Política

Líder ausente, um festival frio e vaias no comício do ADI em Cantagalo

A longa espera 

À entrada do campo de futebol, num dos cantos, um jovem lava uma motorizada. Outros, sentados, conversam animadamente. Na parte frontal do muro de vedação, cartazes de Patrice Trovoada: «É a hora do povo mandar», «Sempre juntos, sempre prontos.» São cerca de 15 horas. Dentro do campo, bem ao lado do palco, pendente de um camião, destaca-se um poster gigante do líder do ADI, com as pontas derramadas pelo chão. Vendedoras acomodadas em bancos sentam-se diante de frituras, espetadas de búzios, banana assada, grades de sumol, Rosema e Super-Bock. O sol é abrasador. O recinto está vazio.

Pouquíssimas pessoas passeiam-se por ali. Três homens dirigem-se para a saída. Um deles lança um violento ataque aos que ‘’governaram durante 43 anos e nada fizeram.’’ Bem-humorado, um dos companheiros procura serená-lo: «Não te enerves. O teu ADI vai dar-te papas de milho.» Há um carro da polícia nas imediações. Swaílis Dendê também caminha para a saída com um grupo de jovens, vê-se que está preparado para uma longa espera. Vamos ao quiosque em frente, para um concón, enquanto o tempo não passa. Chega Póxi, a famosa palayê, veterana de campanhas eleitorais, trajada a sanguê, um lenço e um boné do ADI, uma bela blusa de bordado inglês.« Un bi fô Pantufo, un sa ku vintxi konto tã, un xká guad’inen bi, p’inen damu djêlu.» Diz que a sua família está a caminho e enquanto vai monologando, fala, com nostalgia, de campanhas anteriores.

«Ah, môlê! Didinha molê, êlê mandá. Axi fa, nga sa mu ni MLSTP ku inen Pósser.»

Numa alusão ao posicionamento dos partidos no boletim eleitoral, uma das senhoras do quiosque vai dizendo, enquanto enxota dois cães, batendo uma mão contra a outra: «Nem 1, nem 2, nem 3, nem 4, nem 5.» Diz uma outra, com um sorriso conformado:« Coisa que gente quer, é água. Gente vai apanhar água na cidade ou em Ribeira Afonso.»

O drone e o festival que nunca aqueceu

São 16H00. No passeio em frente ao quiosque, uma mulher queixa-se de que não lhe deram nem uma camisola. Já à entrada do campo de futebol, ouve-se um jovem : « Meu problema não é com ADI, meu problema é com sô Bacuda.» A quantidade de vendedores multiplicou-se, mas as pessoas vão chegando a conta-gotas. Passa das 16H00. O campo está, ainda, virtualmente vazio, vêem-se pequenos grupos aqui e ali. Ao subir ao palco, Swaílis Dendê bem se esforça, anunciando festa rija, mas a reacção vem das crianças que foram as primeiras a correr para a frente do palco, num clima de recreio.

Os adultos mantêm-se distantes, apáticos, muitos têm os braços cruzados. Uma mulher dança com um pedaço de cartaz de Patrice Trovoada. Os grupos aumentaram, mas não há bandeiras, a maioria dos populares não enverga T-shirts, vê-se um ou outro círculo, ao alto, com o rosto de Patrice Trovoada.  Apetece perguntar para onde foi o mar de T-shirts azuis e bonés amarelos, imagem de marca dos comícios do ADI. Poucas T-shirts com o slogan ‘’Mais Além’’. As que estão à vista proclamam: «Menos política. Mais Paz», «Menos Política. Mais Trabalho». Uma ou outra diz ‘’Líderança unida e credível.’’

O festival arranca com um funaná. O público? Nada. Ouvem-se duas trepidações do equipamento de som e uma solitária vuvuzela, algures. Será assim, ao longo de todo o festival. Salta da aparelhagem uma relíquia do conjunto Mindelo,  ‘’Saia di mikólo tê nguê dê’’. O público? Nada! Nota-se a desolação e o embaraço em alguns rostos. A um dado momento entra, com estridência, um carro de som, misturam-se os sons, há alguns minutos de cacofonia e de confusão.  Sai o camião, no palco alternam-se artistas inutilmente frenéticos e um heróico DJ que vai buscar ‘’Quem é você que não dança’’, de Mister Page.

Alguns jovens gritam, mas a maioria permanece estática. Entra um kuduro – nada! Entra um socopé modernizado– nada! Às tantas, entra um plágio descarado do hino da campanha presidencial de Filinto Costa Alegre, trocando Filinto por Patrice. Swaílis Dendê regressa ao palco, pede dois dedos no ar, o número do ADI no boletim de voto. É o primeiro momento em que se assiste a  algo parecido com um momento de comunhão e de entusiasmo.

«Cantagalo bate ou não bate?» «Adi bate ou não bate?» Agitam-se bonés amarelos no ar. Swaílis pede braços no ar ‘’para os amigos da TVS’’, ali presentes.

Entra a cantora Wilma: canta a água,canta a  luz,canta  as estradas, os hospitais, os medicamentos, apresenta uma lista interminável de realizações. ‘’Onde está a água?’’ ‘’Awa bô’’? –perguntam alguns populares.  Quando termina, o campo responde-lhe com um estrondoso silêncio, não há uma palma.

Um drone sobrevoa e volta a sobrevoar o campo. Vai e parece ter desaparecido, mas minutos depois, regressa, sobrevoando muito baixo, desta vez. Anda ali, às voltas e depois, não volta a aparecer.

O General João Seria fez a sua aparição, a carismática boina, o emblemático colete. Levou ao festival  ‘’Cocôndja sa concôndja, úlua sa úlua ’’ Não mostrou  estar nos seus dias mais fogosos e antes de abandonar o palco, deixou um ambíguo provérbio: ‘’Alya ku omáli sa ni demanda.’’ Uma parte do público saudou-o, o monstro sagrado não foi humilhado pelo silêncio que acolheu quase todas as outras actuações. Não houve, porém, algo próximo de uma vibração. Valeu, mais uma vez, o som da aparelhagem.

«Patrice não está a vir»

São cerca de 17.30 quando começa a circular a informação de que o líder do ADI não virá. Quase ao mesmo tempo, um rumor dá conta de que Patrice Trovoada se encontra ali ao lado, no edifício da Câmara distrital e que decidiu não participar no comício devido à falta de assistência. Mais tarde, será justificada a ausência de Trovoada. Um grupo de crianças rebola sobre as pontas do cartaz gigante montado sobre o camião.

O jovem Orlando da Mata está no palco, faz uma intervenção articulada e emotiva. Enumera os êxitos que o ADI e o governo reivindicam, manifesta orgulho em pertencer ao partido do governo, pede à assistência mais quatro anos para o ADI.

O povo mantém-se apático. Mas, em pouco tempo, regista-se uma mudança. Quase de repente, a moldura humana no campo de futebol altera-se. Há uma multidão que vai até ao fundo do campo.

Separado da multidão, braços cruzados sobre o peito, as pernas entreabertas e, desafiadoramente, fincadas, um jovem murmura: «ADI pode fazer toda coisa. Aqui em Cantagalo, leite deles está no fogo.»

Sobressaem mais  T-shirts azuis,  o amarelo dos bonés, há mais alguns rostos ‘’de Patrice’’.  Estranhamente, a maioria não enverga T-shirts. Já há, porém, motivo para sorrisos de alívio nos rostos dos dirigentes e de destacados militantes, agora à vista. José Diogo ‘’Baluba’’está ali, o secretário-geral, Levy Nazaré, está ali, Jorge Coelho, candidato a presidente da Câmara, está ali, Paulo Bacuda, presidente da Câmara quase cessante, está ali.

O guarda não me deixa entrar para o recinto do palco, pede instruções e só depois abre o portão. Subo ao palco para ter uma melhor visão daquela quase súbita viragem na moldura humana, uma quase metamorfose. Estou quase a escrever no meu bloco que só falta ali a presença de Patrice Trovoada, quando um elemento da equipa portuguesa de apoio, instruído por alguém muito visível nestes eventos, me diz para abandonar o palco.

Ana Varela e os outros dois

Ana Varela sobe ao palco para aquele que terá sido o mais receptivo momento do comício.  Algum nervosismo não a impede de dizer o que tem a dizer. Lança um vibrante e directo apelo às mulheres  e é correspondida com entusiasmo. Fala da energia colocada em localidades remotas, estradas, diz que o governo do ADI tem obra para apresentar. Quando menciona água, faz-se ouvir uma voz bem nítida nas filas da frente: « Nós queremos água! Nós não temos água!» Ana Varela não se desmancha e continua, o processo está em marcha, fala num depósito. Retira-se do palco, sob aplausos.

Um aparente momento de hesitação sobre quem e em que ordem deverá, agora, avançar. Jorge Coelho começa por dispensar apresentações, ‘’porque toda a gente me conhece em Cantagalo.’’ A assistência parece não concordar. Ouvem-se vaias. Destaca a água ‘’a ser uma realidade em Cantagalo’’. Quando pergunta: «Estamos prontos ou não? Estamos prontos ou não?», as vaias já subiram de volume.

O apelo ao voto dos presentes para que seja o próximo presidente da Câmara de Cantagalo consagra o fracasso da sua presença em palco. Entra Paulo Bacuda de T-shirt amarela e as vaias recomeçam. Coelho e Bacuda estão no palco, fazendo a passagem de testemunho. Raposa velha de palanque,  Levy Nazaré terá intuído o risco de um tumulto, se algo não fosse feito rapidamente. Galga os degraus, atravessa o palco quase em passo de sprint. Toma a palavra, não discursa, saúda, grita algumas palavras de ordem, dá vivas ao ADI, no que é correspondido com algum calor e encerra o comício.

Despacho da jornalista São de Deus Lima – em Santana

    39 comentários

39 comentários

  1. Vivalda

    26 de Setembro de 2018 as 20:49

    Adorei o texto pela forma que foi escrito. Fiquei presa a ele com vontade de mais e mais.

    • Plegido

      27 de Setembro de 2018 as 2:52

      Também eu, sou fã número 1 da São. A forma simples, harmoniosa, retratando os dizeres São-Tomense, a nossa forma de ser e estar é próprio de um grande jornalista. É muito profissionalismo num só texto. Parabéns São, teu fã…

  2. Vou Mais alem

    26 de Setembro de 2018 as 22:07

    Na semana de 8 a 13 de outubro os voos com destino a Lisboa vão levar muita gente “Mais Alem”. Um ja bastante conhecido neste trajeto e outros menos conhecidos.
    Nestas viagens para o Alem muitas divisas vão sair do pais

  3. Maria Silva

    26 de Setembro de 2018 as 22:28

    Excelente… a São Deus Lima, extremamente profissional e cativante nas suas escritas ( como sempre ) … da gosto !!

  4. Evaristo Trovoada

    26 de Setembro de 2018 as 22:42

    Para quem não esteve lá em cantagalo pode achar k as pessoas que lá fora e ou estiveram, estão com ADI, nada disso. As pessoas de Cantagalo sobretudo foram para festival. Outras vieram de outros distritos, vieram de Hyace e Camiões, todas elas pagas por ADI. Portanto, povo de São Tomé e Príncipe, fique a vontade, povo de Cantagalo não quer ADI. ADI já era em cantagalo. Ainda por cima o “Pinta Cabra” chamou povo de Cantagalo de bêbado e disse mais “eu vou continuar a ser o mesmo, falhou, comeu. Quem deve comer são vocês”.

  5. Kanimambo

    26 de Setembro de 2018 as 23:42

    Comício do ADI relatado pela São Deus Lima. Justamente a São que quando ouve a falar do ADI ou do Patrice Trovoada, entra logo em paranóia! Estou em crer que o próximo terá direito a uma crônica do Borboleta. Brincadeira tem hora! E é isso que chamam de jornalismo imparcial?

    • Indignado 2

      27 de Setembro de 2018 as 7:03

      Caro Kanimambo, se quer exemplo de “imparcialidade” veja a TVS ou ouça a rádio Nacional.
      Creio que fica mais bem servido ouvindo e vendo apenas o que quer.

    • Tristeza

      27 de Setembro de 2018 as 8:56

      ADI tentou calar a Sao Deus Lima, nunca conseguiu e jamais conseguira.
      Voce deveria saber disso. Uma jornalista de merito internacional, escritora de renome que so nao foi “protegida” pelo PT porque recusou se abaixar a cabeca. Em vez disso contrataram a Tamara Aguas e compainha limita, jornalistas do ADI.

    • Metido a Besta

      27 de Setembro de 2018 as 15:30

      Se Sao limitou a reportar os factos qual o dolo que cometeu, se inventou apresentas tu a contradicao.

      Gantagalo nunca beincou em servicos e se queres esclarecimento que pergunte Sr P Da Costa.

      Ouviu falar de Senhor Frances de Riboque santana?

  6. jójó

    27 de Setembro de 2018 as 7:31

    Imparcialidade estão na TVADI Ex-TVS) e RNADI (EX-RNSTP)

    Estão a brincar com coisas sérias

    RA-RE-RI-RO-RUA ADI

    Voos dos dias 4 e 7 vão cheios

    Fui….

  7. Ditadura jamais!

    27 de Setembro de 2018 as 7:45

    É de forma muito resumida que venho expressar o meu descontentamento e já vou expressar no dia 7 de Outubro.
    Eu de corpo e alma já apoiei este monstro que se diz Lider,de lider ele não tem nada,Patrice Trovoada é um grande mentiroso e pior são os seus lambebotas,lambecus,como Abenildo,Levy,watson,Varela,Elisio,Nilton GARRIDO,Gilmar,Hamilton Nascimento e outros que dizem que o país está bem.Para vocês sim,o país está bem.
    A energia tem piorado de dias para dias não obstante de algumas zonas serem privilegiadas.
    A zonas que estão sem energia já há três dias,como no caso de Oque-Del-Rei,Correia e outras,água em Oque-Del-Rei só corre quase duas vezes por semana,das 4:30 até 5 e tal e já foi,somos obrigados a levantar escuro e na escuridão correndo risco,uma criança foi seguida por dois homens quando ia apanhar agua nessa madrugada,nessa maldita hora imposta pelo tirano e ditador PT E por pouco ia sendo violada,o poder de compra diminui totalmente,estamos mais miseráveis,enfim,não vejo nada demais que esses bandidos de ADI,defendem que estão a fazer.Todos os outros governos anteriores em determinadas localidades sempre colocaram agua e energia e estradas,portanto quando dizem que em 40 anos não fizeram nada,estão a ser grandes mentirosos,vocês foram formados graças a a escolas que sempre existiram,graças a saúde que sempre houve,como hospitais e centros distritais,muitos foram estudar fora,muitos de vocês lambebotas e lambecus foram estudar lá fora no momento de governos anteriores e ainda vocês têm a disfaçatez,a estupidez,o lambebotismo de dizer que em 40 anos nada se fez. Vocês já não enganam a nimguém,pensam que são mais espertos,que estudaram mais que toda a gente,mas não passam de uns mentirosos,retrogados e estúpidos. Se eu tivesse maneira a eleição seria já neste domingo! Vocês do ADI,só enganam os fracos.
    Resumidamente,o país está uma m…….
    Deixo para os lambebotas e lambecus completarem,se é que têm a coragem!

  8. Tristeza

    27 de Setembro de 2018 as 8:42

    Sao Deus Lima é TOP.
    Nao sabes quem sou eu mas tens que saber que eu te adoro.
    Rica escritora, rica jornalista. Parecia o escrito de um livro, mergulhei nesses escritos.
    Tens um talento nato.

  9. Rapaz de reboque

    27 de Setembro de 2018 as 10:12

    Só blef nesses comentários ao fim ao cabo sao todos iguais os que falam mal se estivessem no poder eram iguais aos que la estão e aos que ja pelo poder passaram, uma coisa posso vos garantir ganhe quem ganhar nao vai mudar nada agora prometem tudo e mais alguma coisa, pergunto onde vao aranjar dinheiro para cumprir com as promessas? Onde esta quem queira trabalhar? Se o novo governo seja ele quem for implantar regras e leis para acabar com anárquica que o pais vive quem é que vai aceitar? O pais esta num caos o povo esta indisciplinado, sem regras,sem leis, sem uma policia eficais,sem tribunais competentes, etc etc etc.Espero para ver ganhe quem ganhar para ver se daqui a 4 anos o pais mudou e se o povo colaborou para a mudança do pais espero que sim ,mas muita coisa tem que mudar e o governo que ganhar tem que tomar muitas medidas para mudar o pais o que nao vai ser faci,porque muitos nao aceitam regras e disciplina, vir para ca comentar e lavar roupa suja é facil mas fazer as coisas para o bem de todos é difícil, desejo boa sorte a e ganhe quem o povo achar que é melhor e que o povo colabore no desenvolvimento do pais trabalhando mais, mais civismo, mais higiene, nao espetando que as coisas caiam do céu porque do céu so cai a chuva que nos ajuda a viver maos a obras meus senhor deixem de bla bla bla .

  10. Mandelax

    27 de Setembro de 2018 as 11:28

    O “Realismo Fantastico” de Sao e de “nossa terra” Cantagalo! Valeu..e muito!

  11. António cunha dos santos

    27 de Setembro de 2018 as 13:05

    O Lider e alguns outros Ministros chaves, estão a esconder o dito povo pequeno,havidos do banho prometido. Se prometeram porque o dinheiro é capim, agora têm que dar e não esconder os coitados.

  12. Adeliana Nascimento

    27 de Setembro de 2018 as 13:07

    O Levy tem que explicar sem complicar aonde conseguiu dinheiro para construir em pinheira um hotem de 20 quartos. Por isso é que querem ir mais além? E o povo pequeno como é que vai ficar?

    • CARLOS FREITAS

      28 de Setembro de 2018 as 1:02

      Essa informacao é verifica?

  13. Paulo Jorge dos Reis

    27 de Setembro de 2018 as 13:11

    Eu sou do ADI,mas não gosto de falsidade. Patrice culpou os quadros da Emae pela falha de energia, e que não tomaram medidas em tempo oportuno. Isto é falso e demonstra a incapacidade do nosso lider de enfrentar as coisas como elas são. Ainda mais, chamou-nos incopetentes.Mas ele se esqueceu que em vez de nos disponibilizar dinheiro para manutenção e importação de peças sobressalentes a tempos e hora, ele andava a viajar e a gastar dinheiro que devia ser canalizado para a EMAE a tempo, o que não aconteceu. Por isso eis a situação. CORTES E MAIS CORTES, APAGÃO GERAL.

    • A hora está a chegar!

      27 de Setembro de 2018 as 21:44

      Ok e quando é os dois dos três geradores que o Governo do ADI trouxe como novo com todo aparato vai entrar em funcionamento? Não estão a trabalhar porquê? Então reconhecem que a energia que distribuída foi construída por Governos anterior?

  14. Adeliana Nascimento

    27 de Setembro de 2018 as 13:31

    Agora é que Patrice está a fazer tudo só para ENGANAR O POVO PEQUENO? O sitios pnde ele mandou a EMAE por luz e agua as pressas continuão a ter agua e energia depois? Se EMAE nem tem capacidade de dar luz e agua para todos? Quer dizer as pessoas de São Nicolau e outras que se deu Energia ultima da hora, depois de ganhar aqui nestas localidades, eles já não terão nada nas proximas eleições? é isto?

    Porquê que só agora, quando a festa da democracia já começou? Para caçar votos? Estas populações só precisam destes bens quando há festa?

    Que falta de consideração.

  15. Zani

    27 de Setembro de 2018 as 18:40

    Minha gente parem com ‘fake news’ por favor!
    O que estão a dizer aqui não corresponde nada daquilo que vimos desse comício eleitoral captadas pelas câmeras atentas da TVS! Por sinal a mesma TVS que filmas os manifestos eleitorais da Troyka e do Mlstp e sem censuras!

    Se porventura houve vaias e insatisfações como afirma a nobre e competente jornalista São de Deus Lima, é porque o povo estava ansioso e sedentos por ver e ouvir o primeiro ministro da primeira legislatura de 4 anos completos de um governo em São Tomé e Principe. O povo pequeno não é ignorante e insensato de achar que se consegue fazer milagres em 4 anos! Por isso irão renovar mais 4 anos de governo a este ADI!

    • Toussaint L'Ouverture

      27 de Setembro de 2018 as 20:58

      Amigo ou amiga Zani, vá dar banho ao cão! E já vai tarde.

      • Zani

        28 de Setembro de 2018 as 11:45

        Kkkkkk
        Outro frustrado na vida que me faz rir!

      • Seabra

        28 de Setembro de 2018 as 15:42

        Toussaint l’Ouverture, estou consigo e nao abro.
        A minha cadela (falecida), chamava-se ZANI. Afinal, trata-se de fêmea ou de macho?
        Talvez trata-se do “genre” ( corta com os dois lados, talvez… ou apenas para o lado PT), que nao assume, e dai a terrivel frustraçao e ôdio para os demais!!!!
        ….é triste quando se vive com o ÔDIO dentro de si, é DEVASTADOR.
        O individuo està mesmo PERDIDO!

        • Zani

          29 de Setembro de 2018 as 17:23

          Nosso famoso Seabrinha!
          Acostumado a ofensas e infamias contra as pessoas que lhe opõe e quando ameaçado coloca o rabinho entre as pernas!
          Vc não sabe o que é debate sério e honesto!
          Deves ter tirado graduação, mestrado e doutorado em ofensas e injúrias e acusações falsas! És um fraco!
          Gabas de estares em viagens entre NY e Paris mas não passas de um boa vida que nao gosta de trabalhar! Preguiçoso! Pessoas assim como Seabrinha não deviam nunca voltar a São Tomé!

    • Mandelax

      28 de Setembro de 2018 as 0:16

      Os milagres se fazem em 1 día. No sao precisos nem 4 nem 8 anos.

      • Zani

        28 de Setembro de 2018 as 11:47

        Pra sua informação!
        Milagres quem faz é Deus!
        O homem tenta! Fazer milagres não é uma incumbência humana! É Divina!

  16. A hora está a chegar!

    27 de Setembro de 2018 as 21:39

    Está bem claro que a adesão de sobretudo jovens e outros curiosos aos comícios do ADI é devido os sorteios de motorizadas que aconteceram um pouco por todo o país e por causa dos diversos cantores estrangeiros que marcam presença numa clara demonstração do poder económico.
    Logo subscrevo seguramente, que tal como aconteceu nas eleições de 2014, em que o eleitorado agiu sorrateiramente contra MLSTP, PCD e o MDFM, CHEGOU A HORA do ADI, quem tiver dúvidas vá ao centro da Capital Santomense e circulam entre os feirantes, etc. É de facto visível chumbo e o Chefe PT sabe disso, por isso devido a aflição e o sentimento de derrota está e vai apostar tudo porque estando de malas prontas em caso de derrota, então não tem nada a perder para o azar dos seus lambe botas que por aqui ficarão.

  17. WXYZ

    28 de Setembro de 2018 as 5:50

    O sujeito, talvez, tenha se sentido intimidado. Tendo a jornalista, após esses quatro anos todos e só agora enchido de coragem para entrevista lo o seu interior ficou abalado. Pois até aos ultimos instantes da tomada dessa decisão o mesmo estava em crer que se tratava apenas de rumores.
    – Epa! O que é que essa São quer aqui?
    – Durante todo o meu mandato convidei a centenas de vezes para me abordar ela enchia se de paleio e arrogância e não aparecia.
    – Agora toma.
    – Eu é que não vou dar ela esse prazer agora.

    • Semba

      28 de Setembro de 2018 as 10:46

      WXYZ, a jornalista não precisa de coragem para enfrentar o aventureiro PT. Ele é que deve precisar de coragem para enfrentar a jornalista. Patrice não foi ao comício em Santana, faltou respeito ao povo de Cantagalo e devia levar uma lição. Vamos esperar para ver.

  18. Ademilsa Neto

    28 de Setembro de 2018 as 8:22

    ZANI TU ES BURRO E FRUSTRADO.
    Você viu so quanta gente vota contra Zani?
    Sao-tomense te detesta, porque és lambe-bota do Patrice.
    Zani, você nao tem vida.

    • Zani

      28 de Setembro de 2018 as 12:04

      Kkkkkkk

      Sabes e falaste bem! Sei sim quanta gente vota contra Zani!
      Mas Zani não fica indiferente diante as calunias e injurias lá porque hoje quem governa e bem São Tomé diante de parcos recursos que o país dispõe e depende do exrerior!
      Zani sabe dos maus governos passados e das roubalheiras que conduziram o país e o povo pequeno estar na situação que está!
      Zani sabe separar esforço de um governo que trabalha pra alavancar a economia do país e militância partidária de cujo a maioria aqui faz parte!
      Por último, é óbvio que a maioria aqui que é contra mim são MLSTP, PCD, UDD, MDFM, PTS. Ou seja partidos que se gahnarem as eleições vamos regressar aos tempos antigos da corrupção, desvios de recursos e de condutas, favorecimentos pessoais, nepotismos, tudo que um país sério e maduro não precisa!
      Depois quem vai pagar a conta dessa fatura? O povo pequeno como sempre!

      • Seabra

        28 de Setembro de 2018 as 21:54

        Saia deste corpo com este nome RIDÍCULO de Zani, Afonso Varela. Não sejas ingrato com o partido MLSTP, que lhe permitiu ser hoje o que é…se hoje você é licenciado em direito foi graças ao partido MLSTP, cujo militante fundamentalista (com o seu camba Gabriel Costa ), era o Varela. Já esqueceu, homem “bushman” Afonso da Graça Varela.
        Juizinho, kambuta Varela.

        • Zani

          29 de Setembro de 2018 as 17:29

          Seabinha! Seabrinha! Tem algo que te espera no dia 07!
          Grava isso! Fraco!
          És tão fraco que fugiste da terrinha e andas viajando entre paris e NY, não é mesmo?
          Sê corajoso! Apareces por cá!

  19. Padrasto

    28 de Setembro de 2018 as 8:46

    Zani, gosto de te ver a sonhar, ainda melhor quanto está ébrio. sonhe filho.

    • Zani

      28 de Setembro de 2018 as 12:09

      Grato!
      Quem sonha num São Tomé e Principe mais forte é melhor do que quem irá ter pesadelos de não conseguir ganhar as eleições e voltar pra mamata como estavam acostumados!

  20. Comboios na Linha

    28 de Setembro de 2018 as 10:42

    Se nao existe camisa ou chapeu para a toda a gente ainda bem…,na fabrica aonde mandam fazer os mesmos chapeus nao sai por free necessario ADI E MLSTP pagarem,e a deficuldade que Sao Tome and Principe apresenta desde infraestreturas e outras coisas mais…o numero de pessoas que precisam de chapeu esse dinheiro da para comprar arroz,pao,lei,fazer outras coisas mais para a MAE Natureza que esta assim a precisar com urgencia.

    A psicologia desse dia 7 de outubro o Povo deve analizar e ver o que esta a ser feito pelo ADI, mais no entanto nunca se esquecam que eles trabalham juntos da mesma no parlamento o MLSTP e ADI trabalham sempre juntos, e muitas pessoas dentro da populacao de Sao Tome and Principe nao sabem dessa (disso).

    Vejamos, a Psicologia de MLSTP ‘e a mesma psicologia de ADI, MLSTP usa a palavra vou construir mais estradas, construir mais estradas e infraestreturar mais, esta ganho pelo ADI o contracto que assim os mesmos dizem, apenas vai existir uma continuacao se MLSTP assim ganhar.
    MLSTP o partido informa que vai abaixar os precos de hospital, eu pessoalmente informo se assim acontecer MLSTP vais desequilibrar a economia dentro de Sao Tome and Principe vao deixar o Pais mais para la para o fundo e em RUINAS.
    Existe ramos que um politico deve perceber ADMINISTRACAO E COMERCIO, existe curso existe em Portugal perceber PIB e outras coisas mais,
    (casa pia de lisboa em portugal) tem esse curso, ajuda a perceber a economia e depois aplicar, e a economia de Sao Tome and Principe neste sentido impossivel usar o que foi dito pelo MLSTP necessario sim continuar neste ritmo acelerado e controlado pelo MFI (International Monetary Fund) e tambem nao esquecer de aplicar o IVA.

    As infraestreturas necessarias serem feitas como por exemplo porto de agua profundas,ou porto de pesca,para assim haver oportunidade de trabalho e oportunidade de comercio interno e externo para as pessoas internas dentro de Sao Tome and Principe.

    Ser Politico ‘e exercer uma profissao, se o mesmo nao for profissional e intelegente sera despedido (fired)

    E para dar a continuidade daquilo previsto e dito pelo ADI INSFRAESTRETURAS acordadas e assinadas que estao prevista para assim acontecer e outras coisas mais… para sabermos se a historia ‘e verdade necessario dar o ADI a oportunidade de monstrar isso.

    E parece a mim que eles estao a ir muito bem e em bom caminho.

    Vejamos se o ADI nao ganhar o mesmo Tem o seu vencimento da mesma ao final do mes.
    Vejamos se o MLSTP nao ganhar o mesmo Tem o seu vencimento da mesma ao final do mes.

    E chegando o dia das Ferias Todos eles vao a outra Europa passear.

    No meu ponto de vista e pelas estatisticas que assim tenho e nao so apenas, o ADI esta a fazer o bom trabalho, e a visao internacional tambem esta a seguir a situacao.

    comboios na Linha
    Lincoln, Reino Unido

  21. Comboios na Linha

    28 de Setembro de 2018 as 10:47

    Se nao existe camisa ou chapeu para a toda a gente ainda bem…,na fabrica aonde mandam fazer os mesmos chapeus nao sai por free necessario ADI E MLSTP pagarem,e a deficuldade que Sao Tome and Principe apresenta desde infraestreturas e outras coisas mais…o numero de pessoas que precisam de chapeu esse dinheiro da para comprar arroz,pao,lei,fazer outras coisas mais para a MAE Natureza que esta assim a precisar com urgencia.

    A psicologia desse dia 7 de outubro do ano 2018 o Povo deve analizar e ver o que esta a ser feito pelo ADI, mais no entanto nunca se esquecam que eles trabalham juntos da mesma no parlamento o MLSTP e ADI trabalham sempre juntos, e muitas pessoas dentro da populacao de Sao Tome and Principe nao sabem dessa (disso).

    Vejamos, a Psicologia de MLSTP ‘e a mesma psicologia de ADI, MLSTP usa a palavra vou construir mais estradas, construir mais estradas e infraestreturar mais, esta ganho pelo ADI o contracto que assim os mesmos dizem, apenas vai existir uma continuacao se MLSTP assim ganhar.
    MLSTP o partido informa que vai abaixar os precos de hospital, eu pessoalmente informo se assim acontecer MLSTP vais desequilibrar a economia dentro de Sao Tome and Principe vao deixar o Pais mais para la para o fundo e em RUINAS.
    Existe ramos que um politico deve perceber ADMINISTRACAO E COMERCIO, existe curso existe em Portugal perceber PIB e outras coisas mais,
    (casa pia de lisboa em portugal) tem esse curso, ajuda a perceber a economia e depois aplicar, e a economia de Sao Tome and Principe neste sentido impossivel usar o que foi dito pelo MLSTP necessario sim continuar neste ritmo acelerado e controlado pelo MFI (International Monetary Fund) e tambem nao esquecer de aplicar o IVA.

    As infraestreturas necessarias serem feitas como por exemplo porto de agua profundas,ou porto de pesca,para assim haver oportunidade de trabalho e oportunidade de comercio interno e externo para as pessoas internas dentro de Sao Tome and Principe.

    Ser Politico ‘e exercer uma profissao, se o mesmo nao for profissional e intelegente sera despedido (fired)

    E para dar a continuidade daquilo previsto e dito pelo ADI INSFRAESTRETURAS acordadas e assinadas que estao prevista para assim acontecer e outras coisas mais… para sabermos se a historia ‘e verdade necessario dar o ADI a oportunidade de monstrar isso.

    E parece a mim que eles estao a ir muito bem e em bom caminho.

    Vejamos se o ADI nao ganhar o mesmo Tem o seu vencimento da mesma ao final do mes.
    Vejamos se o MLSTP nao ganhar o mesmo Tem o seu vencimento da mesma ao final do mes.

    E chegando o dia das Ferias Todos eles vao a outra Europa passear.

    No meu ponto de vista e pelas estatisticas que assim tenho e nao so apenas, o ADI esta a fazer o bom trabalho, e a visao internacional tambem esta a seguir a situacao.

    comboios na Linha
    Lincoln, Reino Unido

    • Rapaz de reboque

      28 de Setembro de 2018 as 11:33

      Es mesmo um jumento

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo