Política

MLSTP inspira-se no MPLA de Angola para conquistar o poder

O MLSTP, maior partido da oposição de São Tomé e Príncipe, está a “Beber” da experiência do seu parceiro MPLA de Angola em termos de sucessos nos actos eleitorais.

A garantia é de Jorge Bom Jesus, presidente do partido MLSTP, em declarações aos órgãos de comunicação social de Angola.

Jorge Bom Jesus, que chefia uma delegação do partido MLSTP de visita a Angola, teve 4 dias de trabalho com o partido MPLA que governa Angola desde 1975.  «Queremos beber essa experiência, para podermos também ganhar as eleições e mudar o estado actual da situação em que se São Tomé e Príncipe se encontra», afirmou o Presidente do MLSTP.

O líder do MLSTP apresentou para o MPLA o novo rosto do seu partido. Novo rosto que nasceu no congresso de Junho último, e que tem a missão de vencer a crise interna que foi instalada no MLSTP pela anterior direcção encabeçada por Aurélio Martins.

Jorge Bom Jesus disse a imprensa angolana, que a nova direcção do MLSTP está a reforçar a coesão interna, para conquistar o poder. A imprensa angolana destacou que Manuel Pinto da Costa Presidente Honorário do MLSTP também participou nas reuniões de trabalho que decorreram na sede do MPLA em Luanda.

Abel Veiga

    8 comentários

8 comentários

  1. JOAO CARLOS

    16 de Agosto de 2018 as 11:19

    Muito bem ! Ao trabalho, mas com muita atenção as manobras do ADI

  2. Zani

    16 de Agosto de 2018 as 13:49

    Bebam muita experiência!
    Pois será somente isto que irão ganhar no dia 07!
    Muita experiência de derrotas amargas nas urnas!

  3. WXYZ

    16 de Agosto de 2018 as 13:52

    Epa! Eu diria que MPLA ee que se tem inspirado no MLSTP para nao voltar jamais sair d poder. MPLA tem aprendido NAO SO com sucessos mas tambem com erros do MLSTP. O MLSTP tem ee que se modernizar d acordo a evolucao desse nosso STP actual.

  4. MIGBAI

    16 de Agosto de 2018 as 22:14

    Ainda existem palhaços que aprovam e concordam com esta palhaçada de nós querermos igualar Angola.
    Em vez de quererem se igualar a países desenvolvidos preferem países subdesenvolvidos como o caso de Angola onde a corrupção devora tudo e todos.
    E assim que o mlstp se dane em Outubro.
    Ficarei extremamente feliz ver o mlstp diminuir o número de deputados.
    Que se dane o mlstp, que já roubou e destruiu STP em muitos anos.

  5. Carlos Cravid

    17 de Agosto de 2018 as 10:57

    Enfim…
    Antes de mais as minhas condolências ao representante da delegação pela desaparecimento físico do seu ente querido. Muita força e que mesmo sem o poder continue que façam uma oposição de qualidade. Que tragam elementos que ajudam o povo de STP a despertar a sua consciência, tanto os que são manipulados por não terem informação como os que manipulam mesmo não sabendo dos fundamentos e propósitos de uns e outros.

  6. Filipe de Sousa

    17 de Agosto de 2018 as 17:33

    MLSTP sempre enviou Seu representante a Angola para assistir as eleicoes organizadas e conduzidas pelos governos de MPLA. Pergunta aos tai’s represent antes: alguma vez assistiram em conjunto com representantes de outros pauses, partidos, organizacoes internacionais (in loco) a contagem fisica Dos votos, um por um? Nunca nas nossas Vida’s assistimos os noivos a cortarem o bolo do casamento na ausencia Dos convidados. Nunca.Nas eleicoes, a contagem Dos Vito’s e comparada ao voter do bolo nos casamentos. Sera ease corte do bolo distante Dos convidados que o nosso glorioso MLSTP foi aprender?

  7. Acto de Floripes

    18 de Agosto de 2018 as 8:41

    Meus caros acho que o MLSTP/PSD sao tao teimosos e cegos que nao perceberam que nunca mais vao ganhar eleicoes em STP. Jamais. Por mais que bebam de todas as experiencas de oriente ao ocidente. Nunca mais serao poderes. Serao sempre derrotados essa e a vossa praga e maldicao…

    • MIGBAI

      19 de Agosto de 2018 as 20:05

      E eles não foram somente beber, eles foram igualmente comer e tentar trazer para STP uns milhares para darem banhos nas eleições.

Deixe um comentário

Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo