Destaques

Eleições só entre 22 Setembro à 14 Outubro – por imposição da lei

O Presidente da Assembleia Nacional Alcino Pinto, foi a primeira individualidade política a ser recebida pelo Presidente da República Manuel Pinto da Costa, no quadro da auscultação com vista a marcação da data das eleições, autárquicas, regional e legislativas.

A saída do encontro com o Chefe de Estado, o Presidente da Assembleia Nacional, relatou para a imprensa o que diz a lei eleitoral, sobre a marcação da data das eleições legislativas. «A lei eleitoral é clara. Ela obriga a que as eleições legislativas, devem se realizar entre os meses de Setembro e Outubro do ano que termina o mandato da Assembleia Nacional. Mais concretamente, a lei diz entre os dias 22 de Setembro e 14 de Outubro», declarou o Presidente da Assembleia Nacional.

Alcino Pinto fez questão de realçar que a referência feita às eleições legislativas tem a ver com o facto de ser a eleição que está em tempo legal para a sua realização. As eleições autárquicas e regionais, estão adiadas, deveriam ser realizadas em 2013.

Agora vão ser realizadas em simultâneo, com as legislativas que a lei eleitoral, impõe para setembro ou outubro. «Creio que no quadro da consulta que está fazendo o Presidente da República, encontrará com os autores políticos da nossa sociedade, entre estes 3 fim-de-semana, aquele que melhor convém para marcar as eleições», reforçou, Alcino Pinto.

Abel Veiga

    15 comentários

15 comentários

  1. homem honesto

    7 de Maio de 2014 as 8:48

    Para esta questão de eleição o Presidente da Assembleia fala do cumprimento da Lei, porque assim o mesmo fica lesado no bolso.
    Para outras questões depende de si.
    Do meu ponto de vista, as eleições deveriam ser no 03 de Agosto/2014:
    1º. O País está parado,o povo encontra-se desesperado com a vida difícil,
    2º.O Governo não eleito não está a dar conta do recado,
    3º.Os doadores não irão dar crédito(dinheiro emprestado)e doações com este Governo ilegítimo.
    Vamos ver se o Pinto da Costa está por debrás destas datas anunciadas.

    • Emiliano

      7 de Maio de 2014 as 12:04

      Caro Homem Honesto
      Se existe um imperativo da Lei, porque não cumprir com o que está superiormente legislado, nao é ,em um mês ou dois ,que o País deixa de estar como está. Acabamos de sair de um Dialogo Nacional,-embora uma minoria ter dito Dialogo de faz de conta- onde todos clamaram para o cumprimento estrito das leis da República, vamos todos por em pratica esse desejo da maioria do povo santomense.

  2. Estanislau Afonso

    7 de Maio de 2014 as 9:49

    A pior coisa é adiar a data das eleições. No meu intender, trata-se de atitude que não ajuda a melhorar a imagem do País. Além disso, sabe-se a legislatura termina no Mês de Agosto de 2014. Faz 4 anos que o Alcino Pinto tomou posse como deputado.

  3. Kanimambo

    7 de Maio de 2014 as 10:16

    Artimanha e má-fé. Desses camaradas espera-se tudo. Saudações

  4. zeme Almeida

    7 de Maio de 2014 as 13:17

    O poder mais poder e sempre no poder é o que paira nas cabecas dos atuais deigentes das troikas.O dia ha-de.Haver vamos

  5. Wadson Almeida

    7 de Maio de 2014 as 14:49

    Meus caros,

    Vivemos num País de batoteiros e de batotas. Ora veja, diz o artº 102º da Constituição que a Legislatura é de 4 anos. Os deputados tomaram posse a 11 de Setembro de 2010, logo a 11 de Setembro de 2104 completam os 4 anos para aquela legislatura. A partir daí estarão ilegais….a não que a própria Assembleia se reuna e prorrogue o mandato dos mesmos até a tomada de posse dos novos deputados.
    Desde que essa lei eleitoral foi elaborada que nunca se cumpriu essa data para a realização das eleições legislativas (22 de Setembro a 14 de Outubro) mas sim nos meses de Julho ou Agosto, habitualmente meses secos do ano, onde não há chuva e coincidente com as férias escolares….
    Mais uma vez fica provado o medo, o desespero de alguns em não querer cumprir com as Leis da República. De realçar que a Constituíção está acima de qualquer outra Lei da República…
    Penso que os interesses do País deveriam estar acima de quaisquer outros e demonstrar a comunidade internacional que somos de facto um Pais democrático, cumpridor das leis e das regras democráticas.
    A Comissão eleitoral preparou o recenseamento apenas para jovens que completassem 18 anos até 30 de Junho já a pensar precisamente nas datas das eleições, habitualmente entre os meses de Julho e Agosto. Assim sendo, ao marcar-se as eleições para o mes de Setembro/Outubro, estariamos a excluir todos os jovens que completam 18 anos até 31 de Agosto o que na minha opinião seria bastante injusto. Não temos esse direito!
    Vamos deixar de brincar e enganar uma vez mais esse Povo…
    Abraços!

    Wadson Almeida

    • Manuel Vicente Sousa

      11 de Maio de 2014 as 7:53

      Caro amigo Wadson,curti o seu comentário. Está feito com conhecimento, sem linguagens rasteiras e descabidas, que caracterizam a maior parte dos intervenientes deste forum, que ao meu ver, não passam de ignorantes reais.
      Ora, para além de manifestar o meu apreço ao seu belíssimo comentário, gostaria também de aproveitar o ensejo para perguntar, aos demais participantes deste forum, o que os levam a votar abaixo, nos comentários sensatos,verdadeiros incolores, como no caso deste sensato comentário do compatriota Waadson? Porquê que fazem isso? Porquê que não contra-atacam com argumentos contrários e plausíveis, como neste caso em concreto que estamos perante uma matéria do Direito? Respondem-me.
      Aguardo a vosso discernimento.

      • Manuel Vicente Sousa

        11 de Maio de 2014 as 7:57

        Lapso, deve-se ler, ” Aguardo o vosso discernimento”

  6. Deçu Sa Tamen

    7 de Maio de 2014 as 15:29

    Keiii. Fôgo! Essa gente não pára de fazer manobras!!!! Alguma vez fez-se eleoções cá em STP, na época das chuvas?? Será que Alcino Pinto e os demais não são Santomenses? Eles não sabem que nesses meses a chuva não deixa ninguém fazer nada??!! Essa lei eleitoral existe desde 90 e ninguém o aplicou porque sabe-se e é consensual que as eleições em Setembro e Outubro não é possível!! Quase todos os lugares onde se vota as estradas são em terra batida, locais abertos, terraços, escolas ( muitas delas chovem), enfim… Só se esses políticos querem que as pessoas não votem ou que haja abstenção nunca antes visto!!!Minha gente, vamos respeitar o país, vamos respeitar o povo e deixar de estar sempre a gozar com o povo!!

  7. Mucumbli

    7 de Maio de 2014 as 15:55

    Francamente! Quer dizer, o senhor Alcino até parece que manda no presidente da República!!!!! Ohhhhhhhh!!! Só em STP! O senhor Alcino é que está a dizer a data das eleições???!!!! Acho que o Sr. Presidente da República deve ter a sua habitual postura de decidir de forma isenta e justa observando o princípio da legalidade e do equilíbrio! Não é o senhor Alcino que vem impor nada ao sr Presidente da República!! Isso é que era bom!! Por isso é que se diz que o senhor presidente tem sido muito mal assessorado! Mas se deixar-se influenciar por esses que nada querem senão estar na boa e o povo que se lixe… Mas mundo é de Deus!!

  8. fala ceto

    7 de Maio de 2014 as 16:40

    qual é razão de que passa com eleição? Miguel trovoada marcou sem problema, Fradique de Minezes mesma coisa, porqué que 3º á duvida de marcar? sera que é poder de entrepretar a lei?

  9. Manuel Vicente Sousa

    7 de Maio de 2014 as 18:13

    Esses tipos andam a tentar tramar alguma asneira para prejudicar o homem mais querido do povo.Lol.

  10. Só com Cristo!

    8 de Maio de 2014 as 9:34

    Mas que raio de gente que só pensa mal para esse povo! Essa gente é um cancro deste país! Adiar eleições outra vez!!! Credo, credo, credo!!!!

  11. Manduco

    9 de Maio de 2014 as 10:58

    Quer dizer, cuá fé dóxi da sum Alcino fan!!! O senhor Alcino não quer deixar o poder!!!!! Até anda a influenciar o presidente da República para não marcar tão já as eleições… Sinceramente!! Isso é uma bicharada!

  12. Alerta

    9 de Maio de 2014 as 12:22

    Os partidos da chamada tróíca deram ultimato ao PR :
    ” As eleições devem ser realizadas entre os dias 14 de Setembro e 22 de Outubro e o senhor presidente da república, que escolha um domingo neste intervalo para marcar as eleições” fim de citação: Francamente pa! Quer dizer, é uma ordem!!!!! Acho que eles dizem e impõem isso de boca cheia, porque deve o senhor presidente ter algum rabo preso a essa gente!! Porque senão, ninguém percebe que sendo a marcação da data das eleições, uma competência exclusiva do senhor presidente da República, como é que essa gente fala em tom de imposição a um presidente da República!!!!! É uma brincadeira!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo