Política

STP chefia missão de observação da UA às eleições legislativas na Guiné-Bissau

O Presidente da União Africana, Adbel Fattah el – Sisi convidou Joaquim Rafael Branco, embaixador de carreira e ex-Primeiro-Ministro de São Tomé e Príncipe, a chefiar a missão que integra mais de 40 elementos.

Na carta convite, o novo Presidente da União Africana, o egício Adbel Fattah el – Sisi, que em Fevereiro último substituiu o Ruandês Paul Kagame, como Presidente da União Africana, destacou « a experiência e o engajamento de Rafael Branco em prol da democracia». .

Segundo o Convite Rafael Branco é instruído a encontrar-se com os membros do Governo, da Comissão Eleitoral, os partidos políticos, actores da sociedade civil da Guiné Bissau e outros grupos de observadores.

Rafael Branco iniciou a sua carreira diplomática no Ministério dos Negócios Estrangeiros, como embaixador de São Tomé e Príncipe, nas Nações Unidas em Nova York, nos Estados Unidos da América, no Canada e no Brasil.

Durante a sua missão nas Nações Unidas foi eleito Vice-presidente da Assembleia Geral e membro da Comissão dos Direitos Humanos com sede em Genebra.

Em 1996 com a criação da CPLP foi eleito Secretário Executivo Adjunto da Organização tendo interrompido o segundo mandato para exercer a convite do então Presidente Miguel, Trovoada, a função de Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação no Governo chefiado por Guilherme Posser da Costa.

Em 2008 enquanto Presidente do partido MLSTP, foi nomeado Primeiro-ministro e Chefe do Governo num mandato que terminou em 2010, após a realização das eleições legislativas.

Téla Nón

    14 comentários

14 comentários

  1. Vanplega

    2 de Março de 2019 as 12:06

    Como observador, pode ser que dê resultado.

    Como político e 1 Ministro, não deu resultado nenhum aos Santomenses

    Ou deu

    Só para seu bolso e para os amigos. Mais viveu esses anos todos da política

    Qual é o resultado? Zero zero

  2. Renato Cardodo

    2 de Março de 2019 as 15:30

    Para quem desconhece a economia doméstica noticia é infinitamente boa.

  3. Revoltado

    2 de Março de 2019 as 17:29

    Diga-se o que se quiser sobre ele, mas na última década nenhum outro governo fez mais ou melhor que ele. Ao Sesar o que é do Sesar!

    • Vanplega

      4 de Março de 2019 as 15:59

      Mais fez o quê?

      Deixou alguma obra feita? Requalificou
      alguma estrutura já existe, fez alguma ponte?

      Contribui para criar miséria que assistimos neste terra

      Enganou-nos, ao dizer que em 2007 os Santomenses, iam colher ou ter uma vida melhor. Isto foi dito por ele em 2001

      Ajudou pai e filho, subirem ao poder a fazer Campanhã contra quem lhe deu maos esses anos todos

      Uma boa investigação e justiça que funciona-se sabiamos a verdade

      • Olivio Assuncao

        4 de Março de 2019 as 23:01

        Senhor!
        Peço-lhe que liste os feitos do senhor Patrice Trovoada.
        Posso listar algos:
        30 milhões de dólares-paradeiro incerto
        17 milhões de dólares-no segredo dos Deuses.
        O azar da sua sombra foi a crise energética que antecedeu as eleições.
        Deixe de viver na sombra do PT. O sr já não tem o pão, por isso chora de inveja.
        Procure ter o seu próprio sucesso. Invejoso. Liste os seus sucessos e apreenda a ter orgulho daquilo que é nosso.
        So em STP, pessoas como o senhor não sabem dar valor aos outros por cegueira e inveja. Deixe de viver na sombra do PT. Chore por favor, chore até que as suas lágrimas sejam de sangue! Coitado, coitado, coitado. Foi lá. És mesmo um vanplega, és derribado só com um sopro. Peça ao PT para continuar dando-te migalhas que da sua mesa. Esfomeado, lambenbotas. Nogento.
        Fui

      • Alicia Medeiros

        5 de Março de 2019 as 14:12

        Sacana do raio ! Vanplega! Tens dificuldades mentais e de identidade. Porque te escudes? O que fizestes tu mesmo? Escondes através desta máscara por seres um ser inútil na sociedade. Sem expressão que vive de ódio e raiva! Vai-te matar! Enforcar, suucidar porque nunca, mas nunca, nem nesta vida, nem na próxima reencarnação poderás pensar por ti próprio ou ser inteligente. Tens distúrbios mentais e físicos, burro de forma física e intelectual. Podes odeia-lio de todas as formas que quiseres mas uma coisa é certa jamais chegarás ao nível dele. Mesmo que cantes aos quatro ventos ao universo que ele e o pior de todos, tu meu cara continuarás tão pequeninito, inseguineficante , idiotia, lambendo o c do Pt, que mesmo ele o PT se envergonhara de ti. Chora meu querido vanplega! Que o PT vai de tar um pouco dos 30 M ou dos 17 M.
        Morre meu cara, o PT fará o teu funeral!

  4. Francisco Ponte

    3 de Março de 2019 as 11:04

    Em nome de S. Tomé… que venha por bem… quem vier por bem.

  5. Amar o o que é nosso

    3 de Março de 2019 as 11:50

    Bandidinho!!!

    • Guiomar Alegre

      5 de Março de 2019 as 16:48

      Elidio Teixeira!
      Sei que és tu!!!
      O Vanplega também és tu!!!
      Olha, nem mais nem menos!
      Por acaso deixaste perder algo?
      Eu apanhei!

  6. Joaquim Rafel Branco

    3 de Março de 2019 as 14:08

    Por norma não participo nos “debates” nas redes sociais. Consomem muito tempo e tempo é um bom preciso que consagro ao trabalho profissional, as aulas que lecciono com muito gosto e dedicação na Universidade Lusiadas e em leituras de superação profissional e pessoal.
    No entanto não posso ficar indeferente a comentários como os do senhor que assinou com nome Vanplega no comentário a minha indicação pelo Presidente da Comissão Africana para dirigir a Missão de Observação da União às eleições legislativas na Guiné-Bissau.
    O momento é revelador. Não escondo que se trata de uma indicação que aceitei com humildade mas com bastante orgulho. Por mim certamente mas para a nossa democracia.
    Por isso deixo aqui qs seguintes considerações:
    1-Não sou um homem perfeito, nem um dirigente exemplar em alguns aspectos. Ao longo da minha vida, da minha carreira politica e profissional cometi vários erros. Mas sou também uma pessoa que se auto-avalia e se actualiza em permanência procurando ser cada dia uma melhor pessoa do que fui no dia anterior.
    2. Considear que a minha contribuição para o processo de desenvolvimento de São Tomé e Principe foi Zero, é inaceitável, falso, ou revela ignorância de factos entre outros.
    3. Como Embaixador e diplomata, como responsável Governamental e Primeiro Ministro, repito, cometi erros. Mas tenho realizações. Não me comparo com qualquer outro.Mas sou uma pessoa empenhada, dedicada ao trabalho e persitente na busca do cumprimento de objectivos. Os factos falam por si.
    4- Quem se der ao trabalho de analisar o meu desempenho nas Nações Unidas e nos países em que estive acreditado, apesar da falta de reursos, verá por exemplo que de 1984 a 1991, a imagem de São Tomé e Principe mudou completamente. De país proscrito e marginalizado passamos a ser uma voz escutada e consultada sobre os grandes temas da agenda mundial, sobretudo os problemas africanos. O mérito principal é das autoridades nacionais, sobretudos os dois primeiros presidentes, mas tem na execução um conheço pessoal e profissional que afirmo categoricamente.Quem quiser investigar posso dar pistas.
    5-Como Primeiro-Ministro e Chefe de Governo de 2008 a 2010, menos de dois anos, de governação eu e a minha equipa temos trabalho feito. Mas devo começar por reconhecer o que não correu bem. A compra do Barco Principe revelou erros de avaliação, assim como o processo de importações do Brasil. Devíamos ter feito melhor.
    Paaso a fornecer uma lista de realizações que nos orgulham:
    a) Acordo de parceria monetária com Portugal que estabilizou a nossa moeda nacional dobra ancorando-a ao Euro acompanhado de uma linha de crédito de 50 milhões de Euros.
    b) Negociação e assinatura do acordo que permitiu São Tomé estar ligado ao cabo submarino. Graças a este acordo hoje temos um serviço de internet superior a muitos países da sub-região. O Acordo implicou sérias e duras negociações com a CST e o Banco Mundial. Valor estimado cerca de 30 milhões de dólares.
    c) Negociação e assinatura para a construção de uma Central eléctrica em Santo Amaro que pos fim a anos de crise de abastecimento em energia que infelizmente voltou ao nosso dia a dia 8 anos depois.
    Destaco aqui a colaboração institucional com o Presidente Fradique de Menezes.
    d) Privatização da empresa Emolve, que estava em falência total não pagando sequer salários. Hoje a Empresa Agripalma tem uma nova plantação e está em construção uma fábrica de fabrico de óleo que vai permitir a instalação de outras unidades de transformação como fabricas de sabão. Segundo dados que obtive há tempos, foram criados mais de 900 postos de trabalho. O estado mantém uma participação no capital da Agriplama. estudos indicam que o valor das exportações vai ultrapassar o valor de exportação do cacau.
    e) Privatização de parte do capital da Enco que rendeu aos cofres de Estado cerca de 25 milhoes de dólares e o perdão da dívida em cerca de 10 milhões de dólares.
    f) Negociação de apoio orçamental com Angola e Nigéria oddecendo aos critérios dos nossos parceiros de Bretton Woods num valor total de 16 milhões de dólares.
    g) Construção do Liceu Manuela Margarido no Distrito de Mézochi, não me lembro do valor da obra neste momento.
    h) Lançamento do Concurso e inicio da construção da Estrada que liga a capital a Angolares. Valor inicial mais de 25 milhões se naão estou em erro. Infelizmente foram feitas adendas ao contrato que levaram o valor da obra a montante bastante superiores.
    i) Negociação com o Brasil para a construção de uma nova escola de formação profissional na Quinta de Santo António, resultado da visita oficial ao Brasil e de um pedido especial feito ao então Presidente LUla da Silva.
    j) Prioridade absoluta na alocação de recursos para o combate ao Paludismo, ideia do Minsitro Carlos Tiny, creio um montante mínimo de 1 milhão de dólares como príncipio.
    l) uma série de medidas legislativas para promover a transparência, a prestação de contas no capitulo da gestão financeiro do Estado que foram o cavalo de batalha da Ministra de Finanças, Angela Viegas.
    Fico por aqui. Haverá outra cosisas que não mencionaei e muita outras positivas de que não vale a penar falar aqui e agora. O Meu objectivo é levar a pessoa que se esconde sob o perfil Vanplega a refazer as suas contas. A soma não será certamente Zero. Tinhamos a obrigação de fazer mais e melhor? Sim. Por isso perdi as eleições.
    Em relação a beneficios pessoais digo apenas isso. Encontrem uma pessoa idónea ou entidade e darei o número das minhas contas pessoas e da minha esposa para verificação. Aqui e em Portugal. Em mais lugar algum.
    Quantos aos bens que me atribuem posso fornecer uma lista com localização, origem das fontes de finaciamento (crédito bancário documentado e sobretudo quando foram adquiridos.
    Esta a arma mais usada contra mim por aqueles, camaradas e não camaradas, para minimizar asminhas humildes contribuições e dedicação ao trabalho em prol o meu país. Por mim ponto final.

    • Amar o o que é nosso

      5 de Março de 2019 as 12:15

      Tem noção do que o povo sofre? E de como por causa da vossa maneira de governar durante estes anos todos, o povo outrora humilde está se tornando cada vez mais ignorante, arrogante e violento? Mão na consciência por favor… Faça muito melhor daqui para frente.

  7. Renato Cardodo

    5 de Março de 2019 as 5:26

    Esta falta de modéstia do visualizador das eleições atesta aquilo que representa:oprtunista declarado e atento ao seu ego narcisista no melhor plano.
    Auto elogia—se sem despudor.

  8. Mateus Salvador

    5 de Março de 2019 as 17:49

    Dr. Rafael Branco inumerou muitas coisas feitas para um mandato de quase dois anos. Nós não sabemos dar valor e reconhecer o que cada um dos nossos politicos faz. Fez escola, arranjou financiamento e executou a obra para construção da central, coisa que um governo de 4 anos não fez e para mim das mais importantes o acordo de parceria monetária. Agora vamos comparar o que os governos que ficaram num prazo de dois anos fizeram, sem falar quem ficou 4 anos. Sejamos humildes e conscientes.

  9. Daniel Seguro

    6 de Março de 2019 as 15:33

    Não foi o governo de São Tomé e Príncipe que nomeou o Rafael Branco, para pessoas estupidas descontentes, façam o favor de telefonar ou e-mail a união africana e indicarem o outro candidato, Peço a Sra Elisabete Carvalho a toda poderosa da sociedade civil que:
    Indique o seu candidato
    Telefone a união africana e diga que Rafael não pode chefiar a missão
    Que ela própria chefie a missão
    Que mande o ex marido chefiar a missão
    Que nomeie qualquer outra pessoa para o fazer.
    És uma descontente, mal humorada, armada em boa,
    Toda gente que te conhece e que alguma vez tiveram respeito por ti , acabaram por chegarem a conclusão que és uma besta e que és depressiva, bipolar,
    Fico à espera que a UA te ouça e que poderás impedir o processo.
    Bem haja

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo