Destaques

Fradique e MDFM podem criar problemas ao ADI

Os 26 assentos no parlamento, maioria simples, que o partido ADI de Patrice Trovoada conquistou nas eleições legislativas de 2010, foram garantidos por muitos votos da militância do MDFM e não só.

Um facto que nunca foi reconhecido publicamente, pelo partido vencedor das eleições legislativas de 2010.

Fradique de Menezes, fala do aproveitamento que se fez nas eleições de 2010, e garante que o seu partido não vai ser enganado pela segunda vez nas eleições de 12 de Outubro. «Naquela altura tivemos uma certa preocupação de conduzir as coisas para a Mudança. E força da Mudança que estava naquela altura era a ADI. E daí o movimento do MDFM para o ADI. Agora que o partido tem um Presidente em exercício, antes eu dizia que era o Presidente virtual porque eu era Presidente da República, o MDFM vai sozinho», assegurou o Presidente do MDFM.

Coligação com a ADI, antes ou depois das eleições de 12 de Outubro, está fora de questão. Um assunto que segundo Fradique de Menezes, nem se quer pode ser cogitado. «Não não, não há lugar nem se quer se pensou nisso, nem há maneira de se pensar nisso», frisou.

O líder do MDFM, disse que não se pode errar por duas vezes consecutivas.

No entanto considera válido o acordo interpartidário que o MDFM assinou no ano 2011 com o MLSTP e o PCD. Segundo Fradique de Menezes o MDFM vai cumprir as cláusulas do acordo, que permite aos três partidos viabilizarem a governação, caso um deles vença as eleições. «O acordo interpartidário continua. Cada um vai de forma independente para as eleições. No fim, no dia 13 de Outubro, aquele que ganhar, vamos ver qual é a possibilidade de uma governação conjunta, espero que ninguém passa a perna a outro», conclui.

As eleições legislativas, autárquicas e regionais, marcadas para 12 de Outubro, parecem estar longe de serem favas contadas, ou de dar garantia de vitória antecipada, a qualquer partido político.

Abel Veiga

    16 comentários

16 comentários

  1. Maria Madre Deus

    11 de Agosto de 2014 as 8:14

    Assim com essa decisão do MDFM as eleições serão mais justa e mais desputada. Obrigado Sr. Fradique.

  2. realista

    11 de Agosto de 2014 as 8:28

    so mesmo nesta terra, como k este homem vem dizer espera mesmo k ninguem passa perna a outro er dizer k agora politica virou comercio, desgosto,tristeza e revoltado isto sim k vces politicos de s.tome nos da

  3. Original

    11 de Agosto de 2014 as 8:30

    Este homem parece maluco mas agora ganhou juízo.

  4. fluta cu cocôndja

    11 de Agosto de 2014 as 11:01

    é lastima ver ke povo nao aprende nem com golpes, essa gente de MDFM-PL sao um grupo de ladoes, criminosos e assaltantes de poder a igual ke MLSTP-PSD, Sr. Fradique estava na presidencia fez seu partido pedio au povo ke seu partido governasse povo os deu poder a fim ke fizeram, nada mais ke aumentar corrupçao no país, Fradique diz ke nao teve oportunidade de resolver problema dessa naçao? sim teve, talvez nao teve oportunidade de robar como keria, ele con seus elenco… POVO ABRI VISTA::: ESTAMOS A DORMIR E NOS ESTAO A FODER…

  5. arroz podre

    11 de Agosto de 2014 as 12:25

    O povo deu ao Sr.Fradique e o MDFM-PL dois mandatos como Presidente da República e vitória na eleição Legislativa.
    O quê que Fradique fez?
    O quê que o MDFM-PL fez?
    Fátá lôçôôô Fradique. Se lembras desta frase, então o povo não irá te dar mais nada.
    Gasta o dinheiro que o povo precisa de banho.

  6. Minha Avô

    11 de Agosto de 2014 as 15:57

    Fradique de Menezes é o único homem cá em São Tomé e Príncipe que pode tratar o Patrice por tu. Ele é realmente o único que não tem medo de nada. O Pinto tem medo de falar para não dizerem que ele é ditador. Fradique não tem rabo na estrada. Vocês vão ver quando começar a campanha. VIVA FRADIQUE.

  7. Justino Matos

    11 de Agosto de 2014 as 18:50

    Fradique de Menezes, por favor desista. O que é agora? Acabou o tempo das vacas gordas? Anda a procura do ‘poder’ pra pagar as dividas? E que dividas.
    Ninguém mas ninguém no seu estado normal daria um único voto a si. O sr não deixou nem o seu próprio partido governar. REFORME-SE, o país tem mais filhos que podem muito bem governar. Haja paciencia.

  8. manuel soares

    11 de Agosto de 2014 as 22:09

    Sr Fradique com todo respeito por amor a Deus e a terra , esta de que o sr diz , cito – «Naquela altura tivemos uma certa preocupação de conduzir as coisas para a Mudança. E força da Mudança que estava naquela altura era a ADI. E daí o movimento do MDFM para o ADI. Agora que o partido tem um Presidente em exercício, antes eu dizia que era o Presidente virtual porque eu era Presidente da República, o MDFM vai sozinho» fim de citação, o sr tem que convir com todos aqui desta terra , que o sr é sempre enganado porque gosta de dinheiro e tudo que brilha para o sr é ouro, o sr foi enganado mais uma vez por Patrice Trovoada, o sr é muito ganancioso

  9. Lúcio Xavier de Ceita da Graça do Espirito Santo

    12 de Agosto de 2014 as 0:08

    grande homem, pode ser tudo que é, mas não demagogo como alguns, ele pode não ser espert na politica como outros mas da nos mais garantia do que vario que existe na nossa praça.

    viva democracia viva os pilares da democracia viva fradique

  10. câmblassato

    12 de Agosto de 2014 as 8:01

    Este Sr parece maluco, mas gosto dele. Este País precisa de gente maluca para lidar com os malucos que por aí reinam.

  11. Poto Zamblalo

    12 de Agosto de 2014 as 9:07

    Verdade nua e crua.
    O MDFM com Fradique à frente como seu presidente, o que acontece pela 1º vaz desde a existência deste partido, pode na realidade ser uma alternativa a um salutar desenvolvimento do país.
    Acredito piamente numa real coabitação de Fradique com Pinto da Costa.
    Agora sim, caso Fradique venha a ser eleito primeiro ministro pelo seu partido, novos horizontes de esperança poderão abrir, pois que visão é visão, maturidade é meturidade, experiencia é experiencia.
    Outro aspecto que não se pode discorrar é que se realmente se quer estabilidade para a boa governação, então quem de facto pode fazer frente ao “dentxi beto” é o Fradique de Menezes.

  12. PESO NA CONSCIÊNCIA

    12 de Agosto de 2014 as 9:21

    Então sr Fradique, o que se passa??! O sr ganhou as eleições com voto em massa do povo chamado da mudança; o senhor formou partido MDFM, e junto com o PCD, pediu maioria absoluta para governar alegando que “pé cu men zó ca kiá mina, o povo ouvindo a sua prece deu-lhe maioria absoluta; o senhor com presidência e com o seu governo de maioria, deixou cair o seu próprio governo para entregar o poder a MLSTP/PSD partido que o sr andou na altura a criticar de forma grosseira: O sr disse ter ajudado ADI em 2010 a ganhar as eleições e o seu único deputado estava até como parente da bancada do ADI. Momentos depois o senhor alia ao MLSTP e PCD para deixar o governo do ADI cair! O senhor não sabe que MDFM era um partido formado por gentes da mudança?? O sr não sabe que nós da mudança nunca queremos o nosso partido seja aliado do MLSTP E PCD este último que também andou a enganar o povo da mudança!!? Agora vem pedir poder outra vez? Mas o sr pensa que o povo tem memória curta ou quê?? O sr precisa crescer e só depois aparecer! Seja íntegro e vá a sua vida!

  13. Estanislau Afonso

    12 de Agosto de 2014 as 13:14

    Uma vez que MDFM-PL nunca foi governo sozinho, o povo de S. Tomé e Príncipe deveria apostar no MDFM-PL. Com a liderança do Fradique de Menezes o partido esta mas organizado.

  14. manuel soares

    13 de Agosto de 2014 as 21:21

    Fradique vais longe acredito com esta equipa fantástica olhem só Leonel Pontes, Luisito, Guilherme Neto, Ayres Major, Maria Tomé Araújo, Adelino Lucas, João Costa Alegre, Loja mato, Aida, Minho, bonita equipa só tacheiros e bufunfeiros, querem mais é mamar na teta e nada mais

  15. adilson lima

    14 de Agosto de 2014 as 11:12

    Mais sera que ,esse homem nao pensam? , senhor fradique menezes,todos azem promessa ,mais quando chega momento de cumprir , ele nem querem saber ,afinal querem oque com esse pais? ou querem gozar co cara do povo!

  16. adilson lima

    14 de Agosto de 2014 as 11:46

    senhor fradique,quando povo pediu arroz no seu mandato , qual foi a sua resposta ?senhor respondeu se anda com arroz no bolso, como presidente ,essa resposta ao e uma resposta adequado, qual o objectivo do senhor com esse povo!nao esou aqui para responder para A ou B , o que eu quero , e melhor para nosso povo que sofre, num pais tao pequeno.

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo