Política

Justiça – ASSIMAJUS reage ao Comunicado do CSMJ

«Não pode o CSMJ acusar o Sindicato de ter agido como se de inimigo tratasse, quando a ASSIMAJUS sempre pautou e tem pautado a sua conduta pela imparcialidade, pelo cumprimento das leis, pela integridade, pela transpar6ncia e pela igualdade, em nome de uma Justiça credível e de qualidade», reacção da ASSIMAJUS(Associação Sindical dos Magistrados Judiciais).

Na reacção a nota de esclarecimento do Conselho Superior dos Magistrados Judiciais publicada pelo Téla Nón, a Associação Sindical dos Magistrados Judiciais diz que «não concorda com o conteúdo da nota de esclarecimento e consequentemente rejeita as acusações do CSMJ, e lamenta profundamente e ainda assim, assegura que sempre expressou essa discord6ncia com respeito e de forma correcta, junto do próprio Conselho e do Tribunal competente».

O leitor deve consultar na íntegra o comunicado da ASSIMAJUS, para se inteirar dos contornos da polémica que envolve a Associação Sindical dos Magistrados Judiciais e o Conselho Superior da Magistratura Judicial.

Reacção da ASSIMAJUS a Nota de Esclarecimento do CSMJ-Concurso de acesso ao STJ

Abel Veiga

4 Comments

4 Comments

  1. Sem assunto

    17 de Janeiro de 2022 at 13:49

    Desta gente só se ouve falar de coisas tais como: corrupção, ora nepotismo e favorecimento, escandalos de todo tipo e como se não bastasse pedofilia, etc.
    Do bom desempenho das funções pelas quais são pagos, à preço de ouro com erário público, para executarem nada, zero!
    Raça de virboras, abutres!

  2. Claudia

    17 de Janeiro de 2022 at 17:20

    Grande Dr Silva Cravid, mão de ferro com essas pinta cabra. Nem essas pinta cabra, nem os andaploco e o PR da emae.Obrigado Dr Silva

  3. Claudia

    17 de Janeiro de 2022 at 17:36

    Esses pinta cabra não têm vergonha, manda retificar concurso público por três vezes. O pedido da senhora foi aceite por três vezes, mesmo assim as pinta cabra não estão satisfeitas. Então é mais fácil senhor Silva Cravid, colocar a senhora sem concurso, pelo menos no tempo do pinta cabra, as senhoras foram promovidas sem concurso.

  4. Desidério ramos

    18 de Janeiro de 2022 at 7:33

    Esse Silva Cravid cara de pau e bandido não para de aprontar. Para além de ter comido 1 milhão de dólares do tribunal falsificou o concurso para juízes colocando seu comparsa em segundo lugar.
    Só com Cristo.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top