Política

François Louncény Fall regressou para avaliar a  temperatura política e social em STP

François Louncény Fall, é o Representante Especial do Secretário-Geral para a Africa Central e Chefe do Escritório Regional das Nações Unidas para África Central (UNOCA).

Esteve em São Tomé nos fnais de Janeiro passado, para mediar a crise político institucional que se instalou em São Tomé e Príncipe, e que persiste até os dias de hoje.

François Louncény Fall, regressou a São Tomé e Príncipe no dia 16 de agosto para uma missão de três dias, anuncia o comunicado da representação das Nações Unidas em São Tomé, enviado à redacção do Téla Nón : 

Comunicado de Imprensa

A Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas em São Tomé e Príncipe gostaria de anunciar a chegada a São Tomé e Príncipe, do Representante Especial do Secretário-Geral para a Africa Central e Chefe do Escritório Regional das Nações Unidas para África Central (UNOCA), o Sr. François Louncény Fall, no dia 16 de agosto, para uma missão de três dias, até o dia 19 de agosto.

O objetivo desta missão é de interagir com as autoridades nacionais em assuntos de interesse comum. Durante a sua estadia no país, serão agendados diversos encontros, nomeadamente com, o Presidente da República, o Presidente da Assembleia Nacional, o Chefe do Governo, o Presidente do Tribunal Constitucional, o Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, os líderes dos partidos da oposição e o partido no poder, os Chefes das Agências Residentes das Nações Unidas e a sociedade civil, dentre outras.

Ainda na sequência da sua visita, está prevista uma conferencia de Imprensa aos órgãos da Comunicação social.

Gabinete da Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas, 17 de agosto de 2018

    7 comentários

7 comentários

  1. Martelo da Justiça

    17 de Agosto de 2018 as 18:18

    O que é que este senhor vem cá fazer outra vez??Só nos mandam esse tipo de gente para STP. Espero que desta vez diga alguma coisa no fim da missão. Nós os São-Tomenses merecemos respeito.

    • Púmbú

      17 de Agosto de 2018 as 20:15

      Desta vez ele vai dizer que está tudo a caminhar muito bem. Vai aconcelhar a oposição a aceitar a lei de entrada de estrangeiros ainda que por tempo idefinido.
      A situação está a cheirar kókó!!! Este vai promover a hipocresia em STP . Vem preparar condições para utilização as ilhas como trampolim para acçoes sujas…

  2. rostov

    19 de Agosto de 2018 as 6:58

    Coisa nenhuma vai fazer

  3. Madredeus.igreja

    19 de Agosto de 2018 as 17:20

    A viagem e estadia deste senhor, a são Tomé e Príncipe, ajudava para comprar alguns alimentos para refugiados. Em vez de gastar em coisas nenhuma. Da primeira vez, trouxe uma mãos de coisas e outra cheia de nada. Enfim

  4. JOAO CARLOS

    20 de Agosto de 2018 as 9:16

    Este senhor não serve os interesses das Nações Unidas….

  5. eusebio francisco

    20 de Agosto de 2018 as 11:58

    Este senhor de novo em STP?
    Foi este senhor que veio mediar conflito quando Políciais invadiram assembleia e deputados.
    Prometeu aos jornalistas fazer comunicado final e não fez.
    Em vez disto de forma surpreendente abandona o país e deixa um draft para governo de Patrice Trovoada produzir um comunicado.E foi este lixo de comunicado que toda gente ouviu na TVS.
    Nós santomenses não merecemos isto.

  6. Joao Carlos

    20 de Agosto de 2018 as 15:28

    Este senhor quer legitimar a fraude….

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo