Política

Guilherme Posser é candidato do MLSTP às eleições presidenciais

Antigo Presidente do MLSTP e ex-Primeiro Ministro, Guilherme Posser da Costa, advogado de profissão, foi eleito pelo conselho nacional do MLSTP, como candidato do partido às eleições presidenciais previstas para Julho próximo.

Segundo a imprensa que teve  e acesso a reunião do conselho nacional do MLSTP, Guilherme Posser mereceu a confiança de 236 conselheiros do partido. É o primeiro candidato às eleições presidenciais, suportado por um partido que está na governação do país.

Os canais de comunicação do MLSTP, acrescentam que a militante Maria das Neves arrecadou 17 votos dos conselheiros. O militante Jorge Amado, conquistou 15 votos. A militante Elsa Pinto 14 e por último o militante Victor Monteiro, conseguiu apenas 2 votos.

Jorge Amado, militante do MLSTP que pretende concorrer ao cargo de Presidente da República, esteve presente na reunião de conselho nacional. Disse ao Téla Nón que o conselho nacional do último sábado contou com a presença de 290 militantes, quando em situação de reunião alargada, como é o caso do último sábado, deveriam estar presentes 600 membros.

Da lista dos militantes que foram rejeitados pelo MLSTP como candidatos ao cargo de Presidente da República, apenas Jorge Amado e Elsa Pinto, marcaram presença na reunião do conselho nacional. Maria das Neves e Victor Monteiro, estiveram ausentes.

O Téla Nón destaca também no conselho nacional do MLSTP do último fim-de-semana, a leitura antes do acto de votação para eleição do candidato do partido às eleições presidenciais, de uma resolução com o seguinte teor:

Todos os militantes, membros do governo, deputados, directores, gestores das empresas públicas e institutos, assessores, chefes de departamentos, chefes de secção, e outros cargos de nomeação política, que não respeitarem a decisão do Conselho Nacional, em violação do artigo 18 dos Estatutos do partido serão exonerados imediatamente das funções que desempenham”, refere o artigo número 2 da resolução que foi lida no conselho nacional, antes da votação.

O Téla Nón apurou que dentre vários militantes que se insurgiram contra o teor da resolução, Romão Pereira de Couto, foi o que mais se destacou no protesto. Segundo as palavras de Romão Couto, um dos mais antigos militante e membro da direcção do MLSTP, nem no tempo de partido único, o MLSTP, tinha adoptado uma resolução «com este teor intimidatório».

Abel Veiga

    13 comentários

13 comentários

  1. Jose

    22 de Março de 2021 as 7:54

    Como a impunidade da corrupcao temos que suportar candidatos corrruptos e com passado sujo nesta corrida as presidenciais. Infelizmente, este pais nao mostra sinais de melhoramente! Os piores filhos do pais temem em nos governar para o mal.

  2. Andorinha

    22 de Março de 2021 as 14:36

    Por isso escolheram um alto dirigente do MLSTP para Presidente da comissão eleitoral pára o Guilherme Posser ganhar no gabinete, porque de outra maneira o Posser não ganha é o maior corrupto de S.Tomé e Príncipe e foi ele também que estava metido na noite da queima de carro da Juíza e foi ele que partio o gabinete de um Procurador.

  3. Fofucho

    22 de Março de 2021 as 14:57

    Só agora é que os senhores acreditam na ditadura dentro do mlstp?
    O país é o exemplo disso com perseguições, injustiças, ódio etc..
    O Jorge esqueceu que apenas Deus manda para sempre.

  4. Heleno Mendes

    22 de Março de 2021 as 15:00

    Que eu saiba nenhum partido politico dividido consegue vencer as eleições de forma retumbante. Sejam elas quais forem, autarquicas, legislativas ou presidencias.
    Tendo em conta o número de candidactos, seria salutar e aconselhável de que o MLSTP elege-se um candidacto saido das primárias. Assim como fizeram os democrátas nos Estados Unidos. Os concorrentes teriam a oportunidade de apresentar o seu manifesto eleitoral ao povo santomense em debate televisivo. Esgrimiriam os seus argumentos, como defenderiam a constituição, como cooperariam e colaborariam com o governo do dia no seu projecto de sociedade. Como trabalhariam com o governo para o relançamento da economia em pról do desenvolvimento sustentâvel de São Tomé e Principe. Persuadindo assim o povo santomense a lhe dar o seu voto de confiança.
    Acredito que a figura única saída dessas primárias seria um candidacto forte,legítimo de consenso abrangente e pouco contestado. Certamente, gozaria do apoio da maioria. Promoveria, e galvanizaria debate de ideias, como buscaria e moldaria consensos para unir a sociedade santomense. Catalizaria e susteria a coesāo interna no seio do partido, e a nivel nacional, condição indispensável para o sucesso de qualquer embate eleictoral.
    E assim faria sentido a aplicaçāo do artigo 18 dos estatutos do partido no policiamento da disciplina partidária.

    Perante o cenário actual levanta-se uma questāo de fundo. Porquê que um povo haveria de votar na divisāo ao invés da coesāo?
    O que deixa a transparecer é que o povo não se encontra tido nem achado nesta historia, mais sim um grupo de pessoas e individuos.

    Quem vende seja ideas ou producto a historia tem que envolver o comprador, para que a venda seja bem sucedida.

    A competitividade elimina a eneficiêcia; por isso é que quando há monopólio o povo fica a perder. O preço a pagar é elevado.

    Um bem haja,
    Heleno Mendes,

  5. Yono

    22 de Março de 2021 as 18:56

    Ainda me lembro da expressão deste senhor durante umas campanhas no passado onde disse “nos yonomos mas eles também yonoram”.
    É assim que caminha a nossa política com dirigentes a reconhecerem que roubaram e ainda assim querem continuar a governar.

  6. Paulo Durães

    22 de Março de 2021 as 19:53

    Este indivíduo é imoral, politicamente manipulado e eticamente berrante. Não o vejo como PR de STP. MLSTP sairá a perder com esta opção. JBJ é mesmo Bana mão e incompetente…um autêntico escroto. Enfim.

  7. Santomense

    22 de Março de 2021 as 21:30

    Em S.Tomé só aprendemos coisas negativas.
    Essa é a filosofia do Patrice, impor e meter medo nas pessoas.
    O MLSTP está desnorteado sem liderança,
    O primeiro ministro Osavldo Abreu está lá é a fazer o seu negócio e mais nada.
    O Jorge Bom Jesus sem punho

  8. Seabra

    23 de Março de 2021 as 1:01

    O senhor Guilherme PÓSSER da COSTA é um sem vergonha, um cara de pau ,corrupto…larápio. Já roubou demais,e é um cara sem moral que nunca poderá representar o povo sãotomense. Ninguém votará para ele…ele é ainda mais caduco que o precedente concurrente, Carlos Neves, as presidênciais…MIL VEZES o NEVES.
    O Pósser está sempre pronto a julgar os outros, mas é incapaz de se julgar a ele mesmo…GPfaça reminescência dos seus atos passados sobre quem você é…antes de avançar com os êrros cometidos por outros. Lembra-se do seu propósito severo sobre o ESPÔSO da sua sobrinha Laurinha?o sum Gabriel Costa (por quem não tenho simpatia) que você condenou de ser violento (batia na mulher) com a espôsa? Que família é a vossa, que moral tem para dirigir um país de gente boa que é STP? Resolvam primeiro a vossa conduta e postura para serem homens e mulheres de bem, antes de vir apresentar candidatura para o MAIOR POSTO de magistratura do país. Deixem STP respirar outro ar com o sangue novo e com menos cadastro do que vocês que já ocuparam a direção do país há mais de 40 anos…sem terem deixado vestígios positivos, aliás, deixaram o país de rastos…só souberam aproveitar da bom estatuto que vos atribuíram. São vocês o MAL de STP.
    NB recadinho para a exboquita Laurinha :
    Homem que foi infiel com uma mulher( cujo você muana Laurinha sabia e fez desafio de tomar conta…), hoje você vive o que merece. Cá se faz, cá se paga…nada chega antes da hora, nada chega depois da hora…merece paga até na sua última geração.
    Antes de entrar num jogo, procura saber com que vai jogar…você talvez meteu um GOLO aquela pessoa que você ganhou o 1o mutch pode vir a ganhar todos os e nunca mais parar de jogar. Afinal foi você que lançou o desafio do MATCH…agora aguente, porque só se está no começo.
    Bem haja!

  9. Vanplega

    23 de Março de 2021 as 10:57

    O senhor Jorge Bom Jesus, entrou no inferno, tornou-se Demònio.

    Porque là dentro do MLSTP, tem dois urubos chamados:

    Posser da Costa e Rafael Branco.
    Coitado do Jorge, sentiu medo de ser empurrado para fora do gabinete.

    Esta duas figuras nāo tem moral, continuam a destruir esta terra.

  10. SEMPRE AMIGO

    23 de Março de 2021 as 14:45

    Para poderem ser respeitadas, as AUTORIDADES têm que dar o exemplo.Têm que mostrar através de exemplos práticos que são os primeiros cumpridores das leis que recomendam a terceiros.Já dizia o grande Mahatma GANDI que, eu cito”é melhor que fale por nós a nossa vida do que as nossas palavras”,fim da citação.Ora o presidente do MLSTP/PSD exerce ao mesmo tempo as funções de primeiro ministro do Governo que, devido a pandemia, decretou a proibição de concentração das pessoas. O que é valido para o povo é, por maioria da razão, válido para todos os partidos políticos.Segundo a declaração de um dos candidatos o Conselho Nacional do MLSTP/PSD com 600 membros só concentrou 290 pessoas.Se a preocupação era respeitar a lei do ESTADO,não parece que tenha havido a mesma atenção com o ESTATUTO do partido.Ao que parece a decisão do Conselho nacional foi tomada sem o quorum estatutário.Para complicar ainda mais a situação o Conselho Nacional aprovou(teria aprovado) uma resolução.Meu DEUS que desgraça!

  11. Gerhard Seibert

    23 de Março de 2021 as 19:59

    Segundo a notícia sobre o Conselho Nacional do MLSTP/PSD, Jorge Amado teria dito que “em situação de reunião alargada, como é o caso do último sábado, deveriam estar presentes 600 membros.”
    Não se percebe como isso pode ser possível, pois conforme o art. 41 do Estatuto do MLSTP/PSD de 2018 o Conselho Nacional não tem mais de 339 membros com direito ao voto (sem os 100 suplentes). Pelos vistos, este estatuto não conhece a situação de “reunião alargada”.

    Gerhard Seibert

  12. Sandra

    23 de Março de 2021 as 20:46

    Um dos Homens mais reles, sem escrúpulo é que o MLSTP elege como seu candidato, haja paciência!!!
    Povo de São Tomé e Príncipe, está a chegar a vossa hora.

  13. António cunha dos santos

    24 de Março de 2021 as 10:12

    Eu gostria de ver nesta cena, um homem sério e duro como Carlos Pires Tiny. Este sim, é a pessoa que precisamos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo