Economia

UE aprovou 3 milhões de euros para o OGE de STP

O Programa de apoio ao orçamento de São Tomé e Príncipe, proposto pela União Europeia atribui mais de 3 milhões de euros para o financiamento do Orçamento Geral do Estado.

O embaixador da União Europeia para São Tomé e Príncipe, Helmut Kulitz(na foto) anunciou nesta semana que o pacote financeiro para apoio directo ao orçamento geral do Estado de São Tomé e Príncipe, foi aprovado na última semana em Bruxelas.

O montante aprovado em Bruxelas estava previsto para ser alocado ao arquipélago no ano 2018.«O desbloqueamento do valor vai ser feito nas próximas semanas», assegurou Helmut Kulitz.

Abel Veiga

    8 comentários

8 comentários

  1. Grupo Mé-Zedo

    10 de Maio de 2019 as 10:26

    Isto chama-se S.Tomé e Principe a se reorganizar, isto chama-se S.Tomé e Principe no periodo pós ditatorial do ADI.
    Parabens meu S.Tomé e Principe. Parabens aos sectores da Justiça, da Policia judiciária e da Comunicação Social que estão a dar prova de facto de um país com as garantias das liberdades fundamentais do homem, do direito democratico e de credibilização do Estado. Assiste-se hoje a uma verdadeira liberdade de imprensa e liberdade de expressao em S.Tomé e Principe e graças a isso o paradigma do meu país esta a conhecer novos horizontes.
    Parabens senhor Jorge Bom Jesus. Continue assim, apoie seus colaboradores porque estao no bom caminho e STP esta a se reerguer depois de uma durmida de 4 anos.
    Verdade porém é que alguma peças do seu governo precisar despertar e fazer valer suas competências.

  2. MIGBAI

    10 de Maio de 2019 as 12:10

    PEDINTES!!!!!
    País sem futuro.

    • Vanplega

      11 de Maio de 2019 as 10:43

      MIGBAI, tu só sabes falar mal.

      Não têm um desenvolvimento certo, devias ser internado para ser estudado.

      Sabes, o estúpido de MIGBAI, este país pedinte, como vocês diz, tornou muito amigos teus do ADI, são donos de fortunas sem trabalhar.

      És um palhaço da nossa praça e, das graças aos MLSTP, senão estarias a …………completas se és honesto.

      Sabes quem escrevou isto: VANPLEGA

      • MIGBAI

        12 de Maio de 2019 as 11:40

        Vanplega, deves pensar que dou conversa a eunucos acéfalos.
        Esquece palerma.
        Mostra na tua escrita que mereces a minha atenção e talvez um dia te possa dar alguma atenção, até lá, ficamos por aqui seu palerma.

  3. Crisotemos Café

    10 de Maio de 2019 as 15:03

    MIGBAI. Quem é que não pediu? Com o governo do ADI, até para fins pessoais. Dificultando vidas aos investidores em proveito próprio. Falar não posso.

    • MIGBAI

      12 de Maio de 2019 as 11:43

      Sim é verdade. Mas afinal somos ou não um país de pedintes desde a independência?

  4. Nuno Menezes

    10 de Maio de 2019 as 18:32

    E em relacao em aplicar o IVA dentro de Sao Tome and Principe?
    3 milhões de euros 3 anos, 1 milhao para cada ano.
    Se 1 ano a receitas desse 1 milhao fosse 1.5 milhoes seria optimo,o problema esse dinheiro vai desaparecer.
    Necessario Criar uma infraestrutura de 1 milhao e para depois receber dessa mesma infraestrUtura o lucro.
    Como fazer receita, ir a procura daquilo que o consumidor gasta mais,usa mais,como por exemplo a gasolina para o carro,cerveja,vinho,tabaco e aplicar o IVA e aumentar o preco.

    E assim estas a criar receita

    O Problema o Povo em Sao Tome and Principe nao aceita essas ideias,mais no entanto viajar ate Portugal os mesmos ja aceitam tudo sem REFILAR,e aceitam tambem frio e etc…

    Nuno Menezes
    Lincoln,Reino Unido

  5. Cachimira dos Reis

    10 de Maio de 2019 as 22:32

    3 milhoes de EUROS e quanto o Diplomta MeLO XAVIER devia aos cofres do Estado ate ao ano passado. Quando foi confdontado com adivida e recebido um ultimate para paga-la, o mesmo sumiu com a Cauda entre as pernas. Num Governo com a coisa no sitio, o sua avioneta Deveri ser aprisionada na bora e revertida para o Estado santomense caso a divida nao fosse saldada num prazo razoavel.
    Agora esses incompetents e corrupts recorrem a UEE a fim de apoiar o OGE Co os mesmo 3 milhoes de Euros dos seus contribuintes. Que paradoxo. Que inteligencia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo