Política

Primeira central fotovoltaica do país já está a colocar energia limpa na rede da EMAE

A primeira unidade de produção de energia solar para alimentar a população do país, e através da rede de distribuição da empresa de água e electricidade, (EMAE), foi financiada pelo Programada das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Custou 700 mil euros, e nesta primeira fase produz 540 kilowatts de potência.

«Energia sustentável nessas ilhas bonitas e limpas, é uma prioridade», afirmou Katarzyna Wawiernia, representante do PNUD em São Tomé e Príncipe.

A infra-estrutura inaugurada na quinta – feira pelo Primeiro Ministro Jorge Bom Jesus, vai ser reforçada numa segunda fase. Prevê-se aumentar a potência com mais 1700 kilowatts. O projecto pretende atingir uma potência máxima de 2,2 magawats. 

O Banco Africano de Desenvolvimento e a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial(UNIDO), garantem o financiamento da segunda fase do projecto.

Painéis solares da central de Santo Amaro

«Enquanto PNUD e as Nações Unidas vamos fazer sempre uma advocacia para que o governo implemente com urgência projectos de energia renovável», reforçou a representante do PNUD.

Na central fotovoltaica de Santo Amaro,Katarzyna Wawiernia, recordou os impactos da crise energética mundial, que eclodiu por causa da guerra entre a Rússia e a Ucrânia.

Representante do PNUD em declarações à imprensa na central de Santo Amaro

A subida dos preços tem comprometido o bemn estar das populações a nível mundial. A produção de energias renováveis, é a melhor solução, defendeu a representante do PNUD.

Quando a central fotovoltaica começar a produzir os primeiros 2,2 megawatts de energia limpa a empresa de electricidade, EMAE, vai reduzir em 10%, o consumo de combustíveis(gasóleo), para produção térmica de electricidade.

Ao mesmo tempo o Banco Mundial está a ultimar as obras de reabilitação da central hidroeléctrica do contador. Uma reabilitação que vai elevar a produção hídrica de energia para 3 megawatts. O Ministro das infraestruturas, Osvaldo Abreu fez as conta, e chegou a conclusão que nos próximos meses, o país vai conhecer importante baixa de produção de energia fóssil.

«Estariamos a diminuir de 20 à 25% o consumo de combustíveis. Somando esses 2 megas da central fotovoltaica à central de contador, teriamos uma contribuição de 20 à 25% de energia renovável na nossa matriz de produção eléctrica. É esse o objectivo deste governo para a nossa população, para a nossa sociedade», declarou o ministro Osvaldo Abreu.

São Tomé e Príncipe começa a dar os primeiros passos, na produção de energia limpa. Sol ardente das 10 horas de quinta – feira, transmitiu energia ao Primeiro Ministro Jorge Bom Jesus, para brindar a inauguração da central fotovoltaica, com mais uma Boa prosa.

«Estamos no berço da transição energética. Debaixo desse sol, abrasador. Este sol é o recurso que vai alimentar estes painés, o que contrasta com a importação do gasóleo,  dos combustíveis fósseis. É um virar de página incalculável..», puntuou o Chefe do Governo.

Central fotovoltaica de Santo Amaro, já começou a fornecer à população a primeira produção de energia renovável de São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

4 Comments

4 Comments

  1. Andorinha

    25 de Agosto de 2022 at 15:09

    Os jornais aqui em S.tomé estão a ser inundado com lançamentos de pedras e inaugurações por parte do governo de Jorge Bom Jesus mas essa ação da nova maioria não vai desviar o sentido de votos dos Santomenses nos povo sabemos a quem votar tal como elegemos o Carlos Vila Nova.
    Governar não é 2 meses governar são 4 anos.

    • Neutro

      26 de Agosto de 2022 at 11:48

      Caro Andorinha,
      Não deves ver esta ação da nova maioria como do governo A, B ou C… Veja esta ação como bem estar de são tome e príncipe.
      Feito tarde ou cedo foi feito, feito em 2 meses ou em 4 anos o importante é que esta feito.
      Afinal o antecessor deste governo teve 4 anos com maioria absoluta, e porque não fez “central fotovoltaica” ??

  2. Tania

    25 de Agosto de 2022 at 19:01

    Kkkkk…. quero ver agora os adjuntos do pinta cabra…para virem criticar…. Então o pinta cabra k tinha maioria absoluta, nao poderia fazer issso…

  3. EX

    26 de Agosto de 2022 at 10:43

    Gostei de saber que estamos a trilhar caminhos para transição energética, e diminuir o uso dos combustíveis e também diminuir a poluição ambiental. bom exemplo.

    Parabéns

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

To Top