Política

MLSTP está preocupado com o conteúdo do artigo de Arlindo Gomes

O artigo que Arlindo Gomes, publicou no jornal Téla Nón, na qualidade de cidadão preocupado com a crise da Covid-19 em São Tomé e Príncipe, está a gerar preocupação, protestos, e condenação por parte dos partidos políticos que governam o país.

Depois da coligação, PCD-MDFM-UDD que sustenta o governo ter reagido ao artigo, hoje é a vez do maior partido na governação, o MLSTP. O partido liderado por Jorge Bom Jesus, enviou um comunicado a redacção do Téla Nón, onde para além de manifestar estupefacção e preocupação pelo conteúdo do artigo de Arlindo Gomes, desafia o Presidente da República Evaristo Carvalho a esclarecer o teor do artigo.

Note-se para além de ser cidadão santomense, Arlindo Gomes é o chefe da casa civil do Presidente da República. O leitor deve consultar o comunicado do MLSTP, enviado em formato PDF.

Clique : Comunicado MLSTP (1)

Abel Veiga

    20 comentários

20 comentários

  1. Atrevidos

    29 de Maio de 2020 as 15:05

    MLSTP quer obrigar Presidente da República a dar satisfação sobre as declarações do Dr. Arlindo??? Vocês tem muita falta de respeito pah. Eu lugar de PR mandava vcs ja pra casa. Muita confiança. Melhor ficarem quietos em vez de andar a provocar Sr. PR pk ele está calmo mas tudo tem um limite. É melhor lembrar que ele tem bomba atómica. Cuidado só

  2. Ester Monte Verde

    29 de Maio de 2020 as 15:06

    Toda essa reclamação do MLSTP não tem razão de ser…No passado, voces fisseram as mesmas coisas estando na oposição e foi assim que conseguiram o poder…Vocês não são os donos da verdade e desse pais para pensar que os outros é que não servem. A vida politica é mesmo assim, por isso existem Partidos politicos, uns na governação e outros na oposição jogando para ganhar o poder também.
    Trabalhem, deixem de ser incompetentes e de desviar ajudas destinadas aos problemas relacionados com a COVID- 19. Os São-tomenses vão ganhar com isso.

  3. Povos das Ilhas

    29 de Maio de 2020 as 16:37

    Hoje os camaradas estão preocupados e estão a solicitar um posicionamento do Presidente Evaristo.
    Quando a vossa Ministra do Comércio desferiu fortes ateques através da Rádio Nacional no programa PRA FRENTE STP, ao Tozé Cassandra e o seu governo, com acusações graves e inresponsaveis, porquê que não pediram um posicionamento do Primeiro Ministro JBJ.
    Dr. Arlindo Gomes enquanto cidadão comum e atento a situação reinante no país, expressou a sua inquietação, apontando erros e no final apresentou proposta de solução.

  4. Paulo Durães

    29 de Maio de 2020 as 17:50

    Camaradas façam bem o V trabalho e o silêncio fará o barulho. O artigo de opinião do Arlindo Gomes é subjacente conhecido e espelha bem o desnorte dos atuais servidores públicos. De realçar que no mesmo artigo há muito sumo e será muito útil ao atual governo. Deixem-se de lamechices e vamos ao trabalho e prol do bem comum.

  5. deidato carlos

    29 de Maio de 2020 as 18:32

    É inadmissível e muita falta de ética.
    São voces é que põem em causa o bom nome e a imagem de Sr Presidente.
    Sr é chefe da casa civil do Sr PR.Evaristi Carvalho.Quem sabe, o PR estava inocente.
    Patrice Trovoada e Abilio Neto da RDOAfrica ecreveram, enfiaram cara na areia como avestruz e o Sr Arlindo Gomes, pessoa que foi do MLSTP e que nunca falou, pateta…e hoje vem fazer esta besteira ? A troco de quê ? Tacho acabou lá fora ? Por isso assaltou a casa em S.Gabriel depois de Pirata e Bené !
    Boboioco

  6. Salmarçal 2

    29 de Maio de 2020 as 18:48

    Caros irmãos,

    A situação do País, actualmente, pede aos governantes, quer do MLSTP, PCD e outros que governam, que tomem medidas para melhorar a situação do País e do povo. Já morreu muita gente com COVID19 em São Tomé, e, eu acredito, também morreu pessoas de fome.. … Ora perante estes problemas, vem o MLSTP dizer que está preocupado com opinião de um cidadão! Só pode ser gozo! Isso é abusar do povo que sofre diariamente.
    Bem haja!

  7. Destino

    29 de Maio de 2020 as 21:15

    Este partido de bandidos devia é estar calado… Toda gente está descontente com a governação. Vão morrer longe.

  8. Muta

    30 de Maio de 2020 as 7:38

    Um governo que mal consegue resolver o problema de água que não corre vem dizer que está a trabalhar. Bandidos…

  9. Muta

    30 de Maio de 2020 as 7:54

    Jorge falou de obras do governo indicando as pequenas pontes sobre o rio água grande. Essas obras foram ganhas pela empresa da portuguesa porque ela é namorada do Gabidulo director do instituto de estrada. É só corrupção. Bandidos.
    Senhor Arlindo Gomes continua a escrever…

  10. deidato carlos

    30 de Maio de 2020 as 16:06

    TELA-NON, O MLSTP está preocupado com o conteúdo do artigo de Arlindo Gomes sim poque o que este enviado especial de alguns dentre e eles o Abilio Neto, em vez de ajudarem S.Tomé com o estado COVID19, estão pensando em tudo fazer para uma impossivel queda do governo.
    E que fique bem claro : As Forças Armadas como Instituição da kinha de frente que vem disponibilizado, esforçançando os seus militares em torno do COVID19 “JAMAIS VOS PERMITIRÁ”.
    AOS MILITARES… que não eswueçam o RDM, Fielidade a Pátria e sobretudo ao Vosso grande lider e combatente de honra : IDALECIO PACHIRE.
    Viva as FASTP para que viva S.Tomé e Príncipe e os Santomenses em geral.
    FORÇAS ARMADAS, têm a população ao Vosso lado.
    Toda e qualquer tentativa de tentar passar por cima da LEI MÃE, a CONSTITUIÇÃO, tomem posição.
    Há tentativas de sublevação.
    MILITARES, estejam atentos : O NOSSO FOCO É : BEM DA POPULAÇÃO E COVID19.

  11. Gentino Plama

    31 de Maio de 2020 as 10:47

    Disponibilizei alguns minutos do meu a fazer para inteirar-me no assunto referente ao coronavírus: o que pensam as pessoas no tocante a situação do País. Li com atenção no sentido de saber o que os nossos compatriotas pensam a cerca do País a nível de resposta a situação tais como: o confinamento, a assistência aos doentes, e o hospital, bem como, as capacidade de resposta por parte dos profissionais de saúde. De tantos comentários lido, o que me moveu o sentimento tem como o assinante (Salmarçal 2 ) que não esconde a dura realidade que possa estar à acontecer no País, sem que deem por ela.
    Como em tudo o mundo, foi imposto a Quarentena “ confinamento obrigatório” que consiste na permanência de pessoas em casa para não fazer espalhar o Vírus. Um pouco por todos os Países, essa medida foi acompanhada de medida de apoio as famílias, acautelando que não houvesse a situação de fome ou a falta de alimento. Para além das ondas de solidariedade levada a cabo por organizações devidamente credenciada para o efeito, muito foi feito no sentido de se acautelar que pessoas ficassem sem o alimento. No nosso País, a imposição de quarentena poderá estar a proporcionar isso « A morte pela fome » Quero dizer que os São-tomenses tiveram uma experiência vivida há alguns anos atras, não muito longe. A crise económica do ano de 1982-83, período em que a Gravana prolongou-se para além do seu período normal, entendido hoje, como a mudança climática. Na altura, mesmo com o dinheiro nas mãos, não se via nada para comprar, e cada um desenrascava-se como podia. Porém, as roças, ainda estavam intactas e de lá ainda conseguia-se alguns produtos para acomodar o estomago.
    Nos dias de hoje, com aquela coisa de não se cultivar o que quer que seja, a ocupação de terra pela orgulho ou ganância, a desflorestação e consequentemente o derrubo de árvore de fruta um pouco por todo País, com a justificação de que se está a abrir o espaço para escoamento de produtos, deve ser melhor acautelado para que não haja a necessidade deste amanhã. O tempo que corre, o produto natural deveria servir-se de suporte alimentar enquanto, as portas para a importação de produtos como cereais estão fechadas.
    É suposto que a fome seja o outro inimigo que esteja a fazer da sua parte, o trabalho de casa, mantando lentamente algumas pessoas que mada têm, e nem se quer, tem a onde tirar. O cabaz alimentar dado pelo governo é somente um ato simbólico; isto é, nada melhor que desfrutar da sua pequena lavra.
    Por outro lado, O Srº Pinto da Costa antes foi marginalizado pelo Governo anterior, o que levou-lhe a dizer repetidamente de que os tais elementos da cúpula governativa que eram indisciplinados, facto que foi condenável a todos os níveis.
    Hoje, o dito senhor é aceite pelo actual Governo, e lhe tem dado o devido respeito, acontece que, o mesmo faz provar, que é o motor de instabilidade, colocando como sendo um profeta na observância de que, o País é seu e tudo deverá ser feito a seu belo prazer.

  12. Luzaisso Taty

    31 de Maio de 2020 as 11:50

    Caros São – tomenses!

    Está bem claro que, tanto o Senhor Arlindo Gomes, como os outros, não estão preocupados com o povo. Estão sim preocupados com o poder, uns porque ficaram sem manobras para roubar. É momento de nós como povo começarmos a pensar, naquilo que verdadeiramente queremos para o nosso País SAO TOME E PRÍNCIPE. Porque até quando seta situação durará? Chega de pensarmos só no banho durante as campanhas, e ficarmos sem agua durante 5 anos.

    O momento é critico, e requer a união todos os São-tomenses, não se esquecendo do DEUS, para que esta maldita doença não ceife mais vidas e saia do nosso meio. E não é momento de atiçarmos conflitos, porque tanto MLSTP, PCD, ADI, MDFM, e outros, já fizeram o quê de melhor? NADA.

  13. Tela

    31 de Maio de 2020 as 18:12

    O problema de Jorge é mlstp é que pensam que os são Tomense são burros. Quando estiveram na oposição criticavam e até incendiaram carro de juíza. Hoje querem calar as pessoas. Sejamos sérios.

  14. Manuel Lucena

    1 de Junho de 2020 as 10:26

    O MLSTP deveria estar preocupado no momento em que a COVID 19 já estava a espalhar-se no país e a matar pessoas e o seu atual governo em vez de diligenciar para a compra de um laboratório, decidiu lançar uma obra de tapagem de buracos no passeio da marginal no valor de 100 mil dólares, apenas para compensar o camarada que tinha feito campanha nas eleições. Uma obra que não tem razão de ser, quando o governo anterior de ADI já tinha lançado um projeto de transformação da marginal desde o aeroporto até pantufo, cujo financiamento de mais de 20 milhões de euros já foi rubricado. Então porquê priorizar tapar buracos de passeios em vez de compra de um laboratório. Estas obras de tapagem de buraco que deverão ser partidas e destruídas proximamente quando iniciar o projeto de Holanda.
    Este Governo que quando foi ao poder deveria ter dado continuidade as obras de construção do mercado de bobo forro que já tinha sido muito bem feito pelo governo anterior, mas como queriam mamar novas massas, decidiu argumentar que não iriam ocupar aquele mercado, porque tencionavam fazer mais um piso no mercado municipal do centro da cidade. A verdade, é que depois, carregam todas as pessoas dos dois mercados para o mercado de bobo forro sem acabar, criando condições para a proliferação da COVID 19 e deixando milhares de mães de família a deriva e sem meios para sustentarem os seus filhos.
    Este governo para além de ser incompetente, ele é irracional, e burrrrro.
    Só defende este governo nas redes sociais, a equipa que foi preparada pelo governo para estarem a responder as pessoas nas redes sociais e que todos nós conhecemos. Os senhores Borboletas e companhia limitada que todos os meses vão a EMAE receber somas de dinheiro, José Manuel que vai ao Banco Central receber somas de dinheiro, Dende que vai a ENAPORT receber somas de dinheiro entre vários outros, cujas tarefas consistem em estar nas redes sociais 24 horas por dia para responder quem critica o governo.
    Mas também pode-se dizer. Se o povo assim o quis então agora aguenta.
    Bem haja S.Tomé e Príncipe

  15. Tela

    1 de Junho de 2020 as 11:27

    Afinal andamos a pagar os preguiçosos e vadios com dinheiro da emae banco Central e enaport é muita corrupção deste governo. Não verão o meu voto nas próximas eleições.

  16. Tela

    1 de Junho de 2020 as 11:34

    Já agora gostaria de dizer ao sr provedor da emae romão couto que o povo não tem água nas suas casas. Não sei porque que a emae corta água as pessoas numa altura que circula a doença. Depois dizem que estão a trabalhar para povo. É só aldrabices.

  17. yo nó

    2 de Junho de 2020 as 10:47

    O jorge quando ascendeu ao poder disse que iria melhorar a vida dos sao tomenses e combater a corrupção. Neste momento assistimos tudo ao contrário. Vejam as obras de mercado bobo forro. Apenas estão la a construir os camaradas de partido. Dizem que o afilhado do primeiro ministro de nome Nando-funcionário das Obras Públicas tem recebido muito dinheiro para fazer obras naquela mercado. Como é que é possível Jorge? Assim também não.

  18. Dádiva

    2 de Junho de 2020 as 13:37

    tudo tem o seu tempo, talvez um dia possa aparecer uns dirigentes competentes para levar estas terras com seriedade e querer bem-estar social para todos como irmãos. Acho que neste período que São Tomé e Príncipe estão atravessando deveríamos ter respeito e fraternidade para com quem perdeu famílias e os que estão a passar fome e não a plitiquisse. A pobreza estrema é fruto da má governação de todos que já exerceram nas políticas nestas ilhas. Mas é preciso paciência…. força meus compatriotas

  19. Madiba

    3 de Junho de 2020 as 9:44

    Caros camaradas;
    Como militante de MLSTP, desde o ano 2009, e como santomense e verdadeiramente democrata, não poderia deixar de tomar parte nesta oportunidade que só o Téla Nón nos proporciona em S.T.P. E sobre a opinião do Sr. Arlindo Gomes devo afirmar que não concordo com algumas coisas escritas por ele. Mas concordo com maioria. Não sou daqueles militantes que, basta o partido estar no poder, que tudo quanto faz está bem. Não. Nunca. Isso seria o pensamento de um analfabeto. O intelectual deve ler, reflectir e tirar de lá as boas ilações. Até ajuda-nos a governar melhor. Na democracia é assim. Não concordo com os governos de unidade nacional.Detesto governos de coligação. Não tenho por estes nenhuma simpatia. Mas concordo com grandes erros cometidos no inicio da pandemia em S.T.P pelo governo. Quem ainda se lembra da entrevista dada pela Dra. Celisa de Deus Lima, na TVS, num dos telejornal da noite? As advertências que ela fazia, as falhas havidas.
    Só o facto de ser assessor, já não se pode opinar? Há par de anos estávamos todos a dizer mal do governo de então, por falta de democracia, da manipulação da justiça e da comunicação social. E o quê que estamos a ver hoje? Apenas mudança de poder pelo poder. Onde fica a liberdade de opinião. Onde fica o contraditório? Ninguém pode ser obrigado a dar bem do outro, para lhe deixar feliz. O que se passa na comunicação social hoje evidencia isto mesmo. As pessoas são forçadas a falar bem do governo. É uma pratica que vem da era Patrice Trovoada e que se instalou na sociedade. Há muitos quadros superiores na rádio e TVS. Eles devem começar a exercer a profissão com alguma imparcialidade. Mérito é mérito. É a dignidade que ninguém jamais vai tirar.
    Portanto não vejo razões para temer por parte do MLSTP uma dissolução do governo, neste momento da presidência do Sr. Evaristo Carvalho. Só vejo motivos mais que suficientes para que MLSTP analisa o conteúdo da opinião e retire de lá as boas ilações e perceba que a governação do país neste momento não vai tudo bem.
    Porquê que um Ministro tem de distribuir máscaras à população? Porquê que um Ministro tem que distribuir cabazes para população? E pior ainda um primeiro-ministro? Na época de confinamento, não há mais que fazer, na verdade? Então pegam neste país e entrega um país amigo e desenvolvido para governar. Já que estamos sempre na brincadeira.

  20. Mepoçon

    3 de Junho de 2020 as 17:51

    O Eng. Arlindo Gomes veio desbobinar tudo que a população desconhecia, e ainda bem o meu muito obrigado. Apesar da Covid-19 que uma epedimia que está afectar o planeta, mas o que povo está a passar é um castigo divino. Pena são aqueles que não merecem ajuda a pagar. Os lambibotas foram atrás de uma cerveja e 50 dobras,destruindo todo bom trabalho que o anterior governo estava executar e agora o fruto está à vista. Não choram.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo