Política

“RAPAZES” montaram negócio de “quase tudo” e acabaram por sujar o POLEIRO

Subiram as escadas do poder, tanto no Palácio do Povo como no Palácio do Governo, mas terão tropeçado nos impulsos da sua própria mocidade, em querer negociar tudo e já. O Jovem Ministro Osvaldo Abreu escorregou, e junto com ele outros jovens, que subiram outras escadas do poder.

Osvaldo Abreu, jovem engenheiro, Ministro das Obras Públicas, Infraestruturas e Recursos Naturais é desde 19 de Novembro do ano 2013, simultaneamente sócio de uma empresa privada que pretende negociar “quase tudo” no país, desde equipamentos informáticos, passando pelas telecomunicações, construção civil, logística para navios, exploração de hidrocarbonetos, Turismo, Rent a Car, Sector Imobiliário, enfim até bebidas sem esquecer dos géneros alimentícios etc, etc.

Ao subscrever a constituição da empresa privada em Novembro do ano passado no Guiché Único na capital são-tomense, o ministro Osvaldo Abreu, terá assinado a sua própria sentença no cargo de governante.

É que as leis da República Democrática de São Tomé e Príncipe, não aceitam que o Ministro das infraestruturas e dos Recursos Naturais, seja ao mesmo tempo sócio de uma empresa que quer explorar hidrocarbonetos no país, que quer fazer negócio de telecomunicações, que quer fabricar e vender equipamentos informáticos, ou então que quer fazer o negócio de armazenamento de dados electrónicos, enfim etc, etc.

A empresa criada tem uma designação no mínimo original, “Double Brothers Investment and Service, Sociedade Anónima”.

A irmandade em investimentos e serviços, não deixou o ministro das Obras Públicas, Infraestruturas e Recursos Naturais isolado na sociedade privada. Outros rapazes, ao que tudo indica ávidos pela entrada no mundo dos negócios em simultâneo com o exercício de funções públicas em órgãos de soberania, fazem parte da sociedade privada.

Diallo da Costa Pires dos Santos, assessor do Presidente da República para Descentralização e Autarquias Locais, Gika Makeba da Graça Simão Director de Protocolo do Presidente da República são nomes jovens do Palácio do Povo, que se enveredaram pelo negócio de “quase tudo”.

O Palácio do Governo também marca presença na sociedade Privada. Wando Borges Castro de Andrade, Director de Gabinete do Primeiro Ministro Gabriel Costa, fecha o grupo de rapazes com funções em órgãos de soberania, que ao mesmo tempo querem ser empresários que negoceiam “quase tudo”.

A sociedade fica completa com o jovem Dalton Costa do Espírito Santo Gonçalves, que reside em Portugal.

Sinais de promiscuidade política, privada e pública, de rapazes alegadamente promissores que acabam por dar uma má imagem sobre a aposta que se deve fazer nas novas gerações de são-tomenses,  na administração que se quer transparente da coisa pública.

O leitor é convidado a tomar contacto com a estrutura da nova empresa criada pelo Ministro e os assessores do Presidente da República e pelo Director do Gabinete do Primeiro-ministro, para assim talvez negociarem praticamente “tudo”. CLIQUE – Double Brothers Investment and Service

Abel Veiga

 

    83 comentários

83 comentários

  1. fg-RESUMO

    17 de Janeiro de 2014 as 23:50

    Sim senhor Abel Veiga,

    deu pra ver que voce quando quer ser imparcial, é.

    só mesmo contra o pinto é uqe ainda nao vi a tua imparcialidade jornalística, mas valeu essa noticia.

    bandidos todos!

    • Olho leve

      18 de Janeiro de 2014 as 18:35

      Porque que metem sempre o nome do Pinto? Acham mesmo que se o Pinto e Gabriel quisessem montar algum negocio suspeito iriam colocar pessoas do seu gabinete a frente desses negócios? Raciocinem pá!
      E depois os rapazes montaram uma simples empresa. Pode ser anti eitco, mas é ilegal? A empresa está metida em alguma negociata? então qual o problema?

      • Augerio dos santos Amado Vaz

        19 de Janeiro de 2014 as 9:47

        Há um velho ditado que é diz -me com quem tu andas…, porém os nossos mais velhos podem ter todos os defeitos que têm mais eles são mais honestos e astutos que a nova geração, e como matreiros que são naturalmente podem orquestrar esquemas para matar aprendizes de feiticeiros e é uma pena porque se trata de Jovens promissores que poderiam vir a conduzir os destinos do país. É sabido que não é crime nenhum Constituir Sociedades, mas para quem ocupa determinados cargos ao faze -lo revelam a sua verdadeira faceta que é a de servir – se do Estado para tirar dividendo pessoal é como tal fizeram suas opções ou seja deixem de trabalhar para o Estado e dediquem – se a vender Petróleo. Outrossim, qualquer gatuno tem que no mínimo pensar, com tanta maneiras de matar a mosca isso se revela praga, incompetência, ganancia, descaramento, etc. etc.

        • Eleutério

          19 de Janeiro de 2014 as 16:28

          Eu respeito toda a gente que fala sobre estes casos e outros relacionados com corrupção no nosso país. Mas este senhor Gegé Amado Vaz foi o maior corrupto que existiu na nossa magistratura. Toda gente cá em S.T.P sabe disso. Toda gente ouviu o que este senhor andou a fazer nos tribunais, sendo o caso ROSEMA o mais grave de todos que nos envergonha como país. Ainda recentemente a Celiza Deus Lima, na Televisão desmontou todos os podres deste processo que este senhor fez nos tribunais relacionado com este caso de ROSEMA.
          Como é possível que este senhor, sem vergonha nenhuma, vem para cá falar dos outros, criticando comportamentos dos outros sobre matérias afins, chamando nomes aos outros, se ele mesmo é um dos maiores corruptos do país sendo expulso da magistratura por este facto? Este senhor não tem vergonha?? Porquê que nós Sãotomenses somos assim? O senhor deveria ter vergonha e evitar falar dos outros desta forma quando o senhor é um dos maiores corruptos deste país, julgado e condenado. Tenha vergonha meu caro!!!! O senhor acha que alguém acredita naquilo que o senhor diz ou escreve, sabendo que o senhor é pior do que os outros nesta matéria? Tenha juizo, mas é…
          Tenho dito. Corruptos a chamar os outros corruptos. Onde este país chegou!!!

          • Augerio dos santos Amado Vaz

            19 de Janeiro de 2014 as 18:20

            Em momento algum chamei quem quer que seja de corrupto, porque entendo que todo o cidadão é inocente até transito em julgado da sentença que o condena; apenas fiz o meu comentário como qualquer cidadão. Nunca fui condenado e sou Juiz da Republica, e não vou deixar de ser Juiz para tristeza de muitos…

          • C.F

            19 de Janeiro de 2014 as 18:45

            Tem razão meu caro. Toda a gente conhece o Gegé neste nosso S.Tomé. É preciso não ter uma pinga de vergonha para estar a chamar nomes aos outros em matérias relacionadas com este facto. Enfim… É o país que temos. Toda a gente não é corrupta até ser apanhado. E, mesmo assim, após ser apanhado, vai chamando nomes aos outros convencido que isto altera a opinião que a população tem deles. Não sei onde vamos parar com estas incoerências.

      • Indignado

        19 de Janeiro de 2014 as 10:49

        Tens razão olho leve. Edigo mais, isso tudo são tretas. Objectivamente esses jovens não fizeram nada de mal e nem lesaram o estado em nenhum centavo. Deviam esperar mais algum tempo para ver se a empresa participaria em algum concurso na área do Ministro Abreu. Ai sim, haveria razões para toda essa trapalhada. Enquanto vamos aqui ceifando jovens promissores para o seu partido e para o próprio pais, os Delfins, os Patrices Trovoadas, os Jorges Amados e toda a corja politica vão se rindo de nós. O que é feito dos casos do arroz? o que é feito do caso de branqueamento de capital do Patrice no banco BFGI? O que é feito dos milhões do Kosovo? O que é feito do caso dos barcos gigantes? O que se falou do dinheiro que os deputados pediram para votar a favor do próprio OGE? Isso é que nos devia preocupar. Eles sabem nos distrair. Fui…

        • Verdade

          19 de Janeiro de 2014 as 20:19

          Acrescento isso a tua opinião:
          “Os santomenses como sempre muito filosóficos, especulativos e pouco técnicos. No mínimo, o jornalista deveria citar a lei do tal “impedimento”, explicá-la (se conseguir), ou então, pedir conselhos a alguém que entenda de Direito Comercial (que fala sobre a criação e funcionamento das empresas) e ver quais são os pressupostos para operar nessas áreas escolhidas pelos “rapazes” como o jornalista indevidamente chama às pessoas que formaram a empresa(na área hidrocarbonetos sobretudo, que em principio, exigirá maior requisitos por ser uma área supostamente altamente regulamentada pelo Estado, e é uma área que corresponde à tutela de uma dos sócios da empresa) e especular menos sobre se “é certo ou não” (não cabe ao jornalismo avaliar o conteúdo das leis). Por favor tela non, contrate juristas para o seu departamento ou peça pareceres jurídicos àqueles sobre áreas jurídicas (bem como, aos economistas quando for sobre economia, e por ai em diante), e santomenses, parem de especular sobre áreas que não são da vossa formação. Pesquisem e informem-se antes de opinar, porque não estamos na época do Renascimento em que todo o mundo entende de tudo. Estamos a falar de Direito que é algo técnico, tal como Medicina, Química, Física, etc, senão, facilmente darão opiniões ignorantes. Sejamos mais humildes e investiguemos mais para que a opinião tenha algum valor.”

      • Paulo de brito

        19 de Janeiro de 2014 as 14:19

        Deu para entender que o caro compatriota anda desatento quanto ao Direito público santomense.
        Quem lhe disse que não é ilegal essa conduta?

        • Verdade

          19 de Janeiro de 2014 as 20:24

          O sr Paulo Brito é que anda desatento.

          O Presidente Pinto tem uma fundação no activo. O ex presidente Fradique tinha varias empresas enquanto era PR e o Trovoada Também.O Patrice tem varias empresas. O Agostinho, Levy e a Ilza fundaram uma empresa enquanto eram Director dos impostos, notário do estado e Directora das alfandegas.Esses gajos, tem outro escritório de advogados com o stock e o Varela. Quando foram Ministros, o escritório funcianava com avenças de empresas publicas (EMAE) e vem falar de corrupção? QUatos Ministros, Directores e altos funcionários do Estada não têm empresas privadas? É só lerem od diários da Republica. Abram os olhos.

          • Feijoada

            20 de Janeiro de 2014 as 8:43

            Caro amigo; é ou não incompatível ser dirigente dos cargos públicos e políticos em simultâneo com atividades empresariais?

            Vejamos:

            1. É proibida a nomeação ou a manutenção no cargo para que hajam sido nomeados, Pessoas que tenham, directamente ou indirectamente, por si ou por intermédio de terceiros, quaisquer interesses económicos, financeiros, participativos ou de qualquer outra natureza, nas actividades relativas às Receitas Petrolíferas, ou que ocupem cargos em órgãos sociais, sejam representantes, procuradores, mandatários, comissários, ou que a qual- quer outro título, actuem em representação de qualquer Pessoa na qual estejam depositados ou investidos as Receitas Petrolíferas depositadas nas Contas do Petróleo.
            2. Qualquer Pessoa que se encontre na situação prevista no número anterior, deve recusar a sua nomeação, ou pedir a sua demissão do cargo para que haja sido nomeado, conforme o caso.

    • ferpenapandopo

      19 de Janeiro de 2014 as 18:41

      TÉLA NÓN o titulo está errado o correcto
      seria “RAPAZECOS” montaram o negocio do
      “VALE TUDO”e acabaram por cair do”POLEIRO”.

    • sensa

      20 de Janeiro de 2014 as 7:50

      Meus caros eleitores…
      É bom não se debilitarem por estes comentários que denigrem e põe “todo” o mundo jovem no mesmo saco, como mostra o texto do Telanon:
      “Sinais de promiscuidade política, privada e pública, de rapazes alegadamente promissores que acabam por dar uma má imagem sobre a aposta que se deve fazer nas novas gerações de são-tomenses, na administração que se quer transparente da coisa pública.”
      Ou mesmo o comentário triste do senhor:
      “Augerio dos santos Amado Vaz diz:
      19 de Janeiro de 2014 às 9:47
      Há um velho ditado que é diz -me com quem tu andas…, porém os nossos mais velhos podem ter todos os defeitos que têm mais eles são mais honestos e astutos que a nova geração, e como matreiros que são naturalmente podem orquestrar esquemas para matar aprendizes de feiticeiros e é uma pena porque se trata de Jovens promissores que poderiam vir a conduzir os destinos do país. É sabido que não é crime nenhum Constituir Sociedades, mas para quem ocupa determinados cargos ao faze -lo revelam a sua verdadeira faceta que é a de servir – se do Estado para tirar dividendo pessoal é como tal fizeram suas opções ou seja deixem de trabalhar para o Estado e dediquem – se a vender Petróleo. Outrossim, qualquer gatuno tem que no mínimo pensar, com tanta maneiras de matar a mosca isso se revela praga, incompetência, ganancia, descaramento, etc. etc.”

      Devem sim apontarem nome de individualidades corruptas ou com indícios para tal, e fazer juízo desses mesmos.
      Muitos que vêem comentar neste espaço, não devia fazer comentários negativos, porque não deram provas, e por desespero profundo, mete “todo” mundo no mesmo saco.
      Cidadão de São Tomé e Príncipe abrem os olhos, e fazem juízo pelas pessoas… porque todos os jovens não são iguais… e nem serão!
      Bem-haja esta Terra STP

      Comissário

    • Bingo

      20 de Janeiro de 2014 as 18:46

      Triste, triste, triste…
      Revoltante, revoltante, revoltante!!!

      Pergunto: O que é que se vai fazer?

  2. Vencha

    18 de Janeiro de 2014 as 0:06

    Osvaldo vai pra casa como foi o director das pescas. Esses rapazes, como dizia carlos graca, que morreu na “quase” meseria, sao ambiciosos do poder. Eu via sempre osvaldo na univ lusiada e ele saudava e falava com toda gente. O homem desde que tornou ministro ficou arrogante, com forte avidez e cupidez para acumulacao primitiva do capital a moda de luanda. Mas, ele esqueceu que esta em sao tome e nao em angola. Vai pra casa cuidar da catorzinha, ja que os ensinamentos de fidel ja nao servem pra nada. Fui…

    • Atenta

      18 de Janeiro de 2014 as 17:14

      Pessoal, pensem um bocadinho. Esse Ministro não me parece burro. Se meteu o seu nome nessa empresa sabendo que a coisa seria publica, tem uma explicação. Porque que todos vem acusar e gritar kidale, sem saber? É ilegal criar empresas? Pode ser pouco ético, mas não é ilegal.

      • Paulo de brito

        19 de Janeiro de 2014 as 14:21

        Que del Rei

      • Paulo de brito

        19 de Janeiro de 2014 as 14:28

        Este é o Tela Non que eu almejo, imparcial,destemido, ausência de clientelismo, isso sim, é informação com maturidade e desprovida de qualquer demagogia ou campanha. mt obrigado os senhores do tela non,assim da gosto de vos acessar.

  3. zeme Almeida

    18 de Janeiro de 2014 as 1:10

    Santómé.É o nosso lindo País de hoje sem corrupcao.Como é o cao que morre na capeira da galinha, o nosso Gabi e os da troikas, nada consta!Se fosse o contrario,este estaria condenado a morte,porque o culpavam pela morte da galinha .Resumindo,se fosse os elementos do partido da oposicao ADI e o seu lider Patrice Trovoada, que muitos consideram como estrageiros de querer governar STP, envolvidos neste caso de corrupcao,as reacoes já vinham tona.Haver vamos,obrigado Jornal Tela-Non nos ter brindado com esta noticia.

    • Manuel

      18 de Janeiro de 2014 as 11:02

      Corrupção? Acho que não. Me explique, por favor, meu são-tomense.

    • Olho leve

      18 de Janeiro de 2014 as 17:17

      Lá está voçe a levar a coisa para o campo do ADI. Acham que o pessoal do ADI é que são melhores e inocentes? Não vejo nada de mal nisso. Se a empresa ganhou algum concurso ou se recebeu dinheiro de forma indevida, tudo bem. Mas se apenas contituiram a empresa, qual o problema?São cidadãos como qualquer outros. Só os desempregados é que podem ter empresas em São tomé?

      • Tito

        18 de Janeiro de 2014 as 21:50

        Para quê se constituiu uma empresa? ara ficar só no papel?

        Isso está mais que evidente, não há palavras nenhuma que podem explicar está trapalhada em que se meteu o Sr. Ministro e os outros, ainda mais quando a maior parte do objetos da sua empresa pertencem ao seu pelouro. Que pena Osvaldo! O quê é que te passou pela cabeça?

    • fiquei indignado

      18 de Janeiro de 2014 as 21:36

      A criação de uma empresa por si só não pode ser considerada de corrupção. Entretanto, nessas circunstâncias, diria que foi criada uma auto-estrada para corrupção desmedida.

      Além da obtenção de informações privilegiada na luta concorrencial, temos a agravante do nosso ministro, com poder decisório, vir a beneficiar as suas empresas e/ou vir a estar na situação de ele mesmo representar o comprador e vender ao mesmo tempo num mesmo negócio. Dito de outro modo, o ministro poderá vir a representar o Governo e ser ele mesmo o cliente num mesmo negócio. Isso poderá ser muito mas muito lesivo para os negócios do estado e consequentemente para os nossos cofres. Tinha muitas expectativas com este ministro pelo trabalho que tem feito mas confesso que fiquei muito indignado. No entanto, para mim não está em causa o actual governo nem a presidência da república mas sim as pessoas/indivíduos nesse negócio.

  4. zeme Almeida

    18 de Janeiro de 2014 as 1:18

    Agradeco mais uma vez o jornal tela-non,somos todos saotomenses,temos familiares a viver em dificulidades extremas e uma duzia de gatos pingados a quererem viver a grande e a francesa com a pertenca de todos nós.Cada vez mais estou a acreditando no vosso jornal,se o jornal informou é porque as coisas estao mesmo sérias.Obrigado

  5. Miguel viegas

    18 de Janeiro de 2014 as 2:26

    Bom Dia, em primeiro lugar agradecer o Tela non por esta informação tão clara. Em segundo solicitar o senhor Presidente da República e o Senhor Sábio Dimais o Primeiro Ministro para convidarem muito urgentemente estes Burros a se demitirem, sendo: Osvaldo Abreu Ministro, Diallo Pires dos Santos Assessor do Presidente, Gica Simão, Diretor de Protocolo, Wando Castro Diretor do Gabinete do Primeiro. Porque se não fossem cambadas de burros nunca iriam criar empresas no exercício da função pública do nível que os mesmos são neste momento. Poderão fazer mal ao país são arrogantes e burros. Se estes 2 representantes de estes órgãos de soberanias não demitirem estes burros é porque são coniventes…..

    • Manuel

      18 de Janeiro de 2014 as 11:06

      Realmente são burros ou faz-se de esperto. Os outros, nesses casos, são filhos a aparecerem.

    • Manuel

      18 de Janeiro de 2014 as 11:23

      Meus caros leitores!
      Empreendedorismo é isso. Não nada de mal os compatriotas fazerem as SWOT e delinearem as estratégias, aproveitando oportunidades. Se fosse um estrangeiro, diriam o que?
      Os que comentaram negativamente, já estão a investir no Pais, dando emprego aos outros, pagam impostos para reconstrução do Pais como cidadão ou estudaram a custa das dividas contraídas e peixes tirados no mar?

      • Pv

        18 de Janeiro de 2014 as 13:26

        Isso que o Sr chama de investir no pais é na verdade, aproveitar-se do pais. Se querem ser empresários e empreendedores, saiam do poder para tal. A lei não permite que assim seja. Para si é normal um ministro que tutela petróleo (…) ter uma empresa de exploração de petróleo (…)? Obviamente que em muitas negociações entre o estado e privado, os mesmos estarão a representar os dois lados. Achas que isso é normal?

      • Esperanza

        18 de Janeiro de 2014 as 18:21

        Depois da demissão do ministro das saúde eu começo a acreditar que um bom trabalho de um jornal pode virar a pagina de um país. Força tela non. Assim como muitos eu começo a estar orgulhosa do vosso trabalho. Não importa a cor politica, são tomé e principe é de todos nós. Não podemos aceitar calados a falta de respeito dos politicos para com o povo, já é intoleravel. Outra coisa que voces deviam investigar é a máfia politica que a em são tomé. Se alguem quiser investir e fazer o país produzir vem os politicos máfiosos a exigir parte do negócio. Se a pessoa não aceitar eles destroem-lhe a vida. Isto é lamentável. Muitos sabem do que estou a falar. Temos que por cobro a isso. Eu tenho a certeza que muitos querem investir no país mas não o fazem por causa desses parasita. Nós estamos convosco tela non

        • Almeida

          20 de Janeiro de 2014 as 17:17

          Esperança,
          o outro demitiu-se e estes? Estão de pedra e cal pelo que sabemos.

          Esta é a grande diferença entre os homens.

    • Augerio dos santos Amado Vaz

      19 de Janeiro de 2014 as 10:01

      Não acredito que esses titulares de órgão de Soberania sejam coniventes com essa pouca vergonha e como querem diálogo nacional deviam vir a praça publica esclarecer isso mesmo; se calarem revela apenas que há um pacto de silêncio que é a regra de ouro dos mafiosos.

      • Almeida

        20 de Janeiro de 2014 as 17:23

        Os gajos vão manter ai de fininho. Só pode ser mentira. Empresa foi criada para servir interesses que a olho nú todos sabemos. Meu caro, primeira tranche já esta a caminho vindo de Angola. Osvaldo tem sido menino de contacto.
        Cade o despacho presidencial a mandar os rapazes para o devido descanso?

  6. Joao Ramiro

    18 de Janeiro de 2014 as 3:53

    Por razoes políticas, a sua excelencia o presidente da Republica dr. Manuel Pinto da Costa devia nao perder tempo e exonerar TODOS imediatamente. TODOS. Assim para eles aprenderem a ser responsáveis. Exonera TODOS imediatamente

  7. António Silva

    18 de Janeiro de 2014 as 7:51

    É por estas e outras que fazem com que o país não avança. Esta promiscuidade por vezes oculta proporciona a corrupção e não deixam os outros trabalhar, investir no país porque colidem com os seus interesses. Administram o país como da suas casas se tratassem. É a ganancia, o egoísmo e o poder absoluto.

  8. Patriota

    18 de Janeiro de 2014 as 8:27

    Porquê, meninos? Porquê?
    Vocês não viram outra forma de matar essa mosca?
    Não conseguiram imaginar que isso iria criar polémica?
    Não sei, mas acho que vocês tiveram uma assessoria jurídica. Quem é o vosso jurista? Será que ele tbem não viu isso? O Aito Bonfim, és um dos melhores juristas deste País. Graças a ti, o Presidente Fradique fez menos asneiras durante o seu catastrófico mandato. Como sogro de um destes meninos, dá-lhe conselho. Lembra que a tua filha tbém apanhará pela tabela. “Kuá ca dá ni uê…

  9. Miguel viegas

    18 de Janeiro de 2014 as 8:50

    Bom dia tela non, pode publicar meu comentário,,,

  10. tudo o vento levou!...

    18 de Janeiro de 2014 as 9:10

    Quem sai aos seus nao degenera…

    Tiveram boes prfessores:

    Pinto da Costa
    Alcino Pinto
    Gabriel Costa
    Posser da Costa
    …uma lista infindavel em que
    nao haveria espasso para emquadra-los
    todos.
    Isso e o verdadeiro caos ,caos que penalisa e infermiza
    esse governo….
    Tabem sabemos que ninguem e perfeito…
    mais esse governo comecou-se a revelar muito cedo.
    “mesmo antes de ser; ja o era”…
    Quem nasce torto tarde ou nunca se indereita…

    antes seria melhor ter dado a palavra ou
    povo, indo as elecoes ….
    o dinhero que se perdeu com essas brincadeiras chega e ainda sobejava ….
    O Pinto da Costa e o maior culpado
    dessa situacao…
    Ele ja sabia que isso vinha acontecer.
    Houve alguma intencao….

  11. armando

    18 de Janeiro de 2014 as 9:25

    Os santomenses vivem de emocoes e deixam a experiencia e a realidade para o segundo plano e o nosso belo e ainda promissor Pais vai ficando adiado: ninguem se apercebeu que filhos de peixe saem peixe? Vao na eforia, que isto e mais grave do que se pensa. Vem ai uma avalanche…coitado desse povo!

  12. tudo o vento levou!...

    18 de Janeiro de 2014 as 10:37

    Com andar da carroagem…
    da para perceber !…
    Os 180 000 000 $ Americano
    vindo de Angola.
    vai ser com manteiga no fucinho de
    um cao…
    direte-se com uma velocidade
    supersonica!…
    …E o povo ?…

  13. Eusebio Neto

    18 de Janeiro de 2014 as 11:04

    Eusebio Neto diz:
    O seu comentário aguarda moderação.
    18 de Janeiro de 2014 às 11:03
    Exmo Senhor Presidente da Republica Democrática de S. Tome e Príncipe,
    Dr. Manuel Pinto da Costa,
    Exmo Senhor Primeiro Ministro da Republica Democrática de S. Tome e Príncipe,
    Dr. Gabriel Arcanjo da Costa,
    Por favor, sem mais discussões, sem mais exigências e sem mais demoras, mandem todos esses seus “fieis” colaboradores/servidores para rua! Ja ou acabamos por pensar em outras coisas. Estamos perante mais uma grave forma de oportunismo e total desrespeito pelas leis e exigências do pais e da gestão da coisa publica. Faz-me lembrar de vários outros episódios que temos assistido no nosso, nomeadamente a operação STP Trading, licenças de pesca,Doca de Pesca, etc, etc. Decisores e requerentes em simultâneo, que bandidos! Vao mais e cartar água do Lucumi para lavar a estrada de Ubua Cabra. Onde estão a idoneidade e seriedade que são condições para dirigir coisa publica? Senhores Drs acima citados, com o excelente trabalho apresentado pelo Tela Non, (parabéns Tela non)tudo e todos estão reunidos para mandar esses oportunistas para a rua ja! Mas atenção, não façam como o sr. Ministro de Agricultura e Pesca pois, não vos cabem poderes para mandar dissolver a empresa do Osvaldo, Gika, etc. Essa autoridade e exclusiva das instancias judiciais ou dos sócios da empresa. Aguardamos com imensa expectativa as vossas decisões nas próximas 72 horas. Abaixo oportunismo.

  14. Toni

    18 de Janeiro de 2014 as 11:25

    Mesmo em Grande.
    Quase tudo deveria ser o nome da empresa. E ter quase tudo confere a estes Senhores competências extraordinárias, logicamente irão ter Quadros altos para cada área de negócio, assim isto vai ser um Grupo gigantesco.
    Meus Caros os negócios são para os que os conhecem, e o que vocês pendam em avidez de ganhar dinheiro, sem qualquer consistência nem continuidade, tenho pena de quem vos comprar um sistema informático ou outro bem.
    Também é por estas coisas que empresários com vontade de investir em STP , ficam assustados com este tipo de concorrência , e também percebemos porque existem projectos de investimento em áreas fulcrais para STP e que ficam nas Vossas gavetas.
    VERGONHA.
    Se existe ética , e se existe Liderança por favor alguém demita estes Senhores de term. funções no Estado e aí sim que venham para o privado concorrer com Empresas Reais.
    Obrigado

  15. Nani Rodrigues

    18 de Janeiro de 2014 as 12:53

    Minhas senhores e meus senhores. Este caso que estamos a comentar não vai dar nada. Tudo vai continuar na mesma. Estes senhores que criaram a empresa são assessores do presidente da república e do primeiro ministro e nada lhes vai acontecer. Cada um vai continuar a trabalhar nos mesmos sítios. Porque para além destes senhores há um líder que está por detrás de tudo isto mas que ninguém quer dizer quem é. Mas não é muito dificil saber quem é essa pessoa. Você acham que essses senhores que trabalham onde trabalham iam tomar a decisão de criar uma empresas desta envergadura sem ter por detrás um BIG BOSS? Acham? Isto não vai dar nada assim como muitos outros casos idênticos e outros esquemas que existem no país. Estes senhores vão continuar a trabalhar onde estão, a empresa que eles criaram vai trabalhar a fazer esquemas em colaboração dos Big Boss do país. Estamos aqui para ver.

  16. BERNARDINO MONTEIRO

    18 de Janeiro de 2014 as 13:26

    sempre me identifico, comento o que muitos nao gostam, verdade politica,
    e de boa fe e de livre expresao que manifesto os meus descontentamento,stp precisa nao so de criticos,mas sim de pessoas criativas com ideias com mecanismo e solucoes,temos que criar projecto lei para punir qualquer acto ilicito financeiro,criar uma politica fiscal exigente e rigoroso sem previlegios de classes poderosas,criar um estado social benefico,mais antes apostar numa justiça de exelencia justa sem arbitrarios,e preciso acabar com covardia medo e timidez
    temos que agir,ate quando vao criticar por tras,existe o medo que afecta as classes desfavorecida,eu enquanto cidadao nao tenho e nem terei medo de falar ou seja de expressar o certo,nao lambo as botas para ser previlegiados somos povos sem ambiçao contentamos com pouco,se alguem nao gostar dos meus comentarios que fale comigo pessoalmente nao por tras,seus bandos de anti democraticos

  17. Feijoada

    18 de Janeiro de 2014 as 13:43

    Meu caro Osvaldo Abreu e demais sócios da empresa ora criada, se mexerem com vossos tachos, abram a boca e falam coisas que voces sabem e têm também como provar. O presidente e o primeiro ministro conformam com este acto corrupto ou a coisa estraga ja. É tudo ou nada.

  18. Barão de Água Izé

    18 de Janeiro de 2014 as 14:51

    Devem ser todos licenciados em Direito (quase todos querem enriquecer rapidamente), talvez sem nunca terem conhecido a vida real e dura do trabalho, e parece servirem-se das suas posições na Adm. pública, Governo e Presidência República, para desenvolverem um projecto privado que até seria bem vindo se não fosse o que parece ser um aproveitamento indevido das suas posições no Estado.

  19. Le di Alami

    18 de Janeiro de 2014 as 16:23

    Eles formaram pra roubarem o pais, e nao pra aplicar o conhecimento em pro do pais, deveriam ser queimados, isso chama-se abuso do poder, currupcao, devem ser aniquilado da vida politica e estatal

  20. Fernado Castanheira

    18 de Janeiro de 2014 as 18:18

    Temos de criar uma burguesia rica ok? Senao vamos so ter pessoas como Carlos Graca e D Alda Graca. E depois? Os Nigerianos vem discutir com quem?
    Reflictam sobre isto por favor.

    • Espírito S

      19 de Janeiro de 2014 as 15:55

      não sei o que ti dizer, n é o estado que deve patrocinar essa burguesia, querem ficar ricos, estudem, sejem inovadores, trabalhem, todo isso pode acontecer longe da politica. Eu ja nem espero nada destes jovens de ganancia desmedida. Vamos ver se realmente o Presidente e o 1ª Ministro têm pulso forte para colocar um ponto final nesta novela e que sirva de exemplo para os proximos a ocupar cargos públicos.

      • António Menezes

        20 de Janeiro de 2014 as 11:40

        Trabalhar? Inovar?
        Essa gente que todos dizem, a malta jovem, nem todos. Existe sempre nesse lamaçal pessoas sérias. Mas acontece que quando não és sujo não te enquadram, nem trabalhar podes. Todos sabemos quem é quem nesse nosso triste pais, a verdade é que muitos aprenderam bem e cedo ser o que são.

  21. filipe Muhongo

    18 de Janeiro de 2014 as 18:53

    O parlamento deve pronunciar a sua palavra, se ainda não foram afectados pela Leucemia mieloide vulcanica.

  22. floga bodon

    18 de Janeiro de 2014 as 19:03

    Com esta notícia, não há volta a dar. Todos para casa e já, sem mais delongas. Aliás, como Fradique fez com Leonel Pontes.
    PR e PM, devem fazer o mesmo e já. Um abraço.Ou vão fazendo vista grossa como mister Pachire, na federação?

  23. Combocone

    18 de Janeiro de 2014 as 19:25

    A vaidade de uma mosca, acaba com uma vassoura. fui

  24. Paracetamol 500mg

    18 de Janeiro de 2014 as 19:29

    Estou ansioso pela reacção do Primeiro Ministro sobre este facto…

  25. Pické

    18 de Janeiro de 2014 as 20:10

    Todo esse ensinamento de como ser Bisneiro não serviu em nada… é triste isso!

  26. bonder

    18 de Janeiro de 2014 as 20:12

    concordo com a maiorias de comentários k ca deixaram esse Osvaldo nem devia entrar onde vai sair,todos dias reclamamos k keremos jovens,mas francamente ter um jovens a oucupar cargo publico na função do Ministro com a postura do Osvaldo honestamente deixa estar.nao falo somente desse caso é k homem em não vale nada,arrogante dos pes a cabeça,ele tem k cultivar e mt conhecimento básico de o k é estar numa sociedade moderna.

  27. Malapê_Téma

    18 de Janeiro de 2014 as 20:14

    Meus senhores,

    Depois de tudo que li aqui escrito, concordo com muitos e discordo de alguns (normal).
    Antes de mais quero parabenizar o Telanon por mostrar que ainda têm algum sentido de profissionalismo.
    Obviamente isso é um caso de extrema preocupação embora seja algo normal na nossa sociedade, os políticos se enriquecerem a custa do povo. Isso só mostra o caracter dos nossos governantes.
    Deixo aqui uma pergunta:
    Por mais que não seja e mesmo que alguém venha jurar de pé junto que não esta relacionado, não acredito.
    P: Será que a empresa criada esta relacionada com o lançamento do concurso de exploração do bloco 1 e 6 lançado no inicio de Janeiro?
    Qual a vossa opinião?

  28. Visão Certa

    18 de Janeiro de 2014 as 20:20

    Meus Senhores
    Esses meninos não souberam encontrar o time certo para criarem a empresa por estarem a ocupar funções importantes no aparelho de Estado,sobretudo o Ministro Osvaldo. Houve aí desconhecimento ou uma certa ingenuidade,tanto é que criação duma Empresa pressupõe a sua publicitação no Diario da Republica como acabou por acontecer.
    Entretanto,fiquei sem saber se essa Empresa já ganhou algum concurso público. Se não, porque tanto empolamento???.
    Parece-me que anda tudo nervoso!!!
    Acho bem que os jovem tenham espírito empreendedor.Quer queiramos quer não, o futuro é dos jovens.

  29. bonder

    18 de Janeiro de 2014 as 20:39

    olha th oportunidade de algumas vezes viajar pela e felizmente sempre por países diferente.O k sr Osvaldo e os compassam fizeram não se faz em lado nenhum. por isso sempre digo não basta ir a escola ou seja ser intelectual esse senhores têm limite na intelectualidade ou complexo na inteligência com um raciocino mt lento por isso fazem esse tipo de burrada e colocam em causa o mas alto homem da nação.Assim k cheigar da região autónima do principe arruma tuas tralha e vai se embora e deixa de ocupar o cargo onde nem devias ter ocupado.obrigado

  30. budo cu peso

    19 de Janeiro de 2014 as 0:22

    Eu sempre disse esse Ministro eh garoto! sempre apontei a sua imaturidade e falta de conhecimento sobre “conflitos de interesses” desde mesmo aos seus populares posts no facebook uma pagina pessoal mas usada por si como marketing para divulgar questoes publicas

  31. anonimo

    19 de Janeiro de 2014 as 8:19

    Para que sirva de exemplo aos demais, estes senhores todos devem ser demitidos das funções que actualmente ocupam…. Já que têm uma empresa criada, sinal de que também são empresários, têm agora a possibilidade de exercer as suas atividades empresariais, sem estarem ligados ao exercício de funções públicas…

  32. mamadou calado

    19 de Janeiro de 2014 as 9:35

    Cara Nani Rodrigues concordo consigo plenamente, isto não vai dar em nada. Os Bigs Boss da corrupçao continuam ai soltos e ainda por cima com mais cargos de responsabilidade. Exemplos são os casos GGA, Air S.Tomé, Enco… a lista é longa. Onde é que estão os protagonistas? Na Assembleia Nacional. Basta ir ao facebook ver Rafael Branco Vs Cosme Rita. Hoje Tela Non saiu-se mal. Vai ter troco dos rapazes. É só rezar.

  33. zeme Almeida

    19 de Janeiro de 2014 as 11:47

    Estamos a entrar a moda a Angola em que os sectores chaves da economia encontram-se nas maos dos politicos e militares. Assim vai o nosso STP de hoje.

  34. AfecuDecupassabaia

    19 de Janeiro de 2014 as 13:56

    A cada momento os nossos governantes nos surpreende, isto e ambição na miséria, querer ter tanto quando o Pais não tem nada, isto e tirar daqueles do que ainda lhe resta, se a Lei não permite que um ministro em funções seja socio da Empresa, e ele o faz a sociedade então ele esta em contradição com a Lei praticando a corrupção ,não a outra explicação pra tal, mais uma vez a Bíblia vem nos comprovar que nem os jovens e os mais velhos estão ilesos de cometer a corrupção quando a ganancia pelo bens matérias, ao invés de ter ambição pelo amor ao próximo.

  35. Vencha

    19 de Janeiro de 2014 as 13:58

    Ola senhor presidente Pinto da Costa demite o ministro osvaldo. Os rapazes, seus “assessores” nao sao responsaveis ministeriais e politicos e nao lhes pode ser ser imputavel qualquer responsabilidade politica. O ministro sim!!!. O gabriel sabe disso, embora de vez enquando da para doido, como a sua petite copine celiza. Como diz aito bonfim eles veem o direito com os olhos vesgos. Forca kota pinto. Demite o homem e sao tome vai pra frente. A elsa pinto depois de ser nomeada procuradora foi vergonhosamente afastada

    • António Menezes

      20 de Janeiro de 2014 as 11:46

      Tudo vai ser como dantes. Esperem e vão ver…

  36. o estado a que o Estado chegou

    19 de Janeiro de 2014 as 13:59

    Os santomenses como sempre muito filosóficos, especulativos e pouco técnicos. No mínimo, o jornalista deveria citar a lei do tal “impedimento”, explicá-la (se conseguir), ou então, pedir conselhos a alguém que entenda de Direito Comercial (que fala sobre a criação e funcionamento das empresas) e ver quais são os pressupostos para operar nessas áreas escolhidas pelos “rapazes” como o jornalista indevidamente chama às pessoas que formaram a empresa(na área hidrocarbonetos sobretudo, que em principio, exigirá maior requisitos por ser uma área supostamente altamente regulamentada pelo Estado, e é uma área que corresponde à tutela de uma dos sócios da empresa) e especular menos sobre se “é certo ou não” (não cabe ao jornalismo avaliar o conteúdo das leis). Por favor tela non, contrate juristas para o seu departamento ou peça pareceres jurídicos àqueles sobre áreas jurídicas (bem como, aos economistas quando for sobre economia, e por ai em diante), e santomenses, parem de especular sobre áreas que não são da vossa formação. Pesquisem e informem-se antes de opinar, porque não estamos na época do Renascimento em que todo o mundo entende de tudo. Estamos a falar de Direito que é algo técnico, tal como Medicina, Química, Física, etc, senão, facilmente darão opiniões ignorantes. Sejamos mais humildes e investiguemos mais para que a opinião tenha algum valor.

  37. laurinha de carvalho

    19 de Janeiro de 2014 as 18:23

    pomba branca,olha meus senhores, e a minha senhoras; que faz a parte deste governo,por favor:trabalha com concienia para povo de sào tomé e principe a nossas llhas é muito bonita,famouso,maravilhosa; doce,calmo e confortada vamos pedir a deuspara nos dar calmo coragml conforto, paz,alegria que vamos até ao fim beijào ,abraços para todos da ilha de santo antonio do (principe)

  38. Jovens Sãotomense

    20 de Janeiro de 2014 as 8:54

    Tudo isto quer dizer caos,caos,caos……
    Os que não sabiam o que quer dizer caos ficam a saber……

  39. Verdade

    20 de Janeiro de 2014 as 11:01

    Há noticias que de noticias não tem nada, até parece que este é um fenómeno novo em STP. Dirigentes, Juízes e alto funcionários públicos com empresas e negócios criados. Si formos fazer uma lista, os leitores terão que passar dias a ler, desde primeiros ministros até juízes, o mesmo Gejé que anda a se fazer de bonzinho, era juiz e candongueiro a mesmo tempo.
    O grande problema deste País, é que ninguém quer realmente resolver os problemas. de facto é falta de ética que o servidor publico tenha interesses privados, sobretudo em matéria a sua alçada. Mas isso é uma prática que se vem verificando a vários anos e pior ainda, noutros casos com implicâncias gravosas para estado, já que essas sociedades foram beneficiadas em actos de concursos. No entanto nunca houve tal repercussão nos meios de comunicação. Si grave foi a atitude deste prestadores públicos, mais grave ainda é a forma como tudo isso está sendo tratado. Em vez de levar o assunto a entidades competentes, tem-se feito é o aproveitamento politico para atingir única e exclusivamente o Ministro Osvaldo,e em nenhum momento se tentou diligencias no sentido de se estancar esta prática que já vem de longos anos com a conivência de todos e que pelos visto, alem do aproveitamento politico que se esta fazendo agora, não passará disto mesmo.
    Tudo isso porque neste País quase todos os dirigentes e ex-dirigentes têm telhado de vidro e não podem atirar pedra ao vizinho.

  40. Joe

    20 de Janeiro de 2014 as 11:30

    Muita ingenuidade!

  41. fia grave

    20 de Janeiro de 2014 as 11:53

    Mas uma vez estamos perante uma tragédia,uma estupidez,um tremendo caminho para a auto-estrada da corrupção protagonizados pelos Senhores da Presidência da República e os senhores do Governo da Troica.Mais um caso de corrupção que soma muitos outros casos ocorridos pelo Governo De Gabriel Costa e Pinto da COSTA.Não vou falar muito,porque estou estupidamente cansado de vós dirigentes e políticos de meia tigela,a comunicação social e o povo de forma em geral espera brevemente uma solução plausível para este triste cenário,que tem abalado a sociedade de forma em geral,o povo espera ouvir brevemente a exoneração imediata de todos estes negociantes,já que contradizeram o príncipio fundamental que é servir… servir… e servir,…E esses negociantes puseram em cima de tudo,o príncipio da oportunidade para o enriquecimento fácil e ilegal.Portanto esperamos que O governo de Gabriel e Pinto da Costa,não vem sair com bla-bla-bla,defendendo os seus meninos,mas que tragam decretos de exonerações,é isto que queremos ouvir…ainda hoje ou amanhã ou então o povo vai deduzir que os Costas também estão metidos neste negócio,o povo espera já a vossa sabia resposta…

  42. Raimundo dos santos

    20 de Janeiro de 2014 as 11:54

    Mas uma prova do atraso de desenvolvimento de STP. Os Rapazes tomaram conhecimento do dinheiro de Angola montaram empresa aberto a vários sectores para abocanhar o dinheiro e ser sócios dos empresários Angolanos. Se não forem tomados nenhuma decisão por parte do Presidente e Primeiro Ministro demostra que os mesmos estão involvidos indireçtamente nesta operação. Força Tela Nón

  43. Santola

    20 de Janeiro de 2014 as 13:08

    É preciso acabar com impunidade contra todos estes sacanas permita me o termo mais não há outro adjetivo a considerar seja do partido A ou B, a nossa constituição e as demais Leis são bem claras nestes aspetos, agora o que importa é julgar estes casos alguém tem de o fazer desde logo a começar pelo Ministério Público, Policia judiciária, Tribunal de Contas estas entidades têm que fazer o seu papel, se não o que será das próximas gerações o Estado Santomense tem que mandar anular tudo que tem a ver com este negócio até apurar os factos e condenar aquele que terá de ser condenado e sem medo e não só para este caso como para os casos em que quando se entra para Administração Pública deve se avaliar os bens existente e os adquiridos quando se deixa do cargo sobre tudo para aqueles que desempenham altos cargos políticos e de direcção

  44. Kidaleo

    20 de Janeiro de 2014 as 13:28

    Antes da sua nomeação, O presidente não tinha pedido ao ministro Abreu para se retirar da empresa na qual trabalhava para assim evitar todoconflito se interesse? Penso que as mesmas causas deveriam produzir as mesmas consequências. E evidente que há conflito de poder. E evidente que no futuro haverá abuso de confiança e abuso de poder.

  45. Madalena

    20 de Janeiro de 2014 as 14:33

    Tanta porcaria num pais rico de potencialidades. Minha gente, sejam mais cobardes no enriquecimento ilícito. Pinto da Costa, sinceramente, já deu oportunidade a quase todos jovens, mas os tipos fazem vergonha. Também confio no Pinto, vai demiti-los todos. Já disse que não sou apoiante do Pinto, mas sou de facto admirador da sua postura. Mais um comunicado do Conselho de Ministros, Julião Costa ou Manuel Vaz Afonso Fernandes.
    Meu primo, também tem boa voz, Diógenes Cravid, vai ler o noticiário.
    No fim, a musica, Mece de conta sa nganozo, povo vale sum Pinto Costa, cu valu se…Retificaçon eeee.

  46. Madalena

    20 de Janeiro de 2014 as 14:36

    Qualquer dia vamos ter que adotar mais um apelido, C.Que significa corrupto(a).
    Madalena dos Santos C.

  47. Rio

    20 de Janeiro de 2014 as 17:08

    Meus senhores onde a mal em criar uma empresa? Sinceramente não vejo mal nenhum, membros em função de estado em criar empresa privada, pelo contrario é bom para a economia desde que não são utilizados bens de estado ao serviço próprio, nos países mais desenvolvidos os tal ditos ocidentais não existem gente de cargos públicos com empresa criada, só mesmo em São Tome, isso chama-se falta de algo para se preocupar.Deviam é preocupar futuramente auditar, fiscalizar as tas ditas empresas, de forma haver maior transparecia em vez de fazer alaridos.

  48. Francisca CL

    20 de Janeiro de 2014 as 21:09

    O nome correcto da empresa é “Metralha Brothers Investment and Services”.

  49. Anab

    20 de Janeiro de 2014 as 21:10

    Gika es a minha maior deceção. Foi isto que foste aprender a fazer no Brasil?

  50. Almeida

    20 de Janeiro de 2014 as 21:44

    Tão aprender E BEM com os gatunos da africa austral para onde tem viajado semanalmente
    Só k desta forma, vão fazer akilo que era impensável aki há alguns anos : A criação de uma burguesia ESTATAL, contrária aos interesses da maioria da população.
    Mas esta é a África Lusófona em que estamos, onde os maus exemplos de Angola, voam para países como São-Tomé. Infelizmente.

    Um abraço,

  51. Africa

    20 de Janeiro de 2014 as 21:54

    Quando o Sr. Olho Leve diz ” Pode ser anti ético, mas é ilegal? A empresa está metida em alguma negociata? então qual o problema? “
    Par sua informação:
    Ética profissional é o conjunto de normas éticas que formam a consciência do profissional e representam imperativos de sua conduta.
    Ética é uma palavra de origem grega (éthos), que significa propriedade do carácter. Ser ético é agir dentro dos padrões convencionais, é proceder bem, é não prejudicar o próximo. Ser ético é cumprir os valores estabelecidos pela sociedade em que se vive.
    Ter ética profissional é o indivíduo cumprir com todas as actividades de sua profissão, seguindo os princípios determinados pela sociedade e pelo seu grupo de trabalho.
    Cada profissão tem o seu próprio código de ética, que pode variar ligeiramente, graças a diferentes áreas de actuação. No entanto, há elementos da ética profissional que são universais e por isso aplicáveis a qualquer actividade profissional, como a honestidade, responsabilidade, competência, etc.
    Que decepção …!!!

  52. madalena

    21 de Janeiro de 2014 as 14:22

    Não podemos criar empresas?
    Pode sim senhor!~
    O estado tem empresa

    • conobia cumé izé

      22 de Janeiro de 2014 as 14:47

      O Preidente Pinto da Costa fez a limpeza para salvar imagem do Governo.Quando é que o Presidente da República faz também limpeza do seu gabinete ?… GIKA e DIALLO são imunes ?…Fui

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo