Destaques

ADI quer “CAUÍQUE” no Conselho Superior de Imprensa

Não está a ser fácil a composição de novos membros para o Conselho Superior de Imprensa. Não tem havido consenso no seio da Assembleia Nacional, para a nomeação de 3 membros para o órgão fiscalizador da comunicação social são-tomense.

O processo de eleição foi adiado por duas vezes consecutivas. Na sessão plenária de terça – feira, o insólito quis acontecer. O partido maioritário a ADI, decidiu propor a eleição de Aurélio Silva, mais conhecido no país por “Cauíque”, para membro do Conselho Superior de Imprensa na qualidade de representante da sociedade civil.

“Cauíque”, é líder do STE, o designado Sindicato dos Trabalhadores de Estado. Um sindicato em que o mandato do Secretário-geral está expirado a quase uma década. Um sindicato que no passado recente se posicionou como candidato às eleições legislativas. Um sindicato personificado pelo seu líder, que é bastante activo no jogo político nacional.

A proposta da ADI foi provada no parlamento como sendo ilegal, uma vez que fere o artigo quarto da lei de imprensa, que proíbe a possibilidade de líderes sindicais serem membros do Conselho Superior de Imprensa.

A vontade da ADI em ter “Cauíque”, como membro do órgão que fiscaliza a actividade da comunicação social no país, terá caído por terra. A eleição pela Assembleia Nacional de 3 membros para o Conselho Superior de Imprensa, continua bloqueada.

Note-se que o órgão é composto por 6 membros, (correcção 7 membros)), sendo 3 designados pela Assembleia Nacional, 1 pelo Presidente da República, 1 pelo Governo, 1 pelo Supremo Tribunal de Justiça, e um representante da classe dos jornalistas.

O membro designado pelo Supremo Tribunal de Justiça, preside o Conselho Superior de Imprensa.

A escolha de novos membros acontece numa altura em que terminou o mandato do grupo liderado pelo Juiz Patric Lopes.

Abel Veiga

    24 comentários

24 comentários

  1. Cuidado STP

    20 de Janeiro de 2016 as 13:45

    Uma vergonha…..

    ADI no seu melhor.

    Vamos deixar ADI governar. Em 2018 será o ano de julgamento. Povo poe, povo tira.

    Um abraço a todos

  2. santomensse

    20 de Janeiro de 2016 as 14:00

    sinceramente kkkkk

  3. Decepção

    20 de Janeiro de 2016 as 14:13

    Credo país de bobo. ADI está mesmo a abusar, não viram outra pessoa para indicarem para CSI, só Cauique, credoooooooooo é. Isto é o Deus nos acuda, esse país está afundando. Cauique não tem comportamento digno para fazer parte do Conselho, este Conselho vai perder toda credibilidade se Cauique estiver lá, ninguém vai acreditar no Conselho. Cauique não tem postura, é pedófilo, impostor, mentiroso, bajulador. Se ADI quer pagar os favores que este aldrabão lhe fez na campanha, convém dar-lhe um TACHO com menos grau de importância e responsabilidade. Patrice Trovoada, assim também não.

  4. Explicar sem complicar

    20 de Janeiro de 2016 as 14:40

    Cauíque?
    Meu Deus!
    ADI perdeu toda noção.
    Perdeu todo norte .
    Está totalmente descontrolado este ADI
    Já NÃO FAZ o que sabe nem SABE O QUE FAZ..

  5. Salamon Tomé

    20 de Janeiro de 2016 as 15:48

    Tenho pena desta Linda Terra, pois estamos a chegar a uma DITADURA SECRETA, e so aqueles que lidam com as informações e sentem na pele e têm poder de Analise, conseguem ver e sentir. Ora este “CAUIQUE” que chamou os outros Partidos da OPOSIÇÃO de “ÉBOLA” defendendo o ADI e agora a ser indicado como Membro do Conselho Superior de Imprensa, ele que apoderou do STE em nome do ADI e Violador de Menores.. etc… convenhamos

  6. Aurélio toma-bé toma-bí

    20 de Janeiro de 2016 as 16:07

    A atitude do ADI demonstra clara ditadura que esse mesmo partido quer implementar a todo custo no país.

    Isto é só ponto iceberg. Seria bom que o senhor Abílio Neto tomasse nota deste insólito e fiasco jogo do partido DUBAI (LÔÇÔ TLÊZE CONTU) e debater isto na RTP África no programa debate Africano. Depois disso, a TVS pegasse na peça e passasse como notícia no jornal da tarde e telejornal durante 4 dias.

    Estamos lixados com o ADI. Sem ADI na presidência da República estamos assim. Deus livre STP do maquiavelismo do ADI.

    Aurélio Silva não é representante da sociedade civil mas sim, candongueiro político e pitbul do ADI, tal igual como os são-tomenses nas rádios e televisão da RTP/RD-ÁFICA.

  7. Leve-lengue

    20 de Janeiro de 2016 as 16:11

    CSI compreende 7 membros, Téla Non ocultou justamente o representante dos da Classe Jornalistica.

  8. vitoriana

    20 de Janeiro de 2016 as 16:20

    Jovem Abnilde, Porta-voz da bancada parlamentar do ADI quis sim testar a popularidade de Cauíque, do partido ébola e líder dos varredores de rua, se tem ou não perfil para ser candidato do partido ADI às próximas presidenciais.

    Pelos vistos esse candidato chumbou logo a primeira. Qual é o Próximo?

  9. Angelina Fernabdes

    20 de Janeiro de 2016 as 16:23

    Isto já parece uma brincadeira. Cauíque no Conselho Superior de Imprensa?????? Sinceramente que este Dubai que vocês estão a construir vai afundarnos completamente. Quem diria que o ADI viesse a demonstrar ser esta coisa que não vale nada!!!!?????? Olhem, sabem de uma coisa, peguem o país e entreguem a Portugal ou Angola para governar. Isto já está a ser demais. É muita vergonha para um povo. Tirem-me deste filme, por favor!!!

  10. Procurou encontrou

    20 de Janeiro de 2016 as 16:37

    Brincadeira tem hora sr Patrice Trovoada, e esta não é hora para brincar. Parem de brincar srs do ADI, São Tomé e Príncipe não é circo. Dar um tacho desse ao Cauique só mostra a falta de senso da vossa parte. Escolha de Caíque só mostra que ADI não é um partido sério.

  11. Original

    20 de Janeiro de 2016 as 17:06

    Este Senhor representa ou faz-se representar os trabalhadores de função pública? Como estamos nos preparativos de carnaval,não fico surpreendido com esta proposta.Comprar um produto fora de praso e
    apresentá-lo como novidade,já é rotina.

  12. Honesta

    20 de Janeiro de 2016 as 18:17

    Num Estado do Direito Democrático, o Estado deve funcionar e impor normas sempre respeitando o princípio da legalidade, o que significa, que todos os órgãos de soberania, e muito particularmente ao Governo, devem atuar sempre em conformidade com a lei fundamental e demais leis da República, caso contrário, não sairemos no fundo do poço em que encontramos.
    É censurável um Governo que logo que tomou posse afastou todos os diretores da administração central do Estado, independentemente de serem competentes e apartidários.
    A ADI abateu muitos diretores que preenchiam os requisitos legais impostas pela Lei n.º 5/97 em detrimento de vários diretores sem experiência profissional e sem formação superior.
    Temos vários exemplos, nomeadamente Cossil, Diretores das DAF,s, da Inspecção Geral de Finanças e muitos outros que já não me recordo.
    Dizem os inspetores que é a situação da Inspecção Geral de Finanças é grave, porque o incompetente senhor Antero foi nomeado Inspetor Geral Adjunto de Finanças, mas o mesmo tem assinado na qualidade de Inspetor Geral de Finanças, pondo em causa todos os trabalhos realizados pelos inspetores.
    Ainda dizem que o Setores auditados já não respeitam a Inspecção de Finanças.
    E, agora bateu-se no fundo, com a tentativa de indigitar o nome de Caíque.
    Assim, vai da República das bananas.

  13. santomensse

    21 de Janeiro de 2016 as 7:28

    cada um tem o seu respectivo lugar este homem uma vergonha para o pais um homm totalmente politico ADI faça coisa para vcs terem razão posteriormente

  14. Paulo Costa

    21 de Janeiro de 2016 as 8:15

    A.D.I, está a demonstrar a incapacidade, irresponsabilidade, insensatez, imaturidade, arrogância em lidar com poder. Diretores fracos, ministros fraquinhos, deputados coxos, Primeiro ministro inapto, militantes levianos, enfim. Estamos perante um Dubai de lixos e anarquia.

  15. bila wê quebla wê

    21 de Janeiro de 2016 as 8:33

    o país esta soçobrar-se meus senhores vamos ser sérios com trabalho colocando pessoas sem idoneidade como directores é uma pouca vergonha o presidente da república falou e muito bem há coisas que é importante e não se da atenção como exemplo a data das primeiras eleições democrática em STP e o cauíque não tem competência para esta função ADI por favor arranja-lhe outra bocada como recompensa de favor que ele prestou-vos na campanha eleitoral

  16. Zon Godo

    21 de Janeiro de 2016 as 15:41

    Demoraram muito a pagar os favores que este senhor fez à ADI, como já antes tinha feito ao MLSTP e a outros partidos.
    Este cavalheiro é e sempre será o “homem de mão” de quem quer chegar ao poder, é ele que tem por missão manobrar os trabalhadores do Estado, colocando-os contra o próprio Estado. Agora que quem está na oposição já não lhe dá crédito e tem o rabo preso nas falcatruas que lhe pediram para fazer ao longo dos anos, pressiona a ADI para lhe arranjar um lugar novo onde possa começar uma nova carreira, porque sempre se ouviu dizer que em terra de cego quem tem olho é rei.
    Só para vos lembrar um pequeno exemplo das malfeitorias deste rapaz, lembro-vos o que ele fez para “correr” com a concessionária da direcção de transportes, sobrepondo-se a tudo e a todos que tinham legitimidade.
    Agora o que temos na DTT?
    A maior confusão de todos os tempos, mas é muito mais fácil obter carta condução, livrete do veículo ou inspecções dos carros importados. hehehe basta que “escorregue” ou conheça alguém que conheça alguém.
    Se o caso da concessionária da DTT chegar aos tribunais e o governo tiver de pagar uma indemnização será que esse de tal cauique, vai estar ao lado do Governo para pagar também enquanto responsável pelo encerramento do serviço.
    Da parte da pedofilia nem quero falar nada é algo de muito vergonhoso e já lhe deviam ter acertado o passo à muito tempo. Talvez uma noite destas….

  17. ADI-ARROZ SUJO

    21 de Janeiro de 2016 as 18:03

    Bauê PATRICE TROVOADA! Porquê só CAUIQUE? Porque não JUVEM também como membro do Conselho superior de Imprensa? Já que ADI quer abandalhar tudo! Não basta o “ANALFABRUTO” do Ministro de Agricultura e outros lacaios do ADI!

  18. Seabra

    21 de Janeiro de 2016 as 18:25

    ….realmente o PT e ADI estão empenhados a dar cabo das ilhas de STP.
    A família Trovoada e os seus abrutes desempenham com muito zelo a destruir o pais e a população……afinal o ódio prolonga-se,querem,os Trovoadas,não só vingarem-se de certas pessoas,mas como também do povo e do país.
    Miseráveis!

  19. arroz 13 conto

    21 de Janeiro de 2016 as 21:13

    Enceste palhaço feio de Abenilde de Oliveira que mal conhece lei da casa onde ele labuta como deputado vem defender este IGUALZINHO a ele,dizendo que o nome do Cauíque pode ser votado e ele recusar a tomada de posse!!!!!!
    Meu Deus Abenilde conforme correram com você no curso de Padre também deveriam te escorraçar da Assembleia.
    Você é IGUALZINHO À CAUÍQUE.Nao existe nenhuma diferença.

  20. Maria Silva

    21 de Janeiro de 2016 as 23:50

    Não consigo perceber o porquê de tanta indignação da vossa parte !
    Num país aonde Patrice Emery Trivoada é primeiro ministro , chefe do governo e futuro presidente da república , claro que o CAUIQUE sente-se apto e no direito de assumir qualquer cargo na sociedade .
    É uma inversão de valores desmedida, no país sério e de gente séria, pedófilos , ladroes e traficantes ocupam cargos na cadeia ( carceragem, ver sol quadrado, carabucho ) mas em stp é acontrario !!
    Sumú ê fívlà anca n’ boca dí cassô ê

  21. Cacharamba de pilha

    22 de Janeiro de 2016 as 15:12

    CAUÍQUE é o candidato de preferência do ADI para presidenciais de 2016.
    Para os que não sabiam,que fiquem sabendo.
    Tendo em conta a sua experiência Patrice Trovoada prefere ter CAUÍQUE como futuro presidente de S.Tome e Príncipe e de todos os Santomenses.

  22. Tony

    26 de Janeiro de 2016 as 20:45

    Cauíque = Gege Amado Vaz, Sr Patrice Trovoada liberta desses dois peixe podre

  23. FÉDÉ KÁ DOXI

    27 de Janeiro de 2016 as 9:06

    Tudo é possível e vcs não sabem mais. Ouviram a admiração do Senhor Presidente no encontro com os Sãotomenses em Cabo Verde? Não o informaram porque o Encarregado de Negócios ou Chefe da Missão a ser nomeado é para pagar mais uma dívida. hehehehehe. Procurem saber no Ministério dos Negócios Estrangeiros. Kuá muntu Sun Lique. Muita incompetência

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo