Destaques

Negligência dos serviços da AN está na origem do incidente

O Téla Nòn apurou de fonte independente, que o Ministério da Defesa e Administração Interna, enviou uma nota a Assembleia Nacional, solicitando a disponibilidade da casa parlamentar, no sentido de permitir a realização de um exercício de segurança nas instalações do parlamento.

As forças de protecção do Governo e do Presidente da República, que estão a ser treinadas pelos militares ruandeses, seriam os operacionais do exercício.

A nota enviada ao parlamento definiu bem claro o dia e a hora do exercício, assim como o seu alvo.

O Téla Nòn sabe que o Presidente da Assembleia Nacional, José Diogo, recebeu a nota e orientou o secretariado da Assembleia Nacional, no sentido de cumprir com o seu dever que é, informar a todos os grupos parlamentares sobre o conteúdo da mesma nota.

Pelo que o Téla Nón apurou, as bancadas parlamentares da oposição, não foram informadas sobre o treino ruandês, previsto para quinta – feira 31 de agosto na casa parlamentar.

Abel Veiga

    19 comentários

19 comentários

  1. Ruandeses rua

    2 de Setembro de 2017 as 16:36

    Tanto os deputados como os funcionários da Casa Parlamentar não foram informados sobre o alegado treino, pelos que foram todos apanhados de surpresa.

  2. Falar Verddade

    2 de Setembro de 2017 as 16:51

    Quem falhou foi Assembleia Nacional, por isso não se deve responsabilizar o Governo pelo sucedido.
    Haja paz, concórdia e convivência entre os São-tomenses.
    Fui…

  3. João Carlos

    2 de Setembro de 2017 as 17:23

    Nunca se viu algo assim em São Tomé e Príncipe, nem mesmo nos tempos do Partido único… o que vem provar que aqueles que andavam a apelidar o Manuel Pinto da Costa de ditador, afinal é que são os verdadeiros ditadores…
    Espero que isto termine o mais rápido para que o nosso País encontre um novo rumo ! São Tomé e Príncipe é maior do que tudo isso….

  4. Nuno Santos

    2 de Setembro de 2017 as 18:54

    Exercício de segurança ou inicio de genocidio.
    Deus nos livra desse demonio

  5. Vexado

    2 de Setembro de 2017 as 20:59

    Simulacro na casa parlamentar e ainda pela força que não se sabe que é?
    Ruandeses mercenários ao serviço do primeiro ministro.

    Como a tal ameaça aos partidos da oposição deu bronca inventaram a última da hora um expediente para justificar tal ameaça.
    Algo inédito, prometeu caos e está aí a vista de todos…caos geral em Stp.

    Patrice trovoada que não fique por aí, estou a gostar muito, mas aponta as armas ao Varela, abinilde Oliveira, Levy, baluba e outros.

    Che, como ficou o caso do crime de Elísio teixeira, o caso de mito filho de ministro que estava bêbado e atropelou um homem.
    Este último conduz a vontade como se nada passasse. Polícia não apreendeu carta de condução nem nada. Patrice tempestade, isso ele não comenta mas é porquê? Mas bispo, coisa de pluralismo ele anda contra.

    Mas é porquê? Elísio teixeira e mito, Patrice não comenda a demora de julgamento desses casos, mas é porquê?

  6. Maria de Fatima Santos

    3 de Setembro de 2017 as 11:49

    Houve insubordinação em relação às orientação do Presidente da Assembleia Nacional, José Diogo que recebeu a nota e orientou o secretariado da Assembleia Nacional, no sentido de cumprir com o seu dever que é, informar a todos os grupos parlamentares sobre o conteúdo da mesma nota?.

  7. Maria de Fatima Santos

    3 de Setembro de 2017 as 11:57

    Porquê a negligência especificamente num assunto tão polémico? Com que fins, para provar o quê? Isto é no mínino muito estranho numa instituição com tantos anos de vida, supostamente madura em expedientes administrativos e de secretariado. Terá o Sr. Presidente da Assembleia apresentado no mínimo um desculpas aos Grupos parlamentares da oposição por este erro gravíssimo da sua administração?

    • Vexado

      4 de Setembro de 2017 as 13:10

      Achas? Esse governo não dialoga. O mínimo que se pode exigir é despedimento do secretário da assembleia.
      Qual deles baluba vai botar a tão e tão grande culpa?

      Será que com mais segurança Patricio vai aparecer na assembleia?

  8. Maria de Fatima Santos

    3 de Setembro de 2017 as 11:58

    Queria dizer um pedido de desculpas

  9. Quilixe Furtado

    3 de Setembro de 2017 as 12:29

    Isto é mais uma mentira do Patrice.
    Diogo não deveria emcobrir tamanha violação.

  10. Até que enfim

    4 de Setembro de 2017 as 4:10

    Foi tudo extremamente arquitectado!!! A carta, os expedientes e toda a façanha para desviar a atenção do povo quanto ao seu (PT) verdadeiro propósito, de aniquilar os líderes da oposição!!! Por que razão só os líderes das bancadas da oposição foram alvos? Essa tal carta se existe, tudo foi feito agora nos gabinetes com datas anteriores para justificar as macaquices do PT. Pilantra, malandro, desgraçado, psicopata, mercenário e burro, que nem sabe governar sua casa, atreveu em vir governar STP. Clupa na sá dji bô fá ê!!!! Hummmmmm.

  11. Jogatina

    4 de Setembro de 2017 as 9:33

    Mais uma jogada mal calculada da oposicaoo. Querem arranjar argumentos para atacar o governo por nao saberem em que pegar tendo em conta que o governo tem dado boa conta dos destinos do pais tendo em conta conjuntura internacional.

    • Vexado

      5 de Setembro de 2017 as 13:45

      Dá Patrice o teu património para ele gerir.

  12. tenho uma lagrima no canto dos olhos

    4 de Setembro de 2017 as 12:42

    Estou enfastiada de conjuntara internacional. Na próxima eleição vamos eleger a conjuntura internacional porque ela é o nosso verdadeiro dirigente. Não precisamos ter um outro nacionalmente, porque de todas as formas a culpa será dela.
    Auhôooo!!!

  13. mezedo

    4 de Setembro de 2017 as 13:07

    2018 é ano para por cobro a tudo isto não importa se criaram tribunal constitucional com malabarismo para garantir os resultados das eleições.

    O povo vai estar atento, os observadores viram e nós vamos tirar esse ladrão e toda sua elite para depois mostrar ele o que é bom para tosse.

  14. Arroz Substancia

    4 de Setembro de 2017 as 14:58

    Nos Santomenseses somos campeões em arranjar pé de vento e é isto que a oposição está a fazer.
    Mas com esta investigação do jornal Tela Non vem deitar no lixo as mentiras da oposição liderada por MLSTP goste ou não no Patríce mas não pode valer tudo neste caso ficou provadoque o parlamento foi informado não é assim que a oposição vai voltar ao poder apresentem propostas deixem de intoxicar a opinião pública.

    • Arroz Substancia

      5 de Setembro de 2017 as 12:15

      Senhor João Carlos pelo tom da sua conversa nota-se que o senhor é um dos fanáticos que está entrincherado a combater o Patríce Trovoada que lhe tranquilizar que não voto em S.tome a vinte e tal anos e não tenciono fazê-lo.
      Isto que fizeram no palácio dos congresso foi um simulacro e todos os países civilizados o fazem e com aviso prévio como foi o caso.
      Com relação ao histórias das tropas temos também a tropa portuguesa a vários anos no país e os nossos avós não tem boas recordações também tivemos tropas angolanas na época do partido único MLSTP e fizeram muitas porcaria não sei se a sua idade lhe permitiu ver que deixar claro que sou contra tropas estrangeiras no país por tempo indeterminado.

  15. João Carlos

    4 de Setembro de 2017 as 17:40

    Att. Senhor Arroz Substancia;
    Convinha que o senhor se apresentasse antes de fazer comentários. Ora, pergunto-lhe, qual é a lógica de se ir fazer exercício militar a Assembleia Nacional ? Porque razão temos militares ou mercenários Ruandeses no nosso País ? Faz algum sentido isto? Ao invés do senhor Patrice Trovoada criar empregos para os jovens, ele está é preocupado em se proteger. Proteger de quê??? Só quem pensa mal é que se protege, pois anda amedrontado…. Conviria o senhor antes de fazer defesa desses actos bárbaros do senhor Patrice Trovoada, procurar se informar do historial das tropas Ruandesas em Africa…

  16. Bom rapaz

    5 de Setembro de 2017 as 10:09

    No meio de toda esta trapalhada, motivo também para se perguntar o que é aquilo que se faz e divulga na TVS as sextas feiras a tarde para o publico? No nosso país não vivem apenas os santomenses. Temos estrangeiros residentes e estrangeiros outros com responsabilidades acrescidas como diplomatas e outros. Portanto um tal programa feito por um agendte politico da ADI foi na verdade um bom programa no passado quando o objectivo era promover a língua nacional os nossos versos, a nossa historia e mais, mas agora é um programa de propaganda ao Patrice e ao ADI. Mas o melhor mesmo é perguntar se aquilo que chamam de TVS é uma televisão publica, de serviço publico ou é uma caixa de propaganda da ADI?

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo