Política

Filipe Nascimento nomeado como novo Presidente do Governo do Príncipe

O primeiro ministro Jorge Bom Jesus aceitou nesta sexta feira, a indicação de Filipe Nascimento para o cargo de presidente do Governo Regional do Príncipe. A notícia foi divulgada pelas redes sociais, e posteriormente confirmada pela televisão santomense.

Numa carta endereçada ao Presidente do partido maioritário da ilha do Príncipe, a UMPP, o Primeiro Ministro Jorge Bom Jesus, marcou para 18 de agosto a data para a investidura de Filipe Nascimento como Presidente do Governo do Príncipe.

«Tenho a honra de comunicar a Vossa Excelência a minha concordância a sua indigitação ao cargo de Presidente do Governo Regional do Príncipe», refere a carta de Jorge Bom Jesus.

O Téla Nón coloca também a disposição do leitor, uma pequena biografia do nomeado Presidente do Governo Regional do Príncipe. Biografia, divulgada nas redes sociais pelo partido UMPP.

QUEM É FILIPE NASCIMENTO?

Filipe Nascimento é nacional e natural de São Tomé e Príncipe, filho de Senhor Lulu e Senhora Clementina de Nova Estrela, Zona Sul da Ilha do Príncipe. É companheiro de uma conterrânea da mesma localidade e pai de um casal de filhos. Durante a sua infância e adolescência, trabalhou sempre com o seu pai na agricultura e pecuária e foi sempre muito dinâmico no exercício da cidadania. É cristão católico. Tem 30 anos de idade.

§ Atividade Académica

· Frequentou o ensino primário, básico e secundário nas escolas da Nova Estrela, do Padrão e do Santo António II, respetivamente.
· Frequentou a Escola Azevedo Neves (Damaia), onde concluiu os exames nacionais de ingresso ao ensino superior, tendo recebido um diploma de mérito.
· Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa.
· Frequentou pós-graduação em Direito Bancário, pelo CIDP | FDUL – Centro de Investigação de Direito Privado;
· Frequentou pós-graduação em Direito das Sociedades Comerciais, pelo CIDP | FDUL – Centro de Investigação de Direito Privado;
· Frequentou pós-graduação em Ciência da Legislação e Legística, pelo ICJP | FDUL – Instituto de Ciências Jurídico-Políticas;
· Frequentou pós-graduação de Preparação de Acesso à Carreira Diplomática, pelo IE | FDUL – Instituto Europeu;
· Frequentou Mestrado em Direito do Ambiente, dos Recursos Naturais e da Energia, com a parte curricular concluída e admitido a dissertação, pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.
· Frequentou parte do Executive MBA,Master of Business Administration (1 ano) pelo INDEG | ISCTE Executive Education.

§ Atividade Profissional

· Advogado de profissão pela Ordem dos Advogados Portugueses;
· Adjunto e Assessor do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Mestre Francisco Rocha Gonçalves, sob a Presidência da Câmara do Dr. Isaltino Morais;
· Jurista e Técnico Superior da Câmara Municipal de Oeiras, quadro da função pública por concurso público;
· Trabalhou no restaurante MC Donald’s;
· Motorista de uma padaria; e
· Taxista em Lisboa.

§ Atividades Associativas/Cívicas/Políticas

· Representante do Príncipe no Parlamento Infantil Santomense no ano de 2000;
· Presidente do Núcleo de Estudantes Africanos da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa;
· Presidente da Reunião Geral de Alunos (AG), da Associação Académicada Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, tendo sido o primeiro africano a ser eleito para ocupar estas funções;
· Membro do Conselho de Escola da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em representação dos Discentes;
· Membro do Conselho Académico da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em representação dos Discentes;
· Fundou com os colegas a Associação dos Estudantes do Príncipe em Portugal – Minu-Yié, e exerceu as funções de Presidente da Assembleia Geral (AG);
· Representante do IDEC – STP em Portugal;
· Presidente da Associação Caboverdeana em Portugal;
· Colaborou no projeto de investigação sobre Legística nos países lusófonos, ICJP | FDUL – Instituto de Ciências Jurídico-Políticas;
· Promoveu e organizou inúmeras conferências, colóquios, debates, e tertúlias sobre os mais diversos temas, designadamente Política, Direito, Economia e História do continente africano;
· Frequentou Jornadas Bancárias, Jornadas Arbitrais e Jornadas das Garantias, todas pelo CIDP | FDUL – Centro de Investigação de Direito Privado;
· Pertenceu ao grupo de jovens que reivindicava as eleições abertas e regulares na Região Autónoma do Príncipe, que culminou com a vitória da UMPP – União para Mudança e Progresso do Príncipe nas eleições Regionais de 2006;
· Deputado Autárquico na Assembleia de Carnaxide e Queijas;
· Líder da Bancada na Assembleia de Carnaxide e Queijas;
· Membro do Conselho Consultivo do IPDAL – Instituto para a Promoção da América Latina e Caraíbas; e
· Presidente da UMPP – União para Mudança e Progresso do Príncipe, eleito no Congresso de 16 de novembro de 2019.

    37 comentários

37 comentários

  1. Príncipe não é Monarquia

    14 de Agosto de 2020 as 21:32

    Jorge BOM Jesus transforma Príncipe numa monarquia. Nunca mais voto para MLSTP! ÉS UMA vergonha Jorge BOM Jesus… os camaradas de STP são porcos… tristes

  2. STP de todos

    14 de Agosto de 2020 as 22:21

    Só pela coragem já merece muito! Precisamos de mais jovens assim. Desejamos toda a sorte para o bem do país. Temos que dar todo apoio

  3. Muito bem

    14 de Agosto de 2020 as 22:28

    Só coragem é um grande exemplo. Que Deus te abençoe jovem. Vamos seguir em frente. Nada de regionalismo. Por um país de todos.

  4. Sai de vez

    15 de Agosto de 2020 as 1:18

    MLSTP nunca mais, grande abuso. Jorge Bom Jesus perdeu todo meu respeito.

  5. Moncó

    15 de Agosto de 2020 as 1:21

    Tó ZÉ CASSANDRA goza e abusa desses palhaços do MLSTP em S.tomé eles fazem tudo por dinheiro. Jorge perdeste uma militante

    Que desilusão total

    • Isso mesmo

      15 de Agosto de 2020 as 16:18

      Tozé Cassandra confirma que é um dos maiores políticos do país. Não violou nenhuma lei e deu oportunidade a juventude e diáspora. Outros prometem e não fazem nada. País tem que andar

    • MLSTP do Príncipe

      17 de Agosto de 2020 as 11:48

      Não goza nada!! É provavelmente um dos melhores políticos que este país tem. Mudou as coisas no Príncipe. Criou condições para a estabilidade política no Príncipe. Tem um Plano de Desenvolvimento para o Príncipe. E não deixou que o poder no Príncipe fosse parar nas mãos de irresponsáveis como o senhor Nestor Umbelina que até hoje impede os dois deputados do seu partido de tomarem posse na Assembleia Regional. É esse o senhor que quer governar Príncipe??? Por Amor de Deus. Eu não sou do Príncipe mas não gozem comigo. O país não pode ficar nas mãos de pessoas irresponsáveis como este senhor ou o senhor António Burro. Com todo o respeito que essas pessoas me merecem.

  6. Fui do UMPP Sei o que falo

    15 de Agosto de 2020 as 6:22

    Jorge acaba de dar um balão de gás político a UMPP, fragilizando por completo o MLSTP no Príncipe. Jorge o Sr não é político oportunidade de ouro para fragilizar umpp e a acção política do ADI, Jorge não percebeu a jogada. Não tenha ilusão que o MLSTP Nacional irá recentir desta decisão sem habilidade política.

    O meu PCD foi golpiado assim, a direção nacional nunca nos quis ouvir hoje só nos resta recuperar das cinzas. Vocês do Mlstp foram fracos MLSTP não é mais o que era na estratégia política.

    • Riboque

      15 de Agosto de 2020 as 14:10

      Meu amigo não subestime a inteligência de gente do MLSTP não estejam a humilhar os nossos camaradas do Príncipe. Tomem cuidado com supresas futuras.

      Quem avisa amigo é…

      • Príncipe Primeiro

        17 de Agosto de 2020 as 12:11

        Qual humilhação???? Uma cambada de irresponsáveis. Até que enfim o Jorge Bom Jesus fez uma coisa boa. Demonstrou grande sensatez. O senhor acha que ele deveria não dar posse ao Filipe Nascimento para dar posse ao senhor Nestor Umbelina e ao senhor António Burro. O Príncipe não é uma propriedade do MLSTP. É das pessoas que vivem no Príncipe e que votaram em massa para a UMPP estar no poder neste momento.

    • Pedra Rixa

      17 de Agosto de 2020 as 11:56

      Qual balão de oxigénio???? Não gozem comigo. O país tem de começar a dar oportunidade a pessoas que têm capacidade e conhecimentos. Com todo o respeito que o Nestor e o António Burro me merece,acho que eles não têm condições mínimas para governar o Príncipe. Temos que ser responsáveis neste país. Existe lugar para toda a gente neste país mas nem toda a gente tem condições de ir para o governo. O Nestor já demonstrou neste ultimos tempos que não tem condições para ser o presidente do governo regional do Príncipe. E da forma que ele fala eu até duvido que ele seja de facto formado em direito. É muito confusionista, não interpreta bem as leis, diz muita asneiras. Sinceramente que eu achava que ele era mais esperto. O António Burro nem sequer falar em condições. Não ei como é que ele é deputado. Mas pronto. É o país que temos. Mas desculpem lá qualquer coisa, não se pode estar a dar lugar de grande importância para pessoas que demonstram tanta ignorância. Já não estamos em 1975, 1976, 1980, etc.

  7. Zagaia

    15 de Agosto de 2020 as 6:23

    Com esse imenso currículo não chega é preciso ter o coração, carácter e espírito de missão para servir o povo e não servir se do povo, não se esqueça de criar políticas de de inovação e crie um bom programa de governação. Desejo boa sorte e felicidades no cumprimento da sua missão.

  8. Rio papagaio

    15 de Agosto de 2020 as 6:44

    Dinheiro de Isaltino Morais falou mais alto, mlstp é o grande derrotado desta nomeação, eu por exemplo mesmo não sendo militante ativo do MLSTP jamais votarei para MLSTP não contém comigo

  9. Judite

    15 de Agosto de 2020 as 8:08

    Os camaradas lá de S.tomé nunca gostaram dos camaradas do Príncipe foi por causa disso que tirei meu pé desde partido a muito tempo os que ficaram não têm vergonha na cara,dão sempre a pior parte aos do Príncipe. Vocês desdobram láaaaa. Jorge não sabe nada de política momento para acabar de vez com este abuso que vive no Príncipe Jorge faz contrário

  10. República de bananas

    15 de Agosto de 2020 as 9:23

    Boa. Assim é que é alternância política.
    Espero que o governo dê condições a este jovem para trabalhar. Sei que os mais velhos não gostam dos jovens mas confesso que devem deixar o poder gradualmente para outros uma vez que a experiência do passado foi desastrosa. Corrupção, desnorte, atraso enfim

  11. Início Silveira

    15 de Agosto de 2020 as 12:06

    Parabéns, desejo- te muita força e muitas felicidades e que governe para o bem de todos. Não transforme o Príncipe e a UMPP como seu património pessoal como fazem os outros. Saiba abrir a janela de partilha do saber e do conhecimento com todos. O tempo é muito pouco para transformar ou mudar o Príncipe em 100%, tenta sim, mudar os homens e as mulheres deste país, mostrando- lhes o que é trabalhar para todos, o respeito pela Democracia, o respeito pelas Leis da República e o respeito pelo Estatuto do seu partido.
    Um grande abraço.

    Início Silveira
    B.I nº 71937

  12. Avante STP

    15 de Agosto de 2020 as 16:13

    Príncipe dá exemplo ao país. Dentro dos pagamentos legais vigentes no País fazem uma transição que renova esperança para o presente é o futuro. O importante é trabalhar muito para o povo. Força Príncipe.

  13. Palhaçada

    15 de Agosto de 2020 as 21:58

    Patrice Trovoada volta por favor, Jorge Bom Jesus é menina. Um primeiro ministro que não consegue fazer uma simples remodelação. Se fosse Patrice Trovoada Tó ZÉ CASSANDRA não ousava fazer esse triste e patético abuso de mau gosto… Um cidadão que nem inscrição tem é nomeado para um cargo político. Jorge vai vender pastel. Primeiro Ministro de meia tijela

    • Correia

      17 de Agosto de 2020 as 12:03

      Não é abuso nenhum. Eu acho que ele fez muito bem. Grande atitude. Eu não quero a minha ilha nas mãos de irresponsáveis como o senhor Nestor Umbelina ou o senhor António Burro. Deu nos livre. Não tenho nada contra eles e até acho que estamos em democracia e quem ganha deve governar. Mas dar o poder no Príncipe ao senhor Nestor é mesmo que condenar a população do Príncipe ao sofrimento durante anos. Um político sério que elege 2 deputados para Assembleia Regional e impede os mesmos de tomarem posse é uma pessoa que não tem credibilidade nenhuma. Ele ó quer é poder. Como é que eu posso confiar em alguém deste tipo. Com todo o respeito que eu tenho por ele. Isto não é nenhuma brincadeira. Temo de acabar com esta coisa de toda a gente pensar que pode secretário do governo regional e presidente do governo regional. Isso tem de acabar.

    • Como será

      18 de Agosto de 2020 as 5:46

      Ehhh.minha deixem de pensar que Patrice é unica cabeça no meio de milhares de pessoas em stome e principe? Voces conhecem Biografia do Patrice? Nasceu em regiao de s.tome e Principe? Me digam quem em s.tome foi colega de infancia ou de escola com Patrice? Ehhh ele ja fez das suas no pais, agora vamos mudar a pagina deste pais com caras novas, apostem na juventude, desde que tenham capacidade ,este pais precisa urgente de governantes frescos com novas estrategia de tirar o pais do burraco em se que encontra.Força ao jovem do principe.

  14. Picão

    15 de Agosto de 2020 as 22:00

    MLSTP para mim está morto e enterrado. Jorge mal empregado o voto que lhe dei, não vales nada. Não gostas do Príncipe demônio

    • Estevão

      17 de Agosto de 2020 as 12:06

      Toma corda vai enforcar então!!!! kikikikikikikiki. Ele fez muito bem. Deve ser a melhor decisão que ele tomou desde que é primeiro-ministro. Demonstrou responsabilidade e sentido de estado.

  15. Isabela

    15 de Agosto de 2020 as 22:08

    Alcino Pinto e Wuando Castro estão de parabéns os 50 mil euros do Isaltino Morais ja CAIU. Bandidos, a culpa não é vossa ter um palhaço feito de primeiro ministro é que dá nisso. Bem que saí desta treta de partido a muito tempo.

    Se as estruturas do MLSTP no Príncipe devessem vergonha saiam em bloco deste partido.

    • Gita

      16 de Agosto de 2020 as 10:38

      Esses bandidos quando vierem para Príncipe serão devidamente tratados. Gajos porcos bandidos

  16. Da cabeça conselho Jorge

    16 de Agosto de 2020 as 10:49

    Jorge Jesus não tem noção do erro político que cometeu a nomear Filipe Nascimento nessas condições. Jorge matou Mlstp definitivamente no Príncipe. Acho que a estrutura do MLSTP depois de cometer esse erro crasso deviam ser demitidos da direção do partido. Os militantes do MLSTP deviam pedir um congresso urgente.

    • Antigo Deputado Regional

      17 de Agosto de 2020 as 12:20

      Meu caro amigo, o MLSTP no Príncipe já etava morto e enterrado há muito tempo só que não sabiam disso. O senhor sabia que o MLSTP não tem nenhum deputado na Assembleia Regional? O senhor sabia que o MLSTP tem perdido ano atrás de ano, o número de deputados eleitos para a Assembleia Nacional? O senhor sabia que o número de militantes do MLSTP no Príncipe tem diminuído todos os dias. O senhor sabia que cada dia que passa os militantes do MLSTP no Príncipe ficam cada vez mais fartos do senhor António Burro no Príncipe? Se o senhor não sabia disso, vem para o Príncipe e pergunta as pessoas do Príncipe isto que eu estou a dizer. E agora que estes dois deputados do MLSTP, Aerton do Rosário e António Burro, votaram contra o estatuto político-administrativo, é melhor eles começarem a preparar a trouxa para fazerem outra coisa porque duvido muito que o MLSTP elege pelo menos 1 deputado cá no Príncipe nas próximas eleições. Escrevam isso que eu estou a dizer.

  17. JACA DOXI

    16 de Agosto de 2020 as 11:12

    Felicidades meu presidente, que Deus cultive a paz no seu mandato e lhe dê sabedoria para um desafio imenso que lhe espera mas, que de certeza não estará sozinho nesta Caminhada!

  18. Original

    16 de Agosto de 2020 as 12:27

    Não esqueçam que 80% de população de Príncipe é descendente de Caboverdianos Estão a ver cenário?
    O Tó Zé como sentia e sente o sufoco desta gente usavam esta gente para engordar a sua política e agora a bala pode sair pela culatra porque o Filipe é descendente de Caboverdiano e tem possibilidade de puxar para si todos seus patrícios o que Tó Zé nunca fez.Aqui pode ser a decadência dos Cassandras,Umbelinas,Prazeres que sempre monopolizaram este Território como donos do Príncipe; e outros como descendentes de Caboverdianos, foros são vindouros. As oportunidades devem ser igual para ambos os lados.O Djingo de Morabeza está de parabéns e agora pode sentir-se mais aliviado.

    • Boleia

      17 de Agosto de 2020 as 12:23

      Treta!!!!!!!!!!!!!!!Eu também sou descedente de Caboverdianos. O que é que isso tem a ver???

      • Como será

        18 de Agosto de 2020 as 6:04

        Realmente, o pais anda metido na perdicao devido esta mentalidade tribal e racial que reina em stome, metendo sempre a frente de Quem é forro, quem é Tonga, Quem é Gabom, ora pprque sao descendentes de caboverdianos? O que isso tem a haver? Sao todosnascidos em s.tome, o umbigo foi enterrado em s.tome e principe, e mistura dos progenitores todos nascidos em s.tome. Ilha de s.tome pertence a todos quantos nasceram aqui. America foi construida por varias raças, Obama é filho de America branca com pai Keniano, e chegou a presidencia, em stome seria como? Para terminar aconselho as pessoas que ficam preocupados com os descendentes, a estudarem um pouco sobre descoberta desta ILHA S.tome and Príncipe.

    • Nada de dividir

      17 de Agosto de 2020 as 14:28

      Deixem essa coisa de descendência que só serve para dividir a nossa pequena sociedade. Importante é que ele é nacional e natural deste país. Importante é trabalhar pelo povo. Nada de dividir para gerar ódio. Parabéns e bom trabalho.

  19. Ralph

    17 de Agosto de 2020 as 7:04

    Parece ser alto na foto.

  20. Clemilson brasileiro

    17 de Agosto de 2020 as 11:28

    Com esse currículo todo foi taxista em Portugal ? Kkkkkkkkkk

    • Como será

      18 de Agosto de 2020 as 6:22

      Duvidas porque.? Se em portugal a vida é de trabalho, o importante é ganhar o pão, ate se calhariar tinha que o fazer para sustentar os seus estudos, conheço gente que ate lavou louças nos restaurantes para ter um tostao no bolso e agurntar os estudos, porque o teu governo nao paga subsideo aos estudantes, e muitos quadros formados que chegam ao pais foi por conta propria. Meu irmao Europa nao é em stome que as pessoas nao querem trabalhar, so querem ser pedinte.

      • Complicado

        19 de Agosto de 2020 as 20:12

        Já viram as mentalidades? Ouvi dizer que ele estudava e trabalhava como taxista. Mas que mal tem? Devia elogiar

  21. Santo

    17 de Agosto de 2020 as 14:28

    Não sei qual foui a indignação de muitos comentadores a culparem JBJ, o Filipe é do Príncipe, é formado e super intelectual, mas porquê que estão a criticar a posição JBJ, sabendo que foi o partido maioritário das eleições passadas que propôs o nome do Filipe. Qual foi o mal que o PM cometeu? Será que aborreceram o facto de ele não ser filho dos naturais do Príncipe? O Jorge tomou boa posição no meu entender, porque tanto S. Tomé como Prícipe pertencem aos Santomenses residentes e na diáspora.

  22. sol

    20 de Agosto de 2020 as 16:30

    Kkkkk. Tó Zé foi muito homem grande. Cagou na malmita de muitos. Koker concurso Público falso acabou. Através disso, pelo menos casa e carro conseguiste e fica por aí mesmo.-

    Sacanas. Tribunal de contas deve tomar conta disto e mais e mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo