Política

Editorial da Embaixada dos EUA acreditada em STP por ocasião do mês de Mulher

Mensagem do Encarregado de Negócios, ad Interim, Sam Watson, Embaixada dos EUA em Libreville 

Saudações da Embaixada dos Estados Unidos da América em Libreville, Gabão, de onde temos a honra de nos juntar ao coro de líderes internacionais que reconheceram e celebraram o Mês da História da Mulher. Temos o privilégio de colaborar com São Tomé e Príncipe nas nossas importantes prioridades conjuntas, incluindo a promoção da igualdade das mulheres e do seu empoderamento económico.

As sociedades prosperam quando mulheres e raparigas têm a oportunidade de realizar seus sonhos, de liderar destemidamente e de envolver-se ao mais alto nível da sociedade civil, bem como no ramo empresarial e na governação.

Em meio a um ano especialmente desafiador, devemos primeiramente enaltecer as mulheres na linha de frente: profissionais de saúde, educadoras, professoras, cientistas, assistentes sociais e outras profissionais essenciais nos diversos ramos, de farmácias aos mercados, restaurantes e forças de segurança, que têm arriscado a sua própria segurança para servir e proteger as suas comunidades. Das que compõem as equipas de pesquisa e desenvolvimento das vacinas às funcionárias na área de saúde pública e incontáveis ​​heroínas em toda a sociedade; as mulheres estão a trabalhar incessantemente para derrotar a COVID-19. Somos gratos a elas pelos enormes sacrifícios e sabemos que, por causa dos seus esforços, estamos a ser capazes de enfrentar esta pandemia global e preservar o futuro de nossos filhos.

As mulheres estão quebrando barreiras nos sectores públicos e privados em todo o mundo. Nos Estados Unidos, este ano representa um marco importante na nossa história. Quando Kamala Harris tomou posse como Vice- Presidente da nação, ela se tornou a primeira mulher, e a primeira mulher de cor, a ocupar este cargo. Em São Tomé e Príncipe, enaltecemos a Sra. Edite Ramos da Costa Tenjua, a actual Ministra dos Negócios Estrangeiros,Cooperação e Comunidades, que também ocupou o cargo de Ministra da Justiça entre 2012 – 2014.

O governo inclui outras mulheres: Ivete da Graça dos Santos Lima, a actual Ministra da Justiça, Administração Pública e dos Direitos Humanos e Julieta Izidro Rodrigues, Ministra da Educação e do Ensino Superior. Destacamos também mulheres empresárias e profissionais de destaque, como Miryan Cassandra, a primeira mulher cardiologista e especialista em cardiologia em São Tomé e Príncipe.

A Dra. Cassandra compartilhou sua história em uma palestra TEDx de 2017 (https://youtu.be/f4QnuQw3ei8) e inspirou outras pessoas a se engajar onde podem realmente fazer a diferença. Quando cada jovem rapaz e rapariga se ver representado nos mais altos cargos em seus países e em diferentes sectores, todos estaremos esperançosos em ver esses jovens aspirarem e alcançarem o seu pleno potencial para que o nosso mundo seja melhor. Devemos continuar a inspirar a gereção vindoura de líderes a alcançar a plena igualdade de género.

Prosseguindo com nosso tema para este ano “Destacando As  Histórias Delas”, a Embaixada dos Estados Unidos contribuiu para o Mês da História da Mulher ao disponibilizar  à todas as mulheres dinâmicas e talentosas, plataformas para compartilharem suas vozes.

Através de mesas redondas virtuais, entrevistas e destaques no Facebook, a embaixada apresentou proeminentes empreendedoras e mulheres de negócio, líderes da sociedade civil, médicas e associativistas em área comunitária que estavam ansiosas para incentivar outras mulheres a trilharem o mesmo caminho. Convidamos os leitores a verem essas apresentações dinâmicas e interagirem com essas mulheres através da nossa página da Embaixada no Facebook (https://www.facebook.com/USEmbassyLibreville). Podemos aprender com essas mulheres corajosas e esperamos continuar a compartilhar suas experiências no futuro.

Embora haja muito a comemorar, também devemos permanecer vigilantes e comprometidos em garantir que os direitos e a igualdade das mulheres continuem sendo de elevada prioridade. Como o Presidente Biden observou recentemente, “devemos refletir sobre os fardos excepcionais e desiguais que as mulheres continuam a carregar hoje”. Os desafios são muitos e devemos continuar a lutar contra os preconceitos, sexismo, violência contra as mulheres, discriminação e desigualdade de género onde quer que existam. Embora tenhamos feito progressos, devemos continuar a lutar.

Nosso reconhecimento às mulheres líderes em São Tomé e Príncipe e em todo o mundo continuará além do mês de Março, à medida que promovemos o empoderamento das mulheres e a igualdade de género. Estamos ansiosos por oportunidades futuras para organizarmos mesas redondas e envolvermos mulheres líderes que têm impactado positivamente a sociedade Santomense. Como disse o Secretário de Estado Antony Blinken, “os Estados Unidos estão preparados para apoiar e promover os direitos humanos, económicos, políticos e de saúde de todas as mulheres e raparigas, porque quando as mulheres são empoderadas, torna-nos a todos pessoas melhores”.

Encarregado de Negócios, ad Interim, Sam Watson

 

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo