Política

STP e Angola redinamizam as relações bilaterais

Desde de que foi investido como Presidente de Angola em Setembro do ano 2017, João Lourenço, recebeu pela primeira vez no Palácio Presidencial de Angola, um Primeiro Ministro e Chefe de Governo de São Tomé e Príncipe.

Jorge Bom Jesus, é o primeiro visitante são-tomense que recebeu honras militares, e na companhia de João Lourenço caminhou sobre o tapete vermelho do palácio Presidencial de Angola.

Os dois países abrem uma nova etapa nas relações. Quando Jorge Bom Jesus foi nomeado Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe em finais de Novembro de 2018, João Lourenço Presidente e Chefe do Governo de Angola, havia definido a nova etapa como sendo de redinamização das relações bilaterais.

Jorge Bom Jesus está desde o último domingo em Angola, respondendo a um convite do Presidente de Angola. «Há vários domínios, diplomático, militar, económico em que podemos conversar e estreitar relações e interesses. Não queremos continuar com esta relação de sentido único, de quem vai pedir. São Tomé e Príncipe tem que ver para as suas potencialidades e estar em condições e com oportunidades a oferecer», afirmou Jorge Bom Jesus, antes de deixar São Tomé.

transporte aéreo e turismo, são segundo o Primeiro Ministro de São Tomé e Príncipe, áreas que interessam os dois países. São Tomé e Príncipe, isentou visto de entrada para os cidadãos angolanos no território nacional. São Tomé e Príncipe pretende atrair turistas angolanos. A afluência de turistas angolanos em São Tomé cresceu depois de 2011, mas baixou nos últimos anos.

A comunidade são-tomense em Angola é antiga, e merece atenção especial de Jorge Bom Jesus. «Nós queremos que os são-tomenses se sintam bem nas terras angolanas», frisou.

Da mesma forma o Chefe do Governo são-tomense defendeu que o investimento angolano em São Tomé e Príncipe, deve ser acarinhado.

Elsa Pinto Ministra dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades, e Osvaldo Vaz Ministro das Finanças e Economia Azul, estão na delegação Governamental, que visita Angola.

Abel Veiga

    9 comentários

9 comentários

  1. MIGBAI

    26 de Fevereiro de 2019 as 2:50

    Claro que quando se fala em redinamizar estamos a falar em estendermos as mãos a ver se cai mais uns milhões.
    PEDINTES profissionais é o que somos na realidade.
    PEDIR E PEDIR é no que nos tornámos muito bons internacionalmente agora construir e trabalhar isso é bom para branco.
    O branco que trabalhe enquanto descansamos um pouco mais.

  2. Renato Cardodo

    26 de Fevereiro de 2019 as 7:21

    Esta aproximação à República de Angola quando devidamente enquadrado pode trazer ganhos importantes.
    Havendo escolha em matéria de cooperação sólida e inovadora e se estivesse no ramo político sugeria ancoragem de São Tomé e Príncipe com Angola.
    É controversa a sugestão talvez para os que andam fixados nas teses velhas e caducas.

  3. Grupo Me-Zedo

    26 de Fevereiro de 2019 as 9:00

    Angola e S.Tomé Principe sao paises parceiros, amigos e irmaos, dai que esse fútil comentário de um tal MIGBAI nao passa se uma manifestante daquelas do tipo de dor de cotovelo, ou ainda, um pensamento vazia desprovidos do real conceito de cooperação-amizade-irmandade. Claro, pode-se compreender que o senhor Migbai nunca poderia esperar por tao calorosa recepçao e honra reservada ao primeiro ministro de S.Tomé e ePrincipe Jorge Bom Jesus, quando nos ultimos tempos se relegou q cooperaçao com Angola a um plano de quase insignificância.
    Mas de dor de cotovelo a dor de cotovelo, la vai o Jorge Bom Jesus somando pontos quer no plano interno como no plano externo, quer nas bilaterais como nas multilaterais.
    Todavia, nao poderia de chamar a atençáo do PM Jorge Bom Jesus para exigir mais dinamismo por parte de alguns membros do seu governo, porque este nao é apenas umm governo do MLSTP e da Coligação MDFM/PCD/UDD, mas sim um governo de todos nós, todos os santomenses. Alias creio que os militantes do ADI que têm de facto STP no coração já se reveem hoje nesta governação da Nova Maioria. Portanto todos nós estamos de parabéns e viva o nosso S.Tomé e Principe.

    • MIGBAI

      26 de Fevereiro de 2019 as 10:52

      “Grupo Me-Zedo”
      Toma juízo no que dizes.
      Eu estou-me borrifando para o JBJ e seu governo assim como me estou borrifando para o exPM pt.
      STP é amigo de todos os países do mundo desde que nos dêem dinheiro.
      E não importa quem está no governo, porque a necessidade de pedir a outros países dinheiro é de todos os governos. Entendes a nossa necessidade de pedir?
      NÃO temos receitas suficientes para nos suportarmos nem no essencial que é o salário dos funcionários.
      Tu deves ser um dos muitos que podendo não querem ver a realidade das ilhas.
      Não somos viáveis como país.
      Não nos conseguimos manter sem a constante mendicidade de dinheiro dos outros países.
      Mas o que é preciso mostrar mais aos Santomenses para um dia ficarmos a saber que passámos de pedintes a maltrapilhas e sem abrigo.
      Deixa que os chineses tratam de nos tirar a terra que hoje pisas.
      Chega de pedinchice.
      Eu estou farto de depender de outros e ao mesmo tempo não vejo nada de bom nestas ilhas desde a independência.
      Estou farto disto tudo.
      CHEGA!!!!

      • Ralph

        1 de Março de 2019 as 1:04

        Concordo que é uma situação triste sem uma saída nem fácil nem óbvio. Vejo a mesma coisa a acontecer na minha região da Oceánia, onde há vários países a esforçarem-se para se extrairem de buracos económicos a partir dos quais será quase impossível de ser extraido. Aqueles países são pedintes também com perpetivas péssimas de um futuro sustentável. Como o MIGBAI diz frequentemente, as respostas à pergunta jazem no passado e não podem ser implementadas na atualidade.

  4. antonio lemos

    26 de Fevereiro de 2019 as 10:35

    O Senhor MIGBAI, Está desnorteado. É desses que tem culpa no cartório. O senhor precisa de aterrar devidamente o solo Santomense, se de fato essa TERRA é também e ama-a com um bom filho da TERRA. O atual Primeiro Ministro, o Senhor Bom Jesus, é SANTOMENSE, e o mesmo não tem onde ir. irá ficar aqui, comendo todo o pão que o diabo vier amassar. ele não irá fugir nunca deste País. ACREDITO! Portanto, o Senhor MIGBAI, deve ficar no seu cantinho e calado.

    • STP Terra linda e gente boa

      19 de Maio de 2019 as 11:20

      Oh Migbai, será que você é o mesmo Salvini da Itália para os europeus? Assim é um quebra cabeças que os europeus têm. Não fique Migbai Salvini. Kkkkkkkkkk

  5. OLIVIO ALMEIDA

    26 de Fevereiro de 2019 as 14:50

    Angola e stome e principe sempre teve boas ralaçoes bilaterais, a viagem do governo a republica de Angola e estar cada vez mais amigo nao podemos dizer que o governo foi pedir dinheiro, caros amigos

  6. Vanplega

    26 de Fevereiro de 2019 as 14:50

    Nós temos muita potencialidade e muito a oferecer é verdade.

    1- O povo tem que trabalhar mais. O estado têm que reaver as terras que foram distribuídas que lá não fizeram nada ou fizeram, cortaram todas as árvores que existia.

    2- Falar do turismo é muito bom e, os lixos que estão na cidade
    É nossa paisagem para os turistas verem

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo