Eleições presidenciais

Portugal garante materiais para realização da 2ª volta das eleições

Numa nota de imprensa a embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe, diz que no quadro do apoio ao processo eleitoral em curso, o país vai receber no dia 21 de Agosto, Sábado, «os materiais de apoio à segunda volta das eleições presidenciais de 2021, incluindo entre outros, os boletins de voto e as actas de apuramento», refere a nota de imprensa.

Segundo a embaixada de Portugal os materiais chegam a São Tomé no voo deste fim-de-semana da companhia aérea STP-Airways.

«Os referidos materiais foram adquiridos pela cooperação portuguesa através do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP, em resposta ao pedido apresentado pelas autoridades santomenses, e constitui um apoio tradicional aos processos eleitorais em São Tomé e Príncipe», reforça a embaixada de Portugal.

Para além de materiais de apoio ao processo eleitoral, Portugal vai colocar a disposição de São Tomé e Príncipe, uma missão de assessoria técnica da administração eleitoral do ministério da administração interna. «Com o objectivo de apoiar a Comissão Eleitoral Nacional no escrutínio e apuramento dos resultados», precisa a nota de imprensa.

A embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe, fecha a sua nota de imprensa, com a informação segundo a qual, os boletins de voto e as actas para exercício do direito de voto na diáspora, mais concretamente na Europa, já foram entregues na Embaixada de São Tomé e Príncipe em Portugal.

Abel Veiga

    7 comentários

7 comentários

  1. José Rocha

    19 de Agosto de 2021 as 0:47

    E agora, as eleições acontecerão mais cedo ou a 5 de Setembro, após o termo do mandato do Sr PR que termina a 03 de Setembro?

  2. Fuba cu bixo

    19 de Agosto de 2021 as 1:16

    Com frequentes adiamentos das eleições batotas no Tribunal Constitucional trapalhadas da nova maioria a embaixada de Portugal teve a necessidade de colar um papel a dizer o povo que ja doaram materiais de eleição uma vergonha, assim a nova maioria não podem dizer que adiaram eleições por causa do material.

  3. Lucas

    19 de Agosto de 2021 as 2:59

    Quer dizer não se faz nem fazem cá nadinha ?
    Até pra contar os votos tem de vir ajuda exterior?
    A foto de cima responde por tudo.
    Diariamente a gente sofre naquele portão A ideia é fugir
    Se houvesse uma estrada até Portugal até os mancos se faziam ao caminho

  4. Português

    19 de Agosto de 2021 as 10:27

    Para bom entendedor meia palavra basta. Na primeira volta das eleições não se viu um comunicado destes por parte dos parceiros de Portugal que também fizeram os boletins…agora vem comunicado porque estes senhores do Governo estão a querer apontar culpa do atraso para marcar segunda volta ao parceiro que os ajuda..brincam na diplomacia como brincam com a vida do povo e o destino da nação. Sem vergonha

  5. Egoístas

    19 de Agosto de 2021 as 18:50

    Desta vez vamos meter Delfim Neves na cadeia, quem viver verá.

    até dia 5 Setembro podes fazer o que quiseres Srº Delfim Neves, o teu dia depois de 5 de setembro será um inferno, ladrão grande corrupto.

    • Focotó

      19 de Agosto de 2021 as 22:08

      Delfim Neves será detido ele e toda sua escumalha do PCD mais alguns do MLSTP não dúvidas sobre. Vamos dar carga a esses bandidos todos.

    • Vila nova vida nova

      19 de Agosto de 2021 as 22:14

      O filho de Delfim Neves também cadeia com o gajo, ter Delfim preso e ter seu filho Ito solto é mesma coisa que nada, porque rapaz é copia perfeita do pai.

      5 Setembro a noite muito choro, quem não pegar avião logo cedo, vão ver fogo no rabo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo