Política

ADI afasta Levy Nazaré das suas fileiras

Numa deliberação da sua comissão política, cuja cópia foi enviada ao Téla Nón, a ADI, o maior partido de São Tomé e Príncipe diz que« deliberou de forma inequívoca e irrevogável pelo afastamento do deputado, Levy do Espírito Santo Nazaré, das fileiras do partido.» Lê-se na nota da comissão política.

Segundo a nota a decisão foi tomada pela Comissão Política na sua reunião do dia 22 de Dezembro. Diz também que antes de decidir pelo afastamento do deputado, auscultou o seu grupo parlamentar.

Para confirmar o afastamento do deputado das suas fileiras, a ADI, já orientou o seu grupo parlamentar, no sentido de remeter o deputado Levy Nazaré(na foto) à condição de independente.

«Remeta à condição de independente o deputado em causa, com base no número 3 do artigo 22 do regimento da Assembleia Nacional», precisa a deliberação da comissão política do partido ADI.

O maior partido na oposição, explicou os principais motivos que provocaram a decisão de afastar Levy Nazaré das suas fileiras.

«O mesmo tem de forma sistemática, reiterada e persistente a recusar participar nas reuniões regulares e extraordinárias do grupo, bem como não acatar as orientações do grupo parlamentar, sem que estejam em causa assuntos relevantes de objecção de consciência, infringindo deliberada e propositadamente a disciplina partidária, apesar de todos os apelos efectuados, e missões de bons ofícios incompreensivelmente negadas», refere a comissão política do partido de Patrice Trovoada.

Note-se que o deputado Levy Nazaré, foi secretário geral do partido ADI. Foi homem de confiança do líder Patrice Trovoada, tendo sido o principal combatente político das principais batalhas políticas que a ADI enfrentou e ganhou nos últimos anos. Enquanto deputado, Levy Nazaré foi eleito pelos seus pares, para o cargo de segundo vice-Presidente da Assembleia Nacional na legislatura em curso.

Abel Veiga

 

 

    11 comentários

11 comentários

  1. Patrice Trovoada o Barrão de Água Izé

    23 de Dezembro de 2020 as 23:30

    Patrice Trovoada, nunca poupou quem ousa lhe enfrentar… foi assim com Carlos Neves, Edgar Neves, comandate Diogo da enapor,Jaime Menezes, Gabriel Costa e nunca seria diferente com Levy Nazaré. Os Trovoadas são assim mesmo, usa joga fora. QUEM SERÁ Os próximos?

    FICO TRISTE VER JOVENS ALEANADOS POR CAUSA DE DINHEIRO.

    É PENA QUE OS OUTROS DARAM CONTA MUITO TARDE!

  2. Manuel Alexandrino

    24 de Dezembro de 2020 as 7:57

    Enquanto o Partido ADI esteve no poder e o senhor Levy Nazaré estava a mamar o leite que provinha do partido, ele era um rigoroso defensor do Partido. Mal o Partido deixa de ser Governo, e o leite da mama diminui, o Levy Nazaré transformou-se num rigoroso opositor do ADI, transformando mesmo no inimigo numero um do Presidente do Partido, tendo mesmo divulgado publicamente conversas privadas que teve ou que inventou ter tido com o Presidente do Partido.
    De dia para a noite, o senhor Levy que viveu de bom e do melhor no seio do ADI transformou-se num dos maiores opositores do ADI. É coisa para dizer, que em S.Tomé e Príncipe não existe militantes do partido, mas sim militantes do poder. Quando um partido está no poder, existe uma onda de pessoas que correm para aquele partido. Quando ele perde o poder, existe uma outra onda de pessoas a saírem e a procurarem lugar no novo poder.
    Assim é o Levy. O Levy passou a ser o menino de recado de Delfim Neves, em troca de algumas gorjetas. Este individuo nunca foi do ADI. Mas é bem feito. São este tipo de pessoas que o Patrício confiava tanto, rejeitando alguns verdadeiros militantes do partido. Ele foi apostar nos membros do dito Geração da Esperança, e aqui está o pagamento que tem tido.
    Foi uma boa iniciativa expulsar este lambi botas do Partido, até porque ele nunca foi um verdadeiro defensor do Partido, mas sim um defensor dos seus interesses económicos e financeiros.
    Força ADI

  3. Crisotemos Café

    24 de Dezembro de 2020 as 8:52

    Grande erro. O ADI é hoje o que é graças ao LEVY, isto é a sua Malcriadez.
    Quem foi patrice naquelas eleições? Um mero aproveitador do Sangue e Suor que o LEVY brotou .

    Por isso, nós de Mé Zochi, estamos solidarios com LEVY

  4. Andorinha

    24 de Dezembro de 2020 as 16:28

    Eu acho que a situação do Levy era insustentável acho que ele próprio deveria sair por próprio pé um partido político tem regras e disciplina ora o Levy desobecia tudo,lembram bem como e se tornou Vice presidente da Assembleia.

    Tendo em conta ele beneficiava nova maioria com o seu sentido de voto e tornou Vice presidente da Assembleia com voto da nova maioria é normal que os camaradas vem ca destilar odio contra o Patrice Trovoada.

  5. Fuba cu bixo

    24 de Dezembro de 2020 as 16:44

    O Levy nunca foi do ADI ele é um interesseiro, enquanto o ADI estava no poder e mamou e viveu a grande a Francesca a custa do partido e fez campanha eleitoral todo ferozmente até o último dia muitas vezes substituíndo o Patrice Trovoada nas campanha depois quando partido deixou de ser governo ele pulou negociou com nova maioria para Vice presidente da Assembleia e tornou-se inimigo do ADI foi bem expulso aliás esses da geração nova esperança não valem nada eles pensam sempre nos seus interesses e não o interesse do pais.

    • Seabra

      26 de Dezembro de 2020 as 8:15

      Muito bem dito FUBA CU BIXO. Nada a acrescentar…gente de má índola, oportunista e interesseira.

  6. Vanplega

    24 de Dezembro de 2020 as 18:12

    Nos nao, voce.

    Me-Zochi, e grande e nao ti deu o direito de falar nos.

    Enquanto juntos, comeram e beberam, tiram PIDU, para o povo

  7. Generosa

    25 de Dezembro de 2020 as 11:17

    ADI bateu no fundo. Expulsar Levy Nazaré? A vitoria do ADI dependeu grandemente na atitude severa do Levy. É assim que Patrice Trovoada reconhece o trabalho dos seus bons militantes? Nós de Água Grande estamos com Levy. Vamos dar cabo do Patrice Trovoada. Camos abrir todo o funda na hora da verdade.

  8. arroz podre

    25 de Dezembro de 2020 as 13:07

    Qual Comissão Política? O ADI juridicamente não tem Direção, então é melhor esses gatos pintados tomarem juízo. O ADI está a acabar, Patrice está a vos enganar. Ele está lá fora a pedir apoio para partido e está a encher a sua conta bancária. Abrem os olhos.

  9. antónio abreu

    27 de Dezembro de 2020 as 14:10

    Senhor Generosa
    Se ele é assim tão bom, porquê não criar um partido com ele para vocês ganharem as próximas eleições

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo