejam instaladas micro-barragens hidroeléctricas, evitando assim a importação excessiva do gasóleo tornando por outro lado mais barato a energia e com melhor qualidade. Privatizando a ENSA, teremos mais controlo sobre o tráfego de aeronaves no nosso espaço aéreo diminuindo as despesas com os funcionários públicos entrando mais receitas para o país. O mesmo se passará com a privatização da ENAPORT.
    Outra forma de aumentar as receitas para os cofres do Estado, é retomar a cobrança dos vistos acabando assim com as benesses das isenções de vistos para alguns cidadãos, porque os santomenses não beneficiam nada com essas isenções isto porque não reciprocidade de vantagens. Pelo contrário. Para o santomense conseguir um visto para entrada em qualquer pais, da Europa ou da África tem que transpirar e sujeitar-se a humilhação junto das embaixadas desses países. Com o aumento do nosso parque automóvel, que tal criar taxa de estacionamento principalmente no centro da capital? Se algumas taxas aduaneiras foram revistas em baixa, existem outras que se pode aumentar como por exemplo aumentar as taxas sobre bebidas alcoólicas, sobre o tabaco, importação de viaturas de ocasião diminuindo as das viaturas zero quilómetros, etc. Outra forma de aumentar as receitas do país é diminuir consideravelmente o número de funcionários públicos bem como o número excessivos dos ministérios. S. Tomé e Príncipe com 3 ou quatro ministérios, dez ou doze bons directores e bons presidentes de câmaras seria funcional. Mas a formula essencial para a criação de receitas será sempre o combate a corrupção e muito mas muito trabalho com seriedade.

  7. antonio lemos

    27 de Março de 2019 as 16:31

    É mesmo de fazer confusão na cabeça de cada observador. Lembrem-se, de que, no tempo do Governo de ADI, o que a Televisão anunciava, durante os Telejornais, que a FMI, referia que o Governo está num bom caminho. Se era falso, porquê que a FMI, não usava mecanismo para contrariar também publicamente os anúncios da máquina da Comunicação Social manipulada, pelo então poder?! Não se compreende como com o actual Governo, vem toda essa pressão, citando; “O país está sob uma imensa pressão. De facto, aquilo que se constatou no ano passado é que a despesa subiu vertiginosamente enquanto a receita caiu bastante», afirmou Xiangming Li, chefe da missão do FMI.”
    Até da para pensar que os Chefes das Missões anteriores, estavam a encobrir os grandes actos macabro do Sr. Patrice Trovoada e do ADI, sua Empresa Privada, com os seus lacaios, transformada em Partido Político. Só assim, é que dá para entender.

  8. Carla

    28 de Março de 2019 as 14:51

    E agora como? Prometemos baixar os preços e agora?
    Promessa é promessa. O preço do passaporte elevadíssimo, os produtos alimentares também.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo