Eleições presidenciais

Posser em Mé-Zochi anuncia mais apoio político para sua campanha eleitoral   

«Não é por acaso que o meu lema é harmonia e progresso…», afirmou Guilherme Posser da Costa, em acção de campanha eleitoral nas localidades do distrito de Mé-Zochi.

Apoiado pelo partido MLSTP, o candidato aproveitou o último  sábado para fazer uma forte investida de caça ao voto nas regiões que compõem a espinha dorsal do distrito de Mé-Zochi. A caravana eleitoral, pôs-se em marcha na Praia Melão, que é a fronteira do distrito de Mé-Zochi com o distrito de Água Grande.

Vila de Bombom, Riba Mato, Folha Fede, Cangá, e a roça Milagrosa, foram escalas importantes no percurso pelas regiões do distrito que tem sido determinante nas eleições em São Tomé e Príncipe, Mé-Zochi.

A mensagem de harmonia foi transmitida ao eleitorado. «Harmonia não é só social, mas sobretudo harmonia entre os diferentes órgãos de soberania…», frisou Guilherme Posser da Costa.

Advogado de profissão, Posser da Costa, disse ao eleitorado das localidades de Mé-Zochi, que o primado da lei deve prevalecer no país.

«O perfil do candidato conta. Por mais que queiram manchar a minha imagem, todos os santomenses sabem que sou um cidadão honesto. Um patriota, um nacionalista. Sempre estive aqui no país e ao lado do país. Sou aquele que não foge à justiça. Se errei submeto-me a justiça, porque o primado da lei deve prevalecer no país», pontuou.

Guilherme Posser da Costa que arrecadou pouco mais de 20% dos votos expressos nas urnas nas eleições de 18 de Julho passado manifesta maior confiança, para esta segunda volta das eleições presidenciais marcada para 5 de Setembro.

«A falange de apoio tem aumentado, e o apoio que recebi nos últimos dias dos outros candidatos, prova inequivocamente que uma grande maioria do povo santomense está em torno da minha candidatura, porque acredita em mim», declarou Posser da Costa.

No contacto com as populações das localidades de Mé-Zochi, anunciou que Delfim Neves, o terceiro candidato mais votado na primeira volta das eleições, «está comigo».

Mas não só. Outros candidatos derrotados na primeira volta das eleições presidenciais, também foram citados como seus apoiantes na disputa da segunda volta. «Maria das Neves está comigo, Victor Monteiro está comigo, Aurélio Martins está comigo…», frisou, Guilherme Posser da Costa.

O candidato apoiado pelo MLSTP, e os demais partidos que formam a coligação que governa o país,  decidiram acelerar as suas acções de campanha, para ficar em primeiro lugar nas urnas do dia 5 de Setembro.

Abel Veiga

    8 comentários

8 comentários

  1. Sem+assunto

    30 de Agosto de 2021 as 11:27

    Estão contigo todos os sinistros e mal encarados da nação, isto sim. É compremetor falar em voz alta de que Delfim Neves, Maria das Neves e outros goges de magoges desta nação estão a apoiar alguém para seja,lá, o que for.
    Um candidato que arrasta, maioritariamente, crianças prendendo a atenção das mesmas numa passeata/comício eleitoral é um estudo de caso sério, das duas uma, ou a sua mensagem está muito infantilizada, logo os pequeninos estão animados com ela, ou gente adulta que pensa, um pouco, não o quer ver, nem pintado de ouro.
    Aí Posser, já tens idade e maturidade para teres visão das coisas, estás sumariamente derrotado nestas eleições!

  2. Vida Nova

    30 de Agosto de 2021 as 11:39

    Pode ter o apoio que quiser. Em breve o nosso Patrice estará de volta e preparem-se que desta vez vai ser para sempre.

    Quem manda é o povo.

    Os militares ruandeses agora é para vir e ficar. Quem decide é o PR, chefe de estado maior e para o bem da nação.

    Se em todos os países desenvolvidos da europa se trocam as horas no verão é por algum motivo. Porque não seguir os bons exemplos?

    As nossas coitadas das palaiês têm que regressar ao mercado. Bobo forro não tem condições.

    Os Levys, Agostinhos que andaram injustamente a maldizer do PT, a cuspir no prato que comeram vão saber o que é bom para tosse.

    O meu companheiro Américo injustamente perseguido vai vos mostrar o sabor do pão que o diabo amassa.

    Vamos cortar subsidio a todos estes empresários de meia tijela.

    Quem não está connosco vai tudo para o desemprego.

    • Matabala

      30 de Agosto de 2021 as 23:03

      Camarada camuflado a fingir que é pelo ADI e por Vila Nova….povo não é bobo nem burro. Por uma vez entendam que somos todos primos não somos todos parvos

  3. Lima

    30 de Agosto de 2021 as 14:50

    Ou nao pensa porque nao tens nivel para tal ou estas fazendo provocacoes.Se a Europa muda de hora tu tens que situar a Europa geograficamente para nao comparares essa ilha situada geograficamente nos fusos horarios com os paises da Europa.Tenta tambem conhcer a razao que levou sobrdtudo um dos primeiros paises da Europa fazer mudanca das horas no verao como no inverno.
    Quando se faz comentarios nas redes sociais nao deve ser fazer por fazer,tem-se que ter um minimo de cultura geral ou entao esta-se a fazer propaganda politica ,mas porqud nai.
    Fazer vir os Ruandezes para destruir quem?Para matar quem, Santomenses?Tu es orgulhose,ignorante,oportunista,inculto ,e inocente.
    Nosso paus nao przcisa de quem vinga.
    Pois é o teu voto deve ser secreto.Se nao se sabe quem es nao é a razao para influenciares o voto dos outros.
    Mesmo se eu quizesse votar para o teu candidato so no que disseste ja nao da vontade.
    Tenha um pouco mais de juizo.O que aconteceu com e em Ruanda peca Deus que isso nunca cenha a STP

  4. Gentino Plama

    30 de Agosto de 2021 as 15:01

    Bem se lembram que, Guilherme Posser da Costa é um político de carreira. Há muito que abraçou as atividade política São-tomense. È meritório estar a mais alto nível, representando a nação São Tomé e Príncipe. Como qualquer homem, ele poderá ser julgado pelo seu feito, mas para o cargo de Presidente da República, é possuidor de todos requisitos. Votar no Posser é ter o país em Paz, no sossego no nosso Leve-leve; isto é, sem sobressalto.
    Ao contrário do seu opositor, a carreira política não se faz com meia dezenas de anos, e para mais, é de conhecimento de todos santomenses, que esta figura é suportada por um grupo que ostenta a desordem, o crime de toda a forma e feitio, a falta de educação, etc, cujo principal figurante ser aquele que aparece nos vídeos dos dentes abertos e abotoando casaco.
    Por outro lado, o candidato em questão, deveria ter sido eliminado a partida, por ser demasiado reservado, pacato e lacónico, incapaz de se expor ao público. Tem que ser constantemente auxiliado: é inativo. Para o cargo de Presidente da República, terá que fazer os trabalhos de casa, “ isso consegue-se fazendo trabalhos de base com os militantes do partido, como por exemplo: reuniões de sensibilização, e afins” capacitar-se melhor e ser confiante nas suas convicções e atribuições «como já foi dito, pensar por si»

  5. Democracia+em+decadência

    30 de Agosto de 2021 as 15:56

    O senhor Vida Nova!Por favor, deixa de contra informação. Aquilo que dizes não corresponde a verdade. O candidato Vila Nova é defensor de inclusão!
    Fui…

  6. Lima

    30 de Agosto de 2021 as 17:05

    Trazer lixeira para aquele pequeno lugar que se chama de capital é mesmo ser alguem que nao conhece coisa boa ,coisa limpa e quer que aquilo que representa um povo seja igual a sua casa,seja igual a maneira como vives quer dizer: numa desorganizacao total,numa lixeira.Mesmo esse teu candidato se ele quer ser verdadeiramente um presidente nao de uma associacao de ignorantes mas de um pais ele nao podera estar de acordo consigo.Voce nao pode ser um membro da sua campnha eleitoral.Tens que ser um pouco mais responsavel ,pensar nas consequencias daquilo que dizes.

    Estive tao nervosa lendo-lhe que tapei as letras e nem fiz atencao nas palavras escritas no primeiro comentario.
    Mas bom espero que me comprehenderam.

    • Matabala

      30 de Agosto de 2021 as 23:06

      Cidadão Lima acorda!! Esse Vida Nova que faz os comentários está a mentir que é pelo ADI ou Vila Nova…Está a te enganar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo