Economia

STP bloqueado por causa da falta de combustíveis

Praticamente nada avança, nos últimos 4 dias em São Tomé e Príncipe. Quase tudo bloqueado. Tudo por causa da rotura do stock de combustíveis. O gasóleo e o petróleo que é utilizado pela maioria da população para cozinhar, são os dois combustíveis que esgotaram no mercado.

Consequência da rotura do gasóleo, a empresa de electricidade, a EMAE; que funciona com base em centrais térmicas, também suspendeu o fornecimento de energia em quase todo o país.

Os apagões dominam o país, que é iluminado durante a noite pelo lindo luar que se despontou nos últimos dias.

A crise de energia eléctrica que foi resolvida a partir de Fevereiro de 2019, regressou e com força a São Tomé e Príncipe.

Os postos de abastecimento registaram bichas intermináveis, nos últimos dias. O petróleo para cozinha também acabou. Maria José vendedora de uma das bombas de combustível, confirmou para o Téla Nón que não há gasóleo nem petróleo.

A Empresa ENCO que pertence a petrolífera angolana SONANGOL, é a única abastecedora de combustíveis ao país.

Fonte da ENCO, explicou ao Téla Nón que a rotura do stock, deverá ficar resolvida, na madrugada deste sábado. Um navio oriundo de Angola, já está próximo de São Tomé, para reabastecer o centro de stocagem da ENCO, localizado na cidade de Neves.

Segundo a fonte da ENCO, o país fornecedor de combustíveis a São Tomé e Príncipe, está a resolver também os seus problemas internos em termos de abastecimento a sua população. Daí, garantiu a fonte « o atraso na chegada do navio».

Apagões e paralisia da actividade económica e social, marcam São Tomé e Príncipe, até sexta feira. Dia em que chega ao país o novo carregamento de combustíveis enviado por Angola.

Abel Veiga

    16 comentários

16 comentários

  1. Balbina Ferre

    10 de Julho de 2019 as 21:42

    Correram com o Pinta Cabra? Agora tomam. Povo de Guadalupe merece isto. Eh para voceeee sabeee.

    • J. Fernandes

      12 de Julho de 2019 as 22:57

      haaaaaaa Agora temos o pinta bode

      Em 6 meses atrazaram a hora e atrzaram o pais

      Regresso ao passado

      Racionalizacao do combustivel ….
      Falta de organizacao e pagamentos nao aotoalizado e o regresso a maos estendidas pedintes .
      Ainda estamos a 6 meses de Governacao .
      Quem viver vera .
      So temos o que merecemos

  2. Pedro Costa

    10 de Julho de 2019 as 22:35

    Alguma vez S.Tomé e Príncipe esteve “desbloqueado”?
    Já andamos nisto há décadas, muito pouco tempo depois de tornarmos independente! Este país sobrevive mesmo porque o povo tem um país fértil, contenta-se com o pouco e está nas tintas. A falta de energia é crónico, a falta de combustível é crónico e os governantes vivem sempre a grande e a francesa e cúmulo de tudo isto é que muitos deles ne sequer pagam o custo da energia!
    Para mim o país nunca esteve desbloqueado e talvez nunca ficará.

  3. Sotavento

    11 de Julho de 2019 as 7:07

    A Terra él boa .STP é una grande Terra, más os dirigentes são todos uns inuteis ineptos unas amostras.Tantos políticos tudo mrd@

  4. manuel felipe

    11 de Julho de 2019 as 8:09

    Diziam que os outros não prestam…até certo ponto concordo….E que temos agora é bem pior…..essas filas me fazem lembrar altura de partido único… que vergonha…quem é que vai investir num pais com esses problemas básicos……depois as finanças andam atrás do sector privado que tem estes constrangimentos todos…..ó Jorge ponha ordem nisto..não foi para isso que chegaste ao poder….pelo contrário prometeste bastante e hoje é só desilusão…os gatunos é que agradecem porque de noite ninguém os para….é uma tristeza como o mlstp gosta de ver o povo a sofrer….

  5. Atento e esclarecido

    11 de Julho de 2019 as 8:21

    O País que nos fornece é produtor de petróleo e ainda assim está a passar por crises de combustível, e esperamos nós, que lhes devemos USD 150 Milhões não sentir o reflexo dessas crises ???

    Portugal já teve este ano e está em vias de ter outra vez crise de combustível, e nós “como País rico que somos” esperamos sair ilesos, culpando os outros pelas nossas frustrações.

    Chamem o Pinta Cabra sim, mas é para responder pelos últimos 4 anos de atropelos e trafulhices que nos deixou.

    Tomem mazé juízo . . .

  6. Adeliana Nascimento

    11 de Julho de 2019 as 8:23

    Balbina Ferre, tenha juizo. Não faz politiquisse atoa. A questão não é aquele ou este governo. O problema já vinha antes e com o anterior Governo. Mas, nem ele é também culpado. Culpado são todos eles. i) Não se fez esforços para reduzir a dependência na utilização de combustiveis fosseis; ii) Ao longo dos anos, não se tem feito pelo menos um esforço para pagar ou seja simular um pagamento por ano do combustivel importado; iii) o actual governo encontrou as reservas câmbiais quase que esgotadas, então como pode ele permitir que a ENCO compre divisas para pagar o combustivel? Nem como. Porquê porque houve má gestão por parte do anterior Governo.

    O problema é estrutural, e vamos todos trabalhar para lidar com a questão.

    Em suma, temos um país, que merecemos, por isso, não vamos exigir mais. Temos sim que trabalhar mais pensarmos como adultos.

    • J. Fernandes

      12 de Julho de 2019 as 23:23

      Sera que esse grupinho de malandros nao sabem as condicoes do pais ?

      Porque que la foram e andavam a prometer mundo e fundos .

      A eles isso nao lhes importa …
      Eles nao estao preocupado com povo .
      Eles deram cu e tostoes para tambem lapidarem a sua parte .

      o povo so tem o que merece .
      Sempre foi e assim sera .
      Em tao vejamos …
      Com o governo sessante Havia um acordo de pesca com EU
      na qual pensava -se criar postos de trabalhos com
      a transformacao do pescado em stp .
      Assim que o novo governo tomou posse
      acinam logo o contrato e nem se quer pensaram nos postos de trabalhos nem nada
      Receberam logo o dinheiro e pronto .
      e com essa politica que se desemvolve o pais ?

  7. Alligator

    11 de Julho de 2019 as 8:47

    E esta hein????!!!!Antes era o Patrice Trovoada o culpado de tudo o quanto de mal acontecia em STP, e agora de quem e a culpa??????kkkkkkkkkkkkk,vou rir ate 2022!

  8. Smash

    11 de Julho de 2019 as 10:16

    Continuam a comer camiões de gelado com a testa. É só rir.

  9. Frederico Ferreira Major

    11 de Julho de 2019 as 11:05

    Amen!

  10. antonio dias guadalupe

    11 de Julho de 2019 as 11:21

    Ó osvaldo abreu, Ó jorge por amor a vossa terra parem com esta brincadeira e metam ordem no País …..não é possivel que andam a passear a fazer discursos dizendo isto e aquilo quando o povo anda a sofrer bastante…..deixem de mentiras e perseguições e concentrem em coisas sérias..não precisamos de ministros de gravatas, prados, aparatos de segurança quando não apresentam soluções para o povo…vocês acham que nós merecemos estar em filas e escuridões durante dias? É um desmando total…e quem é que paga os prejuizos dos restaurantes, supermercados, hoteis e do sector privado etc… e depois os impostos andam como policias atrás dos privados…. que vergonha….

  11. antonio dias guadalupe

    11 de Julho de 2019 as 11:33

    Agora é que o governo e o Jorge perderam mesmo as estribeiras…..isso há muito de deixou de ser Estado…a noite parece uma selva e os gatunos agradecem….devo confessar que os politicos venceram ….deixaram este País de rastos….os osvaldos do governo e o jesus que andaram a enganar o povo devem estar satisfeitos com esta bandalheira porque cada dia que passa sente-se que estão a afundar o País….E agora deveriam também fechar as estradas e incendiar os carros não é? porque foi isto exactamente que aconteceu no ano passado.

  12. Rosa dos Santos

    11 de Julho de 2019 as 22:00

    Meus Caros compatriotas
    Isto faz-me recordar os anos de 1976, 1977, 1978 e outros a seguir. Os barcos com carga para o Natal chegavam no dia 25 de Dezembro a noite, para começarem a descarga no dia 26. Para o povo comprar um litro de vinho para Natal, tinha que ir para a bicha desde meia noite para a loja abrir as 8 horas da manhã. Mesmo na bicha a meia noite do dia 25, as pessoas só compravam dois ou três litros de vinho no dia 26 a volta das 4 horas da tarde. Mas os dirigentes e os membros do bureau politico do MLSTP vinham entravam na loja sem entrar na bicha. Qualquer elemento do povo que tentava protestar, vinha um policia chamado Quebra Osso e entrava com cacetada ao povo e a aqueles que protestavam. Eu vivi esta época. Para comprares ovos ou leite, tinhas que ir a igreja para o padre te passar um papel para depois teres direito a comprar ovos oou leite ou açúcar. Tinhas que dizer que ias baptizar uma criança. Eu vive este calvário com os Governos do MLSTP. Depois de termos pensado que isto tudo tinha acabado, vem de novo o MLSTP e a Troika alargada com a mesma estratégia de matar o povo. Só que desta vez, eles criaram um grupinho de vagabundos que são pagos para estarem nas redes sociais a maltratarem todos aqueles que criticam o Governo. Já não existe o Quebra Osso, mas agora existem os lambebotas, formados pelo senhor preguiçoso Borboleta, Senhor preguiçoso e bandido José Manuel Noronha e muitos outros que recebem balurde nas mãos de EMAE, ENAPORT, ENASA etc. para estarem a responder de forma agressiva os que criticam esta nova forma de ditadura.
    O MLSTP e companhia limitada sabotaram os motores da EMAE no periodo das eleições, metendo camisolas e britas para destruírem os grupos de motores, e hoje o tiro está saindo pela culatra. A incompetência destes dirigentes estão a levar ao país ao caos e miséria total. O Senhor Bana Mão disse que iria baixar tudo e que iria promover o desenvolvimento de STP. Na realidade a este ritmo o desenvolvimento está a velocidade de 500 km por hora. É melhor diminuir a velocidade sob pena da não haver um acidente tão grande, que pode por em risco a vida humana.
    Costuma-se dizer que aqui se faz aqui se paga. Se for para continuar neste ritmo, é melhor mil vezes por o Governo que rouba. Se vocês dizem que outro Governo roubava, mas o Governo que roubava tinha trazido uma nova esperança para o povo, com energias para todo o país, estradas, água, estudos para novo hospital, projectos de energia, estrada nacional nº 1, requalificação da cidade de S.Tomé etc. etc., então por favor, vão a casa e ponham de novo o ooutro que roubava.
    A mim não me interessa saber o dia que chega o barco de combustível. Esta é a tarefa do Giverno. Eu tenho que preocupar com o meu trabalho. Por isso, não vale a pena trazerem justificações de que o barco de combustível vem sábado ou domingo. Isto não da responsabilidade do povo. O ppovo deu-vos voto para solucionar estes problemas e não para vir fazer contos de fada a população.
    A mim não me interessa se outro Governo roubou ou não. Todos os Governos que governaram este país roubaram e fartaram de roubar. Mas quando foram substituídos os outros que vieram assumiram a responsabilidade com a governação. Se querem ver os Governos que roubaram, vão perguntar ao Rafael Branco, ao Guilherme Posser, ao Delfim Neves, etc. e eles vão vos dizer como é que se rouba.
    Basta de histórias.
    Só posso dizer o seguinte lema: Faz e Sai
    Bem haja STP

  13. BCatinga de Bo

    11 de Julho de 2019 as 22:52

    Cuuuma? Nom mole! Sama Melo pe bi cu petloli, cu gasolina, cu gaoleo. Kekwa? on mole!

  14. Calebali Fernandes

    12 de Julho de 2019 as 0:21

    Aquando da criacao da, zona de exploracao conjunta, aventou-se a possibilidade de a Nigeria oferecer uma refinaria a STP. Em vez de criar uma mini refinaria, estao a pensar em Porto de Aguas profundas. Japao tem refinarias mas nao produz petroleo. Africa do Sul tem refinarias e industrial petroquimica mas nao tem petroleo. STP na pessoa de Fradique de Menezes propos a Angola que pusesse a disposicao de STP o petroleo bruto ao preco do mêrcado e STP por sua vez procuraria parceiros que o comprasse a uns centimos a mais que seria o lucro para STP, como forma de aliviar o sufoco economico. Angola nao perderia nada com isso. Os safados recusaram a proposta. Preferem vender derivados do petroleo a STP aumentando o fardo economico e pondo STP Numa dependency total. Actualmente Angola importa 80% de Combustivel que consome. Se STP compra ou recebe fiado dem um comprador/vendedor significa que STP esta a comprar ou a receber fiado a um preco acima do valor do mêrcado. Consequentemente, STP esta afunfar-se cada vez mais com este negocio. Mas quando precisam dos votos de STP nos grandes foruns, la esta STP a apoiar de corpo e alma, de peito aberto as suas candidTuras. Patifes.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo