Política

Fórum PALOP : Pinto da Costa diz que não foi notificado pelas autoridades santomenses

O ex-presidente da República, Manuel Pinto da Costa, disse ao Téla Nón que até hoje, não foi informado pelas autoridades santomenses sobre a decisão do Fórum dos Chefes de Estados e de Governos dos PALOP(Países Africanos de Língua Portuguesa), de o designar para integrar e presidir a Comissão de Elaboração de uma obra literária que vai contar a história da luta anti-colonial dos países africanos que foram colonizados por Portugal, nomeadamente Angola, Cabo Verde, Guiné-bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

«Até hoje, em momento algum eu fui informado seja pela presidência da República, ou pelo governo sobre esta decisão tomada na reunião dos Chefes de Estados em que São Tomé e Príncipe participou representado pelo Primeiro Ministro…», afirmou Manuel Pinto da Costa.

Na conversa com o Téla Nón, o ex-Presidente da República, explicou que tomou conhecimento da sua designação para presidir a Comissão de Elaboração da obra literária dos países africanos de expressão portuguesa, através de uma entidade estrangeira que o telefonou para dar a notícia.

Das autoridades santomenses que participaram na cimeira dos países africanos de língua portuguesa (PALOP), nomeadamente o Primeiro-ministro Jorge Bom Jesus, que representou o país na cimeira virtual, nem uma palavra lhe foi dirigida garantiu Pinto da Costa.

Com 83 anos de idade, Manuel Pinto da Costa, considera a sua designação pelo Fórum PALOP, como mais um grande desafio na sua trajectória de vida.

A cimeira dos Chefes de Estados e de Governos dos PALOP, foi realizada por videoconferência no dia 27 de Abril último.

A cimeira aconteceu por iniciativa do Presidente de Angola João Lourenço. Durante o encontro virtual Angola prometeu disponibilizar 1 milhão e 800 mil euros, para concretização da obra literária que retratará dentre outros aspectos, a história dos movimentos e dos actores políticos que geraram e conduziram os movimentos de libertação dos 5 países africanos de expressão portuguesa.

Abel Veiga

 

    10 comentários

10 comentários

  1. António Gastão

    3 de Maio de 2021 as 8:19

    Esse Jorge é demais. Até chega a cuspir no prato onde comeu.
    Ele bem pode encher a sua queixada que tem os dias contados.
    Isso não se faz a um ex presidente da República.

    • Antonio Nilson

      9 de Maio de 2021 as 12:12

      Concordo.

      O Pinto da Costa nao e’ um individuo perfeito como todos nos.
      Eu quando era garoto, observei este individuo e o comparava com o Samora. O Pinto foi mais esperto porque ele fez amizade com o Ronald Regan racista que foi presidente dos EUA naquela altura.
      Muitos Africanos foram assassinados por influencia Europeia e do Ocidente, mas o Pinto e o Ze Du sobreviveram
      Temos de ser humildes para aprender com a historia e experiencias deles.

      O Pinto da Costa jogava bisca com o meu avo aos Domingos. Lembra do Senhor Sedonio acima da Trindade?

      Temos que respeitar o Sr. Dr. Pinto da Costa!

      Criticar e oferecer alternativas fortalece a democracia
      Fazer ataques pessoais nao ajuda o desenvolvimento de STP em nada.

      O actual PM se calhar nao entende que o cargo que ocupa e’ temporario.

      O continente espectacular Africano esta muito longe de autonomia Europeia devido a nossa mentalidade de dependencia.

      E’ preciso dar a chance de mudar e desenvolver

      Pinto da Costa, apesar dos defeitos que ele tem, e’ um patrimonio Africano, e a sabedoria da historia da Republica Democratica de São Tomé e Principe. Respeitar!

    • Nilson

      9 de Maio de 2021 as 12:53

      Para mim, critica quem quizer
      O meu objetivo e’ transmitir e dar o conhecimento a malta jovem sobre a historia de Africa, e STP em particular
      O colonialismo nao e’’ algo para se esquecer

  2. FCL

    3 de Maio de 2021 as 8:49

    Sun Pinto ê…. JBJ ainda não ligou porque está sem energia.

  3. Lemba

    3 de Maio de 2021 as 14:13

    JBJ e MLSTP são os maiores cancros deste país. Cuspiu no prato que comeu. Pinto da Costa que deu ele apoio. Também PR Evaristo deu ele todo apoio neste mandato para não deixar cair mas ouvi dizer k nao alugaram avião pra ele ir pra Principe e ele ficou lá no escuro pk não deixaram barco levar combustível. Deus protege

  4. Andorinha

    3 de Maio de 2021 as 17:13

    Como Pinto da Costa é voz crítica deste governo esta lhe fazer a folha cuspindo no prato que comeu.
    Prova que Jorge bom Jesus não presta se ele faz isto com o seu camarada Manuel Pinto da Costa imagina só um adversário político ha muito odio e perseguições no país.

  5. jfernandes

    3 de Maio de 2021 as 19:31

    Escuridao e coisa para pretos !
    Energia nao e comida !
    Estrada nao e comida !
    Justica nao e comida !
    Hospital nao e comida !
    Porquee que votaram neles aguenta !
    Falta mais dois anos de escuridao !
    Se arrependimento matasse ?
    Isso faz parte do tal projecto maqueavelico .
    Aguenta So oooooo….
    Cada povo tem aquilo que merece …

    So falta abrirem uma vala comum para nos enterrar nos vivos ..
    .

  6. NSL

    4 de Maio de 2021 as 18:21

    1 milhão e 800 mil euros???
    quase 2 milhões de euros???

    Com esse montante quantos angolanos poderia tirar da miséria o Presidente de Angola João Lourenço???
    Pf, parem de brincar com o povo!

  7. Jorge D'Alva

    4 de Maio de 2021 as 21:45

    O PR de Angola devia mas é, limpar os lixos que tem espalhado por toda a Luanda.
    Também devia tomar este dinheiro para criar redes de drenagem em Luanda, onde umas chuvinhas de meia hora, mata dezenas de pessoas incluindo crianças.
    Os africanos não têm vergonha

  8. Pascoal Carvalho

    5 de Maio de 2021 as 1:31

    de nada nos serve implorar por ou pelo reconhecimento.
    se as autoridades não o fizeram, talvez seja porque não lhes compete faze-lo.
    entretanto, caberá sempre a comissão competente e indicada notificar e credenciar tal fato.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo